Petrobras quer novo reajuste na gasolina e no diesel

A presidenta da Petrobras, Graça Foster, defendeu hoje (6) novo reajuste no preço da gasolina e do diesel no mercado interno. Como a estatal compra combustível com preço mais alto do que o de revenda, a defasagem de preços é um dos fatores responsáveis pelo prejuízo de R$ 1,3 bilhão da companhia no segundo trimestre deste ano.

Graça Foster assegurou que, “de forma sistemática”, tem falado do problema com o Conselho de Administração da empresa. Formado por integrantes do governo federal, como os ministros de Minas e Energia e do Planejamento, o órgão recentemente autorizou aumentos de 8% da gasolina e de 4% do diesel. Esses reajustes devem puxar para cima os próximos balanços. Os ajustes, no entanto, não foram suficientes para garantir a paridade entre os preços externo e interno.

“Conversamos sobre o reajustamento de preços, sim, na busca de 100% da paridade”, afirmou à Graça Foster à imprensa, após a apresentação dos resultados. “Tenho que acreditar sempre que haverá reajustes e demonstrar com fatos e dados que, periodicamente – não instantaneamente, porque a política é de médio e longo prazo – [há necessidade de que] façamos correções.

A presidenta da Petrobras também explicou que o resultado negativo da companhia – o primeiro nos últimos dez anos – reflete  principalmente a depreciação do real em relação ao dólar e  diz que o ideal para a companhia seria que a moeda estrangeira oscilasse entre R$ 1,95 e R$ 2. Como não há “bola de cristal para acertar nas previsões”, declara que está “alerta às flutuações”.

“O prejuízo não vem só por conta da defasagem de preços [dos combustíveis]. Tivemos uma valorização bastante expressiva do câmbio e esse resultado não foi surpresa para nós”, afirmou, ao citar também o registro de poços secos, além da perda de valor do estoque de petróleo e derivados fora do país. “Tudo isso é que provoca o resultado ruim de R$1,3 bilhão de perdas”.

Para reverter o prejuízo, a estatal informou ainda que pretende diminuir a dependência do mercado externo, do qual comprou U$ 6 bilhões de diesel e gasolina no primeiro semestre. Prevê ainda aumento do processamento nas refinarias, a entrada em operação da  unidade Abreu e Lima (PE), de plantas de beneficiamento de diesel,  e também aposta no aumento da adição do etanol à gasolina – o que permitiria importar menos deste combustível.

Graça Foster também afirma ainda que, independente da autorização para aumento de preço dos combustíveis e do câmbio, é possível aumentar a eficiência da empresa e reduzir custos. “Ainda não chegamos ao limite de processamento [de combustível]”, acrescentou o diretor de Abastecimento, José Carlos Consenza, que crê na reversão do prejuízo em breve.

Fonte: Agência Brasil

Postos de combustíveis poderão ser obrigados a informar preços na internet

Os postos de combustíveis podem ter de informar os preços dos combustíveis que comercializam na página eletrônica da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Projeto de lei neste sentido pode ser votado pela Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) na próxima terça-feira (7).

Do senador (PP-RO), o texto (PLS 353/11) foi aprovado pela Comissão de Serviços de Infra-Estrutura (CI), na forma de substitutivo, e receberá da CMA decisão terminativa, o que o levará à Câmara.

O PLS 353/11 altera a lei que trata da política energética nacional (Lei 9.478/97) e estabelece que a ANP poderá exigir que os estabelecimentos revendedores varejistas informem, por meio do site da agência reguladora, o preço dos combustíveis automotivos ofertados – líquido ou gasoso derivado de petróleo, álcool combustível e outros combustíveis renováveis.

Segundo Ivo Cassol, as informações serão úteis para orientar o consumidor a encontrar preços mais baixos e para estimular a concorrência. O senador ainda destacou que as informações vão permitir a elaboração de índices de preços dos combustíveis, úteis para a orientação da política energética.

Fonte: Agência Senado

Governo Rosa pega carona em projeto do governo passado e anuncia como se fosse novo

Essa semana todos que se atentam um pouco na área econômica puderam acompanhar que o Governo de Rosalba Ciarlini assinou o protocolo de Intenções com a Petrobras Biocombustível (PBIO) para implantação da unidade fabril de biodiesel na cidade de Guamaré. Um passo realmente importante para o desenvolvimento de um novo polo.

A notícia foi tão boa, que o secretário sazonal do Desenvolvimento Econômico, Benito Gama, aquele que dá expediente de segunda a quinta-feira, chegou a dar declarações como se tivesse sido um trabalho apenas da equipe da Rosa. Benito chegou a enaltecer o compromisso da governadora em “trabalhar a distribuição equitativa da economia do Rio Grande do Norte”. Discurso muito bonito por sinal, mas, na verdade, tudo foi uma carona de um projeto antigo tocado pelo ex-secretário Jean-Paul Prates, da equipe de Wilma de Faria, ainda em 2009.

Na época, Jean-Paul noticiou a implantação de uma planta para produção de 20 toneladas de biodiesel que já deveria estar em pleno funcionamento diga-se de passagem. Agora, mais de três anos depois, o governo noticia a assinatura do protocolo de intenções para implantação com produção de 20 milhões de litros/ano. Errou a Petrobras por não ter dado continuidade ao anunciado e o Governo por não corrido atrás antes.

Será que a assessoria do Governo vai dizer, novamente, que isso é coisa de blogueiro também?

Segue o release do Governo enviado essa semana

RN pode se transformar em centro de referência no biodiesel

A governadora Rosalba Ciarlini assinou Protocolo de Intenções com a Petrobras Biocombustível (PBIO) nesta terça-feira (10) para implantação da unidade fabril de biodiesel na cidade de Guamaré. O empreendimento terá um investimento estimado de R$ 5,1 milhões e resultará na geração de 12 empregos diretos e 25 indiretos.

Além disso, serão criados até 2.430 postos de trabalho rurais com uma capacidade anual de produção na fábrica de 20 milhões de litros/ano e um faturamento anual estimado em R$ 50 milhões quando a produção estiver estabilizada.

O presidente em exercício da Petrobras, Alberto Fontes Júnior, afirmou à governadora que a intenção é transformar o Rio Grande do Norte em sede do centro de inteligência tecnológica da empresa nesse setor debiodiesel.

A governadora Rosalba Ciarlini destacou os benefícios que o protocolo de intenções vai proporcionar ao Rio Grande do Norte. “Isso vai fortalecer ainda mais a geração de emprego e renda no estado”, comentou.

A chefe do Executivo enalteceu a parceria com a Petrobras nesse projeto da fábrica de biodiesel e o apoio tecnológico aos agricultores. Rosalba falou do desejo em levar o projeto a mais cidades no Rio Grande do Norte.

O presidente em exercício da Petrobras Biocombustível, Alberto Fontes Júnior, elogiou a aliança do Governo do Estado com a Petrobras e adiantou que o objetivo é transformar o projeto em uma usina comercial. “Esse foi o primeiro projeto da Petrobras e iniciamos em 2004”, recordou.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec), Benito Gama, lembrou do compromisso da governadora em “trabalhar a distribuição equitativa da economia do Rio Grande do Norte”.

Para o titular da Sedec, a matriz econômica do RN “é rica e diversificada” e “precisava desse estímulo”, citando a fábrica de biodiesel da Petrobras Biocombustível (PBIO).

Benito Gama lembrou que “a cadeia produtiva do Rio Grande do Norte é fundamental”. “Temos condições de avançar na cadeia produtiva da agricultura familiar depois desse protocolo com a Petrobras”, analisou.

Além disso, Fontes Júnior fez elogios à equipe do Governo do Estado que esteve à frente do processo que resultou na assinatura do Protocolo de Intenções.

Segue algumas notícias antigas de fontes oficiais publicadas na época

Nominuto/Assecom:

Abegas/Diário de Natal:

Fetracan/Tribuna do Norte:

RN pode se transformar em centro de referência no biodiesel

A governadora Rosalba Ciarlini assinou Protocolo de Intenções com a Petrobras Biocombustível (PBIO) nesta terça-feira (10) para implantação da unidade fabril de biodiesel na cidade de Guamaré. O empreendimento terá um investimento estimado de R$ 5,1 milhões e resultará na geração de 12 empregos diretos e 25 indiretos.

Além disso, serão criados até 2.430 postos de trabalho rurais com uma capacidade anual de produção na fábrica de 20 milhões de litros/ano e um faturamento anual estimado em R$ 50 milhões quando a produção estiver estabilizada.

O presidente em exercício da Petrobras, Alberto Fontes Júnior, afirmou à governadora que a intenção é transformar o Rio Grande do Norte em sede do centro de inteligência tecnológica da empresa nesse setor de biodiesel.

A governadora Rosalba Ciarlini destacou os benefícios que o protocolo de intenções vai proporcionar ao Rio Grande do Norte. “Isso vai fortalecer ainda mais a geração de emprego e renda no estado”, comentou.

A chefe do Executivo enalteceu a parceria com a Petrobras nesse projeto da fábrica de biodiesel e o apoio tecnológico aos agricultores. Rosalba falou do desejo em levar o projeto a mais cidades no Rio Grande do Norte.

O presidente em exercício da Petrobras Biocombustível, Alberto Fontes Júnior, elogiou a aliança do Governo do Estado com a Petrobras e adiantou que o objetivo é transformar o projeto em uma usina comercial. “Esse foi o primeiro projeto da Petrobras e iniciamos em 2004”, recordou.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec), Benito Gama, lembrou do compromisso da governadora em “trabalhar a distribuição equitativa da economia do Rio Grande do Norte”.

Para o titular da Sedec, a matriz econômica do RN “é rica e diversificada” e “precisava desse estímulo”, citando a fábrica de biodiesel da Petrobras Biocombustível (PBIO).

Benito Gama lembrou que “a cadeia produtiva do Rio Grande do Norte é fundamental”. “Temos condições de avançar na cadeia produtiva da agricultura familiar depois desse protocolo com a Petrobras”, analisou.

Além disso, Fontes Júnior fez elogios à equipe do Governo do Estado que esteve à frente do processo que resultou na assinatura do Protocolo de Intenções.

Tem moto? Então confira seis dicas para economizar combustível!

Alguns motociclistas reclamam do alto consumo de combustível de suas bikes. De duas uma: ou elas estão com problemas no sistema da alimentação (carburador ou injeção eletrônica) ou eles não estão conduzindo da forma mais econômica. Parece batido e até de senso comum, mas selecionamos algumas dicas simples que podem ajudar a aumentar a autonomia da sua moto. Confira abaixo:

1º – Evite ficar acelerando sem necessidade. Aprenda a se controlar e não acelerar quando a luz vermelha do farol estiver acionada.

2º – Quando ligar o motor, não fique puxando o acelerador freneticamente. Geralmente é desnecessário ficar acelerando, a menos que a moto esteja com um problema na injeção.

3º – A mudança rápida para segunda marcha tende a manter o motor em rotações mais baixas e com isso economizar.

4º – Adapta-se bem a andar na marcha lenta de sua motocicleta.

5º – Olhe para o farol ou cruzamento à frente. Se estiver fechado pare de acelerar porque não tem sentido chegar antes e esperar. Se você acelerar, em seguida terá que frear. Com isso você queimou gasolina, desgastou os pneus e as pastilhas de freio.

6º – Cuide do seu equipamento. A utilização da vestimenta adequada (jaqueta, capacete, botas, luvas) além de te proteger, oferece menos resistência aerodinâmica.

Fonte: Blog Best Riders

Projeto que libera venda de combustível em supermercados vai a votação na próxima semana

O Projeto de Lei que libera a venda de combustíveis nos supermercados de Natal vai ser colocado em votação na sessão plenária da Câmara Municipal de Natal na próxima terça-feira (19) após ganhar regime de urgência.

O projeto de autoria de Fernando Lucena seria posto para votação na sessão de hoje, mas foi retirado da pauta atendendo a um pedido do presidente da Casa, vereador Edivan Martins, que argumentou que queria votar favorável ao projeto. Com o pedido e a “promessa”, Lucena garante que já tem 16 assinaturas para garantir o trâmite em regime de urgência e a aprovação do plenário em dois turnos na mesma sessão.

“O projeto seria votado hoje, mas como o vereador Edivan Martins pediu para que eu retirasse para ele poder votar a favor, não vi problema nenhum. Quanto mais apoio tivermos na aprovação, melhor”, disse Lucena à Tribuna do Norte.

Um projeto semelhante de autoria do vereador Ranieri Barbosa para modificar a restrição da venda prevista na  Lei Municipal n° 4.968/98 já foi derrubado na Câmara. Os donos de postos alegam que liberar a venda de combustível nos supermercados é abrir mercado para uma concorrência desleal, já que o valor dos combustíveis pode ser “redistribuído” com outros produtos vendidos nas prateleiras.

O fato é que desde a campanha #CombustívelMaisBaratoJá, a gasolina, o álcool e o diesel aumentaram bastante o preço. Hoje já é possível encontrar gasolina aditivada a quase R$ 3. Os postos aumentam aos poucos e sempre nas mesmas datas e mantendo mais ou menos os mesmos preços. Quem perde com isso é o consumidor que fica refém dos postos. O princípio da livre concorrência é exatamente fazer com que os consumidores procurem o menor preço.

Secretaria cancela contratos e apenas posto da governadoria vai abastecer carros do Governo

O blog acaba de ter a informação que a Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos (Searh) acaba de cancelar os contratos para a abastecimento dos veículos da frota oficial do Governo do Estado.

Resultado disso vai ser aquela velha formação de filas de espera enormes, trânsito e congestionamento na marginal da BR-101. Quem não se lembra como era aquele caos? Pois é. Ele deve voltar em breve a menos que adotem a estratégia de colocar os carros formando fila para dentro do Centro Administrativo para esconder a realidade dos olhos da população.

Vale lembrar que se a determinação também atingir as viaturas das polícias Civil e Militar (PM) ainda voltamos com o velho problemas de viaturas que ficam paradas nas filas quando poderiam estar fazendo o patrulhamento ostensivo. Fora aquelas viaturas de municípios vizinhos que gastam combustível para vir a Natal para chegar ao posto e depois mais gasolina para voltar às respectivas lotações.

Deve ser o modelo moderno da administração de Rosalba

Carro da polícia falta combustível em escolta à governadora

Essa “Cena hilária” está no Blog de Carlos Santos. Não tem limite para os vexames…

Na passagem da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) à tarde de ontem (sexta-feira, 25) por Baraúna, uma cena insólita passou despercebida à maioria dos circunstantes. Mas, é retrato da realidade da gestão estadual.

Um veículo da Polícia Militar que serve ao município de Baraúna terminou parado à margem da estrada, quando participava de escolta à governante, porque faltou gasolina.

Com a ajuda de um popular, um dos policiais saiu em busca de combustível. Com dinheiro do próprio bolso, ele irrigou o tanque do veículo, para pelo menos fazê-lo sair do lugar até à cidade.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Seu lunga disse:

    Governo de espinhos pode espera oq?

  2. Jose disse:

    é por isso que todo dia sai notíicias boas no Jornal Nacional

  3. Graça Silva disse:

    Isso é uma vergonha!

Comissão aprova projeto de Fábio Faria que prevê redução do consumo de combustível

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CMADS), da Câmara dos Deputados, aprovou proposta que prevê a elaboração de um cronograma de redução progressiva do consumo de combustíveis por veículos fabricados no País.

O relator, deputado Giovani Cherini (PDT-RS), acatou parte do PL 4928/09, do deputado Fábio Faria (PSD-RN), que traz um cronograma de execução em relação aos carros produzidos em 2009, alcançando redução de 40% em 10 anos.

“Os veículos representam parcela significativa do consumo de combustíveis fósseis e no Brasil, têm maior responsabilidade pelo efeito estufa que a produção industrial. O objetivo desta proposição é reduzir, num prazo factível, o consumo médio da frota de veículos que circula no país, reduzindo assim a poluição do ar”, justifica Fábio Faria.

Pelo texto do substitutivo aprovado na CMADS, esse calendário deve ser estabelecido por meio de regulamento com participação dos setores industriais. O Projeto encontra-se agora na Comissão de Minas e Energia e será relatado pelo deputado César Halum (PSD-TO).

Procon multa 35 postos dos 42 existente em Mossoró

O Procon estadual fiscalizou e autuou pelo menos 35 postos de combustíveis em Mossoró, dos cerca de 42 instalados no município, por prática abusiva de preços para a gasolina. A promotora de Defesa do Consumidor, Ana Ximenes, que solicitou a fiscalização, afirma que esses estabelecimentos devem ser punidos administrativa e judicialmente.

Segundo o coordenador do Procon, Araken Farias, no primeiro posto fiscalizado, já foi confirmado o abuso, porque os fiscais verificaram que a gasolina comum na cidade está sendo comprada por cerca de R$ 2,32 e comercializada por R$ 2,81, o que representa cerca de 25% de margem de lucro bruto.

“Isso já caracteriza o abuso. Em Natal, a gasolina é comprada nos distribuidores pelo mesmo preço e vendida para o consumidor final por cerca de R$ 2,66, o que representa uma diferença de R$ 0,15 ou R$ 0,20 mais barata em comparação com o preço praticado aqui”, frisa.

Por via administrativa, os postos de combustíveis autuados pelo Procon/RN receberão uma sanção, na forma de multa administrativa, com base tanto no Código de Defesa do Consumidor (CDC), que é a Lei nº 8.078/90, como no Decreto Federal nº 2.181/97. Judicialmente, a promotora Ana Ximenes explica que o Ministério Público receberá cópias dos procedimentos administrativos e moverá uma Ação Civil Pública (ACP), também com base no CDC, pedindo indenização dos danos morais e materiais coletivos.

“Os estabelecimentos deverão ser condenados a pagar quantia em dinheiro que reverterá ao fundo estadual de direitos difusos”, afirma a promotora.

No twitter, a promotora Ana Ximenes falou sobre a fiscalização realizada pelo Procon/RN, solicitada pelo MP.

“No que depender da Promotoria do Consumidor de Mossoró, postos autuados serão multados e responderão a ACP em cujo final pagarão indenização. Não importa o tempo que levar. Ainda tenho uns vinte anos de promotoria do consumidor pela frente”, frisou.

Até o final da tarde de ontem, dos postos listados pelo Ministério Público de Mossoró, cerca de 35 foram vistoriados e autuados.

Entre os estabelecimentos vistoriados, segundo os fiscais do Procon/RN, o posto que vende a gasolina comum mais barata é o Posto Salinas, na BR 304, saída para Fortaleza/CE, onde o combustível é vendido por R$ 2,78.

Fonte: Jornal de Fato

MP espera concluir em 6 meses denúncia contra "cartel" de combustíveis em Natal

O promotor de Justiça da Defesa do Consumidor, José Augusto Peres, estima que em seis meses deverá apresentar a denúncia relativa à Operação Hefesto, da Polícia Federal, que investiga uma suposta formação de cartel de postos de combustíveis em Natal. Segundo ele, esse é o prazo para analisar o material que a delegada Ohara Fernandes lhe enviou ontem. São cerca de 160 GB (gigabytes) de arquivos de áudios de interceptações telefônicas.

José Augusto Peres acredita que deverá passar quatro meses para ouvir todas as escutas telefônicas contidas nesses arquivos. “O trabalho dos analistas da PF é bom, mas, às vezes, cansado, ele pode ter deixado alguma conversa passar. Precisamos ouvir tudo para que nenhum ponto fique de fora”. Além disso, ele estima mais dois meses para montar as peças judiciais que farão parte da denúncia. “Só então saberemos quantos serão realmente indiciados”.

A princípio, o promotor recebeu o material em janeiro deste ano, juntamente com a conclusão do inquérito policial. Contudo, segundo Peres, os arquivos foram enviados em quatro discos rígidos internos. “Os computadores do Ministério Público ainda estão na garantia. Por isso, não podíamos abrir o gabinete para instalar esses discos rígidos. Assim, eu reenviei para a PF os equipamentos juntamente com um disco rígido externo para que eles passassem o material para esse aparelho”, explica Peres.

Memoria

A Operação Hefesto foi desencadeada pela PF em 14 de setembro do ano passado e cumpriu nove mandados de busca e apreensão em diversos pontos de Natal, inclusive na casa e no gabinete do vereador Enildo Alves. De acordo com a PF, seriam fortes os indícios de formação de cartel de postos de combustíveis, como também foi constatada uma atuação ativa do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Rio Grande do Norte (Sindipostos/RN) no fornecimento de informações distorcidas e falaciosas sobre o mercado de revenda de combustíveis. O objetivo seria influenciar o Poder Legislativo local e impedir a aprovação do projeto de Lei Municipal 411/2009, que permitiria a instalação de postos de combustíveis em supermercados de Natal. O projeto foi rejeitado na Câmara Municipal de Natal.

Entre esses fatores apontados como indícios de formação de cartel estão a pouca oscilação da margem média de revenda; a margem de revenda do combustível em Natal ser superior ao padrão da margem média observada para todo o RN- comportamento este inesperado para o maior município do Estado, que apresenta um maior número de postos de combustíveis competindo; a pouca dispersão de preços ao consumidor; e a existência de um mecanismo capaz de coordenar e monitorar, de forma permanente, as ações de uma grande quantidade de agentes econômicos atuantes no mercado de revenda, no caso, os sindicatos de revendedores de combustíveis.

Fonte: Diário de Natal

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Teo disse:

    Essa história que não pôde colocar os HDs no computador é desculpa de amarelo, bastava comprar um case que custa $4o em qualquer loja de informática e acessar os arquivos via USB.
    Aí o andamento do processo fica parado por 3 meses por causa de uma besteira dessas. Falta é vontade de fazer a coisa andar.

5 dicas para economizar combustível no seu automóvel

Confira algumas dicas bem simples de seguir para conseguir se locomover pela cidade de forma sustentável e ainda economizar dinheiro.

1. Leve o seu carro para revisão regularmente

Verificar se o seu carro está funcionando corretamente é muito importante para economizar combustível. É interessante controlar alguns fatores específicos, como a quantidade correta de combustível do motor, balanceamento de rodas, as emissões de gases, funcionamento de freio, entre outras.

2. Verifique a pressão de ar do pneu

Ao sair de casa para uma viagem, por exemplo, é importante verificar a pressão dos pneus. Automóvel com pneu mal calibrado tem mais contato com o solo. Então, o carro precisa gerar mais força, mais rotações do motor, para desenvolver a velocidade desejada. Essa má calibração causa uma emissão extra de 595 milhões de quilogramas de CO² somente na América Latina.

3. Carregue bagagens mais leves

Se você for fazer uma longa viagem, é importante tentar carregar malas leves. Menos peso na área posterior evita que o motor queime mais combustível para colocar o carro em movimento. Estima-se que a cada 45 kg adicionais de carga no veículo, o consumo de combustível aumente em cerca de 2%.

4. Evite o uso de ar condicionado ou ventilador de ar

Só ligue o ventilador ou o ar condicionado quando for realmente necessário. A energia consumida pelo compressor do sistema de ar condicionado é fornecida pelo motor do carro. Portanto, o uso deles faz com que o seu carro queime mais combustível e, consequentemente, polua e prejudique o meio ambiente.

5. Estacione o seu carro na sombra

Essa é uma dica boa para os dias de verão. Isso porque os carros que esquentam sob o sol demoram mais tempo para esfriar. Indiretamente, isso significa mais queima de combustível para esfriar o ambiente com o ar condicionado, por exemplo.

Fonte: Exame

Acusações graves contra Vereador de Natal referente ao projeto de combustível na CMN

O vereador Raniere Barbosa pediu dinheiro ao presidente do Sindicato dos Postos para retardar a votação do projeto que pode decidir pela criação de postos em supermercados e o porta-voz dessa notícia foi a assessora parlamentar Thalita Moema. As informações são do vereador Júlio Protásio, que promete repetir isso na tribuna da Câmara Municipal hoje à tarde.

De acordo com Protásio, Thalita Moema ligou para ele na terça-feira, às 18h, e disse: “Júlio, o presidente do Sindicastos dos Postos, Júnior Rocha, me ligou e disse que o Vereador Ranieri Barbosa tinha ligado para ele para pedir dinheiro para retardar o projeto dos combustíveis nos supermercados”.

Para não ter dúvidas, o blog perguntou novamente ao Vereador, que confirmou tudo novamente. E disse mais, que tinha dito para a assessora que ela deveria procurar o MP e a Polícia Federal para fazer essas denúncias.

O vereador afirmou que apesar de não acreditar nas palavras da assessora, prometeu que vai ao Ministério Público Estadual e Polícia Federal para apresentar a denúncia, que foi gravada pelo blog, com o conhecimento do vereador.

Com a palavra, o vereador Raniere Barbosa, o presidente do Sindipostos, Júnior Rocha e a assessora parlamentar Thalita Moema.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. […] com a declaração do vereador Júlio Protásio ao Blog do BG (http://www.blogdobg.com.br/2011/08/acusacoes-graves-contra-vereador-de-natal-referente-ao-projeto-de…), e divulgada na manhã dessa quinta-feira, de que haveríamos telefonado para a senhora Thalita […]

  2. André disse:

    Só não sei o que a Polícia Federal tem a ver com isso. Será que o Vereador acha que a Câmara que ele trabalha é a dos Deputados Federais? Eu hein!

A sessão de hoje da Câmara Municipal vai pegar fogo

Na sessão de ontem terminou não acontecendo a discussão e votação do Projeto de Lei que permite a venda de combustíveis em supermercados e hipermercados de Natal. E não houve porque sumiram com os pareceres das comissões de Justiça, Finanças e Planejamento Urbano.

O presidente  da Câmara, Edivan Martins, deu prazo de 24 horas para que os pareceres sejam enviados ao plenário.

Mas, segundo o vereador Enildo Alves hoje na 95FM, os pareceres não desapareceram. Ele disse, em entrevista por telefone ao Jornal da Manhã,  que os pareceres, de acordo com o livro de protocolo, foram disponibilizados ao vereador Raniere Barbosa no dia 18 de maio.

(mais…)