Saúde

Ministério da Saúde altera critérios de confirmação de mortes por covid e faz registro nas últimas 24 horas diminuir; veja mudanças


Foto: Arte/G1

Nesta terça-feira (23), dia em que o Brasil bateu novamente o recorde de mortes por Covid-19 confirmadas em 24 horas, o Ministério da Saúde alterou a ficha dos pacientes no Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe).

A informação é de técnicos responsáveis por preencher diariamente as atualizações sobre novos óbitos causados pela doença. Segundo esses técnicos, os dois principais impactos da nova ficha foram:

a falta de aviso prévio por parte do Ministério da Saúde às secretarias – ao contrário do que ocorreu em julho de 2020, quando havia ocorrido a última mudança;

e a exigência de preenchimento obrigatório de novos campos (veja, abaixo, quais são) – para os técnicos, isso pode aumentar o atraso entre a ocorrência das mortes e o registro delas no sistema, para que constem do balanço oficial diário.

O Sivep-Gripe é o sistema oficial onde todas as novas hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) devem ser compulsoriamente notificadas desde 2009 (leia mais a final da reportagem). Em 2020, com a pandemia do novo coronavírus, ele passou a ser usado também como a fonte oficial das mortes confirmadas por Covid-19.

A TV Globo procurou o Ministério da Saúde para confirmar se a mudança foi combinada com as secretarias estaduais e municipais, mas não havia recebido retorno até a última atualização desta reportagem.

Em nota enviada à TV Globo, a secretaria-executiva do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) afirmou que os novos campos já estavam sendo discutidos anteriormente, mas ocorreu “falta de comunicação adequada” no momento em que a mudança foi oficialmente instituída.

“Por este motivo, solicitamos a retirada desses campos como obrigatórios por enquanto”, diz o conselho.

Saiba quais são as mudanças

A nova ficha distribuída às vigilâncias de saúde municipais e estaduais trouxe uma série de mudanças. Foi incluído, por exemplo, um campo para informar se o paciente pertence a uma comunidade tradicional. Outros campos, por outro lado, foram excluídos – caso do histórico de viagem internacional.

Outras alterações, no entanto, devem afetar mais diretamente o trabalho de preenchimento do sistema, como a obrigatoriedade de informar:

o número do Cartão Nacional de Saúde (Cartão SUS);

se o paciente é brasileiro ou estrangeiro;

e se já foi vacinado contra a Covid-19.

Todos esses campos inexistiam na versão anterior da ficha, em utilização desde julho de 2020.

Além disso, o campo do número do CPF, que antes era considerado “essencial”, passa a ser obrigatório. Caso o paciente não tenha o CPF em mãos, é obrigatório preencher o Cartão Nacional do SUS. A única exceção para essa obrigatoriedade refere-se aos pacientes declarados indígenas na ficha.

Instabilidade na terça-feira

Nesta quarta-feira (24), pelo menos dois governos estaduais e um municipal relataram que houve queda na notificação de novas mortes devido às mudanças no sistema.

Em São Paulo, o governo afirmou que “a medida pegou os municípios de surpresa, fazendo com que muitas cidades não conseguissem registrar todos os óbitos no sistema nacional oficial”.

“Além disso, muitas cidades reportaram à Secretaria de Estado da Saúde instabilidade do sistema desde a tarde de ontem [terça], também dificultando a inserção de dados.”

Na terça, São Paulo confirmou 1.021 óbitos, principalmente por causa do represamento no fim de semana, que é mais alto do que nos dias úteis.

Nesta quarta, porém, foram 281 óbitos confirmados em 24 horas, número mais baixo para este dia da semana desde 17 de fevereiro – e bem inferior à média móvel registrada nesta terça, de 532 mortes diárias. Com a queda na produtividade, a média também caiu para 484.

Em Mato Grosso do Sul, o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, afirmou que as 20 novas mortes confirmadas em 24 horas não representam a “realidade”.

“Nós estamos tendo muito mais óbitos que esses anunciados hoje. Mas é porque o sistema, chamado Sivep, está com oscilação, está dificultando a inserção de dados, e certamente amanhã nós vamos ter um número elástico de óbitos, já que a nossa média móvel já ultrapassou a 30 óbitos por dia”, afirmou o secretário de Saúde de MS, Geraldo Resende.

“E a gente sabe que esse número de hoje está a menor do que o que aconteceu nos últimos dias por essa oscilação do sistema do Ministério da Saúde.”

No Rio Grande do Sul, a Prefeitura de Porto Alegre também confirmou em nota “que enfrenta problemas para inserir dados sobre o coronavírus no sistema Sivep-Gripe, do Ministério da Saúde” e que a situação ocorre desde terça-feira.

Segundo a prefeitura da capital gaúcha, “a instabilidade possivelmente tem causado represamento nos dados”, já que hospitais da cidade também submetem dados ao sistema.

A prefeitura diz que “apura mais informações sobre o atraso” e que o “Ministério da Saúde informou ao município que ‘estão tentando localizar o problema e resolver o quanto antes'”.

Impacto na contagem de mortes

A ficha do Sivep-Gripe é válida para todos os hospitais e vigilâncias municipais do país. A ficha do paciente vai sendo preenchida conforme o ele evolui e novas informações são obtidas – como o resultado de exames, a necessidade de internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ou de ventilação mecânica, além da data da alta ou do óbito.

Segundo técnicos que são usuários do Sivep, em mudanças anteriores da ficha, não houve necessidade de preenchimento retroativo de novos campos para pacientes que já constavam do sistema.

Coordenador do InfoGripe – plataforma da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) que desde antes da pandemia já usava o Sivep-Gripe para rastrear os casos de SRAG no Brasil –, Marcelo Gomes explica que a mudança vai afetar no atraso de notificação de casos e de óbitos.

Segundo ele, “é uma mudança que facilita a limpeza de duplicidades e identificação de casos suspeitos de reinfecção, mas o impacto na ponta é muito grande por conta da falta de acesso fácil ao CPF e CNS de todos os pacientes internados”.

Ele explica que “diversos pacientes buscam atendimento apenas com RG, tornando a ausência de acesso ao CPF importante. Nesses casos, torna-se necessário o agente de saúde pesquisar o CNS do paciente, caso já tenha sido cadastrado ou efetuar o cadastro do CNS caso contrário”.

Para Gomes, a mudança “tende a atrasar ainda mais o registro, aumenta a carga de trabalho, por ter que buscar o CNS do paciente que não apresentar CPF, e corre-se o risco de perda de registros por conta disso”.

G1

Opinião dos leitores

  1. A ditadura queria esconder ao surto de meningite e o Bozo quer agora reeditar essa "façanha" com a Covid-19. Não cola!!!
    #ForaBolsonaro

  2. Maus fácil seria fazer como a Correia dó Norte. Não tem covid-19 e pronto. Se não tem não tem mortes. 🤔🤔

    1. Se tiver um GENOCIDA nessa pandemia é sua Governadora, que recebeu muito dinheiro do Governo Federal e não providenciou UTI suficiente para a população, ainda fechou as que abriu. Mais de 500 morreram sem acesso a uma UTI, isso é que poderia ser chamado de Genocídio.

  3. Muito bom, tem gente morrendo de diversas doenças e infectados com a covid. Tem que separar morte por covid e morte com covid.

    1. Incluir CPF como obrigatório é querer esconder os fatos? Entendi. Obrigado por nos iluminar com sua sabedoria e inteligência.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Visitas presenciais na Cadeia de Ceará Mirim são suspensas após confirmação de contaminação de detento por covid

Foto: Ilustrativa

A Secretaria da Administração Penitenciária (Seap) suspendeu nesta segunda-feira, dia 28, as visitas presenciais na Cadeia Pública Dinorá Simas Deodato, em Ceará-Mirim. A medida foi tomada após a confirmação de um interno infectado pelo novo coronavírus. O detento apresenta sintomas leves e está isolado para tratamento. As visitas virtuais para que os familiares se comuniquem remotamente com os privados de liberdade estão mantidas e, ainda em janeiro, serão ampliadas. O sistema prisional do RN tem 10.700 internos e 18 casos confirmados de Covid-19.

O Comitê de Crise da Seap, atendendo a Resolução Interadministrativa 04, suspendeu imediatamente as visitas presenciais na cadeia pública. O Artigo 16 da Resolução estabelece a suspensão de visitas nos seguintes casos: taxa de ocupac¸a~o de leitos de UTI esteja superior a 80%, de acordo com relato´rio epidemiolo´gico publicado pela SESAP, e/ou decretado “lockdown”; porcentagem de servidores contaminados igual a 20% do efetivo da unidade; e registro de contaminac¸a~o por Covid-19 em pessoa privada de liberdade nos u´ltimos 15 dias. Apenas um desses registros suspende a visita presencial.

A Seap determinou que as celas e ambientes de uso comum da cadeia pública fossem sanitizados. Estabeleceu ainda a fiscalização do uso de equipamentos de proteção individual por servidores e internos, além dos protocolos de segurança sanitária contra o Covid-19.

Além de Ceará-Mirim, as visitas presenciais estão suspensas na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, Cadeia Pública de Mossoró, Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio, Penitenciária Estadual de Pau dos Ferros e Penitenciária do Seridó, em Caicó. A suspensão foi motivada, também, considerando a taxa de ocupação de leitos de UTI para pacientes com Covid-19 superior a 80% nos municípios de Mossoró, Pau dos Ferros e Caicó. Na Cadeia Pública de Caraúbas, a suspensão foi por falta de leitos no hospital local.

Para suprir a comunicação entre internos e familiares, em dezembro, a Seap ampliou em 100% o programa de visitas remotas e deverá reforçar, em janeiro, o programa com o aumento de oferta de vagas para visitantes virtuais e de computadores nas unidades. A televista garante o direito, por exemplo, ao grupo de risco do Covid-19 poder falar com o parente encarcerado. Nas demais unidades do RN, as visitas presenciais estão mantidas, de acordo com as regras de distanciamento social e medidas de combate e prevenção ao novo Coronavírus.

As visitas não têm contato físico e são limitadas a um parente por apenado, com limite de 30 minutos de duração a partir do primeiro contato, na~o sendo considerados os peri´odos de cadastramento, escaneamento corporal e demais procedimentos de acesso e deslocamento.

O RN é o único estado do Nordeste a não registrar óbito entre presos, policiais penais e servidores que atuam nos presídios.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Inep disponibilizará cartão de confirmação do Enem em 5 de janeiro

Foto: © Marcello Casal JrAgência Brasil

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) disponibilizará a partir do dia 5 de janeiro de 2021 o Cartão de Confirmação de Inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020.

O cartão contém número de inscrição, data, hora e local do exame. O documento poderá ser acessado na Página do Participante.

O documento também registra se o participante deve contar com atendimento especializado, e se deve ser tratado pelo nome social, caso essas solicitações tenham sido feitas e aprovadas. Apesar de não ser obrigatório, o Inep recomenda que o participante leve o cartão nos dias de aplicação das provas.

Pandemia

As provas do Enem 2020 foram adiadas em decorrência da pandemia de covid-19 e serão realizadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa) e em 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 (versão digital). Ao todo, 5.783.357 inscrições foram confirmadas.

Será obrigatório o uso de máscara durante toda a aplicação do exame. A recomendação é que os candidatos levem outra máscara, para trocá-la durante o exame, seguindo as orientações do Ministério da Saúde. Os participantes devem também manter distância uns dos outros.

Por ocorrer em meio a pandemia, o exame terá outra particularidade. Os participantes que forem diagnosticados com covid-19 ou com outra doença infectocontagiosa, como sarampo, rubéola, varíola e influenza humana A e B, terão outra chance de fazer o exame, na reaplicação da prova. O atestado médico poderá ser enviado ao Inep pela página do participante até um dia antes da aplicação. Caso a doença seja confirmada no dia do exame, o participante deverá entrar em contato pelo telefone 0800616161.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Relatório da agência reguladora americana confirma eficácia da vacina da Pfizer/BioNTech: ‘perfil de segurança favorável’

Foto: AFP

A FDA, a agência reguladora dos EUA equivalente à Anvisa brasileira, confirmou a segurança e eficácia de 95% da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelos laboratório Pfizer e BioNTech. Segundo um relatório publicado nesta terça-feira (8), o imunizante não apresenta riscos de segurança para impedir sua autorização.

Os dados de segurança obtidos com o teste clínico da vacina com 38 mil participantes “sugerem um perfil de segurança favorável, sem identificação de problemas de segurança específicos que impeçam a autorização”, escreveram os especialistas da FDA.

A agência reguladora americana deve decidir se autoriza a vacina dentro de dias ou semanas.

Reino Unido foi o 1º a aprovar a vacina

Na quarta-feira (2), o Reino Unido se tornou o primeiro país a anunciar a aprovação da vacina da Pfzer/BioNtech. A primeira remessa da vacina chegou ao país na sexta (4).

A vacinação começou nesta terça (8). Uma senhora de 90 anos, Margaret Keenan, foi a primeira a receber a dose. Keenan recebeu a primeira dose em um hospital em Coventry, região central da Inglaterra. A segunda dose será aplicada em 21 dias.

A Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde (MHRA, na sigla em inglês) do Reino Unido disse, em nota na publicada na quarta, que a aprovação da vacina foi feita com base em uma “revisão contínua” dos dados disponíveis que começou em outubro.

Eficácia de 95% e negociações no Brasil

A vacina Pfizer/BioNTech apresentou eficácia de 95% na prevenção à Covid -19, segundo estudos da fase 3 dos testes do imunizante. Os resultados foram apresentados em novembro. Não houve efeitos colaterais graves nos voluntários.

A vacina da Pfizer/BioNTec é uma das quatro que estão sendo testadas no Brasil, que ainda não fez acordo para adquirir o imunizante. Nesta segunda-feira (7), o Ministério da Saúde divulgou uma nota na qual informou que deve assinar nesta semana o memorando de intenção de compra de 70 milhões de doses da vacina produzida pelas empresas norte-americana e alemã.

Segundo a nota do governo brasileiro, as negociações “avançam” e a vacina deve ser fornecida em 2021. A data, contudo, não foi especificada. Em meados de novembro, o governo brasileiro recebeu executivos da Pfizer para, segundo o Ministério da Saúde, “conhecer os resultados dos testes em andamento e as condições de compra, logística e armazenamento oferecidas pelo laboratório”.

G1, com AFP

Opinião dos leitores

  1. Alto lá Gadolândia ! Para tudo ! Stop ! Please ! Nan , nan , nim , nan , nin , nan , NÃO . Vacina não ! Circulando no pasto . CACÁ ( Calígula na intimidade ) , leva a ninhada dos sobrinhos musculosos para o banhinho de lama . Vacina só Lara que acredita na ciência .

    1. Espere por essa aí, só ano que vem, qdo a chinesa chegar vai correr gado pra cima igual a correria pra comer torta de algodão, vc deve ir de peruca, óculos escuros e boné kkkkkkk

    2. A VACINA da CHINA, comprovado segurança e eficácia de 97%
      Tem mais garantias do que as outras, importante que atinge a sua acima 70%.

    3. Tu nunca nem leu rótulo de comida ou bula de remédio, agora paga de queixudo. Gado sendo gado.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Kelps e Brenno Queiroga confirmam chapa para disputa da Prefeitura do Natal

Kelps e Brenno Queiroga fizeram uma Live ao meio-dia desta sexta-feira, 4 de setembro, para anunciar a conclusão da chapa do Partido Solidariedade que vai disputar a Prefeitura de Natal no dia 15 de novembro.

Kelps (advogado) será candidato a prefeito. Brenno Queiroga (engenheiro civil) será candidato a vice.

A partir do dia 27 de setembro eles vão para a rua pedir votos e apresentar um projeto totalmente novo para a cidade.

“A diferença da gente para os outros candidatos é que nós não somos indicados de nenhuma liderança política antiga ou maior que a gente. Não estamos subordinados a ninguém que não seja o interesse do natalense médio, aquele que, como nós, acorda todos os dias para produzir seu sustento”, comemora Kelps.

Opinião dos leitores

  1. Talvez eu vote nesse Moreno do Alecrim que é daqui da terrinha. Chegou a hora de valorizarmos a prata da casa. Os forasteiros até hoje nunca deram certo. FORASTEIROS??? TÔ FORA!!! CHEGA DE FORASTEIROS IMPORTADOS….

  2. É AGORA!

    Chegou a hora de tirar as oligarquias Maia e Alves do poder Municipal.
    Não se deixem enganar! Embora o sobre nome seja Dias os Alves quem segura os cordões.
    Vamos eleger para alternar os dirigentes públicos.

    Kelps Lima e Breno Queiroga representa uma chapa conhecida como puro sangue pq não tem mistureba de partidos.

    A mistureba so serve para depois ter que lotear a prefeitura e perder a legitimidade.

    Os políticos atuais, no poder ou fora dele, que são escravos das oligarquias, destruiam a chapa conhecida como puro sangue pq nessa chapa não cabe arrumadinhos politiqueiros.

    Por isso que faz sentido o termo "prego batido e ponta virada!" na nova politica apresenta por Kelps Lima a frente da assembleia legislativa mostra que administrar não é distribuição de cargos biônicos como acontece com os escravos das oligarquias.

    Kelps Lima a frente da prefeitura do Natal será ele de mãos dadas com o progresso e a tecnologia, onde o funcionalismo público sera valorizado pela meritocracia.

    Natal terá a divisão da historia política do antes e depois do prefeito Kelps Lima.

    Meu voto é puro sague de prego batido e ponta virada.

  3. Na Minha Opinião é a melhor opção e o Mais Preparado, tem competência de sobra para conduzir Natal, Ganhou meu voto quando abriu mão do Fundo Eleitoral e Não empregar parentes em Cargos Públicos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

UFRN suspende prazo para confirmação de vínculo do 2020.2

A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da UFRN suspendeu os prazos de confirmação de vínculo dos alunos ingressantes do período letivo 2020.2 do Edital do Processo Seletivo do Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Dessa forma, novos prazos serão revistos e divulgados em novo termo aditivo, na página do SiSU-UFRN.

Conforme a pró-reitora de Graduação, Maria das Vitórias de Sá, a UFRN possui uma única edição do SiSU, que ocorreu em fevereiro, quando os ingressantes do primeiro semestre (2020.1) foram matriculados e os ingressantes do segundo semestre (2020.2) foram cadastrados. Contudo, devido à pandemia da covid-19, as atividades acadêmicas presenciais foram suspensas e o semestre 2020.1 está, atualmente, em fase de discussão e planejamento nos centros e unidades acadêmicas especializadas. “O período letivo 2020.2 terá início após a finalização do 2020.1”, explica a professora.

A Prograd esclarece ainda que os estudantes que realizaram o cadastramento para o 2020.2 possuem  suas vagas garantidas para quando for possível iniciar o respectivo período letivo. Além disso, a suspensão dos prazos perdurará até a publicação de novo termo aditivo ao edital, que será disponibilizado no site SiSU-UFRN.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

VÍDEO: Veja pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro que confirma teste positivo para o novo coronavírus

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) testou positivo para Covid-19. O resultado do exame foi anunciado nesta terça-feira (7).

Presidente teve febre, fez exames de imagem no pulmão e mediu saturação de oxigênio, em visita a hospital na segunda-feira (6) em Brasília.

“Acabou de dar positivo”, disse Bolsonaro. O presidente relatou ter se sentido mal no domingo. Ao longo da segunda-feira, ele sentiu cansaço e febre.

O presidente disse ter ficado sabendo do resultado no final da manhã de hoje. Ele disse ainda que já imaginava ter sido contaminado em virtude de seu contato frequente com a população. “Como presidente, estou na frente de combate”, disse.

Bolsonaro disse nesta manhã estar se sentindo melhor dos sintomas.Ele ficará isolado e trabalhando por videoconferência. “Serei vigiado pela primeira-dama.”

ASSISTA ABAIXO:

Opinião dos leitores

  1. Torcendo pela recuperação dele. Pra ele ver a prisão do filho e passar o poder para a oposição em 2022. Se não acabar com o país daqui pra lá.

  2. Oxi, e a Cloroquina num servia de prevenção? Acho que esses esquedopatas esconderam o remédio dele, só pode ser.

  3. ESSES VERMES ASSASSINOS DE ESQUERDA FAZEM A FESTA COM A DESGRAÇA DOS OUTROS. A GOVERNADORA DE VOCÊS DEVE TBM ESTÁ RINDO DA SITUAÇÃO, ATÉ AGORA SÓ DECRETO. VOCÊS SÃO O LIXO DA SOCIEDADE, O CHORUME DA HUMANIDADE. COMO TENHO NOJO DESSES PROTOZOÁRIOS!

  4. JÁ NÃO ACREDITAVA MAIS NELE, MAIS COM ESTE EXAME ACABOU. PORQUE O EXAME VEIO NO NOME DELE, SE ELE DIZE QUE TODO EXAME ERA FEITO EM NOME DE TERCEIRO, TA PRECISANDO PARA ALGUMA DEFESA. NINGUÉM SEGURA O brasil

  5. Esses esquerdopatas, além de cegos, são desinformados. A culpa de tantas mortes, que infelizmente ocorreram, não pode ser creditado à Bolsonaro. Talvez muitas, a incompetência de alguns, mas a responsabilidade, segundo o próprio STF, foi colocada no colo dos Governadores e Prefeitos… o que o Presidente pode fazer, foi feito e continua. Inclusive enviando muitos equipamentos para nosso RN. Deixe de falar bobagens.

  6. Os esquerdopatas tão fazendo a festa….. porém ele sai dessa….pinga da Silva com certeza vai berrar em algum microfone por aí!!!!!!

  7. Mais um golpe desse imundo, mentiroso, imbecil e por aí vai. Só pra ñ ir depor na PF. Ahhh, ladrão!

    1. Infelizmente este homem é o presidente e vai carregar nas costas a morte hoje de mais de 66 mil brasileiros

  8. Sei que muitos o querem morto, meu presidente, mas logo estará firme e forte. Boa recuperação, e que Deus tenha misericórdia das mentes malignas.

  9. Um bando de desmamados das tetas do dinheiro público nos governos PeTralhas, o choro é livre seus adoradores de corruptos.

  10. Patife. Querendo se esquivar da enrabada da PF e ainda, querer se promover c/ a Cloroquinis. Vai trabalhar seu Pelezão. Brasil, infelizmente, já já bate 100 mil mortos pelo Coronavírus e vc aí inventando 1 monte de asneiras.

  11. Fica Tranquilo Sr. Presidente. Como o senhor mesmo disse é só uma gripezinha. E daí ? Não precisa nem bater chapa dos pulmões.

  12. O mimimi é grande. As vezes dá pena, mas não dá pra sentir isso quem deseja mal para os outros. A sustento seria: "Aceitem que dói menos" ou então "Vão procurar o que fazer".

  13. O positivo do Bolsonaro:
    -Ganhar tempo pra depor na PF
    -Tirar o foco do Queiroz
    -Tirar o foco de que não temos ministros da Educação e Saúde e que o de Meio Ambiente cambaleia
    -Minimizar gravidade do covid-19
    -Desovar as toneladas de hidroxicloroquina produzidas
    -Vitimização

    1. Você é muito esperto, quase um detetive do FBI !!! Acho que está com abstinência de pão com mortadela.

  14. É um Pelé.
    Só foi ser convocado para depor q a gripezinha o pegou.
    Quem nao te conhece q te compre, mentiroso.

    1. Quero saber quando a esquerda volta ao poder, quero roubar mais 33 anos !!!’n

    2. Respeito é bom , com todos sejam jovens, idosos e políticos . Tem muitos brasileiros respeitando ladrão e criminosos. E acham que estar correto.

    3. Não …aprendeu com o vagabundo condenado Lula, ou com o filho do lula , aquele que de limpador de bosta ? no zoológico virou bilionário, deixa de idolatrar bandidagem

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

CBF confirma que Copa do Nordeste será finalizada em sede única

Foto: Staff Images

O presidente da Liga do Nordeste, Eduardo Rocha, informou que a Confederação Brasileira de Futebol acatou a solicitação dos clubes e definiu que a Copa do Nordeste será finalizada em sede única. O lugar, no entanto, ainda está sendo analisado. A princípio, Recife surge como favorita para receber a competição. Com quatro estádios e quatro locais para treinamento, a cidade possibilitaria que a última rodada da primeira fase, que eliminará oito equipes, seja disputada em um único dia. No entanto, Salvador e Fortaleza seguem sendo opções para sediarem o restante da competição.

Não há prazo para a definição do local. A CBF estuda a situação das cidades em relação à Covid-19. Atualmente, Recife, Fortaleza e Salvador liberaram os treinamentos das equipes, mas não o retorno aos jogos. Sobre a data para reinício da competição, a CBF deve definir nas próximas semanas. Vale lembrar que a Liga do Nordeste custeará hospedagens e testes para COVID-19 dos clubes que disputam a competição.

Com acréscimo de Globo Esporte-RN

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Campeonato Alemão confirma retorno para o fim do mês

Foto: Reprodução

O governo alemão liberou nesta quarta-feira (6) que a Bundesliga seja retomada ainda neste mês, em data a ser definida pela própria liga de futebol da Alemanha (DFL) e com portões fechados. O aval veio após um encontro da chanceler Angela Merkel com os líderes dos 16 estados.

A bola deverá voltar a rolar nos dias 15 ou 22 de maio —as rodadas de fim de semana costumam começar às sextas-feiras no país.

O Campeonato Alemão será o primeiro dos grandes centros europeus a retomar suas partidas após a paralisação causada pela pandemia de Covid-19. O último jogo, pela 25ª rodada, foi disputado no dia 8 de março.

A nove rodadas do fim da competição, o Bayern de Munique lidera a competição com 55 pontos, 4 à frente do Borussia Dortmund. Em seguida na classificação vêm RB Leipzig (com 50 pontos), Borussia Mönchengladbach (49) e Bayer Leverkusen (47).

Para que o retorno fosse aprovado pelas autoridades, a liga criou um protocolo com uma série de medidas com o objetivo de reduzir o risco de disseminação do coronavírus.

A DFL prevê testes de Covid-19 permanentes em jogadores e comissões técnicas. Segundo cálculos da entidade, seriam necessários 22 mil exames até o fim da temporada. No caso de algum atleta estar infectado, o restante do time não seria necessariamente isolado.

Para a realização desses testes, a liga já anunciou acordo com associações laboratoriais da Alemanha, que ajudarão no monitoramento.

Uma primeira bateria de exames, que teve seu resultado divulgado na segunda (4), apontou 10 casos positivos num total de 1.724 amostras de jogadores, técnicos e funcionários dos clubes das duas principais divisões.

Os infectados foram isolados, mas não houve recuou na intenção de retomar o torneio.

A proposta alemã também prevê que o número de profissionais que trabalham em dias de jogos seja de no máximo de 322 pessoas para a primeira divisão. Dependendo do tamanho do estádio, o número cairia para 213.

Os jogadores já estão treinando no país desde o início de abril. As atividades foram retomadas de forma gradual, aumentando aos poucos o número de participantes dos treinamentos.

Ouvido pela Folha, o lateral esquerdo brasileiro Wendell, do Bayer Leverkusen contou que no início dos trabalhos os vestiários do clube ficavam fechados, e cada atleta levava a roupa que usou do treino para casa.

Tomar banho após os treinamentos, almoçar ao lado de colegas de equipe no refeitório do clube e qualquer tipo de contato físico entre jogadores ainda estão vetados, de acordo com seu relato.

“Os cuidados são constantes e enormes. Fizemos testes e, inicialmente, treinamos em poucos grupos e horários diferentes. A entrada nos vestiários é restrita a um número de pessoas e funcionários”, afirmou o atacante Matheus Cunha, recém-chegado ao Hertha Berlim.

Repercutiu negativamente no país um vídeo feito por seu companheiro de time, o atacante Salomon Kalou, que se filmou cumprimentando com apertos de mão seus colegas de equipe, descumprindo assim as regras de distanciamento social que haviam sido determinadas. Na segunda (4), ele foi suspenso pelo clube e pediu desculpas pela atitude.

Um dos fatores que pesaram para o retorno do campeonato foi a situação financeira de alguns clubes, que dependem da sua conclusão para receber a totalidade das verbas referentes aos contratos de TV e não correrem risco de falência.

“Jogos sem torcedores não são a solução ideal, mas para alguns clubes essa é a única opção de sobreviver nessa crise e manter a liga em sua forma atual”, afirmou Christian Seifert, presidente da DFL.

Folha de São Paulo

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Coronavírus no RN: Sesap recomenda suspensão de eventos para mais de 100 pessoas

Foto: Divulgação

“A história natural da doença está se construindo ao vivo, em menos de três meses”. A afirmação do secretário estadual da Saúde, Cipriano Maia, foi feita durante entrevista concedida à imprensa, na manhã desta sexta-feira, 13, para tratar das medidas adotadas após a confirmação do primeiro caso de coronavírus (Covid-19) no Rio Grande do Norte.

A paciente teve o diagnóstico confirmado pelo Instituto Evandro Chagas, no Pará, referência nacional para os exames do Covid-19, e está em isolamento domiciliar em Natal, seguindo as recomendações preconizadas pelo Ministério da Saúde. A mulher de 24 anos apresentou os sintomas durante viagem à Europa, onde esteve na França, Itália e Áustria. Deu entrada no Hospital Giselda Trigueiro no dia 1º de março com febre, tosse seca, obstrução nasal, dores no corpo e discreto desconforto respiratório. Após dois dias de internação em isolamento, está em casa, sem sintomas. Como medida de prevenção, outras 17 pessoas que viajaram em assentos próximos estão sendo monitoradas.

“No recebimento de um caso suspeito, de imediato os serviços de saúde que acolhem o paciente devem isolá-lo e adotar todas as medidas de protocolo assistencial, fazendo a coleta da amostra e encaminhando para o Laboratório Central, em Natal. A notificação deve ser formalizada pelo link disponibilizado pelo Ministério da Saúde e a partir disso todos os processos de verificação de datas de viagem, início de sintomas, percurso desde o retorno da viagem até o adoecimento são feitos para que se consiga trilhar a lista de pessoas que entraram em contato com o paciente”, explicou a subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Alessandra Lucchesi.

O secretário Cipriano Maia lembrou que a confirmação do caso demanda um novo tipo de atenção, com responsabilidade, cuidado e união entre os serviços para obter os melhores resultados e evitar óbitos. “Não há recomendação para suspender atividades regulares, como escolas e pequenos grupos de turismo, mas de imediato é recomendada a suspensão de atividades de massa com grande número de pessoas”. Ele informou que será discutida com o Governo do Estado a emissão de um decreto que recomende o cancelamento de eventos de massa a partir de 100 pessoas. “É a medida correta com base nas recomendações que temos hoje”.

Até essa sexta-feira, 13, o RN está com 17 casos classificados como suspeitos, para os quais foram adotados os procedimentos de investigação epidemiológica e coletadas as amostras, que estão sendo analisadas pelo Instituto Evandro Chagas, no Pará.

O infectologista André Prudente afirmou que não há motivo para pânico, e lembrou que o exame precisa ser feito apenas por quem apresenta sintomas. “É um exame caro e quem não apresenta sintomas não deve fazer sem necessidade, para não acabar faltando kit para diagnóstico de quem realmente precisa”. Ele ressaltou que pessoas com febre, sintomas respiratórios e histórico de viagem ao exterior devem procurar os serviços de saúde.

A gestão da Sesap está mobilizada em torno da infecção pelo novo coronavírus desde o mês de janeiro, quando foi reativado o Comitê de Emergências em Saúde Pública. O Plano de Contingência foi publicado em 10 de fevereiro e vem sendo atualizado de acordo com a evolução epidemiológica da doença. As ações são articuladas entre a gestão estadual e municipal.

A rede estadual de saúde contará com dez hospitais de referência, para onde devem ser encaminhados os pacientes com necessidade de internação. Os profissionais da rede básica de saúde, hospitais, maternidades e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) estão capacitados para adotar os protocolos de atendimento a pessoas que possam se enquadrar como suspeitos de contaminação pelo Covid-19.

O secretário de Saúde de Natal, George Antunes, informou que a SMS/Natal qualificou mais de mil profissionais e está tomando medidas para qualificar a atenção primária. “Cinco unidades básicas nos distritos sanitários abrirão em horário estendido, e os equipamentos de proteção individual estão sendo distribuídos nas UPAs”, afirmou.

Hospitais estaduais de referência no RN

Hospital Giselda Trigueiro, Hospital Pediátrico Maria Alice Fernandes, Hospital José Pedro Bezerra (Santa Catarina) e Hospital Coronel Pedro Germano, em Natal; Hospital Regional Tarcísio Maia e Hospital Rafael Fernandes, em Mossoró; Hospital Dr. Mariano Coelho, em Currais Novos, Hospital Regional Cleodon Carlos de Andrade, em Pau dos Ferros, Hospital Telecila Freitas Fontes, em Caicó, e Hospital Regional Deoclécio Marques, em Parnamirim.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Trump minimiza confirmação de coronavírus no Brasil e elogia Bolsonaro: “É um grande amigo. Nós temos uma ótima relação”

Foto: AFP/Arquivo

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que passageiros que chegam do Brasil no território americano estão sendo verificados em aeroportos após a confirmação do primeiro caso de coronavírus no país. Trump, no entanto, ponderou que o território brasileiro conta apenas uma pessoa doente, apesar de suas grandes dimensões.

— É um país muito grande, com apenas um caso, mas ainda assim é um caso. Nós temos países em uma situação muito pior do que a do Brasil, como a Itália e vários outros países com muitos mais casos. A Itália é um problema mais profundo — disse o presidente dos EUA em uma coletiva de imprensa. — Estamos checando as pessoas que chegam (do Brasil) bem atentamente.

No entanto, sem mencionar o Brasil, Trump não descartou que novos países entrem na lista de restrições de entrada nos EUA, a exemplo da China, de quem cobrou transparência nos índices do coronavírus, se a epidemia evoluir nos seus respectivos territórios nacionais:

— Em algum ponto, dependendo do que acontecer, podemos adicionar alguns países na lista (de restrições de viagens) como fizemos com a China. E esperamos abrir o país para a China o mais rápido possível. e que os números chineses que estamos recebendo sejam verdadeiros.

Trump aproveitou a ocasião para elogiar a relação com o Brasil e o governo federal.

— Nós lidamos muito bem com o Brasil, o presidente (Jair Bolsonaro) é um grande amigo. Na verdade, ele concorreu com o mote ‘Make Brazil Great Again’ (Tornar o Brasil grande de novo, em português, uma alusão ao slogan do republicano na campanha de 2016 em relação aos EUA), nós temos uma ótima relação. Nós estamos trabalhando com o Brasil — disse o presidente americano.

Casos nos EUA

Os Estados Unidos registraram, até o momento, 60 casos de Covid-19, incluindo os 45 casos entre os americanos que foram repatriados de Wuhan, China — o epicentro do surto — e o cruzeiro Diamond Princess, que foi atingido pelo vírus e foi mantido em quarentena no Japão.

Na mesma coletiva em que elogiou Bolsonaro, Trump afirmou que o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, será o responsável pela resposta do país ao surto de coronavírus. No entanto, disse que o risco de uma epidemia “permanece muito baixo”.

Também na última quarta-feira, uma pessoa na Califórnia que não foi exposta a ninguém infectado pelo coronavírus e não viajou para países nos quais o vírus está circulando apresentou um resultado positivo para a infecção, no que pode ser o primeiro caso do tipo nos EUA.

Segundo um comunicado do Centro de Controle e Prevenção de Doenças, a exposição do paciente ainda é “desconhecida”. O caso foi detectado em exames do sistema de saúde pública do país. O caso foi anunciado logo após o presidente Trumo concluir a entrevista coletiva.

O Globo

 

Opinião dos leitores

  1. Eita Brasilzão, vc agora sai do atoleiro que a esquerda o botou.
    O presidente Bolsonaro, agora tem parceiros a altura.
    Não tenho palavras pra agradecer ao presidente Jair Bolsonaro, por ter nos livrados das garras dessa corja de ladrão.
    Eu já entendi.
    Falta ainda algumas pessoas entender, o tamanho do abismo, que esses cretinos, esquerdista estavam nos levando.
    Em poucos tempos, era sem dúvidas, o país da esmola.

  2. PRONTO, A DEMOCRACIA ESTÁ EM RISCO. QUE COISA HORRÍVEL É ESSA DE TER COMO TER COMO ALIADO ESSE PRESIDENTE DE PAÍS CAPITALISTA, ONDE VAMOS CHEGAR?

    BOM MESMO ERA QUANDO IVO MORALES VINHA AO BRASIL E DAVA ORDEM ONDE A REFINARIA SERIA INSTALADA

    BOM ERA QUANDO O BRASIL FINANCIAVA A DITADURA DE CUBA

    BOM ERA QUANDO A BOLÍVIA TOMAVA NOSSA REFINARIA E O BRASIL SE CALAVA

    BOM FOI NO TEMPO QUE O BRASIL EMPRESTAVA DINHEIRO A PAÍSES FALIDOS COMO GUINÉ, URUGUAI, VENEZUELA, PAÍS AFRICANOS

    BOM DE VERDADE ERA QUANDO O BNDES ENCHIA OS COFRES DA ODEBRECHT, UTC, CAMARCO CORREIA, JBS DE RECURSOS PÚBLICOS , AS EMPRESAS DOS AMIGOS

    TER COMO PARCEIRO OS EUA E PAÍSES DA EUROPA, ECA, QUE COISA SEM CRITÉRIO, NOSSA DEMOCRACIA ESTÁ SENDO DESTRATADA, DEFORMADA, AIIIIMMMMMM

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

NOSTALGIA: Diretor de 'Os Goonies' diz que haverá sequência do clássico dos anos 1980

BkoF9jkCQAEu2FtRichard Donner, diretor de “Os Goonies”, disse que está trabalhando numa sequência do clássico dos anos 1980. A declaração foi dada enquanto o cineasta assinava autógrafos em Beverly Hills. Perguntado se pretendia fazer algum filme baseado em quadrinhos, Donner soltou a bomba.

“Se você considera ‘Goonies’ uma história em quadrinhos, vamos fazer uma sequência”, disse o diretor a um fotógrafo do site de fofocas TMZ, acrescentando que espera que todas as estrelas do filme original participem.

Como foi uma declaração informal, o cineasta não revelou se Corey Feldman, Josh Brolin, Sean Astin, Jeff Cohen, Jonathan Ke Quan, Kerri Green e Martha Plimpton voltarão seus papeis ou farão apenas participações especiais.

A vida dos atores principais do filme tomou caminhos muito diferentes. Alguns, como Josh Brolin e Sean Astin, seguiram carreira em Hollywood, enquanto Cohen se tornou advogado, por exemplo.

A clássica história do grupo de garotos que sai em uma aventura para encontrar um tesouro pirata completa 30 anos em 2015. O roteiro do filme original foi escrito por Chris Columbus, com base numa história de Steven Spielberg.

Donner, diretor de outros clássicos como “Super-Homem – O filme”, “O feitiço de Áquila” e “Máquina mortífera”, fez seu último filme, “16 quadras”, em 2006. Como produtor, no entanto, ele está por trás de alguns filmes da franquia “X-Men”.

O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

ARENA DA BAIXADA GARANTIDA: Por telefone, Valcke confirma para prefeito que Curitiba está na Copa

fachada_arena_da_baixada_18_fevereiroFoto: Monique Silva

A Fifa confirmou que Curitiba permanece como sede da Copa do Mundo. O secretário-geral da Copa, Jérôme Valcke, ligou para o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, no início da tarde e adiantou a informação que será divulgada em coletiva na tarde desta terça-feira, em Florianópolis, durante o congresso técnico da entidade, que será transmitido em Tempo Real pelo GloboEsporte.com. As informações foram apuradas pela repórter da RPCTV, Janaína Castilho.

A confirmação de Curitiba aconteceu ainda antes do final da vistoria do consultor de estádios da Fifa, Charles Botta, na Arena da Baixada. Ele e sua comitiva entraram no canteiro de obras por volta de meio dia e até 14h30 ainda estavam no local.

A maior preocupação era mesmo com as garantias financeiras para a conclusão das obras da Arena da Baixada. O governo estadual tenta uma linha de financiamento junto ao BNDES no valor de R$ 250 milhões, sendo que R$ 65 milhões seriam usados na obra. Botta ouviu do governo do Estado que há caixa para fazer o repasse, enquanto a entidade financeira estuda a liberação.

RPCTV Globo

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

PREVISÍVEL: Portuguesa, rebaixada, leva mais uma goleada no tapetão

BcgCPw9CYAAbEbqA Portuguesa não conseguiu virar o jogo na segunda rodada do tapetão. No julgamento de seu recurso, no início da tarde desta sexta-feira, na sede do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro, o clube paulista teve seus argumentos rejeitados. A perda de quatro pontos pela escalação de Héverton na última rodada do Brasileirão 2013 foi mantida, o que significa que a equipe não terá como escapar da segunda divisão em 2014. Isso, é claro, se não houver uma nova reviravolta, desta vez na Justiça comum – sem ter como recorrer no tribunal desportivo brasileiro, resta à agremiação ir às cortes civis (direta ou indiretamente, através de seus torcedores) ou à Corte Arbitral do Esporte (CAS), na Suíça.

Seja como for, a situação da Portuguesa e do principal interessado em sua situação, o Fluminense, que se salvou do rebaixamento graças à falha da equipe paulista, só será resolvida definitivamente no ano que vem. Por enquanto, não é possível prever o que pode acontecer na edição de 2014 do campeonato nacional. Um cenário bem diferente do que aconteceu nesta sexta no STJD: apesar das tentativas da Portuguesa de mostrar otimismo em relação ao sucesso de seu recurso, poucos acreditavam que o clube conseguiria virar o placar no pleno do tribunal. O desfecho previsto, nova derrota da Portuguesa, foi confirmado com os cinco primeiros votos pela manutenção da perda de pontos. Mesmo que os outros auditores votem em favor dos paulistas, nada mudará.

Veja

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Copa: Fifa confirma abertura em São Paulo e estende prazo para Curitiba

A três dias do sorteio dos grupos da Copa do Mundo de 2014, o secretário-geral da Fifa, Jèrôme Valcke, confirmou que, apesar do acidente ocorrido semana passada na construção do Itaquerão, o jogo de abertura do Mundial, dia 12 de junho, está confirmado no futuro estádio do Corinthians, na Zona Leste de São Paulo.

– Baseado nas informações recebidas até hoje, a abertura da Copa será em São Paulo – declarou o dirigente, que nesta terça-feira revelou como estarão distribuídas as 32 seleções no sorteio de sexta.

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse acreditar que o estádio ficará pronto a tempo.

– Houve um acontecimento triste e lamentamos a perda de duas pessoas que perderam as suas vidas na semana passada, mas o estádio estará pronto para a partida de abertura.

Embora a Fifa tenha exigido que os seis estádios que faltam para a Copa estivessem prontos até o fim de dezembro, Valcke afirmou que a entidade abrirá um exceção para a Arena da Baixada, que ganhou novo prazo para encerrar as obras: fim de fevereiro, menos de quatro meses antes do primeiro jogo no estádio, marcado para 16 de junho, pela primeira rodada do grupo F.

Com as obras atrasadas, a Arena Pantanal, em Cuiabá, também só será entregue no fim de fevereiro.

A Fifa já confirmou que não fará alteração nos horários dos jogos, apesar da preocupação do FIFPro, o sindicato internacional dos jogadores, com o calor nas partidas marcadas para 13h em cidades como Fortaleza, Natal, Recife e Salvador.

O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Lobão diz que leilão do Campo de Libra está mantido no dia 21

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, descartou hoje (17) qualquer alteração na data do leilão do Campo de Libra, apesar das manifestações contrárias que ocorrem em todo o país. Desde cedo, manifestantes ligados à Federação Única dos Petroleiros (FUP) e à Via Campesina ocupam o Ministério de Minas e Energia na área central de Brasília e exigem que o governo federal cancele a licitação. “O que será feito com a legislação que instituiu o regime de partilha é o primeiro leilão, que será feito na segunda feira [21]”, garantiu o ministro.

Segundo as entidades organizadoras do protesto, o leilão – daquele que pode ser o maior campo de petróleo do mundo – é um “crime de lesa-pátria que põe em risco a soberania nacional”.

De acordo com ministro Guido Mantega, o volume estimado de óleo recuperável varia de 8 a 12 bilhões de barris. O pico de produção estimada é 1 milhão de barris por dia. Atualmente, a produção nacional chega a 2 milhões por dia. O investimento chegará a US$ 181 bilhões, em 35 anos.

Já Miriam Belchior, ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, rebateu as criticas de que o governo está entregando para estrangeiros riquezas nacionais. Ela disse que todos têm o direito de se manifestar, “sejam petroleiro ou outros segmentos sociais”. “Mas temos a convicção de que o Brasil vai garantir esses recursos para si e para os brasileiros e brasileiras”, disse.

Ontem (16), funcionários da Petrobras e subsidiárias decidiram entrar em greve por tempo indeterminado, também em protesto contra o leilão. Segundo a FUP, a categoria exige a suspensão imediata do primeiro leilão do pré-sal, sob o regime de partilha.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *