Há 10 anos, morria Heath Ledger, o aclamado Coringa de ‘Batman: O Cavaleiro das Trevas’

Folhapress

O ator australiano Heath Ledger, morto em 22 de janeiro de 2008, aos 28 anos, em decorrência de uma overdose acidental de medicamentos prescritos, não pôde colher os frutos de seu maior papel no cinema: o Coringa de “Batman: O Cavaleiro das Trevas”, do diretor inglês Christopher Nolan.

O segundo filme da trilogia do homem-morcego [vivido por Christian Bale] estreou em 18 de julho de 2008 e contou com uma perturbadora performance de Ledger na pele do vilão, o que lhe rendeu o Oscar póstumo de melhor ator coadjuvante.

“Ele se trancou num quarto de hotel por semanas e mergulhou no personagem. Isso era típico de Heath. Mas dessa vez ele foi longe demais. Ele ficou completamente imerso, no nível mais profundo”, contou Kim Ledger, pai do ator, em 2013, para um documentário alemão chamado “Jovem Demais para Morrer”.

Na ocasião, Kim revelara um diário do filho com anotações, recortes de quadrinhos, fotos de palhaços, cartas de baralho e desenhos usados no estudo para interpretar o Coringa. No final do caderno, Ledger anexara uma foto sua caracterizado como o palhaço pela primeira vez, para um teste de figurino, com os dizeres “bye, bye”.

Para o pai, o personagem mexeu com o emocional do ator. O próprio chegou a declarar em entrevista à “Empire Magazine”, pouco antes de sua morte, o que sentiu ao estar na pele do vilão. “Tive um pouco de medo […] Acabei entrando na esfera de um psicopata, alguém com muito pouca consciência a respeito de seus próprios atos. Ele é um palhaço assassino, sociopata e totalmente sangue-frio”, contou.

Sistemas SIG-UFRN – 10 anos

cartaz_sigsCom a responsabilidade de planejar, coordenar, organizar, executar e avaliar as atividades de informática da UFRN, a SINFO (Superintendência de Informática) tem como objetivo nortear as atividades do projeto de desenvolvimento e administração dos sistemas computacionais de natureza corporativa, gerenciar a estrutura da rede e elaborar políticas de informática. Nessa perspectiva no ano de 2004 surgem os sistemas integrados SIGs (SIGAA, SIPAC e SIGRH).

SIGAA (Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas)
Automatiza as atividades da área acadêmica e auxilia os gestores desta área em suas decisões, por meio dos módulos de graduação, pós-graduação (stricto sensu e lato sensu), ensino técnico, ensino médio e infantil, submissão e controle de projetos e bolsistas de pesquisa, submissão e controle de ações de extensão, submissão e controle dos projetos de ensino (Monitoria e inovação), registro de relatórios da produção acadêmica dos docentes, atividades de ensino a distância e um ambiente virtual de aprendizado (turma virtual).

SIPAC (Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos)
Apoia as operações nas gestões das unidades da UFRN responsáveis pelas finanças, patrimônio e contratos, o sistema integra a área administrativa desde a requisição (material, prestação de serviço, suprimentos de fundos, diárias, passagens, hospedagem, material informacional, manutenção de infraestrutura) até o controle de orçamento interno.

SIGRH (Sistema Integrado de Gestão de Planejamento e de Recursos Humanos)
Responsável por automatizar os procedimentos de recursos humanos como: marcação e alteração de férias, cálculos de aposentadoria, avaliação funcional, dimensionamento de força de trabalho, controle de frequência, concursos, capacitações, atendimentos online, serviços e requerimentos, registros funcionais, relatórios de RH, dentre outros.

A partir de 2009 outras instituições começam a utilizar a tecnologia dos sistemas, isso em regime de cooperação, onde a SINFO/UFRN faz esclarecimento de dúvidas e realiza capacitações, além de montar a estrutura tecnológica para a transferência de tecnologia e conhecimento das instituições cooperadas. Ao todo, são mais de 30 (trinta) instituições que utilizam a tecnologia dos sistemas dentre elas temos a DPRF (Departamento da Polícia Rodoviária Federal), Ministério da Justiça (MJ) e INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social).

Na cooperação a diretoria dos sistemas visualiza uma oportunidade de aprimorar cada vez mais a tecnologia dos SIGs, onde eles devem se adequar às situações cotidianas de cada instituição. No Wokshop, promovido anualmente pela SINFO/UFRN, as instituições explanam os desafios, vantagens e trocas de experiências dos sistemas.

Os sistemas estão em constante construção, fazemos de nossos usuários grandes parceiros para o aprimoramento constante, dentro das possibilidades das autarquias competentes, essa DÉCADA dos SIGs ratifica que bons projetos se fazem com o pluralismo de ideias é nisso que os sistemas se fundamentam.

Blog da SINFO – http://sistemasdaufrn.blogspot.com/

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Franklin Colle disse:

    Crédito:
    Blog da SINFO – http://sistemasdaufrn.blogspot.com/

  2. rafael disse:

    Precisa explicar para a população como foi o processo de doação de um bem publico para ser explorado comercialmente por uma empresa privada, nada para se orgulhar.

Proerd completa 10 anos de atuação no RN e é homenageado pela AL

Na sessão solene em homenagem aos 10 anos de atividades do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), aTenente-Coronel Margarida Brandão, coordenadora do programa e grande homenageada do dia, na Assembleia Legislativa, fez um agradecimento emocionado a todos os instrutores e às demais pessoas, autoridades e próprios familiares, que apostaram nesse projeto e que continuam contribuindo para o seu êxito. A proposição da homenagem, pela deputada Márcia Maia (PSB), foi referendada pelos 24 parlamentares.

Durante a solenidade, a própria coordenadora também prestou suas homenagens: a dez personalidades, que ao longo desses anos colaboraram para fortalecer as ações do projeto, transformando-o no êxito que é hoje. Receberam a Medalha 10 anos do Proerd: a deputada Márcia Maia, Iruvani Galvão de Miranda, Jaqueline Macedo Assunção, Maria de Fátima Melo, Maria Sueleide Balbino, Francinetti Bezerra Guedes, Josué da Cunha, Josemar Dutra, Rivelino Ribeiro Eufrásio e a Banda Grafith, representada por Júnior Grafhit.

O presidente da Casa, deputado Ricardo Motta (PMN), destacou as ações da ALRN de alcance social, entre eles a campanha publicitária de Combate ao Crack, o projeto Vida Nova, que será realizado em parceria com a Arquidiocese de Natal, para reinserção de dependentes químicos no mercado de trabalho e o projeto bem sucedido onde a Casa deu o exemplo, inserindo jovens com Síndrome de Down no mercado de trabalho.

No Estado, atualmente são 212 policiais militares para atuar nas atividades que ganharam, inclusive, um reforço recente com a participação da Ronda Escolar e a institucionalização, em 2010, do programa     que passou a funcionar como Companhia Independente de Prevenção ao Uso de Drogas – CIPRED. “Esse é um momento de muita alegria e honra e foram muitos amigos que construímos ao longo de nossa história. Onde plantamos prevenção, colhemos cidadania e hoje estamos colhendo os frutos do que nós plantamos com muito cuidado e zelo”, disse a coordenadora.

Com mais de 30 mil alunos atendidos atualmente, em 46 municípios do RN e mais de 300 mil alunos já formados desde que chegou ao Estado, o PROERD é fruto de uma experiência de êxito nos Estados Unidos, a DARE – Drug Abuse Resistance Education – ou Educação de Resistência ao uso de Drogas e teve início em Los Angeles, há 29 anos, chegando ao Brasil através do Rio de Janeiro. A ação foi criada por uma professora americana chamada Ruth Rich, em conjunto com o Departamento de Polícia de Los Angeles, e já está presente e 50 estados americanos e em 58 países.

“Talvez a forma simples e ao mesmo tempo destemida como são realizadas as atividades sejam o segredo do sucesso desse programa que não fala única e exclusivamente de drogas, mas que oferece lições sobre saúde, família, e principalmente cidadania.Tenho a honra de poder dizer que duas, das minhas três filhas, tiveram a oportunidade de participar, pois é um programa eficiente e bem sucedido por ser feito, verdadeiramente, por pessoas e para pessoas”, disse Márcia Maia.

Estatísticas

O último Levantamento Nacional sobre o Consumo de Drogas Psicotrópicas realizado pela Secretaria Nacional de Antidrogas revelou que entre os mais de 50 mil jovens pesquisados em todo o país, 30% daqueles com idade entre 10 e 12 anos fizeram uso de álcool ao menos uma vez na vida; enquanto para a faixa etária de 13 a 15 anos, o número mais do que dobra e vai a 63%.

Em Natal, 1.895 estudantes de escolas públicas e particulares também foram submetidos à pesquisa que apontou que 23% dos jovens são usuários, em algum momento da vida, de alguma substância além do álcool e tabaco. No período entre 2004 e 2010, foi detectado ainda uma crescente do número de jovens que resolveram experimentar álcool. Ainda nesse paralelo, também houve um aumento do número de jovens que experimentaram qualquer outra droga, seja ela cocaína, tabaco, crack ou outras.

Criança que pode ter visto assassinato da mãe e avó recebe acompanhamento psicológico

Uma menina de apenas 10 anos e que pode ter visto a mãe e a avó sendo mortas cruelmente. É com esse trauma que um profissional da psicologia contratado pelo Estado irá lidar no tratamento da filha da a estudante Tatiana Cristina Cruz de Oliveira, 36, e a mãe dessa, a aposentada Olga Cruz de Oliveira Lima, 61, assassinadas no início da semana em Nova Parnamirim.

A garota iniciou ontem a assistência psicológica providenciada pela promotoria da Vara da Infância e Juventude de Parnamirim.

A promotora Isabelita Garcia ressalta a importância do Estado em proteger e providenciar o acompanhamento e o auxílio psicológico a essa criança, que é a principal testemunha no duplo homicídio registrado em Nova Parnamirim.

“O Ministério Público, como instituição, tem o dever de dar esse respaldo e  fazer o acompanhamento, protegendo-a e resguardando a integridade física e mental dessa menina”. Segundo ela, o psicólogo, cuja identidade foi mantida sob sigilo, irá trabalhar tanto a questão da violência sofrida pela garota, como também o trauma de ter presenciado a barbárie contra sua mãe e avó e fazer a coleta de dados que possam contribuir com a investigação do crime.

Fonte: DN Online

Projeto NAÇÃO Potiguar completa 10 anos

O projeto Nação Potiguar está comemorando 10 anos. E para brindar o trabalho de uma década nada melhor que grandes shows com instrumentistas de primeira linha. Serão dois dias dedicados ao melhor da música instrumental. Nesta quarta (23) e quinta (24), no palco do Vila Hall (Via Costeira), o público terá a oportunidade de conferir o trabalho de nomes como Gereba, Danilo Guanais e Arismar do Espírito Santo, além de Macaxeira Jazz, Di Stéffano e Naná Vasconcelos. Venda de ingressos na bilheteria do Vila Hall, ao preço de R$ 35.

O show desta quarta-feira, no Vila Hall, reunirá a parir das 19h30 o baiano Gereba Santos. Depois é a vez de Danilo Guanais e fechando a noitada tem Arismar do Espírito Santo.

Na quinta-feira, também a partir das 19h30, é a vez dos potiguares do Macaxeira Jazz, seguidos do talentoso Di Stéffano e fechando a noitada tem alto estilo tem o pernambucano Naná Vasconcelos.

O  Nação Potiguar é um projeto multicultural  surgido há dez anos com objetivo de suprir uma profunda carência de registro de importantes bens imateriais, como a música de raízes populares, as manifestações folclóricas e artistas que trabalham com sonoridades brasileiras.

A partir de um minucioso mapeamento sonoro e de pesquisa, o Projeto Nação Potiguar envolveu músicos, instrumentistas, historiadores e pesquisadores em torno do registro desses bens, a maioria ainda no campo da oralidade, passadas de pais para filhos.

O Nação abraçou três vertentes: Publicações (Jornal O Galente), mapeamento sonoro em aúdio (Cds/álbuns) e difusão cultural (Shows musicais/gravações).

Nos últimos dez anos morreram 65 mil pessoas em acidentes com motos no Brasil. Mesmo número da Guerra do Vietnã

Desde 2007, moto mata mais que carro - Efrém Ribeiro/Meio Norte

Agência Estado

O aumento da frota de motos em circulação no Brasil se tornou responsável por uma das piores epidemias que o País já enfrentou. Foram 65 mil mortes em acidentes com motocicleta nos últimos dez anos – número equivalente ao total de americanos mortos na Guerra do Vietnã.

E não é nas grandes metrópoles litorâneas ou do Sudeste que as mortes têm maior peso nas estatísticas. São as pequenas cidades do interior, especialmente do Nordeste, Norte e Centro-Oeste do País, que concentram as maiores taxas de mortalidade por quantidade de motos ou motonetas em circulação – em municípios como São Gonçalo do Piauí (PI), Ribeirãozinho (MT) e Aurora do Tocantins (TO).

Em números absolutos, as mortes em cada uma dessas cidades podem não impressionar. São duas, três, dez por ano. Por isso, não provocam tanto barulho. Mas, quando somadas, configuram uma epidemia só comparável à provocada pelos assassinatos. E as vítimas têm o mesmo perfil: jovens de 20 a 29 anos, do sexo masculino e de baixa renda. Nessa faixa etária, nem câncer nem enfarte nem nenhuma outra doença mata mais do que as motos. Só as armas de fogo.

Entre as capitais, São Paulo ocupa apenas o 13.º lugar no ranking da mortalidade envolvendo motociclistas. O Rio fica em 15.º. A campeã, com uma taxa três vezes maior, é Boa Vista (RR), seguida de perto por Palmas (TO).

O Ministério da Saúde se diz preocupado com o crescimento das mortes, mas há poucos programas de abrangência nacional em curso para combater a epidemia.

O aumento das mortes está diretamente ligado ao avanço da frota sobre duas rodas que, de 2000 a 2010, cresceu quatro vezes de tamanho. É exatamente a mesma taxa de crescimento do número de mortes.

Tempo de Agradecer. RATTS RATIS 10 ANOS.

Dia 08 de outubro de 2001 nascia a RATTS RATIS COMUNICAÇÃO.

10 anos que passaram rápido. Falo em nome de toda a nossa equipe.

É tempo de agradecer. Em primeiro lugar a Deus, que nos dá saúde pra trabalhar (o resto é por nossa conta!).

Em segundo lugar agradecer às nossas famílias, que suportam todos os nossos estresses desta maravilhosa profissão.

Agradecer aos clientes, aos atuais e a todos os que já nos honraram com seus jobs (good bye, Steve ;).

Agradecer aos veículos e fornecedores, que confiam em nossas autorizações.

E agradecer a todos os amigos que acreditaram, desde o início, que era possível fazer propaganda com envolvimento e aprendendo, sempre.

Muito obrigado a todos vocês.

Pedro Ratts de Ratis. Um publicitário feliz.

Parabéns Ratts, a agência do BlogdoBG

Criança de 10 anos atira em professora e se suicida em sala de aula

Um menino de 10 anos cometer uma atrocidade dessa, aonde vamos parar Meu Deus?

Uma criança de 10 anos atirou contra uma professora dentro da sala de aula na Escola Professora Alcina Dantas Feijão, em São Caetano do Sul, no ABC paulista, por volta das 15h50 desta quinta-feira, 22. No momento dos disparos, havia 25 alunos no local.

Segundo a Prefeitura da cidade, o aluno do 4º ano disparou contra a professora Rosileide Queiros de Oliveira, de 38 anos, e, em seguida, se retirou da sala e atirou na própria cabeça.

O aluno foi atendido no Hospital de Emergência Albert Sabin, na Avenida Keneddy, em São Caetano, onde sofreu duas paradas cardíacas. Ele morreu por volta das 16h50.

A professora foi socorrida pelo helicóptero Águia da Polícia Militar e levada para o Hospital das Clínicas, em São Paulo. Ela foi atingida na região posterior do lado esquerdo na altura do quadril e sofreu uma fratura na patela direita. Seu estado de saúde é considerado leve/moderado e ela não corre risco de morte.

A prefeitura informou que as aulas na escola, que alcançou o primeiro lugar no desempenho no Enem 2010 entre as públicas de São Paulo, estão suspensas hoje à noite e amanhã.

(mais…)

Crime bárbaro com uma criança de 9 anos em Jucurutu

Milena foi espancada, antes de ser morta - Foto: Ilmo Gomes

Um crime bárbaro chocou a população de Jucurutu neste domingo.

Rosivan Amaral divulga em seu Blog que a garotinha Milena Soares da Silva, de apenas 9 anos de idade, foi encontrada agonizando, na noite deste domingo (14), nas proximidades do sítio Logradouro, zona rural de Jucurutu. Depois de ser socorrida para o hospital da cidade, teve que ser encaminhada para Natal, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na estrada próxima a Florânia.

(mais…)

Uskaravelhos. 10 anos de Estrada!!!

Parece que foi ontem que vi essa galera tocando lá em Paulinho Ubarana no Blackout. Saudade de tudo!!!

Parabéns para vocês todos, especialmente para o brother Clênio, que desde o início batalhou e acreditou. Deu certo amigo. Segue release:

Tudo começou em 2001. Jovens que se uniram e com um repertório recheado de versões dos hits anos 80 formaram uma banda. Hoje, reconhecidos, a banda Uskaravelho completa 10 anos. Uma década de muitas realizações que merece ser comemorada. Pra isso, uma grande festa será realizada dia 13 de agosto, no Pepper´s Hall.
(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eduardo disse:

    Parabéns a Clênio, amigo de colégio das Neves. Parabéns a todos os integrantes , inclusive aos anteriores. Sucesso. Forte Abraço.

Após dez anos, o Milagre de Irmã Dulce é revelado

Copio do UOL essa matéria é publico com maior satisfação.

Após dez anos de mistério, foram finalmente divulgados no final da manhã desta sexta-feira (13), dia de Nossa Senhora de Fátima, os detalhes sobre o milagre que conferiu à freira baiana irmã Dulce o título de beata, a ser oficializado no próximo dia 22, em Salvador. A sergipana Claudia Cristina dos Santos, 41, moradora de Malhador, a 50 km de Aracaju,  é a “miraculada” (nome dado à pessoa que recebe um milagre).

Segundo o padre José Almir de Menezes, Cláudia alcançou a graça em 10 de janeiro de 2001, após ser desenganada pelos médicos, quando deu à luz, na Casa de Saúde e Maternidade São José, da cidade de Itabaiana (SE), o seu segundo filho, Gabriel. Após o parto normal, Cláudia foi acometida por uma forte hemorragia que os médicos não conseguiam estancar.

De acordo com os relatos, o médico responsável chegou a colocar compressas para conter o sangramento, e, num período de 18 horas, a paciente foi submetida a três cirurgias, sem sucesso, sendo desenganada. Por isso, a sua recuperação surpreendente é inexplicada pela medicina.

(mais…)