Diversos

Manifestação pelo direito ao trabalho será realizada neste sábado em Natal

No feriado em que se celebra o Dia do Trabalho, 1º de maio, os movimentos de direita do Rio Grande do Norte irão às ruas lutar por aquele que foi o mais desrespeitado durante toda a pandemia: o trabalhador. Com concentração marcada para às 9h do sábado (1), em frente ao Colégio Marista, localizado na Rua Apodi, os manifestantes pretendem caminhar até à Praça dos Três Poderes para chamar atenção do prefeito, dos parlamentares, dos juízes e desembargadores sobre o assunto.

De acordo com Carlos Reny, do grupo Força Democrática, a manifestação visa defender o direito ao trabalho e à liberdade. “Vemos, diariamente, há um ano, empresários fechando às portas, trabalhadores sendo demitidos, o desespero e a fome batendo à porta, nossos direitos e nossa esperança morrendo pouco a pouco. Vamos cobrar austeridade e transparência com o dinheiro público aos nossos representantes e também estaremos atentos em quantos deles estarão presentes na manifestação mostrando que estão ao lado do povo”, pontua.

O ato também terá caráter social, pois a organização pede a doação de alimentos não-perecíveis para aqueles que se fizerem presentes. Os itens serão doados a comunidades carentes da capital.

 

Opinião dos leitores

  1. A “gunvernadora” e a “cumpanherada” detestam o trabalho (apesar do partido rsrsrs). A única coisa que essa senhora fez até agora foi perseguir quem quer trabalhar e estudar. E conta com a ajuda dos sindicalistas pelegos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEOS: Trabalhadores protestam contra suspensão de eventos de réveillon em Pipa

Manifestação de trabalhadores de diversos segmentos foi realizada na manhã desta sexta-feira(18), no município de Tibau do Sul, no litoral potiguar.

Moradores de Pipa e outras localidades das cidades de Tibau do Sul e Goianinha protestaram contra suspensão judicial de eventos de réveillon, mesmo sob rigoroso protocolo sanitário contra a covid. Vídeos cedidos abaixo.

Opinião dos leitores

  1. Não é justo chamar de imbecil alguém que precisa e quer trabalhar. Quem não quiser ir ao evento, fique em casa e, se for o caso, curta bem a respectiva neurose. Ninguém "viaja" para o "andar de cima" se a hora não é chegada.

  2. Cade vcs protestando para não ter eleição? Chegamos até aqui, paciência, a vacina já está aí, ta mais fácil morrer de covid do que qualquer outra coisa

  3. Libera logo esses eventos, afinal o povo não está nem ai para o vírus, faz só um protocolo para quem for para o evento assinar um termo para se pegar covid não ir procurar um hospital e estamos resolvidos.

    1. Pagar impostos é uma coisa, não ter juízo é outra. Quem tem amor a vida não vá , agora será certeza superlotar hospitais e falarem não dos governos. Só quando as pessoas morrerem nas calçadas é que esses imbecis vão entender o valor de uma vida.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

FOTOS: Em manifestação na manhã desta terça em Natal, pais participam do #AbramAsEscolas

Fotos: Cedidas

Pais, professores e gestores de escolas privadas realizaram uma manifestação nesta terça-feira(08), em frente à Prefeitura do Natal, pelo retorno das aulas presenciais.

O grupo alertou sobre os prejuízos provocados pelo fechamento do ambiente escolar, e reforçaram as medidas de proteção de acordo com protocolos de segurança sanitário em tempos de pandemia.

Ainda na manifestação, pais a favor da volta das aulas presenciais assinaram um manifesto que será encaminhado as autoridades responsáveis pela gestão no município.

Opinião dos leitores

  1. Praias lotadas, shoppings lotados, clubes lotados, igrejas abertas mas as escolas estão vazias porque o vírus só transmite na escola né?

  2. O termo é correto.. pelo direito de escolha. Quem nao quiser, nao leva pra aula presencial: simples. Mas nao se deve proibir quem deseja levar sob controle sanitario… muitos daqueles que dizem nao, sao os mesmos que nos finais de semana vao pra casa de praia, bares, passeios etc, se aglomerar.

    1. Direito de escolha você exerce no seu guarda-roupa… que cor vestir! Mas quando é saúde pública, não existe direito de escolha, BOVINO!!!!!!

  3. A professora FÁTIMA GD nunca teve 1 aluno , é desde sempre vinculada a sindicato , NUNCA irão querer voltar ao trabalho, ganhando ?sem trabalhar é bom demais

    1. É você nunca passou numa calçada de uma escola, nem um texto simples sabe interpretar. Vá aprender a lê ignorante de pai, mãe e parteira.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Pais e gestores de escolas privadas realizam manifestação na próxima terça em Natal pelo retorno das aulas presenciais

Foto: Divulgação

Pais e professores de escolas privadas realizarão uma manifestação nesta terça-feira(08) pelo retorno das aulas presenciais.

Na manifestação, o grupo alertará sobre os prejuízos provocados pelo fechamento do ambiente escolar, e reforçarão as medidas de proteção de acordo com protocolos de segurança sanitário em tempos de pandemia.

O grupo de pais, professores e administradores de escolas também pretende mostrar a possibilidade de aulas além do presencial, deixando a família optar também pelo funcionamento remoto, de acordo com as condições ou realidade de cada aluno.

A manifestação está programada para 09, em frente à Prefeitura do Natal.

Opinião dos leitores

  1. Acho importante dar ao usuário do serviço público e privado, o benefício da escolha. Duvido muito que os pais queiram o mal dos seus filhos, e acredito que cada um sabe o que é melhor para o seu. Partindo desse pressuposto quem não quiser o retorno às aulas deva respeitar a opinião de quem quer e vice-versa. A imposição da vontade de uns sobre os outros não é característico de uma democracia.

  2. Pois é! A polêmica toda gira em torno do dinheiro e não da saúde? Os pais que querem garantem que seus filhos não pegarão e não transmitirão ou não terão a forma mais grave? Ser pai ou mãe não é pra todo mundo, não é apenas procriar e colocá-los em depósitos enquanto trabalha.

  3. As escolas vão se responsabilizar pelo contágio destes alunos???
    E os Pais como vão ficar com a consciência, quando virem seus filhos infectados…pensem bem nisso.

  4. Problema da volta aulas , é que as escolas estaduais e municipais n tem nada dos protocolos…ja escolas privadas estão todas equipadas c todos os protocolos.

  5. Os professores participarão do movimento? Eles são a favor do retorno às aulas presenciais? Nunca! Darão aulas por medo de serem demitidos. Quanta falta de empatia!!

  6. Quem é contra fique em casa, más não vale levar seus filhos para o parque do shopping nem as festas de aniversário, agora querer prejudicar quem precisa das escolas funcionando não, Respeite o direito de quem quer o retorno e se o estado não tem capacidade de retornar com suas escolas, admita e libere as que estão cumprindo o protocolo de segurança, fazer todos pagarem pela incompetência é que não pode.

  7. Pois é. Quem for contra fique em casa. Agora não vá à praia, bem ao supermercado, tranque o filho em casa……..

  8. Eu estou contando os minutos para a volta as aulas e não venha com mimimi de vacina ou só o proximo ano.
    Fui domingo para o bigblue lá em Búzios e estava cheio de crianças brincando ai ali não pega o vírus.
    Hoje fui pegar o material do meu filho no colégio das neves e me senti seguro pelo que vi lá, carteiras separadas, muito álcool em gel.
    Agora se estão achando bom o desconto que as escolas estão dando para assistir uma aula sem futuro por uma tela deixe seu filho em casa e respeitem quem quer viver a vida pois o corona não vai acabar com a vacina e se é que vai ter vacina próximo ano.

  9. Eita como tem pais querendo se livrar dos filhos e jogá-los sob a responsabilidade da escola.

    1. verdade pura. Educação melhor que existe é aquela dada por pais dedicados e responsaveis, porque escola mesmo, botem na cabeça de voces, só querem lucros e mais lucros, esses desespero p/ voltar nao é pq as escolas sao boazinhas com seus filhos nao, é pq elas querem o dinheiro de voces p/ lucrarem alto, pensa num serviço caro é anuidade de escola, um absurdo mesmo. Era p/ ser um serviço p/ quem tem vocação e amor, e nao p/ ficar rico, quer ficar rico, deveria procurar outro ramo de negocio, educação é coisa seria, né p/ ter como base principal o lucro nao. Por mim, essas escolas do ensino medio (as infantis nao), mas as do ensino medio deveriam ser todas rfechadas ou irem a falencia, pq dono de escola privada merece ser rico nao, merece é ser responsavel e dedicado, ter amor pelas crianças, aos lucros nao. Essas coisas nao se misturam! Lucros e crianças.

  10. Afinal, o que está em jogo: saúde pública ou assunto de interesse local?
    Se a questão versa sobre a saúde pública (art. 24, XII, CF), quem determina o retorno ou nãos das aulas é o governo do Estado. Se o entendimento é no sentido de um assunto sobre matéria local (art. 30, I, CF), quem determina o retorno ou nãos das aulas é a Prefeitura.
    Particularmente, sou favorável a manutenção das aulas remotas. Afinal, já estamos praticamente no fim do ano letivo.

    1. Quem é contra, basta não mandar os filhos pras aulas, simples assim. E inclusive eu não mandarei o meu, mas tenho de respeitar o direito de quem quer fazê-lo.

    2. George, mas e quem tem a mãe professora? E quem tem o pai professor? Eles terão que ir! E os filhos estarão os aguardando em casa… pense em VC e nos outros, rapaz!

    3. Mas HACKER porque então o professor q não vai dar aula não fica em casa, não vai à praia, dá no mesmo. O professor em casa durante a semana e no final de semana é praia, shopping , locais onde existe a possibilidade de infecção. Eu não vejo diferença

    4. H4CKER, se o professor não quer trabalhar, fique em casa… é ele quem decide se quer trabalhar ou não.
      Ele avalia o risco de pegar a doença versus o risco de perder o emprego, a decisão é dele, e não do governo.
      Eu não vou mandar meu filho para a escola neste ano, mas quem quer mandar eu tenho de compreender, cada um avalia seus riscos e tomam as suas decisões pessoais. Quem decide por minha família sou eu, e não um governante, sejam Fátimas ou Bozogados. Valeu!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

DF multa Abraham Weintraub em R$ 2 mil por não usar máscara em manifestação

Foto: Reprodução GloboNews / O GLOBO

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, enviou notificação de multa nesta segunda-feira ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, por não ter usado máscaras ao participar de uma manifestação em Brasília no último domingo. No texto, o governo do Distrito Federal alega que o ministro da Educação desrespeitou o decreto que determina o uso obrigatório da medida de proteção em vias públicas e aplica multa de R$ 2 mil.

O auto de infração foi recebido no gabinete do ministro às 11h45 desta segunda-feira. Nele, diz que o autuado foi flagrado em espaço ou logradouro público (Esplanada dos Ministérios) sem máscara de proteção (EPI) facial de uso obrigatório em desacordo com o estabelecido Decreto 40.648/20”.

No domingo, Abraham Weintraub, sem máscara, reuniu-se com um grupo de manifestantes na Esplanada dos Ministérios. Os manifestantes que estavam na Praça dos Três Poderes portavam faixas em apoio a Bolsonaro e bandeiras do Brasil. Alguns utilizavam máscara, que é obrigatória no Distrito Federal, mas outros estavam sem. Também havia bandeiras dos Estados Unidos e de Israel.

Com O Globo

Opinião dos leitores

  1. se fosse um país sério bolsonaro tava pobre, pois anda sem mascara e tem endereço certo residencial e de trabalho, "justiça" idealizada para todos, mais Brasil ´Brasil. o bipolar pode o baderneiro não ?

  2. O Brasil definitivamente não é um país sério, acho muito injusto multa só esse cara, porque não multa o chefe que praticamente todos os dias vai se exibir sem máscara e nada acontece.

    1. Isso mesmo, quem paga é a população, o cidadão pagador imposto.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTO: Manhã desta terça registrou protesto de comerciantes no Alecrim por reabertura de estabelecimentos

Foto: PM/ASSECOM – Cb Ricardo

Com a situação de emergência de saúde pública em âmbito nacional e internacional, em virtude da pandemia do novo Coronavírus, o Governo do Estado do Rio Grande do Norte desencadeou, através de seus órgãos de segurança pública, a Operação Pacto Pela Vida, com o intuito de diminuir os índices de infectados e de mortes pelo novo Coronavírus no Estado, com o aumento taxa de isolamento social.

Diante deste cenário, na manhã desta terça-feira (09), um grupo de comerciantes do bairro Alecrim, zona Leste de Natal, realizaram um protesto pacífico, rápido e acompanhado de perto pela Polícia Militar. Os manifestantes querem a reabertura do comércio na região.

As forças de Segurança Pública do Estado (Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros Militar) estão realizando fiscalizações acerca do cumprimento dos Decretos Estaduais que combatem o novo Coronavírus no Estado.

A Polícia Militar lembra que há diversos crimes que podem ser autuados aqueles que desobedecerem a determinação do Poder Público quanto ao isolamento, entre eles encontra-se o previsto no art. 268 do Código Penal, que estabelece a detenção de um mês a um ano, e multa.

Opinião dos leitores

  1. Lamento as dificuldades de muitos, no entanto, os nossos hospitais estão ficando sem pessoal médico e de apoio para trabalhar . Faça o possível para obedecer os decretos e as medidas de proteção individual.

    1. 02 questões: primeira. Os hospitais sempre estiveram cheios antes do covid, sem vagas de UTIs, não seria agora que iria ter vagas sobrando. Segundo. Se essa pandemia durar mais 3 meses, 8 meses, 1 ano, será que essas pessoas (comerciantes) conseguirão sobreviver até lá com o comércio fechado? acho difícil

    2. Cadê o hospital de campanha??
      Bolsonaro mandou o dinheiro.
      Hoje mandou de novo, e muito tá?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEOS: Manifestação no PR convocada pelo lutador Wanderlei Silva reúne centenas ‘indignados’ com depredação e desrespeito à bandeira

Uma nova manifestação, convocada pelo lutador Wanderlei Silva, levou centenas de pessoas ao Centro Cívico na tarde dessa terça (2). Entre os participantes, estavam lutadores e profissionais de educação física de academias. A intenção foi se opor ao protesto antirracista de segunda (1) que começou pacífico e acabou em vandalismo, provocado por manifestantes. Na ocasião, a bandeira do Brasil que fica hasteada na frente do Palácio Iguaçu foi arrancada e queimada. “Reunimos e mobilizamos integrantes de todas as academias e pessoas que, assim como eu, ficaram indignadas com a depredação”, disse o lutador. Eles ainda hastearam uma bandeira simbolicamente, rezaram o Pai Nosso e cantaram o hino nacional.

A passeata começou na Praça 19 de Dezembro e seguiu até o Palácio Iguaçu. Segundo os organizadores, o evento não tinha nenhuma bandeira política: “Nosso símbolo maior foi profanado ontem, mas hoje os brasileiros de bem estiveram juntos para reerguer esse símbolo. Temos orgulho desta bandeira e vestimos a camisa do Brasil”.

Nova Bandeira – Por determinação do governador Carlos Massa Ratinho Junior, a bandeira do Brasil, retirada e danificada em ação de vandalismo que atingiu o Centro Cívico na noite de segunda-feira (01), foi recolocada em frente ao Palácio Iguaçu por volta das 16h30 dessa terça-feira (02). O espaço do Pavilhão Nacional, como é chamado o local em ficam os mastros com as bandeiras do Brasil e do Paraná, precisou ser higienizado por conta de pichações. Além disso, o mecanismo que conduz o hasteamento teve que ser consertado, já que havia sido danificado pelos vândalos. As bandeiras foram deixadas a meio mastro em sinal de luto oficial pelo falecimento de três servidores do Estado, que atuavam na Casa Civil.

“Atos e manifestações ordeiras e pacíficas receberão suporte operacional da nossa Polícia Militar. Porém, vandalismo é crime e caso de polícia. Aqueles que porventura pensam em se aproveitar da situação para promover baderna, serão punidos pela força policial”, declarou Ratinho Junior.

Repercussão – O “quebra-quebra” ocorrido ontem, no Centro Cívico, em Curitiba, após manifestação contra o racismo monopolizou os debates da sessão de hoje da Assembleia Legislativa. A maioria dos parlamentares criticou a queima da bandeira do Brasil retirada do mastro em frente ao Palácio Iguaçu, sede do governo estadual, pelos manifestantes já depois do final do ato antirracista. Parlamentares de oposição defenderam o ato antirracista, que, segundo eles, foi legítimo e pacífico e culparam o clima de confronto, estimulado pelo comportamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seus apoiadores.

Estragos – Sete pontos de ônibus da Praça Tiradentes, no Centro de Curitiba, foram vandalizados na noite desta segunda-feira,além dos vidros das estações-tubo do Palácio e Comendador Fontana, no Centro Cívico, e totens da Clear Channel. Os levantamento foi feito pela Prefeitura de Curitiba que emitiu uma nota, no começo desta manhã de terça-feira, 2, a respeito dos reflexos dos protestos da noite desta segunda-feira, 1º de junho. De acordo com a nota, equipes da Urbanização de Curitiba (Urbs) trabalharam durante à noite para consertar e higienizar os pontos que foram vandalizados.

Bem Paraná

 

Opinião dos leitores

  1. O "protesto" de segunda-feita em Curitiba mostra claramente o perfil dos indivíduos que são contra o governo federal, são os mesmos que chamam o presidente de genocida e violento, que incoerência, um bando, ou melhor uma quadrilha de baderneiros drogados que pregam a democracia, mas queimam a bandeira de seu próprio país.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Celso de Mello nega pedido para proibir manifestação em Brasília

Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), arquivou pedido para proibir uma manifestação convocada para esta sexta-feira (08) em Brasília. O pedido foi feito pelo deputado federal Enio Verri, líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara dos Deputados.

Na decisão, Mello diz que acolher tal pedido desrespeitaria a liberdade de expressão e de reunião, previstas na Constituição Federal e em tratados e convenções internacionais.

De acordo com Verri, circula nas redes sociais do autodenominado ‘Comandante Paulo’, uma convocação a todo o povo brasileiro para estar presente em Brasília, nesta sexta-feira (8/5), com previsão de arregimentação de 300 caminhões e respectivos ocupantes, além de militares da reserva, civis, homens, mulheres e crianças.

“Segundo o vídeo de convocação divulgado, o objetivo do comboio e dos manifestantes será o de ‘dar cabo a essa patifaria estabelecida no País e representada (a patifaria) por aquela casa maldita do Supremo Tribunal Federal – STF, com seus 11 ‘gângsteres’, que têm destruído a Nação’”, diz o parlamentar na petição.

Na decisão, o decano diz que “impõe-se ao Estado, em uma sociedade estruturada sob a égide de um regime democrático, o dever de respeitar a liberdade de reunião (de que são manifestações expressivas o comício, o desfile, a procissão, carreata, a marcha e a passeata), que constitui prerrogativa essencial dos cidadãos, normalmente temida pelos regimes despóticos ou ditatoriais, que não hesitam em golpeá-la, para asfixiar, desde logo, o direito de protesto, de crítica e de discordância daqueles que se opõem à prática autoritária do poder.”

Por fim, o ministro diz que “o verdadeiro sentido da proteção constitucional à liberdade de manifestação do pensamento” é garantir “não apenas o direito daqueles que pensam como nós, mas, igualmente, proteger o direito dos que sustentam ideias que odiamos, abominamos e, até mesmo, repudiamos!”.

Adverte, no entanto, “que os abusos e excessos cometidos no exercício da liberdade de expressão, como os crimes contra a honra (calúnia, difamação e injúria), são passíveis de punição penal porque não amparados pela proteção constitucional assegurada à livre manifestação do pensamento”. Ao fim, Celso de Mello diz ser “frontalmente inconstitucional qualquer medida que implique a inaceitável proibição estatal do dissenso ou a livre manifestação do pensamento”.

Jota

Opinião dos leitores

  1. Viva a nossa governadora que decretou proibição de manada de gado na rua aglomerando e propiciando a transmissão do Corona.

  2. BG
    Quando os bandidos do partido deste deputado, faziam interrupções nas BRS, Ruas e avenidas com seus manifestantes de mortadela e pão e também baderneiros inclusive black blocs destruindo patrimônio público e privado era tudo normal, vão se enxergar comunas sem-vergonhas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Bolsonaro almoça com fotógrafo empurrado em manifestação

Foto: Dida Sampaio/ Estadão Conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro chamou o fotógrafo Orlando Brito, um dos mais experientes do país, para uma conversa nesta terça-feira (5). O profissional foi empurrado durante o protesto de domingo (3), em Brasília, e teve o óculos jogado no chão.

Brito, que tem 54 anos de carreira, almoçou com Bolsonaro. O profissional teria aconselhado o presidente a ter uma melhor relação com os jornalistas.

Bolsonaro falou que Globo, Folha e Estadão “não tem jeito” e também comentou com o fotógrafo: “Alguém pode imaginar que eu vou autorizar a agredir alguém”.

Também estiveram no encontro o presidente da Embratur, Gilson Machado, e o deputadofederal Fábio Faria (PSD-RN). No cardápio, medalhão de filé e purê, e de sobremesa, frutas.

O presidente afirmou que também pretende chamar o fotógrafo Dida Sampaio, do jornal O Estado de S. Paulo, que foi agredido no mesmo ato para uma conversa.

Record

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Ala de caminhoneiros cobra categoria em ato do dia 15 e defende intervenção militar


Foto ilustrativa: Agência Brasil

Líderes de caminhoneiros descartam, por enquanto, aderir aos atos marcados para o próximo dia 15 de março em apoio ao governo Jair Bolsonaro, mas uma ala tenta convencer a categoria a engrossar as manifestações. Esse grupo defende inclusive uma nova intervenção militar no país.

Quase um mês após o fracasso de uma paralisação que reivindicava o piso mínimo para o frete, os principais líderes de caminhoneiros se mostram reticentes em politizar as reivindicações da categoria.

Para eles, aderir à manifestação do dia 15 seria adotar uma pauta que não pertence ao grupo —as críticas ao Congresso e ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Chorão, um dos líderes da greve de 2018, é um dos que discorda publicamente da presença da categoria no ato. “A frente da Abrava [Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores] não participa em pauta que não é da categoria”, afirmou.

É a mesma posição de Marcelo da Paz, líder dos caminhoneiros no Porto de Santos (SP). “Não vamos participar. Não usamos nossa categoria para politicagem, seja ela oposição, centrão, seja da base do governo”, disse.

Confira aqui matéria completa.

FOLHA PRESS

Opinião dos leitores

  1. Não é politicagem. É necessidade de fazer o Brasil melhorar, mas com esse STF e congresso, não teremos como mudar o país.

    1. BG
      Esses BENGALEIROS do supremo tem que serem imediatamente afastados e colocados novos ministros comprometidos coma Nação Brasileira e seu povo. Tornar essa Lei da prorrogação dos ministros do supremo INVALIDA. Mandar esses individuos desqualificados para casa com direito só a pijamas

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

FOTO E VÍDEO: Manifestação da Guarda Municipal de Natal fala em desprezo da categoria e pede valorização

Foto: cedida

Manifestação da Guarda Municipal de Natal foi registrada no fim da manhã desta sexta-feira(13), no centro da capital. Categoria, com apoio de sindicato, panfletou nas ruas com nota à população que fala em 28 anos de falta de compromisso das gestões com os profissionais. Íntegra em documento acima.

Opinião dos leitores

  1. BG
    2020 vem ai e o povo precisa criar vergonha na cara e tirar esses políticos CARREIRISTAS tipo esse prefeito de natal, manda-los embora para sempre.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Movimentos de direita realizam manifestação neste domingo em Natal em apoio à Operação Lava Jato

Foto: Divulgação

No próximo domingo (25), às 15 horas no Midway, os movimentos de direita do Rio Grande do Norte voltarão às ruas para protestar em apoio à Operação Lava Jato, contra os desmandos e manobras dentro do Supremo Tribunal Federal (STF) e pedir o impeachment dos minitros Gilmar Mendes Toffoli e Alexandre de Moraes, além de manifestar apoio a Sérgio Moro e Deltan Dallagnol e também pedir veto total à Lei de Abuso de Autoridade.

Para um dos organizadores, Carlos Reny, “o STF já extrapolou todos os limites, mostrando que vários de seus indicados estão a serviço de políticos corruptos. Um exemplo claro disso foi a decisão da não-transferência do presidiário Lula, em menos de 24 horas, enquanto pessoas de bem morrem em filas de espera sem decisões judiciais. Não podemos aceitar essa canalhice. O Brasil está acima do STF!”, explica Reny, integrante do Força Democrática.

Opinião dos leitores

  1. Eu só critico a elite rica
    Da elite pobre(que faz essa procissão de mês em mês), eu tenho é pena.

  2. Essas manifestações já está ficando chato, fica a turminha da mamata com salários acima de cem mil falando besteira. Domingo eu fico em casa descansando esperando a segunda chegar.

  3. Bando de desocupados! Não saiu nunca de casa para isso. Apoiar essa cambada fake, sem chance. Aproveitem e protestem contra todos os absurdos vistos e ouvidos nos últimos meses. Misericórdia!

  4. Movimentos de DIREITA apóiam quem prende corruptos!!! E os de ESQUERDA, apóiam o quê mesmo???? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    1. Os povos de direita ainda apoiam plantadores de laranja e milicianos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

FOTOS: Tarde em Natal registrou manifestação contra o contingenciamento de verbas das instituições públicas de ensino superior

Fotos: via STTU/Twitter


Estudantes, professores e sindicalistas realizaram uma manifestação em Natal na tarde desta quinta-feira (30), contra o contingenciamento no orçamento das instituições públicas de ensino superior e também a reforma da previdência. O movimento é nacional. Atos e paralisações aconteceram em outros os estados e no Distrito Federal.

Na capital potiguar, o protesto começou por volta das 15h, no cruzamento entre as avenidas Bernardo Vieira e Salgado Filho, e seguiu em passeata em direção ao bairro de Candelária, na Zona Sul, pela BR-101.

O trecho na região se encontra interditado. A manifestação segue até o início da noite. Recomenda-se que os motoristas busquem rotas alternativas.

Opinião dos leitores

  1. Protesto é para incomodar, não para desfilar e tomar cerveja usando camisa de seleção de futebol. Parabéns, estudantes! Vocês me representam! Tem de protestar contra esse desgoverno do presidente fascista! Bozo, tire suas patas imundas da educação pública!

  2. Se os estudantes estudarem como fumavam maconha hoje nomprotestomo Brasil vai para frente. Os do IF se destacaram.

    1. Obrigado por fortalecer o movimento com a sua presença, a educação agradece o seu apoio!!

  3. A catinga de maconha e de fundo de calça com chulé tava grande.
    Porca sem rosca, parafuso sem fresa é a combinação perfeita. Ai junta a rosca com rosca e parafuso com parafuso!

  4. lotado ate a tampa!
    tem que protestar mesmo. mas poderia ser no fim de semana, como foi o de domingo passado.
    porque insistem em atrapalhar o ja confuso transito da capital?

  5. De novo??

    Mais ainda não deu pra passar o recado, a que fizeram 15 dias atrás ??

    Bando de desocupados.

  6. Tropa de vagabundos atrapalhando o cidadão de bem … que trabalha e paga impostos, cadê que um inútil desse falar dos R$ 50.000.000,,00 que foram desviados da FUNPEC ????? Cadeia para esses ratos ladroes

  7. Duvido que vá aparecer alguém com faixa ou bandeira sobre o rombo na FUNPEC, o MP está começando as investigações, quero só ver esses nóiados o que vão dizer

  8. OLAVO DE CARVALHO TEM VISÃO DE FUTURO. O BRASIL É BABÃO DE COMUNISTAS, PAÍSES COMUNISTAS. PERFEITO OLAVO DE CARVALHO.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

VÍDEO: Registro de Canindé Soares, por todos os ângulos, da manifestação em Natal-RN em apoio ao governo Bolsonaro

O fotógrafo e mestre das imagens, Canindé Soares, disponibiliza em seu canal no Youtube o resumo da manifestação a favor do governo Bolsonaro, ato nacional, realizado em todo o país nesse domingo(25).

As imagens se iniciam com a chegada e concentração dos apoiadores, até seu ponto máximo, em que reuniu milhares de pessoas no fim da tarde, nas imediações do Midway, em Natal, e que saíram em caminha pela Avenida Salgado Filho

 

Opinião dos leitores

  1. Lembro que na manifestação de ontem não havia DELINQUENTES pixando o patrimônio alheio, bandidos (criancinhas de protegidos pelo E.C.A). Delinquentes foram presos por nossos dignos PM's mas a Governadora mandou soltar e, de quebra, puniu o Ofícial Superior que comandava a Grupo de Choque, reduzido-o a carimbador de papel, como punição, num setor burocrático da PM.

    1. A narrativa tá boa, mas você misturou os fatos, entrelaçou estórias distintas.

    2. Por isso que LULADRAO a chamava de " mulher do grelo duro ou tubo de desodorante". Ele mesmo a achava grosseira, que era sua grande amiga, imagine os outros que ele nao gostava. Kkkkkk

    3. Concordo com vc, Turci. Esse sujeito ai de cima resolveu plagiar meu pseudônimo. Sem criatividade, sem a mínima ética, coisa típica dessa corja esquerdopata, acostumada em mentir e enlamear a reputação alheia. Eu jamais diria tais asneiras. Que povinho mais ordinário…

    4. Sai dai Ceará, quem diabos ia plagiar tu? No máximo foi um comentário 'bugado'.

  2. Muito mais bonita e maior a manifestacao. lembrando que as pessoas vieram de suas casas pra pedir um país melhor, num domingo de lazer. .. Nao houve confusao.
    Nao foram estimuladas a faltar aula ou trabalho durante a semana, em porta de orgao publico pra ir a manifestacao, e nem pra soltar um corrupto ja condenado ou outra coisa "sensata" pra eles. Na manifestacao dos "úteis" tavam reclamando de contigenciamento pra universidade, alguns dias depois tavam querendo alugar por 25 mil um espaço privado, com dinheiro de fundacao que tem origem parte de doacao de empresas publicas e da propria universidade, que deveria ser usado pra as tais "pesquisas" e bolsas. O comportamento dos manifestantes, deixa a desejar, pedem ate o fim das policias.

  3. Se pode ter seus motivos para não se gostar de Bolsonaro, mas quem vai dizer que as pautas de ontem são ilegítimas? Só na cabeça de mistificadores.

  4. Impressionante a diferença no perfil dos manifestantes. Uns adoram a postura do quanto pior, melhor, os outros querem um país mais justo e bom para todos, sem corrupção e privilégios. Não podemos desistir de acreditar que um dia o Brasil estará acima de todos!

  5. O que esse povo acha que é? Porquê não faz essa manifestação na sexta? Porquê não bebem e fumam maconha? Porquê não picham, nem fazem baderna? Querem melhorar é? Aqui não tem jeito, tem que ser anarquisco

  6. Esse é o lado ordeiro, que lutam por uma sociedade mais justa, e que respeita o direito de ir e vir das pessoas, e lutam contra petralhada, centrão, corrupção, privilégios injustos e a anarquia. Um dia o bem prevalecerá.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Em ato nacional, grupos de direita realizam no domingo manifestação nas imediações do Midway

Getty Images

No próximo domingo (26), movimentos de direita de todo o país sairão as ruas para defender a aprovação das pautas do governo que envolvem a Reforma da Previdência, o pacote Anti-crime, a CPI da Lava Toga e a manutenção do COAF nas mãos do Ministro Sérgio Moro. Em Natal, a manifestação está marcada para às 15h, na frente do Midway Mall, no cruzamento das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira.

O desinteresse do Centrão e da esquerda em aprovar essas pautas significa, para Carlos Reny, um dos organizadores do movimento, um momento crítico para o Brasil. “Muitos ainda querem continuar barganhando como sempre fizeram. Mas todos nós sabemos que estas aprovações são cruciais para o progresso do Brasil. Sem a aprovação da Reforma da Previdência, por exemplo, o Brasil não sairá do atoleiro que se encontra. A campanha já acabou. A defesa que nós fazemos é a do Brasil. Por isso, precisamos defender a aprovação destas pautas e a importância delas para o país”, pontua.

O movimento do próximo domingo está sendo organizado em Natal pelo Grupo Força Democrática, junto com o Grupo Radar, Endireita Natal, Puro Sangue e o Grupo Operação Descomuniza Já.

Opinião dos leitores

  1. Se manifestam contra o que? O PT está fora do poder e não pode ser usado como desculpa para as atitudes do atual governo, agora é hora de fazer e não reclamar dos que reclamam.
    Os que protestam aos domingos, certamente não dependem do transporte público.

    1. Kkkkkk… aguarde e verás um movimento com grande número de manifestantes, pacífico e bem organizado. A começar pelo dia escolhido – um domingo. Bem diferente das badernas petistas, que se manifestam em dias úteis pois a maioria não trabalha. Seu bandido de estimação está e continuará preso!

    2. Protesto de verdade tem de incomodar, senão vira desfile, micareta! O seu bandido de estimação não se tornará ditador, como vocês querem, nem terminará o mandato! Vou assistir de camarote!

    3. Já está encomodando meu caro Rômulo, vc é um exemplo claro.
      Nem aconteceu ainda a manifestação, e vc taí saindo fogo pelas ventas. Mas figue vc sabendo, que não precisa medir com o protesto do PT, o importante é protestar.
      Vai quem quer, esse pessoal não é alienado, ao contrário de vcs, certo?
      Ou não??

  2. Pelos horários e dias da semana escolhidos pelos lados manisfestantes já dar pra saber qual está certo e qual tem o objetivo apenas de atrapalhar nosso crescimento. Parabens patriotas!! Quem protesta em dia útil é simplesmente um DESOCUPADO cujo ídolo tá preso por corrupção desenfreada!!!!

    1. Diversas marchas da TFP em 64 foram em dias de semanas, essa lorota que protesto tem que ser no domingo é coisa recente. Conservador, liberal ou marxista, protesto é relevante na semana.

  3. É simples, Manoel. Trata-se de manifestação de interesse de banqueiros e empresários, que evidentemente não vão incentivar seus trabalhadores a deixarem o trabalho. E o iludido que participa, imagina que os interesses dessa elite são, também, os seus interesses. Tolos…

    1. Meu Deus! Lá vêm os velhos e cansativos chavões marxistas, usados pela cambada que vem saqueando e destruindo o nosso país há muitos anos. Quando é que essa gente vai entender que sem os empresários, sem os seus investimentos, empreendedorismo e capacidade gerencial país slgum consegue se desenvolver? Nem mesmo a revelação de tudo o que ocorreu nos governos do PT, das negociatas escusas dos "cumpanhero" com grandes empresários nacionais, dos bancos brasileiros obtendo os maiores lucros da sua história, dos tais "campeões nacionais", da vida de nababo que seu "grande líder" (hoje um reles presidiário), levava amparado em dinheiro ilícito, nada faz essa turma enxergar a verdade. É difícil a situação do nosso Brasil. Mas, vamos vencer. Apesar de voces.

  4. Como é que marcam uma manifestação num dia que não vai atrapalhar a vida de ninguém? Uma manifestação que não vai causar tumulto na hora de maior trânsito na cidade? Num domingo? E sem pão com mortadela? É gópi! (KKK)

    1. Aí estão os que estão lutando em prol do país, sem atrapalhar as vidas dos seus cidadãos. Ambulâncias, trabalhadores, estudantes, doentes, ninguém será prejudicado. Demonstração de mobilização cidadã, que reinvidica seus direitos e respeito direito de ir e vir. Diferente dos petralhas.

    2. Manifestação é pra chamar atenção, tem que parar mesmo…Negocio fraco em pleno domingo que é dia da preguiça…nammm

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Polícia monitora manifestação em Natal também com uso de drones

Fotos e vídeo: cedidos

Polícia realiza escolta de manifestação no fim da tarde desta quarta-feira(15) na capital potiguar. Entre os recursos de monitoramento, o uso de drones.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *