Áudio da caixa-preta do Avião da NOAR mostra que os comandos não respondiam aos pilotos

Recife – O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), em Brasília, já começou a coletar os dados de voz da caixa-preta do  bimotor LET-410 da Noar Linhas Aéreas que caiu num terreno baldio, em Boa Viagem, no dia 13 de julho, matando as 16 pessoas a bordo, entre elas dois potiguares: a professora Antônia Fernanda Jalles, de Natal, e o caminhoneiro Johnson Nascimento, de São Paulo do Potengi.

Um arquivo de áudio com duração aproximada de três minutos, recuperado pelos técnicos encarregados da investigação do acidente, registra os últimos momentos do voo e a tentativa dos pilotos de evitar o pior. “Estamos com problema. Vamos voltar!”, diz o comandante  Rivaldo Cardoso em tom apreensivo. Dois minutos depois, o piloto alerta:  “Não vai dar mais pra voltar.”

(mais…)

Erro dos pilotos foram a causa da queda do Air France 447

Veja

Le Figaro diz que o relatório apontará erro humano como a causa da tragédia

A queda do Airbus A330 no dia 1º de junho de 2009 foi causada por uma falha humana, de acordo com o jornal francês Le Figaro. O diário afirma ter tido acesso às conclusões finais do relatório da Escritório de Investigações e Análises (BEA), que deverá ser divulgado nesta sexta-feira.

Segundo o Figaro, o relatório, que se baseou sobretudo em dados das caixas-pretas, também apontará erro nos pitots do Airbus, causado por um congelamento nos dispositivos, responsáveis por fazer uma leitura da velocidade do avião.

Cronologia: Os momentos que antecederam a queda do Airbus A 330

(mais…)

Turista cai do bondinho no Arco da Lapa e morre

Folha Online:

Um turista francês caiu do alto dos Arcos da Lapa na tarde desta sexta-feira, no Rio de Janeiro. Ele estava no bondinho de Santa Teresa, que passa sobre o local, quando teria se desequilibrado ao tentar tirar uma foto, caindo de uma altura de cerca de 60 metros.

A vítima foi identificada como Charles Damien Pierson e tinha 24 anos, segundo a Polícia Militar. Ele teria chegado ao Rio no início da semana, ainda de acordo com policiais.

Segundo as primeiras informações, ele teria colocado o corpo para fora, e seu pé ficou preso numa mureta. Peritos vistoriam o local. A circulação dos bondinhos está interrompida.

Ícone do turismo no Rio, o bondinho liga o Centro da cidade ao bairro de Santa Teresa, também na região central. São três ramais com corridas diárias, num percurso de até 7,5 quilômetros, com saídas a cada meia hora.

Aécio Neves cai do cavalo

O senador Aécio Neves (PSDB) fraturou a clavícula e cinco costelas do lado direito após sofrer queda de um cavalo nas proximidades da fazenda da família no município de Cláudio, na região centro-oeste de Minas a 139 quilômetros de Belo Horizonte. O acidente ocorreu na tarde de sexta-feira e foi confirmado neste sábado pela assessoria do senador.

Após ser transferido para a capital mineira, Aécio foi atendido no hospital Mater Dei e recebeu alta no fim da tarde deste sábado. O senador foi orientado a permanecer em repouso pelo ortopedista Rodrigo Lasmar.

“Ele fez exames de imagens. Constatamos uma fratura na clavícula e outras fraturas de costelas no lado direito. Ele estava com muita dor e permaneceu as primeiras 24 horas no hospital”, disse Lasmar.

De acordo com o médico, além do repouso – já que as fraturas limitam bastante os movimentos -, o tratamento de Aécio consistirá basicamente na ingestão de medicamentos contra a dor. Segundo Lasmar, não haverá necessidade de cirurgia.

Conforme nota divulgada pela assessoria de Aécio, a previsão é de que o senador esteja apto a retomar suas atividades no Congresso Nacional em pelo menos 10 dias. Pela impossibilidade de engessamento, Aécio teve o braço direito imobilizado com uma tipoia. Ele deverá permanecer com a imobilização pelo período de seis a oito semanas.

“O senador passa bem e encontra-se em sua casa em Belo Horizonte”, diz a nota. A causa da queda não foi informada, mas o cavalo teria se assustado subitamente e tombado, provocando o acidente. Aécio, a princípio, permaneceu em repouso em Cláudio, mas devido às intensas dores que estava sentindo na região peitoral foi transferido no começo da noite de sexta-feira para a capital mineira.

* Estadão

Vejam como foi a queda do Air France 447

Do Blog de Andrei Netto:

Uma falha técnica, combinada às decisões dos pilotos, esteve na origem do acidente do voo AF-447, ocorrido em 31 de maio de 2009, no oceano Atlântico. A confirmação foi feita pelo relatório preliminar sobre o conteúdo das caixas-pretas do Airbus A-330-200, revelado há instantes em Paris pelo Escritório de Investigações e Análises para a Aviação Civil (BEA).

Segundo o documento, por uma pane na aferição da velocidade, a aeronave apresentou aos pilotos duas informações diferentes. “Houve uma incoerência entre as velocidades verificadas do lado esquerdo e no instrumento de socorro (ISIS). Ela durou um pouco menos de um minuto”, diz o relatório.

Apenas os tubos de Pitot, as sondas de velocidade, situadas na lateral esquerda da aeronave tiveram os dados registrados pelo Flight Data Recorder (FDR), segundo o comunicado do BEA. O terceiro sensor, situado no lado direito, não foi registrado.

(mais…)

Piloto não estava na cabine quando o Air France 447 começou a cair

Portal UOL:

A gravação da caixa-preta recuperada do voo AF 447 da Air France que caiu no Oceano Atlântico, em 2009, revela que o piloto Marc Dubois não estava na cabine quando o momento mais crítico do voo começou, de acordo com a revista alemã “Der Spiegel”.

Em apenas quatro minutos, o destino do voo AF 447 foi selado. Este foi o tempo gasto do momento em que o primeiro aviso de emergência apareceu no painel do Airbus A330 até a queda no mar, entre o Brasil e a África, matando todas as 228 pessoas a bordo.

Desde a semana passada funcionários do Escritório de Investigação de Acidentes Aéreos da França (BEA, na sigla em francês) estão analisando o conteúdo das gravações da cabine do Airbus recuperadas da caixa-preta do avião. As análises feitas até agora sugerem que o acidente foi causado por uma combinação de erros técnicos e humanos.

Fontes ligadas à investigação revelaram que o piloto Marc Dubois, de 58 anos, não estava na cabine do avião no momento em que o problema começou. No entanto, o piloto correu para seu lugar assim que percebeu que algo estava errado. “Ele instruiu os dois co-pilotos para salvar a aeronave”, disse uma fonte ao “Spiegel”.

(mais…)