Câmara Municipal de Parnamirim mantém política de valorização e reajusta em 10% salário básico de servidores

O plenário da Câmara Municipal de Parnamirim aprovou, na sessão ordinária desta segunda-feira (10) o Projeto de Lei 056/2019, de autoria da Mesa Diretora, que reajusta em 10% os vencimentos básicos de servidores efetivos do quadro pessoal da casa legislativa. Agora, o projeto segue para sanção do Poder Executivo.

De acordo com o presidente da Câmara, vereador Irani Guedes, o reajuste segue à risca à política de transparência e valorização do servidor implementada pela atual gestão. “Ao recebermos a Câmara, em 2017, os servidores nos procuraram para relatar uma perda salarial de 40%. Tentando amortizar, concedemos no mesmo ano 6% de aumento, mais 6% em 2018 e agora 10%, restando apenas 22% de déficit”, explicou Guedes.

O presidente da Câmara ainda ressaltou que a valorização dos servidores não se resume apenas ao reajuste salarial. O quadro de servidores efetivos e comissionados tem participado de cursos com foco no aperfeiçoamento profissional. “Os servidores efetivos e comissionados, através da Escola do Legislativo da Câmara, já receberam atualizações sobre licitação, além de Inteligência Emocional, Qualidade de Vida no trabalho, Recepcionista, dentre outros”, complementou Irani Guedes.

Inconformado com separação, homem mata filhos de 10, 11 e 12 anos

Simplesmente um absurdo daqueles que você para e pensa: “que mundo é esse que estamos vivendo?”. Supostamente inconformado com a separação da esposa, um trabalhador rural de 34 anos matou os filhos de 10, 11 e 12 anos e depois se suicidou no município de Diorama (GO), distante 264km de Goiânia. Os crimes foram cometidos na fazenda São Domingos, de propriedade do irmão de Vanderley Rodrigues da Silva, pai das crianças, às margens do rio Caiapó, na manhã desta quinta-feira (12).

Segundo informações da Polícia Militar (PM) de Diorama, Vanderley disse ao irmão que ia levar os filhos para o rio. Os corpos das crianças foram encontrados dentro do carro do pai, com ferimentos nas cabeças, e o homem estava caído do lado de fora do veículo. Com ele estava um revólver calibre .38.

Ainda de acordo com a PM, o casal estava separado há um mês e a mãe das crianças teria se mudado para Caiapônia (GO) porque não queria ficar com os filhos. Ao saber da notícia, ela foi levada ao hospital da região em estado de choque.

O irmão de Vanderley contou à polícia que o parente não tinha histórico de violência, nem problemas mentais, afirmou o cabo Fábio. “O irmão acha que foi crime passional mesmo, para repreender a esposa pela separação, já que ele estava inconformado”, relatou o militar.

A polícia irá investigar se houve algum tipo de abuso contra as crianças antes do assassinato. O laudo deve sair dentro de 30 dias.

Fonte: O imparcial

Conheça os senadores mais caros da república

Congresso em Foco:

Gasolina, hospedagem, alimentação, passagens aéreas, aluguéis e até consultorias… Os senadores gastaram R$ 5 milhões com isso e muitas outras coisas durante o primeiro semestre. Só um grupo de dez parlamentares usou mais de R$ 1 milhão, ou 20% do total.

Este ano, o Senado criou o seu “cotão”, ao unificar o limite de gastos com bilhetes aéreos e a verba indenizatória, a exemplo do que fez a Câmara em 2009, depois da revelação da farra das passagens. Por isso, cada um deles pode gastar de R$ 21.045,20 a R$ 42.855,20 por mês, dependendo do estado de origem, por meio da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar dos Senadores (Ceaps).

(mais…)

RN está entre os 10 estados que tem mais gays no Brasil

Florianópolis é a capital com maior concentração de gays do Brasil. Dados do Censo Demográfico de 2010 – o primeiro da história a perguntar sobre a opção sexual – mostram que 416 chefes de família declararam viver com um cônjuge do mesmo sexo na cidade catarinense. Isso representa apenas 0,11% dos seus 418 mil habitantes – o porcentual, porém, é seis vezes maior que o de Teresina (PI) a última no ranking dos casais declaradamente homossexuais do País.

No total, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) encontrou 60 mil brasileiros que declararam viver com alguém do mesmo sexo. Especialistas e militantes de movimentos gays afirmam que, provavelmente, o número de homossexuais é muito maior. Além dos dados contemplarem apenas os casais que moram sob o mesmo teto, há a questão da subdeclaração. “Muitas pessoas ainda têm medo e timidez de se declarar”, explica Franco Reinaudo, da Coordenadoria de Assuntos da Diversidade Sexual da Prefeitura de São Paulo.

Em segundo e terceiro lugar na lista das capitais estão Porto Alegre e Rio de Janeiro, onde 0,10% e 0,09% dos habitantes, respectivamente, dizem viver com alguém do mesmo sexo. O quarto lugar é de São Paulo, com 0,67%. Em números absolutos, porém, a capital paulista lidera de longe o ranking – são 7.527 gays e lésbicas nessa condição, quase 13% de todos os que se declararam em todo o País. Esse número, até mesmo, mostra como os dados do Censo podem estar subestimados – a Prefeitura de São Paulo estima que cerca de 1 milhão de homossexuais vivam na cidade, vários deles vindos do interior para se assumir na capital.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. TERESA disse:

    COMO ADVOGADA MILITANTE NA CAPITAL CATARINENSE, FIQUEI MUITO FELIZ COM A APROVAÇÃO NO CONGRESSO DA LEI QUE PROTEGE AS RELAÇÕES HOMOAFETIVAS, POIS ELES SÃO DIGNOS DE RESPEITO E CONSIDERAÇÃO DA POPULAÇÃO, POIS PAGAM SEUS IMPOSTOS E ASSUMEM SUAS OPÇÕES SEXUAIS. ALIÁS, BEM AO CONTRÁRIO DE MUITOS HOMENS QUE SE DIZEM "MACHO",….E NÃO POSSUEM O MÍNIMO RESPEITO PELAS MULEHRES. PARABÉNS AOS GAYS NO GERAL.

  2. @borgesneto12 disse:

    Esse número do RN deve está concentrado entre o eixo Japecanga-Goianinha…

  3. ricardo gurgel disse:

    Tenho certeza que a proporção seja praticamente a mesma em todo o país, aliás, em todo o mundo, pois existem muito mais indícios que a questão homossexual é biológica e não opcional, o que tende a guardar proporções de ocorrência entre populações humanamente conectadas.
    A pesquisa, acredito que muito mais retrata as regiões a que estes se sentem mais a vontade em revelar sua condição, de qualquer forma as religiões cegamente combaterão que ser gay seja um fator vindo já desde o “nascimento”, como os estudos estão próximos de provar, e isto derrubaria muito das PREGAÇÕES DE CURA DE SEXUALIDADE, que são uma forte opressão a algo que não vai mudar, acredito que com o fator biológico provado, o preconceito vai diminuir, a sociedade de preconceitos deixaria de buscar formas de educar para combater.
    A resposta que encontramos quando os homossexuais tentam explicar quando se descobriram nesta condição é que eles todos respondem que são assim desde que se entendem como gente e isto é algo para ser aceito, ou como dizia uma amigo meu com seu bom humor …eita vai sobrar muié pra nós!! então viva os gays!