Economia

Principal destino turístico religioso da América Latina, com 70% de desempregados com pandemia e medidas restritivas, município de Aparecida-SP pede doações

Foto: Divulgação

Principal destino turístico religioso da América Latina, o município de Aparecida, a 170 quilômetros da capital paulista, tornou-se um triste exemplo dos problemas econômicos causados pela pandemia de covid-19. Dependente dos milhares de fieis que visitavam o Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida todos os anos, o município enfrenta a paralisação de quase toda as suas atividades.

Segundo o prefeito Luiz Carlos de Siqueira, o Periquito, com cerca de 36 mil habitantes, o município está com cerca de 70% de desempregados. O medo da doença e as medidas restritivas adotadas para tentar conter a disseminação do novo coronavírus (Sars-CoV-2) afastaram os turistas, levando cerca de 95% dos hotéis da cidade a suspender o funcionamento por tempo indeterminado e a demitir funcionários. Muitos donos de estabelecimentos inclusive estão inseguros quantos à retomada das atividades dentro de algum tempo.

“Nossos restaurantes também demitiram. Temos uma feira que reúne 2,5 mil ambulantes que labutam aos sábados e domingos para ganhar o pão com que atravessam a semana. Esta feira está fechada, causando uma tragédia socioeconômica. São 600 vendedores de refrigerantes, uma quantidade enorme de sorveteiros. Todos perderam suas fontes de sustento”, disse Siqueira.

O prefeito participou, na manhã desta sexta-feira (26), da cerimônia de entrega de cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade – evento que serviu, também, para o Ministério da Cidadania lançar, em parceria com o Programa Pátria Voluntária, o projeto Brasil Fraterno.

De acordo com Siqueira, a distribuição de alimentos doados pela população e por empresas foi a forma que a prefeitura encontrou para dar uma resposta ao problema mais urgente causado pela pandemia: a fome. “A cidade está estrangulada socioeconomicamente. Nossas famílias estão sofrendo”, alertou o prefeito.

Ele afirmou que, depois de ter seus apelos divulgados na imprensa na semana passada, toneladas de alimentos doados começaram a chegar à cidade. Só a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), empresa pública federal, doou, nesta semana, 292 toneladas de frutas, verduras e legumes que começaram a ser distribuídos hoje à população. A operação teve a colaboração de voluntários que separaram os alimentos e a montaram as cestas.

“Nosso povo é generoso, tem compaixão. Foi com esse coração que o povo brasileiro começou a me ligar de todos os lugares, inclusive do exterior, querendo contribuir nesta hora de adversidade”, afirmou o prefeito que, no começo da semana, viajou a Brasília em busca de apoio federal. A iniciativa contribuiu para a escolha de Aparecida para o lançamento do projeto Brasil Fraterno.

Aparecida exerce uma grande influência sobre outras cidades do Vale do Paraíba e, por isso, a crise afeta também municípios vizinhos. Ontem (25), a prefeita de Potim, Erica Soler, pediu auxílio a Siqueira, que determinou que parte dos alimentos doados a Aparecida fossem redistribuídos para esta cidade. Alguns mantimentos foram entregues nesta manhã. Nas redes sociais, Erica disse que os perecíveis já estavam sendo separados e que, no decorrer do dia, a prefeitura divulgaria a forma de distribuição aos necessitados.

A uma internauta que sugeriu à prefeita informar a imprensa sobre a situação do município para conseguir mais ajuda, Erica disse que já tinha conversado com outras instâncias. “Estamos esperando ajuda e correndo atrás. Em breve, teremos mais contribuições chegando!”, escreveu Erica. A outro internauta, a prefeita informou que, além dos hortifrutigranjeiros, chegará mais ajuda em breve.

Números da pandemia

Até a tarde de ontem (25), o município de Aparecida tinha 1.896 casos confirmados de covid-19, dos quais 50 resultaram na morte dos pacientes. Aguardavam resultado de exames laboratoriais 122 pessoas com suspeita de terem sido infectadas.

Como contribuir

Quem tiver interesse em contribuir financeiramente com o Fundo Social de Aparecida pode depositar qualquer quantia no Banco do Brasil – agência 1451-6, conta-corrente 3320-0, CNPJ 46.680.518/0001-14. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (12) 3104-4000 (ramal 4045).

Os que moram na região e querem doar alimentos, roupas ou produtos de higiene devem levar os produtos ao Centro Educacional do Jovem Aprendiz (Ceja/Cemep), na Rua Simplício Soares, sem número, centro, antigo Mercado Municipal.

Brasil Fraterno

Nesta sexta-feira, a cerimônia de lançamento simbólico do projeto Brasil Fraterno, do governo federal, levou até Aparecida os ministros da Cidadania, João Roma, e do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, além da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, que preside o conselho do Programa Pátria Voluntária, e vários parlamentares.

Segundo o Ministério da Cidadania, o Brasil Fraterno tem o objetivo de arrecadar alimentos doados e distribuí-los para pessoas em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar. O objetivo é “criar uma rede nacional de solidariedade para garantir segurança alimentar às famílias necessitadas”.

Aparecida foi escolhida para dar início ao projeto depois que o ministro João Roma “se sensibilizou com o apelo do prefeito Siqueira”, mas a expectativa é que a iniciativa se espalhe por todo o país. A ação de hoje beneficiará cerca de 7 mil famílias, que vão receber mais de 300 toneladas de alimentos arrecadados por meio de parcerias – incluindo as 292 toneladas de hortifrutigranjeiros doadas pela Ceagesp.

Durante o evento, o ministro da Cidadania destacou a intenção de despertar a fraternidade e solidariedade do povo brasileiro. “Este momento simboliza uma grande mobilização nacional, um movimento de fraternidade. É uma ação pontual, mas que não pode perder suas perspectivas, pois estamos tratando de segurança alimentar; de oferecer o mínimo de dignidade ao nosso povo. O que nos move é um ato de compaixão”, afirmou Roma.

O ministro questionou as medidas que limitam a atividade econômica: “Uma coisa é o isolamento, outra o distanciamento. O distanciamento é, sim, necessário, assim como o uso de máscara, de álcool em gel, de protegermos as pessoas que amamos. Mas não podemos parar, porque existem mazelas [consequências]”, afirmou Roma.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

  1. Era só o que faltava a gente lê uma notícia dessa, a igreja deveria pedir para esse ladrão chamado Padre Robson para ele devolver pelo menos a metade do que esse canalha, vagabundo roubou dos fiéis.

  2. A igreja deveria dispor de seus bens para dar um.pouco de alento para estas famílias.
    Cadê a CNBB em um momento destes, cade a empatia neste momento, a igreja cada vez mais se distanciando dos ensinamentos que Cristo nos deixou.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Morre ambulante Barruada, famoso por pedir fim de doações após ganhar ‘o suficiente’

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Morreu na madrugada desta terça-feira no Recife, Pernambuco, o vendedor ambulante João Antônio, de 73 anos, conhecido como Barruada. No ano passado, ele chamou atenção por pedir o fim de uma campanha de doações organizada para ajudá-lo em meio à crise causada pela pandemia de Covid-19. Na época, em vídeo, ele disse que o valor arrecadado já era suficiente “para vencer a batalha” e pediu que a “parassem um pouco” com as doações.

Barruada trabalhou durante mais de 20 anos vendendo cachorro-quente na porta do colégio Salesiano, no Centro da capital pernambucana. Segundo a “Rádio Jornal”, ele sofreu uma parada respiratória. O sepultamento será realizado nesta manhã no cemitério Santo Amaro. Ele deixa três filhos e cinco netos.

“Meu pai era um exemplo de honestidade. Sempre foi muito sincero e guerreiro”, disse Camila Maria da Silva, de 26 anos, uma das filhas do vendedor.

Extra – O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Presidente de empresa faz doações e já tornou 74 funcionários milionários

Matthew Molding: CEO do The Hut Group ainda mantém um fundo de 1,2 bilhão de reais (The Hut Group/Divulgação)

Matthew Molding, presidente da companhia britânica de comércio eletrônico chamada The Hut Group fez algo que poucos teriam coração (ou dinheiro) para fazer: doou aos funcionários da empresa 430 cotas de ações nos últimos dez anos.

Se convertidas para o real, o valor das ações chegaria a 6,8 bilhões de reais (1 bilhão de libras esterlinas). Ou seja, sua atitude tornou 74 pessoas milionárias. E não são apenas executivos. Profissionais de diversas áreas receberam tais doações, incluindo secretárias, motoristas e operários.

Molding ainda mantém um fundo de 1,2 bilhão de reais, ou 175 milhões de libras, para futuras doações. O executivo, que há é rico, também doa seu salário para a caridade.

“Nós criamos mais milionários do que qualquer outra empresa na história corporativa britânica”, afirmou o CEO ao jornal Daily Mail.

“As ações são 100% de presente, ninguém teve que pagar nada. Mudamos genuinamente muitas vidas”, também esclareceu.

The Hut Group é conhecido pela marca de suplementos alimentares MyProtein. Mas a empresa também fornece tecnologia de comércio eletrônico para outras empresas, entre elas Asda e Tesco.

A estreia da companhia na bolsa, em setembro, marcou o maior IPO de uma empresa de tecnologia no Reino Unido e levou o grupo a ser avaliado em 5,4 bilhões de libras.

Exame

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Mulher ganha R$ 60 mil em doações ao fingir ter câncer para fazer casamento

Foto: Reprodução/Liverpool Echo UK

Toni Standen, de 29 anos, ganhou mais de 8 mil libras esterlinas (cerca de R$ 60 mil) em doações após fingir ter câncer no ovário. A farsa teria acontecido porque a mulher queria realizar o “casamento dos sonhos”. Além disso, a inglesa ainda reforçava o discurso dizendo que o pai também estava com a doença e sonhava que ele pudesse levá-la ao altar. Na última semana, Toni se considerou culpada por fraude e falsa representação durante audiência, e agora aguarda julgamento. Se condenada, o juiz pode determinar que ela devolva o dinheiro das doações.

Durante a farsa, a noiva raspou a cabeça e ainda concedeu entrevistas para jornais locais nos quais afirmava que o câncer no ovário tinha se tornado terminal pois passou “para o cérebro, ossos e estava em toda a parte”.

A mulher ainda afirmava que o pai dela, Derek, também estava com a doença e que sonhava que ele a levasse até o altar, mas não tinha condições financeiras de arcar com os custos do casamento. Diante do caso, os amigos de Toni fizeram uma campanha de financiamento coletivo para conseguir arrecadar fundos para que a mulher e o parceiro dela, James, pudessem ter um “casamento que eles merecem” e ainda ter o pai dela no evento.

Segundo o site Mirror, o pai de Toni morreu antes do casamento — não foi informada a causa da morte dele —, mas ele teria gravado um vídeo para ser reproduzido no evento. Convidados informaram que depois do vídeo emocionante, a noiva começou a fazer piadas e dar risadas, como se não tivesse lamentando a perda paterna. Após o casamento com 150 convidados no condado de Cheshire, na Inglaterra, o casal foi até um hotel e depois seguiram para a lua de mel na Turquia.

A colega de faculdade da mulher, Cheryl Aston, doou 595 libras esterlinas (mais de R$ 4 mil) para Toni e disse que a atuação da suspeita com a mentira foi “muito boa”.

“Ela [Toni] poderia ter ganhado um Oscar, sua atuação foi muito boa. Ela enganou a todos nós. Estávamos todos completamente absorvidos [pela história que ela contava]. Ela me disse que estava morrendo e eu caí nessa”, explicou.

Os amigos começaram a achar o discurso da doença estranho quando Toni contou que estava com coronavírus, em abril deste ano, e levantou a suspeita dos colegas que decidiram questioná-la sobre a veracidade da doença.

“Telefonamos para ela para uma conversa a três e gravamos. Perguntamos diretamente: ‘Você realmente tem câncer?’. Ela começou a chorar e admitiu que era tudo mentira [sobre o câncer]. Encerramos a ligação e ligamos imediatamente para a polícia”, disse uma pessoa.

Na última semana, Toni se considerou culpada por fraude e falsa representação entre fevereiro de 2019 e abril de 2020. Segundo o site Liverpool Echo UK, diante do Tribunal de Magistrados de Chester, o marido de Toni apoiou a mulher, enquanto o juiz distrital Nicholas Sanders afirmou que ela cometeu uma “terrível quebra de confiança”.

Agora, o juiz pode determinar que Toni devolva o dinheiro obtido com as doações. A mulher ainda passará por julgamento, que ainda não possui data para acontecer.

UOL

Opinião dos leitores

  1. Vixe, será que aprendeu a dar calote com algum petista?
    Ei KD os 5milhões dos respiradores? E os 8,5 milhões das ambulâncias?

    1. Ou será foi com alguém da turma da camisa da seleção por meio das rachadinhas?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS E VÍDEO: #DriveThruDoBem arrecada doações para ONG de Mãe Luíza que atende cerca de 70 crianças e adolescentes

Fotos: Kaline Lucena/Wagner Pereira/Divulgação

Você já conhece a Escolinha de Surf “Filhos de Mãe Luiza”? É uma ONG que atende cerca de 70 crianças com idades de 07 a 14 anos com aulas de surf, aulas de reforço, café da manhã e almoço entre outras coisas.

No próximo dia 05 de setembro a partir das 16h vamos fazer um super evento para arrecadar doações de alimentos, roupas e materiais de higiene, na Urban Arts. A ação contará com sérvios da Pro House (Açaí), Levú (Drinks) e a Not Bad (Burger), fazendo vendas de produtos e recebendo doações. Na oportunidade, estarão sendo leiloados virtualmente quadros do artista Lucas Azevedo, um deles quadros será pintado ao vivo.

E para agitar o evento, os djs Gabriel Sodré do Sax In The House, Flávio Alvarez e Pri Oliveira, estarão mandando os sons que tocam nas melhores vibes pelo mundo e tudo transmitido pelo YouTube – https://www.youtube.com/saxinthehouse

Enquanto isso, o Posto Carau e a Vapour Desinfecções estarão fazendo a sanitização nos carros participantes.

Fiquem ligados no nosso Drive Thru do Bem!

Ajude ao próximo e receberá em dobro. Compartilhe! #DriveThruDoBem

Opinião dos leitores

    1. Obrigado!!
      O GADO do véi Bolsonaro agradece.
      Somos maioria, em qualquer canto em qualquer lugar.
      Que bom que vc reconhece.
      Quer se juntar a nós, tem vaga.
      Agora, tem que deixar de idolatrar, adorar ladrão faltando dedo e comandados.
      Quadrilha, aqui não.
      Vc que sabe, a escolha e sua.
      Estado livre de direito democrático.
      Esse é o regime.
      Mito 2022.
      Bozo 2022
      É assim!!

    2. A iniciativa é de vocês, gadolandia? Duvido muito.
      Porém, se for verdade, que vocês tem uma fixação pela mentira, parabéns.

    3. Onde tiver gente, 70% é GADO do véi.
      É por isso que o véi tá estourado.
      Kkkkkk

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Governo do RN arrecada R$ 100 mil em doações e recebe 900 mil máscaras para doação

FOTO: Elisa Elsie

O Governo do RN apresentou nesta quarta-feira (6) mais um balanço das doações efetivadas pelos programas RN+Unido e RN+Protegido. Foram aproximadamente R$ 100 mil em máscaras, álcool, material hospitalar, alimentos, material de limpeza e higiene pessoal no período de 27 de abril e 5 de maio. O total de doações já soma R$ 1,6 milhão, contabilizado a partir da criação da Central de Controle de Doações, em 26 de março.

O controlador-geral do Estado, Pedro Lopes destacou as doações da Câmara dos Dirigentes Logistas (CDL) e grupos empresariais associados, com entrega de 25 circuitos respiratórios destinados à preparação de leitos de UTI. E também a doação da Associação dos Defensores Públicos do RN, com 450 cestas básicas, sendo 100 já entregues à Associação dos Pescadores da Vila de Ponta Negra.

A campanha Fisco Solidário, promovida pelos auditores fiscais do RN distribuiu 300 cestas básicas e diversos materiais hospitalares a unidades do Governo e municípios do RN. Pedro Lopes citou ainda uma doação do servidor público estadual Walter Bastos, que junto com sua família, adquiriu 300 luvas, 50 protetores faciais, 150 máscaras comuns e 200 máscaras de uso hospitalar, em um valor de R$ 3,2 mil.

Toalhas e lençóis doados pela Coteminas semana passada foram entregues essa semana. O Hospital da PM recebeu 300 toalhas. O Hospital Regional de Assu recebeu 400 toalhas e 200 lençóis. A Polícia Militar recebeu, de outra doação, 700 protetores faciais com viseira. E ainda o Programa do Leite, para proteção dos agentes de distribuição, recebeu 730 litros de álcool 70%.

“A campanha RN+Unido recolheu, só nessa semana, junto aos supermercados, 1,5 tonelada em alimentos, material de limpeza e higiene pessoal nos supermercados associados à Assurn. Fizemos a destinação de 770 cestas básicas favorecendo 770 famílias espalhadas pelo Estado, além da distribuição de 4 mil máscaras e 200 litros de álcool gel”, comemorou Pedro Lopes.

O controlador-geral frisou ainda que o programa RN+Protegido receberá 900 mil máscaras da Guararapes ainda nesta quarta-feira. E já amanhã será anunciada a distribuição desse material. “Queremos que todas essas máscaras estejam distribuídas em todo o RN até segunda ou, no máximo, terça-feira”.

O último registro da coletiva de imprensa na manhã de hoje, proferida na Escola de Governo, lembrou a atualização do Portal da Transparência. O site, desde ontem, abriga todas as informações relativas ao Covid-19 no RN. “Para além das informações exigidas pela Lei, consolidamos também os dados da Covid no RN. Informações antes distribuídas entre órgãos do Governo, agora unidos no mesmo local”.

Opinião dos leitores

  1. O Desgoverno do RN recebe as doações dos Empresários, mas faz as entregas em nome de um programa do Governo, ou seja, está se aproveitando para indiretamente dizer que é uma ajuda do desgoverno. Oportunista.

  2. moral danada! Só 100 mil? Quanto foi mesmo que os empresários arrecadaram para os respiradores? Acho que passou dos 200 mil…
    Só mostra o grau de confiança do povo em deixar dinheiro na mão de um governo que nada propõe de novo, só copia e cola…

  3. Kkkkk. Os empresários que tanto os petistas condenam são os maiores colaboradores nesse momento de pandemia.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Badalada Live do Sol & Lua rende R$ 10 mil em dinheiro, 108 cestas básicas prontas e meia tonelada de itens diversos; empresária promete novo evento

Foto: Reprodução/Blog Gláucia Lima

A badalada live do Sol & Lua, da empresária Lilia Saldanha que aconteceu no último domingo, 03 de maio, rendeu R$ 10 mil em dinheiro, 108 cestas básicas prontas e MEIA TONELADA de itens diversos que serão transformados em novas cestas básicas. A informação é do Blog Gláucia Lima. Confira aqui post completo.

Opinião dos leitores

  1. Tem que fazer doação mesmo, a quem sempre deu e fez a felicidade de muita gente. Kkkkkk
    Agora no retorno se preparem que a galera vem com tudo, e esse tempo todo de recesso o pessoal tá zero bala. Kkkk

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Primeiro balanço do Governo do RN registra R$ 800 mil em doações

Foto: Divulgação

O Governo do RN criou dois programas para centralizar diferentes tipos de doações e donatários: o RN+Unido e o RN+Protegido. Ambos procuram amenizar os efeitos colaterais provocados pelo coronavírus e têm contado com ampla participação da sociedade, em especial de empresas.

Durante coletiva oficial realizada na Escola de Governo nesta segunda-feira (20) foi divulgado o valor estimado das doações ao programa RN+Protegido. São R$ 800 mil em equipamentos de proteção individual (máscaras, álcool, luvas, etc) e materiais destinados a hospitais. Grande parte do material foi doado por empresas, entidades sindicais e associativas.

O primeiro balanço das doações de alimentos e material de limpeza e higiene pessoal, correspondentes ao programa RN+Unido, será publicado na quarta-feira (22).

RN+Unido

O RN+Unido foi criado em parceria com a Associação dos Supermercados do RN (Assurn), com apoio do Ministério Público Estadual. Tem a finalidade de doações de alimentos não perecíveis, material de higiene pessoal ou cestas básicas prontas e também material hospitalar. Tudo destinado às famílias em situação social mais vulnerável, cadastradas na Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas).

O ponto de coleta são os próprios supermercados e atacadistas associados à Assurn. Tanto clientes em compras quanto o setor empresarial podem fazer sua doação. No caso, as empresas também podem solicitar uma equipe do Governo para buscar a doação. A lista de material a ser doado – itens básicos – se encontra no portal www.transparencia.gov.br.

RN+Protegido

O programa RN+Protegido é uma parceria do Governo do RN com as indústrias de confecção do RN, em especial a Guararapes e Coteminas, além do Sindicato da Construção Civil no RN (Sinduscon), e vai permitir 7 milhões de máscara para doação, preferencialmente a trabalhadores e servidores públicos que atuam em atividades essenciais, aos idosos e seus cuidadores, e à população em geral com renda até três salários mínimos.

Neste projeto o Governo vai investir R$ 3 milhões por meio de ação do Governo Cidadão. As empresas parceiras vão doar matérias primas para confecção, além de peças prontas abaixo do preço de custo.

Dois milhões de máscaras do Projeto serão disponibilizadas aos municípios através da Femurn, sob orientação das suas secretarias de saúde pública e assistência social.

O Governo já recebeu 100 mil máscaras que estão sendo destinadas a profissionais de saúde, segurança, sindicatos, trabalhadores de supermercados, além de ação de assistência social.

Transparência e como ser beneficiário da doação

Para pessoas, entidades ou prefeituras que desejam receber essas doações – tanto do programa RN+Unido quanto do RN+Protegido – basta enviar solicitação ao email rnunido@rn.gov.br. Todo o material recebido em doação, bem como a correspondente distribuição, estará disponível no Portal da Transparência do RN (transparencia.rn.gov.br).

Beneficiários e Doadores

Segundo o Portal da Transparência do RN, até o momento 21 unidades hospitalares espalhadas pelas quatro regiões do Estado, também receberam doações, além do Laboratório Central, setores da Segurança Pública e outros órgãos do Governo, o SAMU RN, a Unidade de Pronto Atendimento Dr. Leônidas Ferreira, o Centro de Reabilitação Infantil, a Federação de Empresas de Transporte de Passageiros, e o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Passeio.

São doadores, até o momento, a Alesat Combustíveis, Associação dos Defensores Públicos do RN, Companhia Energética Potiguar, a Fisiovitalis, Fundação Instituto de Tecnologias Estratégicas, Ginga Bebidas, Grupo Espírita Garimperidos da Luz, Grupo Ser Educacional, Indústria Becker, Lojas Riachuelo, Magazine Luiza, Maria de Fátima Caribé, Senai, Sindicato dos Auditores Fiscais e Sindicato dos Bancários, Ster Bom, UFRN, Usina Estivas, e a Vicunha Têxtil.

Opinião dos leitores

  1. Centro desportivo do conjunto gramore , pretendemos ser agraçiado para ajudá moradores da comunidade .CDCG.400 familias vivem na venerabilidade e precisam muito das ajudas governamentais..

  2. Será que daqui pra frente a governadora Fátima vai dar mais valor a empresário?? Que fique a lição!

  3. Parabéns pelas doações. Boas notícias e boas pessoas existem neste mundo. É preciso união, seriedade, serenidade e perseverança para juntos vencer essa guerra. Guerra mundial, onde o mundo está envolvido contra esse vírus. Vai passar. Vamos seguir em frente. Tomara que seja breve, gostaria que os políticos deixassem de lado a diferença e buscassem o bem estar do povo. É preciso encontrar um meio termo de modo a valorizar a economia, mas o foco sendo resguardar vidas. Tenho certeza que falta somente boa vontade de todos os nossos governantes. No mínimo, redução de salário, verbas eleitorais, partidárias, de gabinetes!!! No Brasil a gente não vê nada disso!!!! E nós povão pagamos a conta sozinhos!! Antes de tudo lembrem: o dinheiro não é do governo federal, estadual ou municipal. O dinheiro e recurso é nosso dos brasileiros que pagamos impostos em tudo!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Central recebe doações de empresas e inicia para pessoas físicas próxima semana

Para evitar maiores efeitos colaterais provocados pela pandemia do Covid-19 nas camadas sociais mais vulneráveis, o Governo do RN já montou uma Central para doações de material em grande volume por parte de pessoas jurídicas. E no início da próxima semana tem início o funcionamento da Central de Doações para pessoas físicas.

As doações por pessoas jurídicas podem ser realizadas diretamente na Escola de Governo do RN (Centro Administrativo), das 8h às 17h. A equipe do Governo também pode providenciar o recebimento do material no estabelecimento da empresa, caso requisitado. O contato para efetivação das doações pode ser feito pelo telefone: (84) 98146-5124.

A partir da próxima semana tem início a Central de Doações para pessoas físicas. Para evitar aglomerações e facilitar a doação, a coleta e a distribuição, toda uma logística tem sido arquitetada pelo Governo, em parceria com o Ministério Público Estadual e a Associação dos Supermercados do RN (Assurn). Poderão ser doadas cestas básicas montadas ou a granel, além de materiais de higiene e hospitalares.

As doações acontecerão em supermercados e atacadistas. A lista será disponibilizada nos próximos dias pela imprensa e redes sociais do Governo. Os materiais doados receberão cuidados para desinfecção, armazenamento e condicionamento. A Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), em contato com assistenciais sociais dos municípios, indicará postos de doações. A Defesa Civil fará a distribuição na capital e no interior.

Para dar mais transparência ao processo, a Controladoria Geral do Estado, responsável pela coordenação da Central de Doações, também tem montado uma área dentro do Portal da Transparência para reportar todos os registros de entrada e saída de doações, com respectivos volumes e locais de entrega.

A Control organizou, na tarde desta quarta-feira (1) uma teleconferência com, presença da governadora Fátima Bezerra, a secretária da Sethas, Iris Oliveira, representantes da rede de supermercados, do Ministério Público Estadual, da Seturn e da Cruz Vermelha. Na oportunidade, a promotora Ana Ximenez informou a cessão de dois caminhões com motoristas para distribuição das doações, além de seis servidores experientes em almoxarifado. A Seturn se dispôs a contribuir através do projeto “Busão da Solidariedade”, também disponibilizando ônibus para doação.

Nesta sexta-feira será realizada nova reunião para definir os últimos detalhes de logística e a identidade da campanha de doações para o início da Central de Doações para pessoas físicas.

Saiba Mais

O Governo criou por meio do Decreto nº 29.565, de 25 de março de 2020, a Central de Controle de Recebimento e Distribuição de Doações de Insumos e Bens destinados ao enfrentamento e amenização dos impactos da Calamidade Pública decorrente do novo Coronavírus (COVID-19).

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Sindicato dos Bancários do RN fará doações de respiradores

Foto: Divulgação

Representantes do Sindicato dos Bancários do Rio Grande do Norte estiveram, nesta terça-feira (24), na Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) para levar ao conhecimento do secretário Cipriano Maia, que o sindicato vai fazer uma campanha junto a seus filiados para doação de respiradores. No momento da visita Cipriano Maia se encontrava reunido com uma equipe de médicos.

A chefe de gabinete da Sesap, Kátia Maria Queiroz Correia, e a secretária-adjunta do Gabinete Civil do Governo do Estado, Samanda Alves, receberam o diretor de Saúde, Robério Paiva, o diretor de Esportes, Leandro Werling e o diretor de Imprensa e Comunicação, Marcos Tinoco, do Sindicato dos Bancários onde foi colocado que o sindicato já dispõe de R$ 52 mil para a compra de respiradores, mas que a campanha será intensificada também a outros sindicatos.

“Estamos fazendo uma campanha pública de doações neste momento crítico que o mundo e o Brasil enfrentam. A iniciativa partiu da direção do Sindicato dos Bancários e é importante que outros sindicatos se mobilizem também para fazer doações. Vamos utilizar as redes sociais para mobilizar todos neste momento de crise na saúde”, disse Marcos Tinoco, diretor de Imprensa e Comunicação do Sindicato dos Bancários do Rio Grande do Norte.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

Bilionários filantropos lançam campanha de doações para combate ao coronavírus

Rubens Menin, dono da MRV e do Banco Inter Foto: Edilson Dantas / Agência O Globo

Dois movimentos destinados à filantropia lançaram campanha conjunta, nesta segunda-feira, para convencer grandes fortunas brasileiras a doarem para o combate ao coronavírus. O objetivo é levantar recursos em um fundo emergencial para a compra de material hospitalar e equipamentos por quatro instituições publicas de saúde. Organizadores estimam potencial de levantar R$ 10 milhões em uma semana.

A iniciativa é do Movimento Bem Maior, dos empresários Elie Horn (Cyrela), Eugenio Mattar (Localiza) e Rubens Menin (MRV e Banco Inter) e do apresentador Luciano Huck, e do Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (Idis). A campanha usa a plataforma de crowdfunding (financiamento coletivo) para causas sociais BSocial.

Os recursos serão direcionados à Fiocruz, ao Hospital das Clínicas de São Paulo, à Santa Casa de São Paulo e à Comunitas, organização que está comprando respiradores para hospitais do SUS.

O objetivo é que o dinheiro seja usado na compra de material de proteção para médicos e enfermeiros, testes para diagnóstico de Covid-19, respiradores e equipamentos para UTI.

– Estamos fazendo uma convocação aos grandes filantropos para que doem recursos. Alguns doadores já demonstraram interesse, agora vamos discutir valores. Enxergamos o potencia de levantarmos R$ 10 milhões em um semana – contou Paula Fabiani, diretora-presidente do Idis.

Lá fora, diversos bilionários já anunciaram doações para o combate ao coronavírus. A fundação de Bill e Melinda Gates vai destinar US$ 100 milhões à iniciativa, enquanto o fundador do gigante chinês do comércio eletrônico Alibaba, Jack Ma, destinou US$ 14,5 milhões a pesquisas sobre vacinas contra a doença.

Doações de qualquer valor

Mas os efeitos econômicos da pandemia tornam mais difícil a tarefa de fazer empresários a abrirem o bolso, já que suas fortunas encolheram com as quedas na Bolsa e o fluxo de caixa dos seus negócios estão comprometidos.

– Não é um momento fácil para levantar doações, dada a crise causada pela pandemia. Mas, entre as famílias mais afortunadas, não temos visto ninguém reticente, até pela comoção mundial e pelo nível de vulnerabilidade do pais – disse Carola Matarazzo, presidente do Movimento Bem Maior.

Embora mire sobretudo grandes fortunas, a iniciativa aceita doação de qualquer valor por meio do site da BSocial.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. Os que foram mencionados no comentario do sr. Flavio estão indignados com as ações rápidas e eficientes do governo federal e dos seus competentes ministros.

  2. Os empresários estão lutando contra o coronavírus.
    Os milionários estão lutando contra o coronavírus.
    Os governos estão lutando contra o coronavírus.
    A maior parte do povo tem feito sua parte contra o coronavírus.
    Mas só o governo federal é criticado, os outros estão acertando em tudo que faz! Será?
    Onde estão os intelectuais, os artistas, as ONGs, cadê os líderes do MST, TMST?
    Todo esse povo só sabe criticar, pela crítica fizeram o quê contra a situação do vírus?
    Qual contribuição eles deram até agora? Qual o projeto que eles mostraram contra o coronavírus? Onde esse pessoal que tanto grita contra a falta de verba pública postou alguma contribuição positiva, viável e real contra o coronavírus?

    1. Isso mesmo, Flávio…
      Cade Luciano Hulk, Marina Siilva, Greta Tumber, Leonárdio de cáprio, Cristiano Ronaldo,Caetano Veloso, Zé Abreu (aquele seboso), Chico Buarque, Gilberto Gil, Hadad, Gleice Hofman, Tábata Amara?
      Só torcendo contra???? Até agora, só CIro chorando….
      LINGUARUDOS

    2. O comentário mais verdadeiro que li nesse blog, onde estão essa cambada que só fazem críticas, esse mesmo blog anunciou essa semana que tem um monte de respiradores artificiais quebrados no estado, o que fizeram para resolver, o governo federal pelo menos estar agindo, dando a cara para bater, mas a maioria estão politizando a situação na esperança de tirar vantagem no futuro, não se conformam que perderam as tetas do estado, vergonha dessa esquerda preocupada com o bem estar deles mesmos, vergonha!!!

    3. E por que será isso Flávio inocente útil?
      Será porque ele disse, contrariando seu Ministro da Saúde que é médico, que isso não passava de fantasia e "se tratava apenas de uma gripezinha"?
      Será porque ele divulgou fake dizendo que já havia remédio para o vírus ao mesmo tempo que a ANVISA e todos os profissionais sérios da área estavam dizendo que não?
      Será porque ele, tendo chegado dos Estados Unidos com sua equipe praticamente toda contaminada com confirmações, incentivou e participou de ato público e manteve contato com população quando deveria ter respeitado a quarentena?
      Será porque, ao invés de liderar e coordenar as ações dos Estados, fica disputando e enfrentando os governadores com medidas sendo tomadas a reboque, como nos casos do RJ e SP?
      Vc ainda quer mais?
      Tem muito mais amigo. Saia de sua bolha e seja vem vindo ao mundo real. Muitos que votaram em Bolsonnaro jacestap se tocando e percebendo que ele não tem nem noção do que está ocorrendo. Toda hora faz ou diz algo e em seguida volta atrás.
      Acorde enquanto é tempo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Humorista e influencer Carlinhos Maia assume que faz doações com intuito de aparecer

Foto: Divulgação

Carlinhos Maia já foi bastante criticado por divulgar as ações filantrópicas que faz para ajudar fãs e pessoas necessitadas.  Humorista e influencer contou que gosta de expôr para todo mundo o que fez

Mas, aparentemente, ele não se importa com a repercussão negativa que esse tipo de comportamento gera. Em entrevista ao programa Pânico, na tarde do dia 11 de março, ele comentou que existe mesmo o intuito de aparecer com essas ações. “Quero me aparecer mesmo. Eu trabalho me aparecendo. Não quero ser hipócrita. Mas eu não estou fingindo, eu ajudo de verdade”, declarou.

Publicamente, Carlinhos já doou R$ 25 mil para um fã comprar um carro novo e também ajudou a mãe biológica, com quem ele nem teve contato durante a vida por ser adotado. “Eu a procurei quando era criança. E um vizinho me contou que ela passava na rua da minha casa todo dia com outros filhos. Não julgo porque ela me entregou, cada um sabe da sua história. Mas eu a procurei, quando encontrei pedi a bênção. Ela me deu a bênção, mas nunca mais reapareceu”, contou, reforçando que a ajuda com dinheiro mensalmente.

R7

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Banco de Leite da Maternidade Divino Amor necessita de doadoras

Foto: ASCOM

O Banco de Leite Humano da Maternidade Divino Amor está precisando de doações. Atualmente, apenas oito mulheres são doaras assíduas e apenas cinco litros de leite são coletados por semana para atender os bebês dos leitos de médio risco e principalmente da UTI Neo Natal.

De acordo com a diretora do banco de leite, Fabíola Vasconcelos, o ideal para atender a demanda da Maternidade seria em torno de dois litros por dia, o que atenderia pacientes de 40 leitos aproximadamente.

“A doação de leite materno é de extrema importância, além de ser um gesto de amor, contribui para a recuperação e reabilitação de muitos bebês. Esse leite serve como medicamento para estimular o sistema imunológico dos recém-nascidos”, afirmou Fabíola.

A Maternidade também está recebendo doações de frascos de vidro com tampas de plástico para armazenar o leite recebido.

QUEM PODE DOAR?

Mulheres que estão amamentando e produzem uma quantidade de leite superior à necessidade do seu filho.

ASCOM

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Federal indicia Lula por doações da Odebrecht a instituto que leva seu nome

Foto: Jefferson Coppola / Agência O Globo

A Polícia Federal indiciou na última terça-feira o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outras três pessoas pelas doações feitas pela empreiteira Odebrecht ao Instituto Lula. Segundo o delegado Dante Pegoraro Lemos, recursos transferidos pela empresa sob a rubrica de “doações” teriam sido abatidas de uma espécie de conta corrente informal de propinas.

Além do petista, também foram indiciados o presidente do Instituto, Paulo Okamotto, o ex-ministro Antonio Palocci e o ex-presidente da empreiteira, Marcelo Odebrecht.

Em nota, a defesa do ex-presidente afirmou que “o indiciamento é parte do Lawfare promovido pela Lava Jato de Curitiba contra o ex-presidente Lula” e que a acusação da Polícia Federal não faz sentido:

— As doações ao Instituto Lula foram formais, de origem identificada e sem qualquer contrapartida. À época das doações Lula sequer era agente público e o beneficiário foi o Instituto Lula, instituição que tem por objetivo a preservação de objetos que integram o patrimônio cultural brasileiro e que não se confunde com a pessoa física do ex-presidente — afirmou o advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Lula.

Lula já responde a um processo pela compra, pela Odebrecht, de um terreno que serviria de sede para o Instituto Lula no valor de R$ 12 milhões. Apesar da aquisição do imóvel, Lula teria rejeitado a propriedade. O processo está em fase final e aguarda a sentença do juiz Luiz Antonio Bonat.

Nesse caso, a PF indiciou o ex-presidente apenas pelo repasse de R$ 4 milhões feitos pela empreiteira entre dezembro de 2013 e março de 2014. Os valores foram transferidos para o Instituto Lula de forma oficial, sob a alegação de serem doações feitas pela empreiteira. Contudo, a PF acredita que o dinheiro veio de uma conta informal de propinas que Antonio Palocci mantinha com a Odebrecht.

Lula, Okamotto e Palocci foram indiciados por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Marcelo Odebrecht foi indiciado por corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

O delegado optou por não indiciar Lula e outros envolvidos pelas doações feitas por outras empresas, como a Queiroz Galvão, a Camargo Correa, a OAS e a Andrade Gutierrez, UTC, Consórcio Quip e BTG Pactual.

Segundo Lemos, não houve aprofundamento das investigações sobre a Queiroz Galvão em razão de possível acordo de colaboração com o Ministério Público Federal (MPF), até o momento sem notícias de acerto.

— A essas alturas das investigações, portanto, considerando a natureza dos serviços prestados a título de palestras, os quais se presumem ocorridos, representando assim a própria contraprestação aos pagamentos, não verificamos a prática de crime, ressalvadas apurações específicas que venham eventualmente a demonstrar a ocorrência — afirmou o delegado.

‘Amigo de meu pai’

Em relação à Odebrecht, o delegado citou as delações feitas por executivos da Odebrecht como Alexandrino Alencar, além do próprio Marcelo Odebrecht. Em seu depoimento, Alexandrino Alencar afirmou que tinha conhecimento de uma contabilidade paralela do grupo Odebrecht para pagamentos ao PT e ao ex-presidente.

“Alexandrino afirmou que também foram baixados dessa ‘conta amigo’ R$ 4 milhões que o colaborador entende que foram destinados às doações ao Instituto Lula. Marcelo Odebrecht, em suas declarações como colaborador, confirmou que as doações de R$ 4 milhões ao Instituto Lula foram abatidos da ‘conta amigo’, bem como a ciência de Lula acerca de provisionamentos para o instituto”, disse o delegado.

Entre os indícios apresentados, consta um e-mail trocado entre Marcelo Odebrecht e outros executivos da Odebrecht. Na mensagem, Marcelo afirma que o “Italiano”, codinome de Antonio Palocci dentro da empresa, teria afirmado que o Japonês, referência a Paulo Okamoto, presidente do Instituto, iria procurar Hilberto Mascarenhas, executivo da Odebrecht, para um “apoio formal ao Instituto”, no valor de R$ 4 milhões.

“Vai sair de um saldo que o amigo de meu pai ainda tem comigo de 14”, explica Marcelo Odebrecht no e-mail.

Segundo o delegado, a princípio, as doações seriam irrelevantes se não tivessem sido abatidas da conta informal de propinas mantida pelo PT junto à construtora. O mesmo ocorreu com recursos destinados à aquisição de um imóvel para o Instituto Lula.

“Surgem, então, robustos indícios da prática dos crimes de corrupção ativa e passiva, considerando o pagamento de vantagem indevida a agente público em razão do cargo por ele (Lula) anteriormente ocupado”, diz o delegado.

Procurado, o advogado Fernando Fernandes, que defende Paulo Okamotto, afirmou que seu cliente foi absolvido de acusação semelhante.

— O delegado transparece que deseja recriar casos. Do relatório fica claro que todas as palestras foram periciadas e existiram. As doações ao Instituto Lula foram pelas mesmas empresas que doaram a instituto de outros ex-presidentes. Okamotto realiza um trabalho fundamental para preservação da memória e do acervo que o Instituto Lula cuida — afirmou Fernando Augusto Fernandes.

Em nota, o advogado de Antonio Palocci, Tracy Reinaldet, afirmou que o ex-ministro colaborou de modo efetivo com a Polícia Federal e com o Ministério Público Federal para o esclarecimento dos fatos investigados.

O GLOBO entrou em contato com a defesa do ex-presidente Lula e dos outros indiciados e aguarda respostas, que serão publicadas nesta reportagem.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. Esse poço de Corrupções não tem fim, é o buraco negro, e está localizado no Brasil, quem criou foi a esquerdalha progressiva.

  2. Qual o problema? Isso é intriga da direita com a "alma mais Onesta do país".
    Aimmmm, tem que investigar o Queiroz…
    E o Lulinha? Não interessa, isso é coisa dos inconformados, tem que ir atrás do Queiroz!
    E o que Palocci revelou? Não importa, não interessa, tem que ir atrás do Queiroz!
    E as investigações em curso da lava jato? Para tudo e vão atrás do Queiroz!
    E os deputados do PT que movimentaram mais de R$ 20 milhões na Alerj? Não queiram desviar a atenção, tem que ir atrás do Queiroz!

  3. Com certeza, o maior bandido que esse país já teve, LULADRAO. Que ninguém nunca esqueça a cara desse bandido, e o que ele e sua quadrilha roubaram da nossa nação.

    1. Tu, como apoiador de um bandido, deveria era ter vergonha. Eu já dei apoio a esse canalha lá pelos anos noventa, acho que tu nem vivo era ainda, qdo vi que ele e sua curiosa não passavam de bandidos travestidos de comunistas. Qdo começaram a ganhar as primeiras prefeituras e fazer pior que seus antecessores, sai fora. Depois só se confirmou, assassinato de Celso Daniel, mensalão, dinheiro nas cuecas, cut envolvida em tudo que era maracutaia, governadores, senadores, deputados prefeitos, vereadores….tudo envolvido em roubo, hoje os que ficaram como vc ou são do mesmo naipe ou perdeu alguma boquinha. Sim, só pra tua informação depois passei mais alguns anos filiado ao PSOL, com as mesmas características do PT, sai TB, depois fui para o pstu , dá pra tu otário. Alienado é tu que nunca deve ter lido um livro, participado de uma eleição ou convenção ou pertencido a um partido sequer, babaca.

    2. Tai, antídoto, levou uma cacetada de graça, bem que podia ter ficado calado. Kkkkkkk
      Pelo jeito o alienado e tu. Kkkkkk

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTO: Jorge Jesus visita o INCA, distribui presentes e promete doações com vendas de sua biografia

Foto: Lance

Jorge Jesus segue fazendo história e subindo degraus para se tornar o maior técnico da história do Flamengo. Desta vez, o feito admirável se deu fora dos estádios. Na última quinta-feira, de folga, o treinador visitou o Instituto Nacional de Câncer (INCA) e foi conhecer o setor de pediatria. O português foi só simpatia e emoção com as crianças que lutam contra a doença.

Em seu perfil no Instagram, Jorge Jesus externou que doará a quantia referente aos direitos autorais de sua biografia (“Mister Jesus, Quebrando Paradigmas no Futebol”, do escritor Rui Pedro Braz pela editora AllBook), a ser lançada em dezembro, ao INCA. O comandante rubro-negro distribuiu autógrafos e presentes, como bolas, à garotada.

– Hoje à tarde tive a oportunidade de visitar o INCA, conhecer o setor de Pediatria e conversar com familiares e pacientes. Em dezembro será lançada uma biografia e o dinheiro referente aos direitos autorais que cabem a mim, serão doados para projetos do INCA. Espero ver o INCA cada vez melhor e mais forte – escreveu o Mister.

Cabe lembrar que, na última segunda-feira, um dia após o Flamengo desfilar no trio elétrico pelas ruas do Centro para comemorar o título da Libertadores, Jorge Jesus recebeu o título de cidadão honorário do Rio de Janeiro.

Já nesta sexta, Jesus retorna às atividades no Ninho do Urubu. Prepará a equipe para o jogo deste domingo, às 16h, diante do Palmeiras, no Allianz Parque.

Terra, com Lance

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Banco de Leite Humano de Parnamirim necessita de doações

Foto: ASCOM

Para estimular a doação de leite materno e celebrar o Dia Mundial de Doação de Leite – 19 de maio-, a Maternidade Divino Amor vai promover no próximo dia 21, às 8 horas, um café da manhã para as doadoras que num gesto de amor ajudam a salvar vidas. O Banco de Leite Humano está necessitando de doações para suprir a demanda da UTI Neonatal.

De acordo com a enfermeira Isa Cristina de Lima Nobre Beto, a Maternidade Divino Amor conta hoje com 17 doadoras assíduas. “Temos um total de 2 litros de leite por semana, mas precisamos de 10 litros. Por isso, estamos tentando captar novas doadoras”, justificou a enfermeira.

A técnica Gisele Maria da Silva Rocha Alves explica que além do leite materno, também estão precisando da doação de frascos de vidro com tampas de plástico. “Nós aqui do Banco de Leite funcionamos como uma rede de apoio à amamentação. Captamos doadoras, pasteurizamos o leite e damos orientações através de rodas de conversas com as gestantes”, disse.

De 17 a 20 deste mês, a equipe do Banco de Leite da Maternidade Divino Amor vai promover momentos de sensibilização sobre a doação com o corpo não clínico (pessoal da recepção, maqueiros, lavanderia). E, em todas as quartas-feiras, às 8 horas, são realizadas rodas de conversas com a participação da educadora em saúde, Rosângela Vieira.

QUEM PODE DOAR?

Algumas mulheres quando estão amamentando produzem um volume de leite além da necessidade do bebê, o que possibilita que sejam doadoras do banco de leite.

COMO DOAR?

A maternidade Divino Amor oferece todo o suporte para as mães que querem doar. Um carro com profissionais é disponibilizado para acompanhar e buscar a doação em domicílio. A doadora recebe todas as orientações necessárias. Nesse caso, especificamente, as mães precisam ser cadastradas.

Basta entrar em contato com o Banco de Leite da Maternidade Divino Amor pelo telefone: 3272.4367, de segunda a sexta, das 7h às 19 horas.

COMO PREPARAR O FRASCO PARA COLETAR O LEITE HUMANO?

Escolha um frasco de vidro com tampa plástica, pode ser de café solúvel ou maionese. Retire o rótulo e o papelão, lave com água e sabão, enxaguando bem. Em seguida coloque em uma panela o vidro e a tampa e cubra com água, deixando ferver por 15 minutos. Escorra a água da panela e coloque o frasco e a tampa para secar de boca para baixo em um pano limpo, podendo usá-lo quando estiver seco.

O frasco com leite retirado deve ser armazenado no congelador ou freezer. O leite pode ficar congelado por até 15 dias.

O leite humano doado, após passar por processo que envolve seleção, classificação e pasteurização, é distribuído com qualidade certificada aos bebês internados.

Serviço:

Banco de Leite Humano

Maternidade do Divino Amor

Endereço:Av. Ten. Medeiros, 145 – Centro, Parnamirim – RN

Funcionamento: Segunda a sexta, das 7h às 19h. Tel: 3272 4367

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *