Cultura

Em “Live Solidária: um espetáculo de som e solidariedade”, SESI Big Band recebe Waldonys e convidados

Foto: Divulgação

A SESI Big Band estreia a temporada 2021, no próximo dia 30 de abril, com a Live Solidária: um espetáculo de som e solidariedade. A Orquestra recebe em seu palco Waldonys e quatro consagrados artistas do Rio Grande do Norte: Liz Rosa, Eduardo Tauffic, Jubileo Filho e Zé Hilton do Acordeon. O show faz parte do programa Ação pela Vida, promovido pelo Sistema FIERN, e visa arrecadar donativos e recursos que serão destinados a entidades filantrópicas.

A transmissão ao vivo, pelo canal do YouTube do SESI RN, às 19h, marca a celebração do Dia Internacional do Jazz. Quem acompanhar a live, poderá colaborar via QR Code ou em postos de arrecadação que serão anunciados durante a transmissão.

O repertório será uma fusão de linguagens jazzísticas como swing, bebop, latin jazz, com a música popular choro, baião & bossa nova. Para isso, conta com a participação especial do acordeonista, cantor e compositor cearense Waldonys, dono de uma discografia de sucessos como ‘Eterno Aprendiz’, ‘A Mais Bela’, ‘Sinônimos’, ‘Anjo Querubim’, e ‘Minha Doce Estrela’.

O elenco é formado ainda pela cantora potiguar de Jazz e MPB, Liz Rosa, reconhecida nacional e internacionalmente; pelo pianista, compositor e produtor potiguar, Eduardo Taufic, por Jubileo Filho, um dos maiores guitarristas, compositor e arranjador de excelência no RN, além de Zé Hilton do Acordem, considerado um dos maiores sanfoneiros do estado.

A SESI Big Band e Waldonys já se apresentaram juntos outras vezes encantando o público com um repertório diversificado com composições de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Sivuca e do próprio Waldonys.

No ano passado, durante a Semana da Indústria, uma live do Quinteto da SESI Big Band e Waldonys arrecadou álcool em gel, alimentos e a soma de R$ 9.177,50 em doações feitas pelas empresas Riachuelo, Ecocil, Viperto, SF Construções, Sicramirn e as realizadas via aplicativo. Foram recebidos 1 mil kg de produtos da empresa 3Corações, 1.200 unidades de álcool gel, 500 kg de peixe, 500 litros de leite e produtos lácteos e 60 cestas básicas, entregues a entidades filantrópicas.

O show é um espetáculo oficial do International Jazz Day, um evento de abrangência mundial chancelado pela ONU, através da UNESCO a organização das nações unidas para a educação, ciência e cultura.

Sobre a SESI Big Band

A SESI Big Band é uma orquestra de Jazz profissional fundada em julho de 2013 com sede na cidade de Natal (RN) e faz parte do projeto SESI ARTE do SESI-RN, com o apoio do SESI nacional e da Confederação Nacional da Indústria.

Conta com a direção artística e regência do renomado maestro português Eugénio Graça. Do seu elenco fazem parte alguns dos melhores instrumentistas profissionais do RN. É formada por seis saxofones, cinco trombones, cinco trompetes, tuba, contrabaixo, piano, guitarra, percussão e bateria. Tem como função, além de representar o SESI-RN e o projeto SESI ARTE, mostrar ao público o vasto repertório jazzístico disponível para esta formação, além de difundir a linguagem do jazz, estudo da música e a formação de plateia para a música instrumental.

Ao longo dos últimos seis anos, a SESI Big Band recebeu nos espetáculos da série “Convida” artistas como Ed Motta, Ivan Lins, Lenine, Yamandu Costa, Zeca Baleio, Hamilton de Holanda, Mestrinho, Alcione, Roberta Sá, Jorge Vercillo, Kristal, Taryn Szpilman, Hilkelia Pinheiro e Guilherme Arantes.

A orquestra já gravou 16 Dvd’s ao vivo, um documentário, um CD e fez mais de setenta apresentações atingindo um público de mais de 350.000 pessoas.

 

Fotos: Divulgação

Com Fiern

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

E AGORA SESAP? Associação de Ginecologia e Obstetrícia do RN solta nota se solidarizando com profissionais da Maternidade Januário Cicco e do Santa Catarina

A Associação de Ginecologia e Obstetrícia do RN (SOGORN) expressa sua solidariedade aos colegas plantonistas das unidades de referência de assistência ao parto de Natal, especificamente da Maternidade Escola Januário Cicco e Hospital Santa Catarina, diante da presente situação de superlotação.

Reforçamos que nos preocupamos com as condições de trabalho dos obstetras plantonistas, com a qualidade da assistência possível dentre as atuais condições estruturais e ainda com sua formação profissional. Neste sentido, a Associação tem debatido o problema com a Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap-RN), a fim de buscar uma solução para melhoria da assistência obstétrica no RN.

Nosso desejo é que os órgãos competentes atuem juntos a fim de garantir a qualidade no atendimento às pacientes, com a dignidade e assistência que elas e seus filhos merecem e têm direito. Desta forma, a Sogorn reitera estar à disposição no que for necessário para encontrar uma resolução o mais urgente possível.

Opinião dos leitores

  1. O governo de Fátima do PT é o retrato da incompetência e da falta de atitude. É o governo do caos. Em todos os setores.

  2. Sabemos que cada governo seja ele federal, estadual ou Municipal tem sua parcela de culpa na situação que nos encontramos perante a doença, mas o governo Fátima tem uma acima de 70% de culpa, pois se omiti e o pior fica jogando a culpa no governo Federal ou municipal. É triste ver isso, o momento seria d união, mas a governa só pensa em Lula e o povo fica em segundo plano.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FHC, Lula, Maia, Ciro Gomes e Felipe Santa Cruz declaram solidariedade a Dilma, após Bolsonaro questionar tortura relatada na ditadura

Foto: Agência Brasil/Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro colocou em dúvida a tortura sofrida pela ex-presidente Dilma Rousseff durante a ditadura militar (1964-1985). A apoiadores, ele afirmou que aguarda “até hoje” raio-x que comprovaria lesão provocada em Dilma pelos torturadores.

Políticos como os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva, além do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se solidarizaram com Dilma e criticaram Bolsonaro. Leia mais abaixo a repercussão das declarações do presidente.

Dilma integrou organizações de esquerda que combateram a ditadura militar. Ela foi presa e torturada e chegou a receber indenizações dos governos de Minas Gerais e do Rio de Janeiro, onde as torturas ocorreram.

Em 2001, durante depoimento ao Conselho Estadual de Direitos Humanos do governo de Minas Gerais, ela contou detalhes das sessões de tortura, que incluíram socos, choques elétricos e pau de arara (saiba mais ao final da reportagem).

Bolsonaro fez os comentários na segunda-feira (28), durante conversa com apoiadores em frente do Palácio da Alvorada, em Brasília.

Um dos apoiadores disse ao presidente que era militar da ativa em 1965 e que não viu tortura sendo feita no período. Bolsonaro disse então que “os caras se vitimizam o tempo todo”, citou o caso de Dilma e afirmou que “até hoje” aguarda um raio-x que comprovaria fratura na mandíbula da ex-presidente.

“Os caras se vitimizam o tempo todo: ‘fui perseguido’. Teve um fato aí – esqueci o nome da pessoa, mas é só procurar na internet, vai achar com facilidade – que a Dilma foi torturada e que fraturaram a mandíbula dela. Eu disse: ‘traz o raio-x pra gente ver o calo ósseo’. E isso que eu não sou médico, hein. Até hoje estou aguardando o raio-x”, disse Bolsonaro.

Em nota, a ex-presidente Dilma afirmou que a declaração de Bolsonaro “revela, com a torpeza do deboche e as gargalhadas de escárnio, a índole própria de um torturador.” Para ela, “ao desrespeitar quem foi torturado quando estava sob a custódia do Estado”, Bolsonaro “escolhe ser cúmplice da tortura e da morte.”

“Bolsonaro não insulta apenas a mim, mas a milhares de vítimas da ditadura militar, torturadas e mortas, assim como aos seus parentes, muitos dos quais sequer tiveram o direito de enterrar seus entes queridos. Um sociopata, que não se sensibiliza diante da dor de outros seres humanos, não merece a confiança do povo brasileiro”, afirma Dilma na nota.

Ex-presidentes criticam Bolsonaro

Por meio de uma rede social, Fernando Henrique se solidarizou com Dilma e criticou Bolsonaro.

“Brincar com a tortura dela (Dilma) — ou de qualquer pessoa — é inaceitável. Concorde-de (sic) ou não com as atitudes políticas das vítimas. Passa dos limites”, afirmou Fernando Henrique.

Também por meio de uma rede social, o ex-presidente Lula afirmou prestou solidariedade a Dilma.

“O Brasil perde um pouco de sua humanidade a cada vez que Jair Bolsonaro abre a boca. Minha solidariedade a presidenta @dilmabr, mulher detentora de uma coragem que Bolsonaro, um homem sem valor, jamais conhecerá”, disse Lula.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou Bolsonaro.

“Bolsonaro não tem dimensão humana. Tortura é debochar da dor do outro. Falo isso porque sou filho de um ex-exilado e torturado pela ditadura. Minha solidariedade a ex-presidente Dilma. Tenho diferenças com a ex-presidente, mas tenho a dimensão do respeito e da dignidade humana”, afirmou Maia por meio de uma rede social.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, criticou as declarações do presidente.

“Pense em um homem que no meio de uma onda de feminicídios debocha de um mulher presa e torturada. Esse sujeito existe e, pior, preside o Brasil”, disse Santa Cruz.

Também criticou Bolsonaro o ex-governador do Ceará e ex-ministro Ciro Gomes.

“Bolsonaro ataca Dilma por ser frouxo, corrupto e incapaz. Enquanto ela defende suas convicções, ele vende o país ao estrangeiro e, por sua irresponsabilidade, quase 200 mil brasileiros já perderam suas vidas”, disse Ciro, o se referir aos mortos pelo novo coronavírus.

Militante

Dilma começou a atuar em movimentos de esquerda de oposição à ditatura na Organização Revolucionária Marxista – Política Operária (Polop), que, na sua origem, era uma espécie de coalizão de dissidentes, com quadros do PCB, do PSB e do trabalhismo, além de trotskistas e outros marxistas.

Mais tarde, ela optou pela luta armada e se juntou ao Comando de Libertação Nacional (Colina).

Em 2001, quando deu o depoimento ao Conselho Estadual de Direitos Humanos do governo de Minas Gerais, Dilma era secretária de Minas e Energia do governo do Rio Grande do Sul e filiada ao PDT. Ela relatou que levou socos dos torturadores em Juiz de Fora (MG), no início dos anos 1970, quando integrava o Colina.

“Minha arcada girou para o lado, me causando problemas até hoje, problemas no osso do suporte do dente. Me deram um soco e o dente se deslocou e apodreceu. […] Só mais tarde, quando voltei para São Paulo, o Albernaz (capitão Alberto Albernaz, do DOI-Codi de São Paulo) completou o serviço com um soco, arrancando o dente”, contou Dilma no depoimento.

Dilma relatou ainda sessões de tortura com choque. “Não se distinguia se era dia ou noite. O interrogatório começava. Geralmente, o básico era choque.”

Em outro trecho do depoimento, ela contou que foi colocada no pau de arara e o uso de palmatória pelos militares.

“Se o interrogatório é de longa duração, com interrogador ‘experiente’, ele te bota no pau de arara alguns momentos e depois leva para o choque, uma dor que não deixa rastro, só te mina. Muitas vezes também usava palmatória; usava em mim muita palmatória. Em São Paulo usaram pouco esse ‘método’. No fim, quando estava para ir embora, começou uma rotina. No início, não tinha hora. Era de dia e de noite. Emagreci muito, pois não me alimentava direito”, relatou.

Em outro momento, ela relata que sofreu hemorragia por conta da tortura.

“Quando eu tinha hemorragia, na primeira vez foi na Oban (…) foi uma hemorragia de útero. Me deram uma injeção e disseram para não bater naquele dia. Em Minas, quando comecei a ter hemorragia, chamaram alguém que me deu comprimido e depois injeção. Mas me davam choque elétrico e depois paravam. Acho que tem registros disso no final da minha prisão, pois fiz um tratamento no Hospital das Clínicas.”

Com G1

Opinião dos leitores

  1. Eu prefiro acreditar na colega de cela de Dilma que escreveu um livro onde afirma que Dilma mentiu, que ela não foi torturada , ela estava lá com ela, foi testemunha, viveu tudo ao seu lado, já em Dilma eu não acredito, vi a m… que ela fez com o Brasil.

  2. Essa ladrona se passou por terrorista de esquerda querendo saquear o patrimônio do trabalhador brasileiro. Vê até onde chega o ser humano, ainda bem que Sérgio Moro recuperou parte do roubo dessa quadrilha pseudo esquerdalha.

  3. Então, para ganhar duas indenizações preciso andar com um fuzil, sequestrar pessoas e explodir bancos. Ahhh…. também Tenho que usar uma camisa com estampa do Che Guevara.

  4. Ótimo que esse assunto volte ao foco da mídia. Que tal se solidarizarem com o jornalista Oswaldo Eustáquio, preso e com sinais de tortura em pleno governo democrático de direita?

  5. Esse Felipe Santa Cruz é brincadeira, o cara faz de tudo para aparecer na mídia. Dilma foi presa pelos militares porque era guerrilheira e assaltava bancos para bancar a guerrilha juntamente com outros comparsas sem futuro, é isso que conta a história.

  6. Quando algum vagabundo agredir a mãe de vcs igual o Mito faz.batam palmas porque eles apenas estão imitando o psicopata que está na presidência.. já que o Mito e mito..!!

  7. Quando Bolsonaro se vê pressionado com algum assunto, ele vomita alguma M…… pq ele tem certeza q vão ficar discutindo. E aí ele continua na sua gestão desastrosa. Ele devia estar se mobilizando p vacinar o povo. Quem defende tortura é doentinho, alguns psiquiatras chamam de psicopatas aqueles q sentem tesão em torturar.

    1. Este nem de longe é o perído de maior pressão.
      O que pode estar pesando é a pessa em iniciar a vacinação. mas parece que
      as pessoas entenderam que tem procedimentos de homologação a serem cumpridos.

  8. Nhonho não falou que ele rasgou a constituição!! Agora tá ao seu lado! Cada vez que vejo essas coisas, vejo que estou do lado certo. Olha as celebridades que estão defendendo essa bandida!!!

  9. De acordo com o assalto que o nosso país sofreu nestes 14 anos de governo dos canhotos legitimamente eleitos, o regime militar fracassou .

  10. Olha o time que presta as suas solidariedades !
    Correu foi muita grana para abastecer as mordomias desse pessoal que se dizem torturados.
    O restante é um moído bem engendrado e mal explicado.

  11. A corja precisa se unir p/enfrentar apenas um???? Vc´s e seus asseclas são ridículos…Bolsonaro cada vez ganha mais pontos com a população de bem…

  12. A podridão da nossa sociedade está bem representada nos comentários aqui em baixo. Empatia, respeito, solidariedade, amor ao próximo e educação passou longe pra essa gente. Por isso q alguns psicólogos/psiquiatras defendem que todos esses defensores ferrenhos do genocida são exatamente como ele: homofóbico, racista, fascista, misógino, protoditador e machista. É o rodapé da sociedade evoluída.
    Muita gente boa foi enganada pelo genocida, mas toda FDP votou nele.

  13. A revista época publicou tudo de bonito que Dilma fez no passado.quem quiser sr aprofundar é só pesquisar tá lá bem direitinho a história dos companheiros

  14. Amigos na ditadura o papel de Dilma era assaltar banco para os companheiros com o nome falso de ESTELA

  15. Afinal quem são FHC, LULA, CIRO GOMES , MAIA E FELIPE SANTA CRUZ?
    O passados deles é tão lindo, são anjos.

  16. Ainda tão dando ouvidos a esse mulher?
    Ela quer seus 5 minutos de fama.
    Dele Damares.
    Mito tem razão

  17. Vamos se juntar esquerdalhada, podem se juntarem pra apanhar de novo em 2022.
    A rigor!
    Quem é Maia hem??

  18. O miliciano, é uma invenção podre da boiada.
    Se adelio tivesse mais força no braço, ele não teria falado essas baboseiras

  19. Só digo uma coisa.
    Bolsonaro sempee tem razão.
    Quanto ao mimimi desses outros, é normal, fazem parte da mesma corja.

    1. É gente como vc, que às vezes se diz cristão e cidadão de bem, que eu acho desprezível.
      Tão covarde quanto seu ídolo.
      Vão passar…

  20. Já aguardando o comentário do Calígula falando da governadora… afinal. só faz isso… kkkkk

    1. Quando Calígula estiver sem poder responder, eu resolvo, o negócio é o seguinte, o Mito tem razão,.
      Chora petralhada!!!!!

    2. Calígula deve estar na mamadeira de piroca!!
      Nesse blog está faltando homem de verdade, para comentar e assinar embaixo com o nome verdadeiro.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Sindicato dos Jornalistas do RN solta nota se solidarizando com o comunicador Bruno Giovanni e com o Blog do BG e lamenta atitudes que lembram a ditadura

A Constituição Federal promulgada pelo então presidente da Assembleia Nacional Constituinte Ulysses Guimarães, em 1988, colocou em destaque a importância de uma instituição essencial para a Democracia, o Ministério Público. Uma instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis. Contudo, para alguns, o conceito ficou apenas no que estava escrito, não foi para a prática. Lutar pela democracia é, acima de tudo, lutar pela liberdade de expressão e de comunicação, sem elas é impossível viver num estado democrático de direito, onde há elementos específicos que o próprio ordenamento jurídico conduz em casos de excessos, mas dá a liberdade para que seja exposto o fato.

A decisão da Justiça Federal do Rio Grande do Norte em censurar publicações no twitter de Bruno Giovanni e no Blog do BG vai na contra mão das reiteradas decisões do Supremo Tribunal Federal na defesa da liberdade de expressão e imprensa e o pior, censura essa pedida por um membro do Ministério Público, entidade que, por vezes, é acusada de “noticiar” e “agredir” a honra de terceiros como em processos passados no que coube ação judicial, no caso de Lagoinha.

Fazer o que eu digo e não fazer o que eu faço é o pior dos ditados, e noticiar um fato que ocorreu com uma pessoa pública que defende o “fique em casa” e “foi para a rua” é de interesse público e sim deve ser divulgado.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Norte se solidariza com Bruno Giovanni, lamenta que a Justiça Federal do Rio Grande do Norte e Ministério Público estejam olhando para o retrovisor e vendo a censura como um mecanismo democrático, que nunca o foi, utilizado somente na ditadura.

Opinião dos leitores

  1. O Procurador é Procurador na sua função saiu dali é cidadão comum o juiz é juiz do fórum saiu do fórum cidadão incomum o policial é policial com sua arma e sua farda tirou a farda é o cidadão comum isto é a linguagem de um adulto Mas os homens querem ser intocado por que são melhor do que os outros que paga seu lamentável imposto Parabéns pela nota do Sindicato dos Jornalistas

  2. Palmas pro Supremo, que de forma acintosa sem viez nhenhum de comprovação deu início a essa palhaçada de fake News e por tabela inspirou pseudos intocáveis da justiça e da política como seres nobres da incolumbridade…

  3. Dr. Fernando Rocha quer holofotes? Parece… Gosta de chamar atenção!!!! Isso não é comportamento de um cidadão humilde, simples, coerente. Errou, então assuma o erro e procure não repetí-lo. Com o erro aprenda uma lição. Assim, mais digno. Cadê a liberdade de expressão? Cadê a democracia? Atenção sociedade e imprensa!!!!!

  4. Isso é uma vergonha esse procurador ele tem que ter vergonha na cara e prestar atenção que um dia nosso livre direito de se manifestar nas redes sociais e agora vai ser punido pelo Ministério Público Federal nacional que não aguenta uma crítica E aí a gente vê a verdade real do juízo embargadores e acho que tão no outro mundo ou no outro lugar são os deuses no seu mundinho no seu Olimpo que acha que eles podem tudo mas ele não esquece quem paga eles são a população brasileira Imagina aí se a população brasileira começa a se revoltar contra esses caras fazendo essas coisas erradas que nem tão

  5. Eu me sinto representado por BG e comungo com quase todos os posicionamentos dele. A questão de segurança pessoal alegada pelo procurador, no meu ver não existe.

  6. Esse fato tem que chegar, COM URGÊNCIA, ao Conselho Nacional de Justiça, ao Conselho Nacional do Ministério Público e ao Jornal Nacional!

  7. ESSE TAL SINDICATO FEZ ALGUMA RECLAMAÇÃO QUANDO PRENDERAM O JORNALISTA INVESTIGATIVO OSWALDO EUSTAQUIO?

  8. É muito importante defender a liberdade de expressão, que é um bem indispensável a democracia e para toda sociedade. Mas, as vezes, fico lembrando como tantos comemoravam quando os promotores de Curitiba e o candidato Sérgio Moro, vazavam para imprensa, as investigações que estavam sob segredo de justiça. Águas passadas.

  9. Infelizmente aqui no Brasil é assim, mexer com poderosos equivalentes a Deuses, pode dar em tudo. Ele provavelmente acha que não estava bem vestido para sair na mídia.

  10. Prestamos nossa solidariedade ao BG. Certamente, a matéria deve ter magoado o intocável procurador.

  11. Eu fico imaginando, se essas censuras que tá acontecendo no momento no nosso país, valesse pra políticos também!!!! Os caras chamam o presidente de bosta, um juiz de ladrão, o exército de homicida… E nada acontece!!! Só pra blogs?

  12. SOCORRO, Conselho Nacional de Justiça e Conselho Nacional do Ministério Público! Isso tem que ser divulgado em rede nacional! Alô, Jornal Nacional!

  13. Não entendo! O Sr. Fernando Rocha, no momento de sua aparição na academia, não estava exercendo a função de procurador, era um "cidadão comum". O que danado tem a ver a Justiça Federal com tal fato? Me expliquem, por favor! Agora é que o sr. procurador vai ficar "famoso".

  14. Absurdo!! Foi noticiado alguma mentira sobre o mensionado servidor público? Tempos estranhos, "alguns" tentando calar quem sustenta as regalias de quem está no "topo da pirâmide"! Todos são iguais perante a constituição e DEUS

  15. BG, você só poderá, a partir de agora, postar notícias sobre os pobres, desfavorecidos e lascados de forma geral. Contra os ricos, poderosos e favorecidos pelos poder, já era!

    1. Desculpe-me Renata Bastos, mas essa citação não é do ex-juiz Sérgio Moro e sim do Ministro do Supremo Marco Aurélio Mello.

    2. Renata Barros, se foi Sérgio Moro que falou ele deveria fazer menção ao que STF está fazendo.
      Mandando prender apoiadores de Bolsonaro, mandando derrubar contas em redes sociais.
      Uma espécie de ditadura.
      Ontem o PGR criticou a lavajato.
      Tempos estranhos.
      Ganha um presidente de direita, mas forças ocultas se unem contra ele.
      Imprensa, esquerda, políticos derrotados…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Campanha Shalom Amigo dos Pobres leva um olhar de solidariedade para as pessoas em situação de rua em Natal

Fotos: Divulgação

A Comunidade Católica Shalom em Natal está realizando a Campanha Shalom Amigo dos Pobres, através da qual leva consolo e alimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade social na capital potiguar. Para alcançar cada dia mais pessoas, uma rede de solidariedade está se formando na cidade. A distribuição das refeições acontece diariamente na praça André de Albuquerque, em frente a antiga Catedral de Natal, no bairro da Cidade Alta.

A sociedade tem passado por momentos difíceis devido a Pandemia causada pelo novo coronavirus, e voltar o olhar para aqueles que necessitam de cuidados, que estão mais expostos ao contágio, como as pessoas em situação de rua e moradores das periferias é essencial para que seja minimamente preservada a qualidade de vida dessas pessoas.

A Campanha Shalom Amigo dos Pobres é uma resposta a vulnerabilidade das pessoas que, nesse momento que uma nova realidade se apresenta a nível mundial, não possuem condições de manter o isolamento domiciliar, tanto por não possuírem casa como pela necessidade de sair para conseguir alimentos e o mínimo para uma vida digna.

Na campanha, as palavras de ordem são amor e solidariedade, como explica o coordenador das ações, Tennessee Justino, “Nós, através do amor e da solidariedade, que são grandes valores para o povo potiguar, queremos com essa campanha manter a sociedade unida pelo senso de colaboração, pelo senso da oferta, pelo senso da entrega”, afirma.

Para que a Campanha possa atender cada vez mais pessoas, o voluntariado é essencial, várias pessoas têm se dedicado a levar consolo para os que mais precisam nesse momento, doando uma parte do seu tempo para estar com eles e ajudando a ser uma resposta de solidariedade e empatia para tantos que necessitam.

Para conhecer mais a Campanha e saber como participar tanto doando alimentos e material de higiene como se voluntariando para doar seu tempo em favor dos pobres da cidade, basta acessar o site da campanha www.amigodospobres.org/natal, o Instagram @shalomamigodospobresnatal ou entrar em contato pelo telefone (84) 9 9836-6991. “É assim que a humanidade sairá melhor da quarentena, através da solidariedade, através do unir forças”, finaliza Tennessee.

Opinião dos leitores

  1. A ideia da campanha é linda, mas erram no exagero dos trajes. Irmãos de rua não são pessoas doentes e infectadas. Será que é desta maneira que essas pessoas se vestem para ir ao supermercado ou outros locais onde tem contato com “pessoas normais”? Repensem isso das próximas vezes.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Guedes pede ‘solidariedade’ para retomada rápida da economia e trégua entre poderes senão “o barco naufraga”

Foto: Anderson Riedel/ Presidência da República

O ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu nesta sexta-feira (29) compreensão e solidariedade para que a retomada da economia, após a crise do coronavírus, seja mais rápida no país.

Guedes fez a declaração pouco depois de o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgar que o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro caiu 1,5% no 1º trimestre, na comparação com os três últimos meses de 2019.

O resultado reflete apenas os primeiros impactos da pandemia do novo coronavírus, e coloca o país à beira de uma nova recessão, uma vez que a expectativa é de um tombo ainda maior no 2º trimestre.

“Precisamos de cooperação, colaboração, compreensão, solidariedade”, disse o ministro durante um seminário virtual.

Se referindo aos recentes conflitos do presidente Jair Bolsonaro com outros poderes, como o Judiciário, Guedes apontou que disputas são “naturais” nesse período, mas defendeu trégua neste momento de crise senão “o barco naufraga.”

“É natural que nessa ansiedade, cada um ao seu estilo, um pisa no pé do outro. E quem foi pisado vai empurrar de volta. Agora, acabou. Um deu o empurrão, tomou o empurrão de volta. Todo mundo remando para chegar na margem. Quando chegar na margem, começa a briga de novo. Pode brigar à vontade na margem. Se brigar a bordo do barco, o barco naufraga”, disse.

Nas últimas semanas, o presidente Jair Bolsonaro se envolveu em conflito com diversas autoridades e instituições do país. O presidente, por exemplo, criticou governadores por adotarem, seguindo recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), medidas de isolamento e restrição para evitar o avanço rápido da covid-19. Bolsonaro defende a retomada de todas as atividades para evitar impactos negativos na economia e no emprego.

Mais recentemente, o presidente fez duras críticas a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) devido a decisões que o contrariaram, como a divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril, apontada pelo ex-ministro da Justiça Sérgio Moro como prova da tentativa de Bolsonaro de interferir na Polícia Federal; e a ação de busca e apreensão, dentro do inquérito que apura ataques ao Supremo e divulgação de informações falsas na internet, que atingiu aliados do presidente e defensores do seu governo.

Reação em “V”, em “U” ou em “L”

De acordo com o ministro, “depende de nós mesmos” determinar como será a reação da economia no pós-pandemia.

Guedes apontou que há três opções: a chamada retomada em forma de “V”, que seria a mais rápida; a retomada em forma de “U”, um pouco mais lenta; ou então a economia pode se comportar como na forma da letra “L” que, segundo o ministro, significa “cair e virar depressão.

“Só depende de nós. Só depende de nós. Pela terceira vez, só depende de nós”, disse o ministro. “Prefiro ainda trabalhar com o ‘V’, pode ser um ‘V’ meio torto, caiu rápido e vai subir um pouco mais devagar, mas ainda é um ‘V’”, declarou.

Guedes acrescentou que, em sua visão, é preciso aperfeiçoar as instituições democráticas neste momento e disse ser “cretino” quem ataca o governo ao invés de ajudar nesse momento de crise.

“Se, em vez disso, nos jogarmos uns contra os outros, atrapalharmos uns o trabalho dos outros, incriminarmos uns aos outros em vez de entender que isso veio de fora, o vírus veio de fora e está atacando o mundo inteiro. É cretino você atacar o governo do próprio país em vez de ajudar em um momento desse”, afirmou.

Sobre o debate em torno da priorização da saúde, ou da economia, o ministro afirmou que é “natural” alguém achar que um aspecto é mais importante, mas avaliou que os dois são complementares.

“Alguém acha que a asa esquerda é mais importante, outro acha que é a asa direita. O pássaro não voa sem as duas asas. As pessoas não vão conseguir tocar uma economia preocupados com a saúde. As pessoas não vão conseguir salvar a saúde se também destruírem a economia. O pássaro, para voar, precisa das duas asas: da saúde e da economia”, disse.

Retorno ao trabalho

Na visão do ministro da Economia, está na hora de lançar o “sinal” de protocolos para um retorno seguro ao trabalho, que será feito “de forma segmentada, por unidades geográficas”, quando a questão de saúde permitir.

“No caso de indústrias que souberam se proteger, a construção civil está funcionando em 93% da capacidade produtiva, com 55 mil pessoas trabalhando nas obras e 10 mortes. Trágicas, porque cada morte é um universo que se extingue (…) Mas o fato é que, se 55 mil pessoas estão na construção civil e 10 vidas se apagaram, estão fazendo alguma coisa certa no protocolo de trabalho”, declarou.

De acordo com ele, esse retorno ao trabalho, de forma responsável, pode preservar vidas.

“Estão possivelmente até protegendo mais vidas do que está acontecendo em comunidades pobres, onde há o isolamento, distanciamento, mas 8, 9, 10 pessoas em uma casa só. Um sai para fazer uma coisa, outro sai para fazer outra, e no final podem até se contaminar com mais velocidade do que o trabalhador que está indo para um lugar que está tomando conta da saúde. É testado, monitorado, e tratado, só depois volta. Ele pode estar sendo bem tratado”, disse.

G1

Opinião dos leitores

  1. O ministro manda um recado nas entelinhas para o presidente, pois toda essa guerra foi iniciada por ele. Aliás, essa coisa de achar que estão sempre conspirando contra ele, o faz ver inimigos em toda parte. Bolsonaro não pensa nos brasileiros. Só tá preocupado em proteger os zeros e os amiguinhos dele.

  2. A Oposição mais a mídia mais o Congresso e o STF não gostam do Presidente e farão de tudo para inviabilizar o seu govermo. Não adianta esperar tregua. É partir com unhas e dentes para a proxima batalha.

  3. Bastou uma crise sanitária para mostrar a incompetência deste senhor. A Tchutchuca dos banqueiros só entende de entreguismo e privatização. Alguém sabe como anda a investigação contra ele por lucrar em cima do prejuízo de estatais e seus fundos próprios de aposentadoria complementar?

    1. BG
      No Brasil é difícil se administrar, uma pandemia dessa o governo Federal de pronto começou a atuar e minimizar os problemas, criou auxilio para a população, no entanto o sacrifício é mundial é inimaginável suas consequências, mais tem sempre ovelhas negras para criticar por criticar. Imagine se essa pandemia tivesse sido no governo da quadrilha como ficaria o Brasil?.

    2. Um ministro que considera servidor público como inimingo. Que diz " que não vai gastar dinheiro com as pequenas empresa" não podemos esperar nada de bom

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

ABC agradece solidariedade do América por contusão de Wallyson

Foto: Reprodução/Twitter

O ABC agradeceu o rival América, na tarde desta quinta-feira(06), pela mensagem de solidariedade pela contusão do atacante Wallyson, em jogo da Copa do Brasil na noite dessa quarta(05).

Veja mais – WALLYSON: América se solidariza com grave contusão e deseja “recuperação plena e rápida ao atleta do co-irmão

“É exatamente esse o sentimento. Estamos satisfeitos com nossas classificações, mas tristes com o ocorrido com o Wallyson”, respondeu o alvinegro no Twitter, deixando de lado, pelo momento, o êxito na competição nacional, e o foco no ser humano e atleta.

Opinião dos leitores

  1. Eu sou abc fc mais o América está de parabéns por deixar de lado a rivalidade

  2. Meus parabéns ao América pelo apoio ao nosso conterrâneo e atleta do Mais querido vllw mecao,e que a recuperação de wallisson rápida pra ele poder volta a fazer mais gols pela frasqueira

  3. Parabéns aos dirigentes de ambos os clubes, a rivalidade deve existir sim, sempre, mas no campo de jogo, a união das duas maiores forças do nosso futebol fora do campo, tem que prevalecer, é para o bem do futebol

  4. Nós abcedistas não queremos a solidariedade de torcedores e muito menos da diretoria americana, pelo acontecido com nosso atleta Wallyson, está solidariedade deles americanos é de gozação ok

    1. Fale por você, gozação é em outros momentos, a parada aqui é séria.

  5. Dá pra sairmos desse buraco juntos. A rivalidade dentro de campo não pode acabar nunca, mas fora de campo é burrice.

    1. Concordo com você é plena burrice, devemos ser sóbrios e olhar pelo lado da razão, quem não se chateia pela derrota do seu time, mais é inevitável que isso aconteça as vezes. Sou abecedista e isso nunca me empediu de admirar o futebol jogado por Souza.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

WALLYSON: América se solidariza com grave contusão e deseja “recuperação plena e rápida ao atleta do co-irmão

Foto: Reprodução/Twitter

O América, através do microblog Twitter, publicou nesta quinta-feira(06) uma mensagem de solidariedade ao atacante e ídolo do ABC, Wallyson, que teve uma fratura na região da tíbia na noite dessa quarta-feira(05), durante o primeiro tempo do alvinegro diante do Aquidauanense/MS, em jogo da 1ª fase da Copa do Brasil, que terminou em vitória e classificação do time potiguar.

“Ao ser humano Wallyson, atleta do co-irmão, nossa solidariedade e torcida para que a sua recuperação seja plena e rápida”, expressou o alvirrubro.

O craque alvinegro teve constatada uma fratura na tíbia da perna direita e a necessidade de um procedimento cirúrgico. O atacante passará por cirurgia para correção da lesão na noite desta quinta-feira (6), na capital potiguar.

.

Opinião dos leitores

  1. Exemplo maravilhoso que deve estender-se aos torcedores.
    Somos todos irmãos, torcer por um time faz parte do livre árbitrio e da liberdade de expressão, que sirva de exemplo para todos. Parabéns ao america. Sou ABC de coração.

  2. Me expliquem, pelo amor de deus, O q diabos é co-irmão??????
    Existe um irmão q não é do outro?????
    Vc ė meu irmão, mas eu não sou seu irmão!!!!!!
    Eita povo ignorante.

    1. E o mais idiota de tudo é que o vocábulo coirmão não tem hífen.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Solidariedade em carta do Papa Francisco ao ex-presidente Lula enfatiza perdas de parentes, não comenta situação judicial, e petistas generalizam “injustiça”

“Tendo presente as duras provas que o senhor ultimamente, especialmente a perda de alguns entes queridos – sua esposa Marisa Letícia, seu irmão Genival Inácio e, mais recentemente, seu neto Arthur de somente 7 anos -, quero lhe manifestar minha proximidade espiritual e lhe encorajar pedindo para não desanimar e continuar confiando em Deus”, diz trecho da carta divulgada com a assinatura de Francisco.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou em seu site oficial uma carta na qual, segundo a equipe do petista, o Papa Francisco lamenta as “duras provas” pelas quais o líder político tem passado e manifesta solidariedade pelas mortes de sua mulher, Dona Marisa, do irmão Genivaldo Inácio da Silva e do neto de 7 anos, Arthur Araújo Lula da Silva. Na missiva, datada de 3 de maio, o Pontífice pede coragem para o político “não desanimar” e “continuar confiando em Deus”, mas, o principal: não comenta a situação judicial do ex-presidente, preso desde abril do ano passado em Curitiba.

Reprodução

Com acréscimo de informações de O Globo

Opinião dos leitores

  1. O papa não sabe ,com certeza ,que lula é ateu ,por isso está falando essas bobagens,esse filho da puta se sente mais que Deus!

  2. O que mais perturba os bolsomimions é quando ele diz que, no final o bem sempre vence o mal e a verdade sempre vence a mentira.
    Também,,, um candidato maluco que defende distribuir armas, apoiado por falsos profetas e artistas pornôs e guiados por um astrólogo picareta, o que poderia dar errado?

  3. Essa corja esquerdopata é péssima em leitura e interpretação de texto. Aliás, detestam estudar (bem como trabalhar ou qualquer outro tipo de esforço), de forma geral. A carta está ai, para quem quiser ler. Só coisas genéricas, que se deve dizer a qualquer um que apareça com lamúrias. Nada demais. Mas, os propagadores de mentiras, os deturpadores da verdade não podem perder qualquer oportunidade para exercitarem sua falta de caráter, sua índole nefasta. E o Lula tá preso, babacas. Pergunta pro Cid ou pro Ciro Gomes. kkkkkkkk

  4. Bolsonaro recebeu uma carta do capeta. Segundo a missiva: "Bolsonaro meu filho, tive 4 filhos; o Hitler, Mussoline, Pinochet e no último dei uma fraquejada, nasceu você, mas eu ti amo. Não esqueça de maltratar os estudantes e aposentados e faça logo uma guerra"Ass. Satanás.

  5. Ta pensando que vai sair é. Vai nao viu. Não vai nao. Kkkkkkk
    Tem que tirar toda a pena inclusive os cinco processos que ainda está faltando sua condenação definitiva. E isso nao vai pagar nem um pouco o estrago que vcs fizeram ao país.

  6. Agora são Cristãos, católicos… até de religião mudam! Pensei que seria uma carta enviada por Zé Pretin, Chico Xavier…

  7. O preso condenado agora vai ficar pensando que já está nos processos de beatificação…. agora vai ter que arrumar algum milagre para justificar sua nomeação a "Santo"

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Kelps descartou vereadores de Natal por se negarem a fazer oposição ao prefeito

O próximo presidente da Câmara de Vereadores de Natal, para o biênio 2020-2022, Paulinho Freire, comentou nesta terça-feira (20) em entrevista ao Meio Dia RN, que o Solidariedade, partido que está deixando, não ficou mais à vontade com sua presença, além dos vereadores Eudiane Macedo e Klaus Araújo.

O motivo da ruptura: o presidente do partido, o deputado estadual Kelps Lima, exigiu oposição contra Carlos Eduardo.

Paulinho disse que preferiu ficar com sua independência e se prepara para desembarcar no PMN.

Opinião dos leitores

  1. Inacreditável um político de carreira ( Paulinho) querer dar uma de inocente no meio dessa confusão toda, com muita coisa ainda a ser jogada no ventilador…. kkkk

    1. Discordo de você. O Solidariedade irá fazer mais de um Deputado Estadual.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FECAM emite nota de solidariedade ao presidente da Câmara e vereadores de Caicó

Nota de solidariedade

A Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (FECAM) presta solidariedade e apoio irrestrito ao presidente da casa legislativa de Caicó, Nildson Dantas, e todos os vereadores do município prejudicados com a decisão da Prefeitura da Caicó, reformada agora pela Justiça, em reter valores do duodécimo pertencentes à câmara municipal. O presidente da FECAM, vereador Jório Nogueira, juntamente a diretoria da federação, parabenizam a atitude do vereador Nildson Dantas em defender a garantia dos diretos do legislativo municipal agora assegurados pela Justiça do RN, que determinou ao prefeito Roberto Germano o pagamento dos valores devidos. A FECAM espera que ações semelhantes não sejam recorrentes e que a sua correção sirva de exemplo para outros municípios. A decisão da Justiça assegura a independência do poder legislativo tão necessária para o exercício da plena democracia.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Insatisfeito com o PMDB, Hermano Morais estuda mudança para o Solidariedade

hermano moraisO deputado estadual Hermano Morais está insatisfeito com a forma como vem sendo tratado dentro do PMDB e isso não é novidade para ninguém. Afinal, ele como presidente do diretório municipal do partido e tentando viabilizar a pré-candidatura a prefeito de Natal, ficou de fora de decisões importantes e terminou sendo escanteado após as decisões monocráticas do presidente estadual e ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, que optou por abdicar da candidatura própria para apoiar o prefeito Carlos Eduardo Alves em troca de cargos na Secretaria Municipal do Turismo.

E o caminho de Hermano pode ser o Solidariedade. O parlamentar se reuniu hoje com o colega de Assembleia e presidente do partido, Kelps Lima. Durante um almoço agora a tarde no restaurante Agaricus, Kelps fez o convida formal para Hermano deixar o PMDB e ingressar nos quadros do Solidariedade. O blog soube que até a presidência do diretório de Natal foi citada durante o encontro. Ao blog, Hermano não tratou de detalhas, mas confirmou que o convite foi feito e que se sentiu honrado.

“Eu e o deputado Kelps Somos amigos e colegas de trabalho. Ele, que tem um trabalho muito importante na Assembleia Legislativa, me fez um convite para ingressar no partido. Fiquei muito honrado com o convite. Ele está construindo um partido novo de uma forma interessante e e democrática. Foi uma boa conversa, mas ainda não tomei nenhuma decisão. Afinal, tenho uma história no PMDB”, disse.

Mesmo com o deputado não confirmando a ida para o SDD, a saída do PMDB é certa. As bases de Hermano já foram comunicadas que o deputado aguarda somente a janela de transferências sem a perda de mandato para trocar de partido. As conversas serão apenas para manter a base política unida.

Opinião dos leitores

  1. A VERDADE É QUE TEM CERTOS POLÍTICOS QUE NÃO SE TOCAM…HERMANO NÃO TEM CACIFE PARA SER PREFEITO, MAS QUER CONCORRER À FORÇA!

  2. Homem honrado dr. Ney lopes, não tenho nem palavras. Mas dizer que não teve oportunidade não é verdade. 25 anos morando em Brasília. Prestou e ainda presta grandes serviços ao RN. Mas oportunidade teve sim.

  3. Não existe insatisfação nenhuma. Só com ele mesmo que acha que ser vereador é pouco. Ele quer mais. A medida desses políticos não enche nunca. É bem empregado que perca o mandato de vereador e fique longe de ser prefeito.

  4. Situação idêntica a dos brilhantes políticos Nei Lopes e seu Filho bem como de José Adécio que nunca deram oportunidade a alçarem voos mais altos é a politica.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Fábio Faria organiza futebol solidário com políticos, desportistas e artistas

IMG_3275

O deputado federal Fábio Faria (PSD) está organizando um jogo beneficente visando ajudar a Associação Amigos do Coração (Amico) com artistas do Carnatal, craques do futebol e políticos do Congresso Nacional. O jogo em benefício da Amico vai acontecer no próximo sábado (12), no Ocean Palace, a partir do meio dia.

Já confirmaram presença o deputado federal Arcelino Popó Freitas, o senador Romário e os cantores Bell Marques e Durval Lelys. Nos grupos de Whatsapp, os integrantes da bancada potiguar também estão sendo convocados para participar da “pelada solidária”.

No loca, haverá um stand da Amico recebendo donativos e vendendo artigos da Associação

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Paulinho Freire confirma ida para o Solidaridade e critica cortes do governo federal

Durante o programa Meio Dia Cidade desta O vereador de Natal Paulinho Freire confirmou que está deixando o PROS e se filiando ao Solidariedade, partido comandado no Rio Grande do Norte pelo deputado estadual Kelps Lima.

De acordo com o parlamentar, vários partidos o convidaram para ingressar em seus quadros, mas ele optou pelo SDD por acreditar no projeto do deputado Kelps. “Muitos partidos me chamaram, mas, como sempre tive uma atuação mais independente, optei pelo Solidariedade. Acredito no projeto do deputado Kelps. Por isso estou indo para o Solidariedade”, disse.

Outro tema abordado durante o programa foi a crise econômica que atinge os estados brasileiros. De acordo com Paulinho falta muito ainda a ser feito pelos governantes para mudar o quadro atual. Ele lembrou que dos R$ 26 bilhões de cortes previstos no orçamento, apenas R$ 200 milhões foram feitos da “própria carne”.

“O governo só decidiu cortar R$ 200 milhões dos mais de R$ 20 bilhões de cortes. Quem vai pagar a conta da crise é o cidadão. O cidadão já paga imposto demais. Não pode sofrer ainda mais com o aumento da carga tributária. Ou os governantes começam a cortar da própria pele ou nos não vamos sair nunca da crise”, disse.

O vereador lembrou que, enquanto ocupou o mandato de prefeito de Natal, no final do ano passado, realizou cortes e fechou secretarias para colocar as contas públicas em dia.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Paulinho Freire pode estar de malas prontas pro Solidariedade

O vereador de Natal Paulinho Freire pode trocar de legenda em breve. Oficialmente ele não confirma a mudança, mas também não nega. Pessoas ligadas ao parlamentar garantem que ele irá pro Solidariedade quando abrirem as janelas de mudança sem a perda de mandato com a aprovação da reforma política.

A ida de Paulinho Freire para o Solidariedade é estratégica tanto para uma possível candidatura do deputado Kelps Lima para prefeito de Natal, quanto para o próprio vereador que tem chances de ampliar a votação e de ser o mais votado do partido nas eleições do próximo ano.

Paulinho Freire foi eleito vereador em Natal com 4.600 votos pelo PP, de Rafael Motta. Depois mudou para o PROS seguindo a mesma orientação política. A ida dele para o PP significa um distanciamento de Rafael e uma aproximação a Kelps.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Greve no TJRN e Solidariedade

IMG-20150409-WA0075 doacao_sangue04Os servidores do judiciário estadual (TJRN) estão em greve desde o dia 17/03/2015, reinvidicando a não implementação das medidas da presidência somente contra servidores que prevê a retirada de diversos direitos adquiridos ao longo dos anos; implementação de data-base para reposição das perdas decorrentes da inflação, já que é o único tribunal do país que não possui; progressão funcional que, segundo a lei do plano de cargos e carreira do TJRN, deveria ser implementada desde a folha de dezembro/2014.

A luta dos servidores em Mossoró tem unido manifestação política com atos em prol da sociedade, já que esta é a maior prejudicada com a greve. Para isso, além da garantia dos 30% (trinta por cento) de atendimento ao público e cumprimento de todas as urgências, diversas atividades são realizadas nos dias de greve.

Atividades:

01) Plantação de Árvores: Para cada dia de paralisação, os servidores plantam mudas de árvores no entorno do Fórum Municipal Silveira Martins, ajudando na arborização da área;

02) Doação de Sangue: Em ato realizado no dia 26/03 em Mossoró e Natal, denominado Sangue Por Justiça, que contou com carreata do fórum minicipal até o hemocentro, os servidores efetuaram diversas doações de sangue;

03) Doação de Fraldas Geriátricas: No último dia 09/04, os servidores realizaram mobilização no centro de Mossoró (Praça do Pax) e, debaixo de chuva, seguiram em caminhada ao Abrigo Amantino Câmara, onde fizeram doação de parte da arrecadação de fraldas geriátricas. A outra parte foi destinada ao Hospital da Solidariedade;

04) Doação de Leite em Pó: No próximo dia 15/04 (quarta-feira), os grevistas farão uma nova doação, dessa vez será de leite em pó ao Hospital do Câncer. Sairão em caminhada novamente da Praça do Pax até o estabelecimento.

Opinião dos leitores

  1. Greva por justiça? queremos apenas garantir nossos direitos conquistado nas mais altas corta da justiça

  2. Considerando os salários que essa turma ganha, fazendo inveja a qualquer marajá, doação de fraldas e leite em pó deveria ser em carretas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *