Trânsito

Projeto que proíbe apreensão de motos por não pagamento de IPVA agora é lei no RN

Foto: Ilustrativa

É de autoria do deputado Dr. Bernardo (MDB) o projeto que virou lei sancionada pela governadora Fátima Bezerra,  que proíbe a apreensão de motocicletas motonetas ou ciclomotores de até 155 cilindradas por atraso no pagamento do IPVA, no Estado. Trata-se da Lei nº 10.963, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) no sábado passado (31).

De acordo com a Lei, estão proibidas a apreensão e a remoção de motocicletas, motonetas ou ciclomotores de até 155cc por autoridade de trânsito, em função da não identificação de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores – IPVA.

O deputado comemorou e justifica o projeto: “Visa garantir que a irregularidade no pagamento do IPVA, cobrado anualmente em todo o país, não pode ser motivo exclusivo para apreensão desses veículos, tendo em vista, principalmente, o caráter social do seu uso”, afirma.

Dr. Bernardo acrescentou que especialistas em Direito Público explicam que a prática de confiscação dos veículos em blitz por causa do atraso do IPVA tem aumentado em todo o Brasil e que a apreensão exclusivamente devido ao tributo atrasado é inconstitucional. “É possível recorrer a outras formas de cobrança do imposto, sem precisar ofender o direito à propriedade, garantido pela Constituição Federal”, afirmou.

A lei sancionada sábado, porém, não impede apreensão ou recolhimento se a fiscalização identificar ocorrência de outras hipóteses previstas na legislação vigente. Outro ponto é que os proprietários de veículos apreendidos até a data da entrada em vigor da Lei, exclusivamente por não pagamento de IPVA e taxas, podem solicitar sua liberação à autoridade administrativa sem ônus.

ALRN

Opinião dos leitores

  1. O STF vai acabar com a famigerada e inconstitucional TAXA DE BOMBEIROS. Experimenta chamar bombeiros para apagar incêndio no teu carro aqui no interior. Aconteceu comigo e falaram que era longe. Meu carro, apesar de eu ter pago essa taxa, não teve o serviço prestado é meu carro virou cinza.

  2. só uma pergunta: e eu que pago meu ipva todo ano vou ter meu dinheiro de volta? será que não seria mais facil diminuir o valor do ipva do que não apreender as motos com ipva atrasados?

  3. Tinha que ser aqui no RN mesmo. Cambada de político que só faz politicagem. Votem para o cargo de político ser honorífico, duvido, agora pra ganhar voto com esses benefícios inconstitucionais é só o que sabem fazer.

  4. ISTO É UMA VERGONHA, SÓ RODOVIA
    S ESTADUAIS E CIDADES. BR QUE CORTAM O ESTADO TEM DE COMPRI CTB.

  5. Não é a toa que o RN é o campeão de leis julgadas inconstitucionais pelo STF.
    O nível do conhecimento jurídico dos Deputados, de seus assessores, e dos assessores da Governadora é mais baixo que o de um aluno do 1º semestre do curso de Artes.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

ALRN aprova projeto que proíbe apreensão de motos 155 cilindradas com documentos atrasados

Foto: João Gilberto/ALRN

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou durante sessão plenária desta quinta-feira (08) Projeto de Lei 19/2021 de autoria do deputado estadual Dr. Bernardo (MDB), que proíbe à apreensão ou retenção de motocicletas, motonetas ou ciclomotores de até 155 cilindradas por autoridade de trânsito, em função da não comprovação de pagamento do imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por veículos automotores de via terrestre, ou por sua carga, a pessoas transportadas ou não (DPVAT) e Licenciamento. O projeto foi aprovado por unanimidade dos presentes e, agora, segue para a sanção ou veto da governadora Fátima Bezerra (PT).

“Essa proposta corrige problema grave que é a apreensão de motos 155 cilindradas. Os proprietários são pessoas humildes e simples, que utilizam o veículo como meio de transporte e de sobrevivência. São pequenos agricultores, que precisam se deslocar das comunidades rurais e que em virtude dos atuais problemas sociais estão com documentos atrasados. Os órgãos de fiscalização têm outras formas de proibir o atraso, pode colocar no SPC e Serasa, ou cobrar judicialmente”, disse o parlamentar.

A matéria ainda prevê que não haverá recolhimento, retenção ou apreensão de motocicletas, motonetas ou ciclomotores de até 155 cilindradas por ausência de comprovação do pagamento do imposto e taxas, exceto se a autoridade fiscalizadora identificar a ocorrência de outras hipóteses de recolhimento ou apreensão conforme prevê a Lei Federal.

O deputado estadual Getúlio Rêgo (DEM) elogiou a iniciativa e disse que a desde o início da pandemia os proprietários de motocicletas estão enfrentando dificuldades junto aos órgãos fiscalizadores de trânsito no interior do Estado. A proposta ainda teve manifestação dos deputados Tomba Farias (PSDB) e Kelps Lima (SDD).

Em seguida foram analisados três projetos apresentados pelo deputado estadual Hermano Morais (PSB), todos também aprovados por unanimidade e que agora seguem para sanção ou veto do Executivo. O primeiro, Institui o mês Junho Laranja e o Dia Estadual de Prevenção e Combate à Queimaduras no Estado do Rio Grande do Norte.

A Lei tem como objetivo promover a conscientização dos aspectos preventivos das queimaduras e divulgar os primeiros socorros; encorajar a educação em todas as categorias profissionais envolvidas no tratamento e prevenção das queimaduras; promover a realização de congressos, exposições, feiras e amostras para aprimoramento e conhecimento do tratamento de queimaduras; prevenir acidentes, apoiar e reabilitar pessoas sobreviventes às queimaduras; entre outros.

O segundo projeto de Hermano aprovado pelo Legislativo institui 10 de outubro como Dia Estadual do Ciclista, incluindo-o no Calendário Oficial de Eventos do Rio Grande do Norte. “O objetivo é incentivar a utilização da bicicleta como esporte ou lazer, atividade que sem sombra de dúvidas oferece inúmeros benefícios em prol da qualidade de vida, saúde, praticidade e economia da população potiguar, bem como da proteção e equilíbrio do meio ambiente do nosso Estado”, disse Hermano. O parlamentar ainda enfatizou a necessidade de ampliar a segurança para os ciclistas.

Por último, os deputados aprovaram uma terceira proposta de Hermano que denomina a Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) Jaguaribe, da Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern), de Professor Cícero Onofre de Andrade Neto.

O presidente da Assembleia Legislativa do RN, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), decidiu retirar da pauta da sessão desta quinta o Projeto de Lei Complementar 9/2021, de autoria do Executivo, que institui as Microrregiões de Águas e Esgotos do Central-Oeste e do Litoral-Seridó e suas respectivas estruturas de governança. Segundo o parlamentar, há um entendimento entre o Governo Federal, o Governo do Estado e a Federação dos Municípios do RN (Femurn) para debater a pauta em uma audiência pública.

Na oportunidade, Ezequiel ainda respondeu a uma questão de ordem apresentado pelo deputado estadual Kelps Lima (SDD), sobre o motivo da matéria ter seguido para votação em plenário antes de passar pela Comissão de Finanças e Fiscalização. Segundo a assessoria jurídica da Casa, o projeto não possui influência orçamentária e, por isso, não passou pela comissão.

Opinião dos leitores

  1. Esses deputados estaduais do RN só pensam em burlar as leis, pois com certeza esse é um ato irresponsável é inconstitucional, pois o dever que eu tenho de pagar IPVA do meu veículo, o proprietário de motos até 125 cilindrada que querem isentar também tem. O MP tem que entrar junto ao Denatran ou Contran para barrar essa lei, pois isso é proselitismo político, visto que 2022 tem eleição para deputado estadual. Vou entrar com uma ação judicial para que eu também não venha a pagar o IPVA do meu veículo caso esse projeto absurdo venha a ser sancionado pelo governo do estado do RN.

  2. Pronto !!! Virou cabaré… projeto é inconstitucional pois legislar sobre trânsito é direito exclusivo da União. Além de ser uma votação e aprovação imoral, generalista, se esqueceram que são nessas motos que os marginais fazem assaltos a rodo em qualquer parte do RN.

  3. Inconstitucional, só o Denatran pode mecher em legislação de trânsito, o que o estado pode e deve fazer é isentar os imposto estaduais desses pessoal e não incentivar o não pagamento dos impostos, é chamar os cidadãos que pagam seus impostos de babacas!!

  4. Kkkkkkk
    De quem foi esse projeto de lei? E o pior, por unanimidade o restantes dos deputados votaram por apoiar uma lei estadual que se sobrepõe a uma lei federal. Já já os dementes do nosso estado vão legislar no âmbito criminal, meus Deus!

  5. Queria muito que os Deputados lessem a Constituição e descobrissem que é privativo da União legislar sobre trânsito e a Lei 9.503/97 não libera ninguém.
    Sabe o efeito dessa aberração? A PM, apenas por respeito, vai cumprir. A PRF que não tem politicagem vai descer o sarrafo como sempre.

  6. Me causa espécie esse tipo de lei…. Completamente inconstitucional… Se sancionada (creio q não) será derrubada na justiça e os deputados q votaram essa aberração jurídica, passarão vergonha!!!!

  7. Tenho a impressão que esse projeto eh inconstitucional pois salvo engano engano legislar sobre trânsito eh exclusivo da União. Se a apreensão estiver prevista no CNT nenhuma assembleia estadual poderá revogar isso… Mas mesmo que não seja inconstitucional, eh IMORAL!

  8. Com todo respeito ao Dr. Bernardo na minha opinião a governadora Fátima Bezerra tem que vetar esse projeto absurdo por ser completamente vicioso e caloteiro para um estado que já atravessa uma grave crise financeira isso sem falar que vai acarretar em vicio ao não pagamento de quem tem moto de até 155 cilindradas e já pagava antes e agora vai deixar de pagar propositalmente alegando dificuldades financeiras, isso está totalmente errado, é minha opinião.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Com auxílio do scanner de contêineres, em uso no Porto de Natal, Receita Federal realiza apreensão de drogas

Com auxílio do scanner de contêineres, em uso no Porto de Natal, a Receita Federal realizou uma apreensão de drogas na manhã desta segunda-feira (05). A informação é da assessoria de comunicação Companhia Docas do Rio Grande do Norte

“A apreensão demonstra, mais uma vez, que a intensificação das ações de vigilância na área portuária, sempre em parceria e com o apoio irrestrito da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), vem surtindo efeito”, encerra a nota.

Outros detalhes da ação da Receita, assim como a droga e sua quantidade não foram detalhados.

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Presidente da CPI diz que vai pedir à Justiça condução de Carlos Wizard à comissão e retenção do passaporte

FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Atualizado às 12h10

O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), afirmou nesta quinta-feira (17) que vai pedir à Justiça a condução do empresário Carlos Wizard à comissão e a retenção do passaporte.

Convocado para prestar depoimento nesta quinta, Wizard não compareceu. Ele é considerado pela cúpula da CPI um dos integrantes do gabinete paralelo de aconselhamento do presidente Jair Bolsonaro durante a pandemia.

“Oficiaremos a um juiz criminal para que requisite autoridade policial apresentação da testemunha faltosa ou determinar que seja conduzido por oficial de Justiça, o qual poderá solicitar o auxílio da força pública”, disse Aziz.

“Para além dessas medidas, diante da ausência do depoente, determino que seja oficiada à Justiça Federal para que o passaporte do seu Carlos Wizard seja imediatamente retido pela Polícia Federal tão logo ele ingresse em território nacional e somente seja devolvido após prestação de depoimento perante essa comissão de inquérito”, completou o senador.

Wizard decidiu não comparecer mesmo estando amparado por uma decisão do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), que lhe permitiu ficar em silêncio na CPI.

Logo no início da sessão, Aziz reforçou que pedidos feitos por Wizard – entre eles, para que o depoimento fosse remoto e para ter acesso a documentos sigilosos – foram negados.

O presidente relatou ainda que nesta manhã a comissão recebeu pedidos do advogado do empresário solicitando uma reunião da cúpula da CPI com Wizard para tratar sobre uma data para o depoimento.

“É uma brincadeira dele, né? Uma data combinada para ele vir. É uma autoridade!”, ironizou Aziz.

Na quarta-feira (16), a CPI aprovou a quebra dos sigilos telefônico, telemático, fiscal e bancário de Wizard.

Com as quebras, a CPI busca avançar as investigações sobre a propagação de remédios que, apesar de comprovadamente ineficazes para o coronavírus, foram distribuídos à população e defendidos pelo presidente Jair Bolsonaro e seus auxiliares.

Uma das linhas de investigação dos senadores visa apurar também se Wizard ajudou a financiar a propagação de fake news sobre a pandemia.

Outro depoimento marcado para esta quinta, o do auditor do TCU Alexandre Figueiredo Marques, foi adiado para uma data ainda não definida. Alexandre é suspeito de ter produzido relatório falso sobre uma suposta “hipernotificação” dos casos de Covid no país.

G1

Opinião dos leitores

    1. Ele não volta como os Batistas e muitos que tem dinheiro não ficam na cadeia. Esse aí não tem denúncia de roubo, muitos outros tiveram e estão curtindo a piscina e o ócio, mesmo sendo condenados em várias instâncias.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTO E VÍDEO: Força Tática da PM apreende “arsenal” e grande quantidade de drogas no Paço da Pátria, em Natal

Foto: Reprodução

A Força Tática da Polícia Militar apreendeu na tarde desta quarta-feira(19) uma grande quantidade de drogas na Comunidade Paço da Pátria, na Zona Leste da capital. Na ocasião, um “arsenal” de munições, conforme mencionam policiais envolvidos na ação, também foi apreendido. Ainda não se tem a informação da quantidade exata, que será confirmada pela Polícia Civil e Itep após perícia.

Veja mais detalhes abaixo:

Opinião dos leitores

  1. os parças que tavam guardando a droga e munição vão ter q pagar a mercadoria aos chefes da facção com a vida… menos alguns CPFs…

  2. Avante bravos PMs, não deixem esta turma do tráfico em paz. Obs: só faltou informar se foi pego algum meliante.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

IMPRESSSIONANTE -(FOTOS): Marinha dos EUA faz apreensão gigantesca de mísseis e fuzis no Mar da Arábia

Fotos: Marinha dos EUA via Reuters

A Marinha dos Estados Unidos apreendeu um grande carregamento ilícito de armas no Mar da Arábia, anunciou a Quinta Frota da Marinha americana.

Entre os armamentos apreendidos estão dezenas de mísseis antitanque russos e milhares de rifles de assalto chineses, segundo a frota americana baseada no Bahrein.

A apreensão do arsenal foi feita pelo cruzador de mísseis guiados USS Monterey na quinta-feira (6), perto de Omã e do Paquistão, e divulgada no sábado (8). As fotos foram reveladas no domingo (9).

Segundo a Marinha americana, o carregamento ilícito estava em uma embarcação sem bandeira que navegava em águas internacionais no Norte do Mar da Arábia.

A carga levou dois dias para ser transferida para o USS Monterey e a tripulação foi interrogada, recebeu água e comida e depois liberada, segundo a Marinha americana.

A quantidade de armas apreendida é tão grande que cobriu grande parte da cabine de comando traseira do USS Monterey, que tem 567 pés (173 metros) de comprimento, segundo a CNN.

“O carregamento de armas incluía dezenas de mísseis guiados antitanque russos avançados, milhares de rifles de assalto chineses tipo 56, centenas de metralhadoras PKM, rifles de precisão e lançadores de granadas propelidas por foguete”, segundo comunicado.

A Marinha americana acrescentou que o armamento está sob custódia dos EUA enquanto a fonte original e o destino estão sob investigação.

Origem Irã, destino Iêmen

Segundo a Associated Press, uma investigação inicial da Marinha americana aponta que o navio saiu do Irã e tinha como destino o Iêmen, para apoiar os rebeldes Houthis, apesar do embargo de armas da ONU.

Desde 2015, o Conselho de Segurança da ONU impôs um embargo de armas aos Houthis.

Apesar disso, especialistas da ONU alertam que “um número crescente de evidências sugere que indivíduos ou entidades na República Islâmica do Irã fornecem volumes significativos de armas e componentes aos Houthis”.

A missão do Irã na ONU não respondeu a um questionamento da Associated Press. O país já negou no passado ter armado os rebeldes Houthis.

A apreensão é uma das várias já feitas pelos EUA durante a guerra no Iêmen, que começou em setembro de 2014 e deu origem a uma das piores crises humanitárias do mundo.

A guerra já matou cerca de 130 mil pessoas, incluindo mais de 13 mil civis, segundo o Armed Conflict Location & Event Project.

Guerra no Iêmen

Forças pró-governo, apoiadas por uma coalizão regional liderada pela Arábia Saudita, enfrentam os rebeldes Houthis, que contam com o apoio do Irã.

O conflito começou quando os Houthis capturaram Sanaa, a capital e maior cidade do Iêmen, e iniciaram uma marcha para o Sul, para tentar dominar todo o país.

A Arábia Saudita, junto com os Emirados Árabes Unidos e outros países, entrou na guerra em março de 2015, ao lado do governo internacionalmente reconhecido do país. O Irã apoiou os rebeldes.

A guerra já viu atrocidades de todos os lados. Os ataques aéreos sauditas mataram crianças em idade escolar e civis com bombas de fabricação americana. Os Houthis empregam crianças como soldados e colocam minas terrestres indiscriminadamente.

A apreensão ocorre no momento em que vários países tentam encerrar o conflito no Iêmen, que é o país mais pobre do mundo árabe.

G1

Opinião dos leitores

    1. Vá ga BUN do …saudade do ladrao condenado Lula, aquele VAGABUNDO que roubou bilhões do país ?? Perdeu a boquinha??? Chora não bebê , vá trabalhar, babao de ladrao

    2. Além de doido vc tá cego!!!
      Isso é material escolar vindo pra jacarezinho!!!

    3. “Brasil” tá estressado…que coisa!
      Continua Direita Esclerosada…tá ótimo…kkkkkkkkkkkkk

    4. Acho interessante que o rapaz ai de cima só falou em Milícia, não tocou nome de Bolsonaro, mas os bolsoloides se doeram, porque será Hein?

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEO: PRF faz apreensão recorde de maconha em Mato Grosso do Sul; 29,2 toneladas

Foto: © Polícia Rodoviária Federal/Alagoas

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 29,2 toneladas de maconha na BR-267, na manhã de ontem (8), perto da cidade de Rio Brilhante, em Mato Grosso do Sul. Segundo o órgão, essa é a maior apreensão na história da PRF no país.

O caminhão transportava uma carga regular de milho, acompanhada de nota fiscal, mas durante a fiscalização, os policiais descobriram a droga encoberta. Eles disseram que a apreensão aconteceu após “ações de inteligência”.

“O caminhão, que possuía placa de Campo Grande [MS], foi então levado para uma cerealista com estrutura para descarga e pesagem, sendo então retirado o milho do caminhão, tornando possível a pesagem da carga ilícita de maconha”, diz o comunicado da PRF.

O motorista, de 40 anos, não possuía passagens na polícia. Aos agentes, ele disse que o destino da mercadoria seria a cidade de Itapetininga, interior de São Paulo, e que receberia o caminhão utilizado no transporte como pagamento pelo serviço. O motorista, a droga e a carreta foram encaminhados para a Polícia Federal em Dourados (MS).

A ação da PRF foi destacada pelo presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTOS E VÍDEOS: Operação Vale Tudo com PF, MPF, Receita e CGU apreende dinheiro em espécie, inclusive dólares e euros, em residência de empresário em Natal

Fotos: Divulgação/PF

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal, com apoio da Receita Federal e da Controladoria Geral da União, deflagraram na manhã desta sexta-feira, 30/10, a Operação Vale Tudo visando desarticular uma organização criminosa acusada de fraudes em licitação, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro no município de Extremoz, Região Metropolitana de Natal.

Com o avanço das investigações e, através da quebra de sigilo bancário, verificou-se que a organização criminosa teria desviado mais de R$ 2 milhões de reais entre os anos de 2017 e 2020, por meio de fraudes em licitações que visavam à aquisição de medicamentos, produtos odontológicos e hospitalares destinados ao município de Extremoz.

Na capital potiguar, no bairro do Tirol, na Zona Leste, a Polícia Federal apreendeu dinheiro em espécie, inclusive, moeda estrangeira. Em residência de empresário foram apreendidos R$ 70 mil, além de 2.865 euros e 999 dólares.

 

Ver essa foto no Instagram

 

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal, com apoio da Receita Federal e da Controladoria Geral da União, deflagraram na manhã desta sexta-feira, 30/10, a Operação Vale Tudo visando desarticular uma organização criminosa acusada de fraudes em licitação, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro no município de Extremoz, Região Metropolitana de Natal. Com o avanço das investigações e, através da quebra de sigilo bancário, verificou-se que a organização criminosa teria desviado mais de R$ 2 milhões de reais entre os anos de 2017 e 2020, por meio de fraudes em licitações que visavam à aquisição de medicamentos, produtos odontológicos e hospitalares destinados ao município de Extremoz. Na capital potiguar, no bairro do Tirol, na Zona Leste, a Polícia Federal apreendeu dinheiro em espécie, inclusive, moeda estrangeira. Em residência de empresário foram apreendidos R$ 70 mil, além de 2.865 euros e 999 dólares. Imagens: Divulgação/PF

Uma publicação compartilhada por Blog do BG (@blogdobg) em

Opinião dos leitores

  1. Um projeto do governo federal importante pra se não acabar, ao menos dimunuir a corrupção, extinguir a metade dos municipios que existem.
    Não faz sentido criar municipios que não se sustentam. Só serve de cabide de empregos.
    No RN o último criado foi em 2000,
    Aí eu apoio em gênero, número e grau.
    Sou ate capaz de repensar meu voto próxima eleição.

  2. A culpa é do PT e do comunismo internacional que quer derrubar Trump e por o monstro socialista do Biden.

  3. Eita, dizem que essa operação em extremoz é apenas o começo, tem tantos gestores públicos com o C#% na mão kkkķkkk Não vou dizer mais nada, só vou dizer uma coisa é GÓPI.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Apreensão de droga nas fronteiras disparam e crescem 295% passando 90t para 356t

Foto: Fabio Seixo | Agência O Globo

O Programa Nacional de Segurança das Fronteiras e Divisas (VIGIA) do Ministério da Justiça registrou, nos últimos quatro meses, um aumento de 295% na apreensão de drogas em comparação ao primeiro quadrimestre do ano.

De maio a agosto de 2020, foram apreendidas 356 toneladas de drogas apreendidas, entre maconha, cocaína, haxixe e outros entorpecentes. De janeiro a abril, foram 90 toneladas.

Foram confiscados também 27 milhões de maços de cigarros, contra 24 milhões no primeiro quadrimestre do ano, o que representa um aumento de 16%. O crescimento também foi registrado na apreensão de veículos (47%), embarcações (167%), armas (12%) e celulares (605%). O número de prisões efetuadas durante as operações também cresceu (48%).

Lauro Jardim – O Globo

Opinião dos leitores

  1. Libera essa porra. Agora alteram a CF e o código penal pra pena de morte também, lei do talião também é uma boa. Amigo veio onde tem peia, cacete, chibata, açoite, pau no lombo nego pensa duas vezes antes de errar.

  2. Já imaginou o viciado poder ter uma plantinha de maconha em casa para poder usar quando quiser!!?? esses malditos traficantes iriam ter que arrumar outro meio de vida.

  3. Isso podia tá gerando empregos, renda e recolhendo impostos mas só está dando custos polícia, justiça, cadeia e saúde. Legalizado tira o poder econômico das facções, libera a força policial, desafoga a justiça, prisões e ajuda a pagar a conta da saúde.

  4. Liberar as droas e depois tratar os viciados???? Que idéia brilhante
    O Uruguai liberaram, depois o trafico aumentou seguindo de roubo e homicídios.
    Quem vai controlar a droga? Vão criar um maconhabrás???

    1. Empresas privadas, igual a Souza Cruz ou Ambev que produzem as drogas cigarro e álcool, ficariam encarregadas da produção e venda aos otários. Seriam milhares de empregos criados, além de impostos gerados para o Estado, que ficaria encarregado de promover campanhas de esclarecimento sobre o perigo das drogas, assim como é feito com cigarros. Só para lembrar, a violência no Uruguai e muitíssimo menor que no Brasil.

  5. Parabéns as Pf's, PRF's, PC´s e PM's dos estados de fronteiras desse brasilzão que comem um dobrado correndo atrás dos traficantes e fazendo apreensões importantes para nosso país.

    1. Libera o uso das drogas, faz uma campanha forte contra o consumo e trata os viciados, pois além de acabar com o tráfico, geraria empregos formais e ainda deslocaria esse pessoal da segurança que trabalha no combate ao tráfico para outras atividades, como por exemplo, fiscalizar e prender os ladrões de fios do centro da cidade, pois estão roubando toda a fiação da região central da cidade e a polícia não faz absolutamente nada. Estou vendo a hora a Cosern criar uma polícia privada para acabar com esses escárnio.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTO: PF e PM fazem apreensão de 900 caixas de cigarros contrabandeados em Mossoró, com valor estimado em R$ 1,5 milhão

Foto: Divulgação

A Polícia Federal e a Polícia Militar realizaram na madrugada desta segunda-feira(06) em Mossoró/RN, mais uma grande apreensão de cigarros contrabandeados. Desta feita, foram encontrados aproximadamente 900 caixas do produto, com valor estimado em R$ 1,5 milhão.

A ação teve início quando policiais militares do 2º BPM realizavam um patrulhamento de rotina no bairro Redenção e se depararam com homens em atitude suspeita entrando em um galpão. Todos foram abordados e no interior do imóvel, a carga foi achada escondida em um caminhão caçamba que utilizava camadas de sacos de sal para ludibriar a fiscalização. Havia ainda naquele endereço, um baú carregado com caixas de cigarro e que, segundo os homens, seriam ocultadas em uma segunda caçamba que chegaria ao local.

Acionados, os policiais da Delegacia da PF foram até aquele bairro e ao realizarem novas diligências encontraram um segundo galpão, prendendo em flagrante, um paulista de 33 anos, apontado como o dono da carga. Por ocasião dessa abordagem foram apreendidas mais caixas de cigarros contrabandeados, documentos e anotações que vinculam o carregamento dos dois galpões ao mesmo proprietário.

Autuado em flagrante e indiciado no crime de contrabando, com pena de reclusão, de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, o homem foi encaminhado à Cadeia Pública de Mossoró, à disposição da Justiça.

Os outros inicialmente detidos, por restar provado que se tratava de trabalhadores braçais, foram ouvidos e liberados.

Fonte: Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Norte

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Reportagem do G1 assume erro e diz que busca e apreensão não foi em casa que constava em declaração de bens de Bolsonaro

Foto: TV Globo

O Ministério Público do Rio de Janeiro cumpriu, na manhã desta quinta-feira (18), um mandado de busca e apreensão em uma casa em Bento Ribeiro, na Zona Norte do Rio, onde morava Alessandra Marins, ex-funcionária da Alerj e atual funcionária do gabinete de Flávio Bolsonaro.

(CORREÇÃO: O G1 errou ao informar na publicação desta reportagem que a casa constava em declaração de bens que Jair Bolsonaro informou ao TSE nas eleições de 2018. O alvo do mandado foi na casa em frente. A informação foi corrigida às 9h40.)

(Foto: Reprodução/Globo.com)

A ação faz parte de uma operação, realizada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público, em desdobramento das investigações sobre o esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) supostamente comandados por um dos filhos do presidente, o Flávio Bolsonaro, quando ele era deputado estadual.

Fabrício Queiroz, ex-assessor e ex-motorista do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), foi preso em Atibaia, interior de São Paulo.

Enquanto a equipe do MP estava dentro da casa, era possível ouvir barulhos de marretadas nas paredes, sugerindo que os agentes quebravam a alvenaria enquanto realizavam as buscas.

A ação de busca e apreensão no imóvel durou cerca de uma hora. Os agentes saíram carregando duas sacolas, mas sem dar detalhes do que foi apreendido.

Morava na casa Alessandra Esteves Marins, que faz parte da equipe de apoio a Flávio no Rio a que o parlamentar tem direito. Há uma placa de “Vende-se” na porta do imóvel.

Vizinhos contaram que Alessandra se mudou do imóvel há cerca de um mês. Uma vizinha chegou a telefonar para Alessandra quando os agentes chegaram para cumprir o mandado, mas ela não atendeu a ligação.

De acordo com o Ministério Público, o mandado na casa de Bento Ribeiro é cumprido contra Alessandra, que também já foi servidora da Alerj.

Também são alvo da operação a ex-servidora da Alerj Luiza Paes Sousa. Os agentes foram até a casa dela em Oswaldo Cruz, também na Zona Norte do Rio. Ela teria repassado R$ 155 mil em salários para Fabrício Queiroz.

Os outros alvos da operação são Matheus Azeredo Coutinho, que ainda é funcionário da Casa Legislativa, e o advogado Luis Gustavo Botto Maia.

De acordo com o Ministério Público, além da busca e apreensão, a Justiça autorizou a aplicação de medidas cautelares contra os investigados, dentre elas o afastamento da função pública, obrigatoriedade de se apresentar à Justiça mensalmente e proibição de fazer contato com testemunhas.

G1

 

Opinião dos leitores

  1. Se todo veículo de comunicação tivesse corrigido as notícias falsas nessa velocidade, o Brasil estaria muito diferente hoje.

  2. como que o todo poderoso grupo Globo iria errar desse jeito ? incrível não ? , vc acredita que isso foi um erro ? se vc acredita então vc acredita em boitata e mula sem cabeça, isso não passou de mais uma "notícia " tendenciosa.

    1. Como fake news se a notícia foi retificada em questão de horas? Contenha a ânsia.

    2. Cigano, em questões de horas já tinha se espalhado a milhões de pessoas meu caro.
      Seja inteligente.
      Esse pessoal, que vê o circo pega fogo.
      Deja de ser bôbo.
      Só não vê quem não quer.
      Resta saber o que aquele ministro Careca, vai fazer com a turma da globo lixo.
      Aliás,, já da pra saber.
      NADA!!!!!

  3. É sempre assim, espalham a notícia errada propositalmente e depois vem com a correção. A GloboLixo está sendo uma grande divulgadora de FAKES!!!

  4. Vai ser muito serviço para o nosso Ministro Comunicar. Assumir com a casa caindo foi muito azar. Mas creio que Mourão com Fábio vão pacificar a nação. Tenho plena certeza que o General é melhor que o capitão, e que conduzirá sem problemas até 2022.

  5. É melhor JAIR se acustumando, o véi é duro é duro!
    Pode pegar o senador, mas o presidente, DUVIDO.

    1. É melhor não botar a mão no fogo por político NENHUM desse Brasil véi de guerra : o caba pode se queimar, kkkk.

    2. Igual a Lula, a alma mais honesta do mundo. Muuuuuuu kkkkkk

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PRF apreende mais de uma tonelada de camarão sem Nota Fiscal na BR-304, no interior potiguar

Foto: Divulgação/PRF

Durante uma fiscalização de combate ao crime, a PRF apreendeu no final da noite dessa terça-feira (9), no km 170 da BR 304, em Angicos, 1.100 kg de camarão e deteve dois homens.

Por volta das 23h50, uma equipe realizava patrulhamento pela rodovia, quando encontrou uma Pick Up Montana, estacionada no acostamento, onde dois homens trocavam o pneu do reboque que era tracionado.

Ao parar para dar apoio, os policiais constataram que os veículos estavam com uma carga de camarão, porém sem a devida documentação fiscal. Diante do flagrante crime contra a economia, a carga foi apreendida e encaminhada com o proprietário, um homem de 34 anos, à Secretaria Estadual de Tributação em Natal. Depois de pesado, confirmou-se o peso total de 1.100 kg do crustáceo.

A mercadoria que estava vindo de Fortaleza para Natal, foi avaliada em R$ 22.000,00. Pelo crime de sonegação, foi cobrado o valor de R$ 3.960,00, pelo imposto devido e a quantia de R$ 3.300,00 de multa, que totalizou R$ 7.260,00.

https://www.prf.gov.br/agencia/prf-apreende-mais-de-uma-tonelada-de-camarao-sem-nota-fiscal-na-br-304-em-angicos-rn/

Opinião dos leitores

  1. Dois lutadores guerreiros, a bem da verdade errados e punidos.
    E o consórcio Nordeste impune??
    22.000 contos de camarão, contra milhões jogados no precipício, deveria ser pra comprar respiradores.
    Tá faltando o quê pra punir essa gente???
    Alô alô PF.

    1. Vão pegar os responsáveis do Consórcio Nordeste quando pegarem o Queiroz e os filhos milicianos

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

PGR se manifesta contra apreensão de celular de Bolsonaro

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O procurador-geral da República é contra a apreensão do celular do presidente Jair Bolsonaro. A manifestação foi encaminhada ao Supremo Tribunal Federal no pedido feito pelo PDT, PSB e PV. As siglas também pedem a apreensão dos aparelhos celulares do vereador Carlos Bolsonaro, do ex-diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, do ex-ministro Sergio Moro e da deputada Carla Zambelli.

Segundo Aras, a manifestação não traz fato novo e por isso ele acredita não ter utilidade a apreensão do celular do presidente neste momento do processo. A PGR ressalta que há um inquérito em curso e que caberá à procuradoria e não a terceiros (partidos políticos) fazer solicitações do tipo. “Não significa a conclusão de ser contra ou a favor (a apreensão do celular)”, disse o procurador-geral à CNN.

“Tratando-se de investigação em face de autoridades titulares de foro por prerrogativa de função perante o Supremo Tribunal Federal, como corolário da titularidade da ação penal pública, cabe ao Procurador-Geral da República o pedido de abertura de inquérito, bem como a indicação das diligências investigativas, sem prejuízo do acompanhamento de todo o seu trâmite por todos os cidadãos”, escreveu o procurador-geral na decisão.

Na manifestação, Aras não descarta a possibilidade de apreensão dos aparelhos. Segundo ele, a medida será avaliada no inquérito que apura suposta interferência política do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal, que está em curso.

Na semana passada, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Celso de Mello pediu que a PGR se manifestasse sobre uma notícia-crime apresentada ao Supremo por partidos políticos.

O pedido de Celso de Mello – praxe jurídico – fez com que o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, divulgasse uma nota alertando para “consequências imprevisíveis” caso o celular fosse apreendido.

CNN Brasil

 

Opinião dos leitores

  1. Como foi dito no comentário anterior. Esse Aras é um advogado de defesa sem igual. Nem na época de Fernando Henrique Cardoso, cujo procurador fazia o engavetamento. O Aras faz a defesa!!! Esta dita república é uma brincadeira!!!…..kkk

    1. Geraldo Brindeiro, o engavetador, era um menino "SAMBUDO" na frente desse ARAdor!

  2. Pq o presidente num tratou com responsabilidade esse maldito virus e essa doença?
    Teria ganhado respeito da sociedade, independentemente de posição política pelo menos nesse momento de incerteza e crise global, e certamente teria evitado todo esse caos político.
    Sua sede por conflitos e intrigas não cessa e está transformando o país num verdadeiro inferno!

    1. Pense por um momento: gostamos de comparar o Presidente a um cidadão qualquer. Na realidade ele tem informações de dentro e fora do País que nem sonhamos. Toma decisões e faz discursos baseados em dados estratégicos. Será que ele está errado? Ou será que a cegueira está do lado de cá?

    2. Carlutxo, faço uma pergunta melhor: Todos os presidentes e cientistas do mundo estão errados e só Bolsonaro tá certo? ou a cegueira está nos seguidores lunáticos dele?

    3. É, Carlutxo, todos os outros presidentes estão errados. Só Bozo está certo!

    4. Além de Brasil e um pouco os Estados Unidos, onde mais politizaram o vírus? Onde mais aproveitaram o momento para tentar fragilizar o governo federal. Em uma ação orquestrada por legislativo e judiciário. Onde mais se mete a mão roubando aproveitando a crise? Os orquestra dores do ataque a nação estão caíndo. E muitos governantes ainda serão desmascarados. Quais ex-presidente tem opinião desprovida da intenção que seu grupo, ou ele mesmo, volte ao poder? Quais ex-presidentes não foi acusado de desvios e são, todos, podres de ricos? Acredito que defender isso tudo passa a ser cumplicidade criminal. Ou estou mentindo?

  3. Falou o mais novo "Engavetador Geral da República" . Um verdadeiro advogado de luxo, pago pelos contribuintes brasileiros.

  4. Novidade medonha(risos). Eu não me engano, no momento o Brasil não tem nem PGR nem MINISTERIO DA JUSTIÇA!

    1. Vivemos o populismo tupiniquim conservador. Reclamaram quando tínhamos um playboy na presidência, um mineiro, um sociólogo, um operário, uma mulher e um vampiro. Aplaudem, no momento, um militar, que já conspirou contras as FFAA, e que se utiliza do nome Messias, para agir em nome do deus das armas e em defesa da própria família e de seus amigos. Parabéns usuários do amarelo canarinho.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Em “Nota à Nação Brasileira”, Augusto Heleno classifica pedido de apreensão de celular de Bolsonaro como “inconcebível e inacreditável”; PGR analisará

Foto: Reprodução/Twitter

Augusto Heleno emitiu uma nota nesta sexta-feira (22) classificando como “inconcebível e inacreditável” o pedido de apreensão do celular de Jair Bolsonaro.

A medida foi solicitada em notícias-crimes apresentadas por PV, PDT e PSB e encaminhadas hoje por Celso de Mello para análise da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Segundo Heleno, o pedido é uma “evidente tentativa de comprometer a harmonia entre os poderes e poderá ter consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional”.

Confira a nota na íntegra:

“O pedido de apreensão do celular do Presidente da República é inconcebível e, até certo ponto, inacreditável.

Caso se efetivasse, seria uma afronta à autoridade máxima do Poder Executivo e uma interferência inadmissível de outro Poder, na privacidade do Presidente da República e na segurança institucional do País.

O Gabinete da Segurança Institucional da Presidência da República alerta as autoridades constituídas que tal atitude é uma evidente tentativa de comprometer a harmonia entre os poderes e poderá ter consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional.”

O Antagonista

Opinião dos leitores

  1. Esse velhinho era pra estar de pijama em casa, não fazendo ameaças veladas ao povo e à justiça em nome das forças armadas.

  2. Certíssimo! Quer dizer que o Executivo não pode exercer e manifestar suas prerrogativas de defesa e cobrar dos demais poderes, o respeito e o equilíbrio democrático-republicano entre si. Quer dizer que escroto do Celso de Melo, malferindo todos os preceitos da harmonia e segurança institucional, pode fazê-lo na hora que quer e gracejosamente? É por acaso aceitável e concebivel mandar intimar alguém, especialmente autoridades dirigentes superiores do Executivo sob debaixo de vara? É normal? É democrático?
    Quando a imprensa tenta dar realce a um fato como esse, de forma enviesada por puros interesses escusos, além de não estar agindo profissionalmente, descumpre seu papel (inclusive social) de bem informar. Não é por outra razã que anda com a credibilidade mais baixa do que o seu próprio alvo preferencial de ataque – o Bolsonaro! Alexandre Garcia já nos trouxe esse fato, cuja revelação a imprensa esconde. Impossível nao vir à lembrança, recentes episódios, em alguma medida, vinculativos. Ou será que nem lhe ocorre os motivos pelos quais, invariavelmente, é atacada por um ou outro militante político de direita mais radical? O certo, pelo que se sabe, respeito é uma via de mão dupla. Portanto, a dica: conceba pelo menos esta lição, já que as de ordem profissional e honesta foram jogadas na lata do lixo da vergonha? E da história?

  3. A corte Suprema do NOSSO GRANDE BRASILLL, tá um partido político, isso é péssimo para nação, para todos nós… DEUS tudo! Familia base.

  4. Alguém aqui gostaria de ter a sua PRIVACIDADE E-mail, Telefone, Whatsapp, Facebook, Instagran, Twiter enfim SUA PRIVACIDADE INVADIDA?

    1. Se eu fosse presidente e não tivesse nada a esconder, mostraria sem problema.

  5. Acho que os celulares irão para o mesmo lugar que foi a caixa que foi levada do condomínio da Barra Pesada. Até hoje ninguém encontrou. Quem sabe um dia um mergulhador não encontra?

  6. O veinho tá fazendo ameaças a uma decisão que sequer existe. Ou será que ele sabe disso e quer só jogar uma cortina de fumaça no vídeo da reunião?

  7. Esse STF tá esticando a corda, pra vê até onde ela aguenta. Os CANALHAS estão cutucando onça com cara curta. Esse desmiolada desse Bolsonaro fala muita besteira mesmo, mas se formos compararmos com LULADRAO e seus crimes que vão desde assassinatos, roubos, corrupção…………..esses "crimes" de Bolsonaro tá mais pra roubo de pirulito de criança. Portanto, depois não reclamem.

    1. Pra que RIVANALDO? Para o Supremo arquivar? Fica calado inocente. Investigar o telefone do filho do presidente tudo bem, mas o dele, concordo com o General Heleno.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Carlos Bolsonaro, sobre apreensão de celular: “Que crime teria cometido para tamanha velocidade e abuso?”

Foto: Reprodução

Carlos Bolsonaro comentou há pouco o fato de Celso de Mello enviar três notícias-crimes para a PGR. A apreensão do celular do filho de Bolsonaro é uma das medidas solicitadas.

“Meu celular? Enquanto isso os do ex-piçóu Adélio protegidos há mais de um ano, processos contra Botafogo, Calheiros e outros sentados em cima há anos. Que crime teria cometido para tamanha velocidade e abuso? Nenhum. A narrativa do sistema continua em pleno vapor!”

O Antagonista

Opinião dos leitores

  1. O decano do STF, quem dia, vai deixar seu nome inscrito na calçada da fama desta terra brasilis. Deu um senhor puxão de orelhas nos milicos saudosistas da ditadura, e agora encosta no para-choque da familícia.

    1. Eu vejo muito abuso por esse ministro de merda
      Tem que dar voz de prisão para esse canalha

  2. "…..a narrativa do sistema….." . Quem é o sistema ?? quem faz parte do sistema ??? será que a família Bolsonaro não faz parte desse mesmo sistema ??????.
    Ô menino inocente, kkkkk.

  3. O maior argumento desses bandidos é a comparação com os bandidos do governo anterior. Crime é crime é um erro não justifica outros. Bota pra torar Celso de Melo.

  4. É próprio do DNA de todo GADO não saber ler e cair em fake news do seu líder supremo. Ministro do STF não pediu ou determinou nada sobre celular de ninguém. Ele recebeu pedido de parte autora e encaminhou para parecer do MPF (PGR). Isso acontece com qualquer processo.

  5. Para mim esse filho do presidente é um
    Bos.., mas nessa vez ele está certo. O ministro q pediu sai em novembro e tenta desestabilizar a república como sua grande obra antes de sair

    1. Concordo com suas palavras, por mais [email protected] e qualquer crime e etc que tenha cometeido, foi muito rápido o pedido e como o 02 falou, gente com mais rabo preso não tem o pedido tão rápido assim.

    2. Tá reclamando por quê? Sem entrar no mérito, aplaudiram quando aceleraram o processo de Lula com a finalidade de exclui-lo das eleições. Já esqueceram? Pimenta no dos outros é refresco!

    3. E outra coisa: O Ministro não decidiu nada. Ele recebeu uma ação e nela há o pedido de busca e apreensão do celular. Essa ação foi enviada à PGR que dará um parecer e só então haverá uma decisão!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Celso de Mello envia à PGR pedidos de depoimento e opinião sobre apreensão do celular de Bolsonaro

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou para a Procuradoria Geral da República (PGR) três notícias-crimes apresentadas por partidos e parlamentares que pedem novos desdobramentos na investigação sobre a suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

Entre as medidas solicitadas estão o depoimento do presidente, e a busca e apreensão do celular dele e de seu filho, Carlos Bolsonaro, para perícia.

Em despachos enviados nessa quinta-feira (21) à PGR, o ministro ressaltou ser dever jurídico do Estado promover a apuração da “autoria e da materialidade dos fatos delituosos narrados por ‘qualquer pessoa do povo’”.

“A indisponibilidade da pretensão investigatória do Estado impede, pois, que os órgãos públicos competentes ignorem aquilo que se aponta na “notitia criminis”, motivo pelo qual se torna imprescindível a apuração dos fatos delatados, quaisquer que possam ser as pessoas alegadamente envolvidas, ainda que se trate de alguém investido de autoridade na hierarquia da República, independentemente do Poder (Legislativo, Executivo ou Judiciário) a que tal agente se ache vinculado”, escreveu o ministro do STF.

Os pedidos chegaram ao STF logo após o ex-ministro da Justiça Sergio Moro deixar o governo afirmando que o presidente tentou interferir na PF e que Bolsonaro buscou informações de investigações em andamento na Corte.

É praxe que ministros do STF enviem esse tipo de ação para manifestação da PGR, que é responsável por propor investigação do presidente perante o STF. Celso de Mello é relator do inquérito proposto pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, que investiga os fatos narrados por Moro.

Aras já defendeu em outros pedidos feitos no mesmo inquérito por deputados que a competência para esse tipo de linha investigação cabe ao MPF.

Celso de Mello enviou os casos para análise da PGR e ressaltou que compete ao PGR analisar os fatos colocados. Não há prazo para Aras decidir sobre os pedidos.

G1

 

Opinião dos leitores

  1. Não há dúvidas, o ministro trabalha a serviço dos inconformados com um novo modelo de gestão do Brasil. Pode até ter canelada mas não há denúncias de desvio. Ao que parece quer incendiar a nação brasileira. Não é o fato de ter encaminhado esses pedidos para o PGJ, mas a velocidade que imprime, dando sinais claros que pretende provocar algo ainda com a caneta na mão. Quando se aposentar em novembro será abandonado pelos senhores a quem hoje serve. Será apenas mais uma voz na multidão. Da esquerda, claro.

  2. O Ministro não decidiu nada. Ele recebeu uma ação e nela há o pedido de busca e apreensão do celular. Essa ação foi enviada à PGR que dará um parecer e só então haverá uma decisão!

  3. Fica até difícil comentar essas notícias. A canalhice é tão grande, que a cada minuto esse “stf” demonstra claramente a sua posição comunista, e desafiando a CONSTITUIÇÃO, e o POVO

  4. Esse velho gaga sai em novembro e quer deixar uma marca está causando uma crise institucional por nada, o celular de um presidente tem monitoramento da ABIN ou seja não fica nada nele e tudo é criptografado. Está fazendo uma bagunça pessoal

  5. Não vou dizer pega ? Cabaré em respeito, pois tem muito Cabaré muito mais organizado!

  6. O pau ali só dá no coitado do Chico. O Francisco fica de boa.
    Mas uma prova que tem política em jogo

  7. Concordo com o ministro no fato de que ninguém está acima da Lei. Mas, então, por que a mesma Corte negou a quebra do sigilo dos advogados de Adélio Bispo, protegendo, dessa forma, quem seria o mandante do atentado contra a vida do atual presidente? É para se pensar, não é mesmo?

    1. Mas será possível, a PF aparelhada pelo teu presidente fez duas investigação e nao encontrou nada mas para quem acredita em terra plana e a ineficácia de vacinas, nao tem verdade q convença.É mais fácil acreditar em terra plana q a eficiência da PF aparelhada pelo presidente, o mais interessado.

    2. Verdade pq todos do STF querem desmoralizar o Presidente Bolsonaro estão com medo de que ou será que tem obscuridade, logo antes a roubalheira corria solta e propina tb mas agora acabou será que estão sentindo falta de alguma coisa e querem a todo custo derrubalo, nem que por isso tenham que constrangelo é brincadeira esse nosso supremo!

    3. Isso mesmo, negaram também investigações dos próprios membros do STF, Tóffoli Gilmar e familiares recentemente enrolados em falcatruas. É uma vergonha esses caras.

    4. Quer dizer que quebrar o sigilo do celular do PR pode!! Mas de um bandido não!!! Outra coisa pq o coaf também não pode abrir o sigilo das movimentações financeira dos decanos, a justiça não é pra todos!

    5. Qualquer advogado reiera deste patropi trabalharia de graça para o maluco Adélio Bispo, a troco de mídia nacional e mais nada.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *