Novas pancadas de chuvas devem atingir Natal, região e outras cidades no interior entre esta quinta e sábado; veja previsão da Emparn

Reprodução: Emparn

Instabilidades de origem oceânica seguem e devem continuar trazendo pancadas de chuvas na capital potiguar e sua região. Boas possibilidades também para chuvas no interior. A previsão, segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(Emparn) tem registro esta quinta-feira(12) e sábado(14).

Céu nublado e pancadas de chuvas atingirão Natal até sexta; veja previsão de hoje em outras cidades

Segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(Emparn), a previsão para esta terça-feira(9) é de predominância de céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões do Estado, somente sobre a faixa litorânea leste é que poderão ocorrer pancadas de chuvas devido a influência da umidade e do vento.Veja previsão abaixo em Natal e outras cidades:

Untitled-4

Untitled-2 Untitled-3

Instabilidades de origem oceânica seguem e novas chuvas devem cair em Natal e região nesta terça, diz Emparn; veja previsão

Untitled-3Instabilidades de origem oceânica, associadas com a atuação da Zona de Convergência, ainda se farão presentes sobre o setor Leste do Estado, aonde poderão ocasionar pancadas de chuvas de intensidade fraca. É o que diz a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte.  No Interior do Estado o céu será parcialmente nublado com possibilidade de chuvas isoladas nas Regiões do Agreste, Serra de Santana e Mossoró. Veja previsão para esta terça-feira(17):

Untitled-1Untitled-2

Itep registra seis homicídios em Mossoró e região no fim de semana

Enquanto em Natal e região metropolitana foram registrados pelo menos 15 homicídios durante o fim de semana, o órgão registrou em Mossoró e região cinco mortes por arma de fogo e uma por arma branca.

Na capital potiguar e Grande Natal, dos 15 registros, 13 foram por arma de fogo e dois por arma branca nesse último fim de semana de fevereiro.

Chuvas seguem e devem atingir Natal e região nesta quarta; confira previsão da EMPARN

Segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(EMPARN), a meteorologia nesta terça-feira(3) e quarta-feira(4) reservam predominância da condição de instabilidade devido a atuação da brisa juntamente com a umidade vinda da região oceânica.

Essa condição deixará o céu  parcialmente nublado  com ocorrência de pancadas de chuvas sobre a faixa litorânea leste do Estado.  Nas demais regiões predominará a condição de céu parcialmente nublado a claro. Confira a previsão do tempo:

Untitled-3

GREVE: SAMU paralisa atendimento na região metropolitana de Natal

Deflagrada na última sexta-feira (18), a greve do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), irá prejudicar o atendimento da região metropolitana de Natal. Os condutores exigem o pagamento do piso salarial da categoria, que é de R$ R$ 1.192, por parte da empresa terceirizada contratada pelo Estado.

Além do pagamento do piso, os motoristas exigem também o pagamento dos salários atrasados do mês de novembro. De acordo com o presidente do Sindicato dos Profissionais de Transporte do Rio Grande do Norte (Sintro), Nastagnam Batista, a empresa contratada pelo Governo não recebeu o repasse nem realizou o pagamento.

Durante o período de greve a central do SAMU Metropolitano, localizado no município de Macaíba, região Metropolitana de Natal, contará apenas com 30% do efetivo para atender as ocorrências da região metropolitana.

Das 16 ambulâncias, apenas quatro unidades, com ajuda do Corpo de Bombeiros, irão atender os municípios de Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Ceará-Mirim, Extremoz, Macaíba, Monte Alegre, Nísia Floresta, São José de Mipibu e Vera Cruz.

Nominuto.com

Natal e grande Natal. Táxi demais para gente de menos

Tribuna do Norte:

Existe um táxi para cada 570 moradores de Natal e região metropolitana, cujo total de habitantes é de 1.351.004 pessoas, de acordo com o Censo 2010. A quantidade de táxis circulando hoje é dobro do previsto em lei, que seria um veículo licenciado para cada grupo de mil habitantes.

O número de veículos licenciados oficialmente em Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba, Extremoz e Maxaranguape, é de 2.662 carros. O que seria suficiente para atender o dobro da população destes municípios, além de Ceará-Mirim, Vera Cruz, Monte Alegre e Nísia Floresta, que completam a dezena que forma a região metropolitana.

Para um dos integrantes do Parlamento Comum da Região Metropolitana de Natal, o vereador George Câmara, a distribuição de placas de táxi “ocorreu como uma torneira aberta descontroladamente num passado não muito distante”. Para ele, é mais do que evidente a troca de benefícios políticos pela concessão de táxis em quase todas as cidades listadas.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eduardo disse:

    Brunão, esse é um problema de décadas e não é somente da Grande Natal. É do estado todo. Carros – na maioria das vezes em péssimo estado de conservação – fantasiados de taxis, fazem lotação e trafegam diariamente para Natal, sem segurança nem direitos para os usuários, como também sem pagar tributos. O governo do estado ainda pensa em legalizar esse tipo de transporte. É igual a solução do cara traido no sofá da sala: tira o sofá.