“Enquanto o presidente Bolsonaro consegue mercados e investimentos para o Brasil, aqui se perpetra um dos mais vis ataques à sua pessoa”, diz Mourão

Reprodução: Twitter

O presidente da república em exercício, general Hamilton Mourão, além de rebater as críticas da imprensa após a repercussão do presidente Jair Bolsonaro, que se encontra no exterior, em decorrência de sua live em redes sociais contra matéria da Rede Globo, também se dirigiu a internet para destacar avanços do governo e lamentar “ataque”.

“Enquanto o presidente Bolsonaro consegue mercados e investimentos para o Brasil, aqui se perpetra um dos mais vis ataques à sua pessoa, vindo de quem nunca defendeu a verdade, a honestidade e o interesse nacional. #Forçapresidente, sob sua liderança, o Brasil avança!”, encerrou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. willian disse:

    O QUE É QUE TEM A VER O CU COM AS CALÇAS ?!!!!

Avanço das dunas móveis na RN 305 – (Estrada de Pitangui): Prefeitura de Extremoz emite nota

PREFEITURA DE EXTREMOZ – NOTA

Em virtude do problema do avanço das dunas móveis na RN 305, (Estrada de Pitangui), a Prefeitura Municipal de Extremoz esclarece que mesmo sendo uma Rodovia Estadual, de responsabilidade do DER, órgão do Governo do Estado, a gestão Municipal tem feito grande esforço para resolver esse antigo problema, colocando tratores, caminhões, fiscais, defesa civil, chegando inclusive a iniciar o trabalho de contenção da Dunas Móveis trabalhando de modo preventivo.

Em meses anteriores houve êxito na remoção, contudo com o aumento dos ventos e com a falta de apoio por parte do DER, que parou de enviar as suas máquinas, restando apenas as do Município, a situação vem se agravando. Mesmo assim, a prefeitura vem colocando todo seu maquinário para remoção das areias que invadem a estrada num esforço por entender que os maiores prejudicados são os moradores.

O problema exige esforço conjunto com órgão competente que é o DER que precisa com urgência tomar uma atitude mais eficaz e assumir a responsabilidade no processo. E umas das medidas é fazer a contenção de dunas e trabalhar prioritariamente nesse caso, o que não tem ocorrido, especialmente nos últimos dias por parte do DER que precisa agir com eficiência e agilidade.

AVANÇO: Cientistas conseguem remover vírus HIV das células de ratos

rato-de-laboratorioBiomédicos da Universidade Técnica de Dresden, na Alemanha, conseguiram curar vários ratos com HIV a partir de um novo método que utiliza uma enzima capaz de eliminar o vírus no DNA das células infectadas. Segundo o estudo, a iniciativa alcançou resultado positivo em mais de 90% dos casos. O passo seguinte é realizar testes em seres humanos, informa a publicação cientifica “The Local”.

Segundo o chefe da seção de estratégia antiviral do “Heinrich Pette Institute”, órgão parceiro na elaboração do trabalho, existem várias abordagens que trabalham com esse objetivo, mas a única que conseguiu a remoção total do vírus foi esta.

A técnica consiste na aplicação de uma enzima nas células-tronco retiradas após uma amostra de sangue ser colhida. Ela é responsável pela alteração do DNA. Assim, as células autoimunes geneticamente modificadas podem se reproduzir e eliminar o vírus nas células infectadas.

A equipe de Dresden conseguiu criar a enzima por meio de processos de mutação e seleção. Os pesquisadores a manipularam de modo que ela pudesse identificar o HIV e removê-lo dentro de uma sequência de DNA.

Sobre a possibilidade da técnica funcionar em seres humanos, o cientista aponta que a resposta só virá após uma série de testes clínicos. Para isso, é preciso captar recursos para as novas fases do projeto.

De acordo com o líder da equipe que fez a pesquisa na Universidade de Dresden, Frank Buchholz, se todas as etapas forem cumpridas conforme o grupo planeja, em cerca de 10 anos a técnica poderá estar pronta para ampla utilização.

Para o Presidente da Sociedade Alemã de combate à Aids, Jürgen Rockstroh, a pesquisa representa uma nova esperança de cura. Mas, para que a esperança vire realidade, a técnica precisa antes ser comprovada.

O Globo

Cientistas identificam gene que pode prevenir que o HIV se espalhe pelo corpo

62011Uma equipe de pesquisadores do King’s College London conseguiu, pela primeira vez, identificar um novo gene que pode prevenir que o HIV se espalhe depois de entrar no organismo.

Publicado na revista “Nature”, o estudo é o primeiro a identificar o papel do gene MX2 em humanos na inibição do vírus causador da Aids. Pesquisadores dizem que o gene poderia ser um novo alvo para tratamentos menos tóxicos e mais efetivos, em que o próprio sistema de defesa do corpo seria mobilizado contra o vírus.

Cientistas realizaram experimentos em laboratório com células humanas, introduzindo o vírus em duas linhas celulares diferentes e observaram os efeitos. Numa linha celular, o gene MX2 foi “ligado”, enquanto que na outra, “silenciado”. Eles perceberam que nas células em que o MX2 foi silenciado, o vírus se replicou e se espalhou. Nas outras, o vírus não foi capaz de se replicar e novos vírus não foram produzidos.

– Esta é uma descoberta excitante que traz avanços na compreensão de como o vírus HIV interage com o sistema imune e abre oportunidades para desenvolver novas terapias para tratar a doença. Até agora nós sabíamos muito pouco sobre o gene MX2, mas hoje reconhecemos tanto a sua potente função antiviral quanto a sua importância na vulnerabilidade do ciclo de vida do HIV – disse um dos coordenadores do estudo, Mike Malim, do Departamento de Doenças Infecciosas do King’s College London.

Segundo o professor, desenvolver drogas para estimular os inibidores naturais do corpo é uma abordagem importante, já que isto evita a resistência aos medicamentos. De acordo com o pesquisador, existem dois caminhos: é possível desenvolver tanto uma molécula que imita o papel de MX2 ou um medicamento que ativa a capacidade natural do gene.

– Embora pessoas com HIV estejam vivendo mais, com vidas mais saudáveis graças aos tratamentos atuais mais eficientes, eles podem ser tóxicos para o corpo, e a resistência à droga pode se tornar um problema no uso de longo prazo – acrescentou.

O Globo

Avanço: Vacina contra Aids funciona em macacos

2013-597275913-2013-593730887-VIRUS_20130304.jpg_20130316Uma vacina contra o HIV desenvolvida pela Universidade de Ciência e Saúde de Oregon, nos Estados Unidos, tem tido bons resultados e foram publicados na revista “Nature”. Ela está sendo testada numa forma do vírus que ocorre em primatas, o vírus da imunodeficiência símia (SIV, na sigla em inglês).

– Até agora, apenas casos clínicos raros foram curados da Aids – afirmou o diretor da Universidade de Oregon, Louis Picker. – Esta pesquisa sugere que certas respostas do sistema imune provocadas pela vacina podem remover completamente o HIV do corpo.

Os pesquisadores modificaram geneticamente o citomegalovírus, o CMV, um vírus que está presente em grande parte da população, e o tornaram capaz de buscar e destruir as células infectadas pelo HIV. No estudo, cerca de 50% dos macacos infectados que receberam o patógeno acabaram eliminando todos os traços do vírus, ou seja, foram curados “funcionalmente”.

– Através deste método, ensinamos o corpo do macaco a preparar suas defesas para combater a doença – explicou Picker. – Nossa vacina mobilizou a resposta das células T que foram capazes de suprimir os invasores de HIV em 50% dos casos tratados. Além disso, nestes casos com resposta positiva, nossos testes sugerem que o vírus foi banido. Estamos esperançosos de que parear o CMV modificado com o HIV poderá nos levar a resultados similares em humanos.

O Globo

Cultura vai avançar 40 anos em quatro garante prefeito Carlos Eduardo

_Lançamentos“Nestes quatro anos de gestão nós vamos avançar 40 anos na cultura”, declarou o prefeito Carlos Eduardo na solenidade de lançamento de três editais para a área cultural, nesta segunda-feira (15), no salão nobre do Palácio Felipe Camarão. Na ocasião, foram lançados os editais Natal em Cena (Natal e a Religião e Natal e sua Gente) e também o do Cine Natal (curta-metragem de ficção), além da assinatura da parceria com o Serviço Nacional de Pequenas e Médias Empresas (Sebrae/RN) para implantação do projeto Selo Brasil Original e do Espaço Território Criativo.

“Nunca é demais falar das preocupações de construirmos uma política cultural na cidade. Todas as nossas atitudes são no intuito de criar uma política cultural perene e sustentável”, ressaltou o prefeito. Carlos Eduardo lembrou que com a reforma administrativa a atual Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte) passará a se chamar Secretaria Municipal de Cultura, com dotação orçamentária própria.

Para o chefe do executivo municipal, os editais são uma conquista para a política cultural da cidade. Ele lembrou que a atual gestão incluiu o município de Natal no Sistema Nacional de Cultura e convocou a Conferência Municipal de Cultura. “Hoje a gente avança e atrai o Sebrae.  É um passo significativo. O grande desafio de minha gestão é construir um teatro na zona Norte”, revelou.

Alinhado com o pensamento do prefeito, o presidente da Fundação Cultural Capitania das Artes, Dácio Galvão, disse que o edital do Natal em Cena será publicado amanhã (16), no Diário Oficial do Município (DOM). Conforme o gestor, estão programadas quatro apresentações dos autos na praça da Árvore de Mirassol, na zona Sul, e duas na zona Norte. Em relação ao Cine Natal, serão classificados três projetos de curtas de ficção, cada um no valor de R$ 10 mil, totalizando R$ 30 mil. A temática é aberta. “Os editais foram resultado de ampla discussão com a classe artística de Natal. O edital do Cine Natal será publicado só no dia 27 de julho”, informou.

O acordo de cooperação técnica entre a Prefeitura de Natal e o Sebrae se desmembra em quatro projetos: a Loja Conceito – Brasil Original, o Espaço Criativo, Território Criativo e o Inventário do Patrimônio Imaterial. Absorvendo o selo Brasil Original implantado pelo Sebrae em lojas conceito para expor e comercializar o artesanato autoral, a Prefeitura, por meio da Funcarte, disponibilizará espaço físico localizado na praça da Árvore de Mirassol para implantação de loja conceito, que vai dar mais visibilidade ao artesanato local. Uma equipe técnica do Sebrae participará da capacitação para a elaboração de projetos, formação e qualificação de artistas e artesãos, além da curadoria para o artesanato potiguar.

Outro projeto que celebra a parceria com o Sebrae/RN é voltado para o incentivo à economia criativa. Trata-se da abertura do espaço Território Criativo. Funcionará em um imóvel pertencente à Prefeitura, localizado na rua Nísia Floresta, na Ribeira, onde abrigou o antigo Arquivo Municipal, e será destinado à formação e qualificação de pessoal para profissionais na área do audiovisual e música. Também será canal de divulgação de conteúdo e produtos criados por fotógrafos, videomakers e músicos. O objetivo é desenvolver a economia criativa em consonância com os princípios propostos pelo Sistema Nacional de Cultura.

Os três lançamentos motivaram a participação do diretor-superintendente do Sebrae, Zeca Melo; do presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Silvio Bezerra; e dos secretários de Trabalho e Assistência Social, Ilzamar Pereira; de Serviços Urbanos, Raniere Barbosa; Turismo e Desenvolvimento Econômico, Fernando Bezerril; Companhia de Serviços Urbanos de Natal, Jonny Costa, e Mobilidade Urbana, Elequicina Santos, dentro do projeto em parceria com o Sebrae/RN. Ainda prestigiaram o evento, o secretário chefe do Gabinete do Prefeito, Sávio Hackradt; Comunicação Social, Heverton Freitas; Meio Ambiente e Urbanismo, Marcelo Toscano, Planejamento, Orçamento e Finanças, Virginia Ferreira, além de representantes da Rede Potiguar de Teatro e cineastas.

Balançar a mão pode substituir as senhas no futuro

Depois de algumas urnas eletrônicas utilizarem a impressão digital, a conhecida biometria , a Intel desenvolve sistema que reconhece características da palma da mão do usuário. Cada vez nosso corpo utilizado em sistemas digitais, em Caruaru o reconhecimento facial será testado em 130 ônibus da cidade em substituição ao cartão eletrônico de passagens.

Lembrar diversas senhas para serviços diferentes é difícil e a Intel acredita que pode facilitar a vida dos usuários com um novo sistema que reconhece um movimento da mão.

Pesquisadores da fabricante criaram um sistema com um software e um sensor biométrico que reconhece características da palma da mão do usuário, de acordo com a Reuters.

“Usamos muitas senhas diferentes em diferentes sites”, explicou o diretor de pesquisas de segurança da Intel, Sridhar Iyengar. “Tem como acabar com isso, e biometria é uma opção”, continuou.

A tecnologia foi desenvolvida para tablets e notebooks e, ao balançar a mão perto da tela sem precisar tocá-la, o dispositivo consegue reconhecer usuário e comunicar a bancos e outros serviços que é ele quem está do outro lado.

O sistema ainda está em fase de protótipo e a Intel não tem previsão de quando estará disponível para uso comercial.

 

Com informações do Olhar Digital

Referência no Brasil, médico potiguar ultrapassa a marca de 200 transplantes de medula pelo SUS

Nessas horas dá orgulho, realmente, de ser potiguar. O médico Henrique Fonseca, profissional altamente gabaritado, referência na área de transplantes de medula ultrapassou esse mês a marca de 200 cirurgias para transplante somente em pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). O quinto em número de todo o Brasil.

Henrique Fonseca vem desempenhando de forma brilhante os transplantes desde 2004 no Natal Hospital Center. Na época, eram realizados apenas dois procedimentos por mês. Hoje são realizados até sete por mês. O sonho dele é conseguir chegar aos 100 transplantes de medula por ano.

Se depender da vontade dele e da sua equipe médica composta por cerca de 15 profissionais, essa meta será batida.

“O nosso primeiro paciente é vivo até hoje. É um paciente que tinha a mesma doença do Reynaldo Gianecchini. De lá pra cá tivemos vários avanços. A equipe aumentou e já somos referência. Praticamente todos os pacientes estão curados das suas doenças e vivos até hoje. A gente trabalha para salvar vidas e isso que nos motiva”, contou ao blog.

A equipe do médico Henrique Fonseca já é referência na área realizando todos os tipos de transplante. Inclusive, a partir de cordão umbilical, que é utilizado cientificamente para retirada de células tronco.

Esse, aliás, será o próximo grande desafio. Um garoto de apenas 8 anos está sofrendo de um caso raro crônico e bastante agressivo de leucemia, conhecido como Palacemia, que se não for tratado por levar a morte. A equipe médica do doutor Henrique está recebendo essa semana um cordão umbilical dos Estados Unidos para fazer o procedimento no menino.

“Nosso Centro hoje colhe de resultados de padrão internacional grande parte dos pacientes curados. Recebemos pacientes de todo o Norte e Nordeste. A gente está recebendo esse cordão umbilical essa semana dos Estados Unidos para que dê tudo certo, mas nós também enviamos. Nós coletamos amostras de todos os cantos do Brasil e mandamos pra fora. Somos uma referência hoje”, disse.

Atualmente, 99% dos transplantes realizados no Natal Hospital Center são de pacientes do SUS. Henrique Fonseca espera juntamente com sua equipe de médicos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais continuar ajudando as pessoas e acreditar que essa marca de 200 é apenas uma de várias que serão superadas.