Comissão da Câmara Municipal de Natal derruba veto e favorece melhorias na carreira de servidores da STTU

Foto: Marcelo Barroso

Os vereadores da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final da Câmara Municipal de Natal derrubaram vetos do Executivo Municipal a projetos de lei, na reunião dessa segunda-feira (16).

Entre estes, o que impedia a unificação da carreira de agentes de trânsito e transporte do município, lotados na Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU). Essa proposta é de autoria da vereadora Nina Souza (PDT). “A STTU vem passando por sérios problemas em relação aos servidores que ingressaram antes da Constituição de 1988. Esses anos todos eles sempre procuram o governo para reorganizar a carreira e melhorar as condições de trabalho e o governo não atende. Propomos emendas para o governo construir uma pauta de melhoria do serviço desses servidores”, explicou a autora.

“Acho que não é agressão à iniciativa do prefeito como foi alegado no veto. O projeto vem aprimorar o projeto de 2013 na execução do trabalho desses servidores”, disse a vereadora Ana Paula (PL), que relatou a matéria.

Uma comitiva de servidores compareceu à reunião e comemorou a derrubada do veto. “Esse projeto vem para alterar alguns aspectos de estrutura e trabalho na lei que unificou a carreira dos servidores. Traz mais segurança, garante uso de viaturas e evita que a gente trabalhe sozinho, além de escala programada, de modo a melhorar a estrutura e condições de trabalho”, explicou Vanessa Galdino, agente de mobilidade e coordenadora geral do Sindicato dos Servidores (Sinsenat).

Seguindo parecer do vereador Luiz Almir (Avante), os vereadores também derrubaram veto ao Projeto 133/18 da vereadora Carla Dickson (PROS), que institui o Fundo em Defesa dos Direitos das Mulheres, por entenderem que não havia vício de iniciativa, como o Executivo justificou.

Outra matéria de destaque é de autoria de Nina Souza e estabelece diretrizes para reordenamento urbano de bairros. “Porque para mexer em qualquer bairro é preciso planejamento prévio, discutir com a comunidade envolvida e o Governo apresentar elementos. Isso traz segurança jurídica. Assim qualquer área que precisar ser reordenada, precisa seguir diretrizes já postas”, disse a parlamentar.

Além destes, foram aprovados os projetos que regulamenta práticas do regime de saúde para acondicionamento, armazenamento, coleta e destinação final dos resíduos hospitalares, de autoria do ex-vereador Sérgio Pinheiro, subscrito pelos vereadores Nina Souza, Preto Aquino (PATRI) e Sueldo Medeiros (PHS); dois do vereador Franklin Capistrano (PSB) criando critérios para parcerias do município com agentes públicos e privados em circuitos de segurança e estacionamentos de bicicletas em locais abertos a frequência de público; o de autoria do vereador Maurício Gurgel (PSOL), que cria a política municipal para população em situaçao de rua; o que disciplina entrada de menores em eventos, do vereador Ney Júnior (PSD); e o da vereadora Ana Paula, para a veiculação de campanhas educativas sobre violência contra mulheres em estádios de futebol. Participaram também da reunião os vereadores Ney Júnior, Preto Aquino, Kleber Fernandes (PDT) e Fúlvio Saulo (SDD).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Educação no trânsito disse:

    Lembrando que a sttu não é apenas fiscalização , a estrutura que compõe o trânsito também é composta pela engenharia de trânsito e educação de trânsito , esses últimos sim estão sem nenhuma melhoria faz tempo .

  2. Indústria da multa disse:

    Muitos dos amarelinhos são concursados como fiscais de transporte coletivo e o concurso foi para nível fundamental e através de uma manobra foram transformados em servidores de nível médio. Os amarelinhos mais antigos nem concurso fizeram. Acho que esse pessoal do transito deve orientar os condutores ao invés de sair aplicando mutas de toda forma.
    Com relação ao salário, eles já são muito bem remunerados para não fazerem nada, além de saírem multando para gerar receita para prefeitura e assim justificarem um aumento injustificável.

  3. gilson disse:

    um monte de maus motoristas têm ódio dos amarelinhos…. kkkkkkkkkkkk

  4. paulor disse:

    Bando de despreparado que só sabe multar…mal sabe se comunicar como cidadão, não conheço um que tenha preparo e conhecimento de transito , na hora que o bicho pega eles desaparecem
    pense numa secretaria sem futuro.

  5. Dedé disse:

    Primeiramente amarelinho não trabalha, só acha q pq tem um papel e caneta na mão pode sair multando…a função do amarelinho é muito longe dessa, passa primeiramente pela orientação que é o que nenhum faz, ao nao ser passarem o dia conversando uns com outros e nem ai para o trânsito .
    Não merecem melhoria nenhuma mesmo nao

  6. Luciana Morais Gama disse:

    A STTU tem poucos servidores, pois a maioria dos Amarelinhos são cedidos de outros órgãos. Ganham gratificação pela função. Cadê o concurso público para agente de trânsito??

Câmara Municipal de Parnamirim discute reforma e melhorias nas feiras livres

A padronização dos espaços destinados aos comerciantes, higienização, segurança, além da reforma nas instalações das feiras livres em Parnamirim foram debatidas em audiência pública na tarde dessa segunda-feira(26), na Câmara Municipal.

A ação foi de propositura da vereadora professora Nilda(PRP) e reuniu demais parlamentares da casa legislativa, representantes da prefeitura, feirantes e população em geral no Plenário Doutor Mário Medeiros.

Nilda coordenou o debate. Ela destacou a importância da Câmara em promover a discussão sobre a estruturação das feiras livres no município de forma pioneira. “Esta é a primeira vez que estamos reunindo autoridades e os feirantes locais para debatermos soluções conjuntas para a questão da padronização das feiras e a expectativa é possamos pensarmos juntos em prol de melhorias para os comerciantes e população que frequentam as feiras”, disse a vereadora.

Durante a audiência, os feirantes participaram ativamente do debate. Gerson Flor cobrou melhorias na estruturação dos espaços destinados aos comerciantes. “A preparação das feiras acontecem bem antes do sol nascer. Nós chegamos à noite com os produtos e temos que arrumar tudo para os clientes. Está faltando mais segurança e organização em cada barraca”, falou o feirante.

Joana Darc também reforçou a reivindicação por melhorias. “Nós não conseguimos atrais mais clientes devido a sujeira que fica nos espaços, pois a coleta deixa desejar e causa transtornos para nós e para a população”, relatou a feirante.

Representando a prefeitura de Parnamirim, os secretários de Serviços Urbanos e Limpeza Urbana, Charles Quadros e Fernando Fernandes, respectivamente, apresentaram ações de padronização das feiras. “A primeira medida foi convocar os locadores das bancas utilizadas pelos feirantes, para que eles adequem as estruturas ao novo padrão definido pela secretaria. “Começamos pela Coophab, o locador da região já está fazendo as bancas seguindo nossa padronização”, informou Charles Quadors, titular da pasta de Serviços Urbanos.

Já o titular de Limpeza Urbana, Fernando Fernandes, falou que a prefeitura está realizando a instalação de lixeiras. “O Mercado de Santos Reis já está recebendo seis lixeiras de mil litros, cada uma, nos arredores do mercado, além de outras seis de 100 litros”, disse.

Ao final da audiência, a vereadora Nilda adiantou que uma minuta composta pelas assinaturas de todos envolvidos será criada para fortalecer a criação de ações que venham melhorar a estrutura das feiras livres.

Participaram da audiência o presidente da Câmara, vereador Irani Guedes, vereador Ítalo Siqueira, além das vereadoras Kátia Pires, Ana Michele, Fativan Alves, Vandilma Oliveira e o jornalista Genilson Souto.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Flauberto Wagner disse:

    Quando se aproxima um ano eleitoral, os nossos edis logo se apresentam com propostas, ideias, projetos e muitas falácias acerca de benefícios em prol do povo de Parnamirim, o que moradores de queremos é que a coisa aconteça o ano inteiro e não apenas em ano pré-eleitoral, pois muito bem sabemos que fora do período eleitoral eles só querem cargos e mais cargos no município para empregar os seus.
    Tem até vereador que nem sabia que Nova Parnamirim era bairro de Parnamirim, agora inclusive até outdoor colocou na Abel Cabral marcando presença.
    Outra coisa, tem uma Vereadora que até se acha a tal, inclusive manda e desmanda no ginásio de esportes daqui de Nova Parnamirim, como se fosse propriedade privada e dela.
    Já o nosso prefeito que quer se outra vez prefeito tá mais perdido que cego em tiroteio.
    E administração tá em vias de ter os seus recursos de origem federal bloqueados em razão da inadimplência e omissão de informações de caráter obrigatório para com o governo federal.

    • Só olhando disse:

      Disse tudo.

      Nova Parnamirim está perdida com esses políticos que temos.

Prefeito Paulinho vai ao DER solicitar melhorias em rodovias estaduais

Na manhã desta sexta-feira (10), o prefeito de São Gonçalo do Amarante/RN, Paulo Emídio (Paulinho), esteve no Departamento de Estradas de Rodagem do Rio Grande do Norte (DER), reunido com diretor geral Manoel Marques, para discutir melhorias em rodovias estaduais.

De acordo com Paulinho, a RN-302, trecho Macaíba a Igreja Nova, e a RN-311, que passa por Serrinha, receberão serviços de tapa-buracos, assim como o acesso ao Monumento dos Mártires.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fernando Antonio disse:

    Qdo é que DER vai fazer uma nova pintura na sinalização da Av. Roberto Freire? do jeito que está não pode continuar

Em São Gonçalo, secretarias de Saúde, Educação e Assistência Social se reúnem para discutir melhorias no atendimento

Foto: Junior Santos

Com objetivo de desenvolver estratégias que fortaleçam e assegurarem os direitos dos usuários aos serviços da rede municipal, a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN realizou, nesta sexta-feira (26), no auditório do IFRN campus São Gonçalo, o I Encontro Intersetorial das Políticas Públicas de Saúde, Educação e Assistência Social.

O evento reuniu profissionais das três pastas municipais que compartilharam as demandas e os fluxos de atendimentos nos setores e ainda discutiram uma agenda de reuniões e ações conjuntas. “Estamos discutindo uma parceria para fornecer melhores condições e uma prestação de serviço mais qualificada à população. Vamos unir todos os profissionais na buscar de um melhor atendimento”, observou secretário de Saúde, Jalmir Simões.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gilvan disse:

    Quando é que essas ações chegarão ao novo Santo Antonio? pobre de nós que só servimos para pagar os Impostos e pagar os salários dos Cargos Comissionado pois aqui nada chega nem posto de saúde, cheche, transporte público, segurança nem ao menos uma área de laser para a comunidade tem. Prefeito aqui mora ser humano.

FOTOS: Prefeitura de Extremoz realiza melhorias na rede de iluminação pública nas praias de Barra do Rio e Graçandú

A Prefeitura de Extremoz está realizando serviços de manutenção da iluminação pública nas praias de Barra do Rio e Graçandú.

Com isso a Prefeitura pretende aumentar a segurança e melhorar a circulação noturna nas ruas, garantindo uma iluminação pública de qualidade. O trabalho consiste na substituição de materiais danificados, lâmpadas queimadas, quebradas, reparos em braços, e outros tipos de serviços pertinentes.

O prefeito Joaz Oliveira destacou que o serviço está sendo realizado em vários localidades do município. “Trata-se de um trabalho muito importante, visando dar mais segurança à população. A iluminação pública requer reparos contínuos para funcionar corretamente, já que são muitos tipos de intercorrências provocadas pelos mais variados motivos, que podem comprometer o serviço. A manutenção ocorre também de forma preventiva, garantindo aos munícipes uma iluminação pública de qualidade, disse o prefeito Joaz Oliveira.

Para a manutenção na rede de iluminação pública, a população pode entrar em contato com a secretaria de Infraestrutura no telefone 3279-2031.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Val disse:

    Enquanto isso, as ruas de Natal às escuras. Estão tão escuras que a semsur não está vendo. Alô. Secretário, Jonny Costa.

Walfredo Gurgel é o primeiro hospital do NE a implantar telemedicina

telemedicina walfredoMais uma parceria entre o Ministério da Saúde (MS) e o Hospital Israelita Albert Einstein traz benefícios à assistência prestada aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) que chegam ao Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG). Através do envio de informações sobre a condição de saúde do paciente, uma interação entre profissionais médicos (um do hospital e um do Einstein) proporcionará a conclusão de um diagnóstico com maior segurança. O Walfredo Gurgel é o primeiro hospital do NE a contar com a nova tecnologia.

O sistema funciona através de uma máquina que realiza uma conferência com áudio e vídeo. A ideia é que este contato com um outro profissional possa servir como uma segunda opinião, nas situações em que o médico não tiver totalmente certo sobre que procedimentos deve adotar com determinado paciente.

Os primeiros testes e treinamentos aconteceram durante a terça-feira (19). Pela manhã, um paciente foi avaliado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Bernadete e a conversa aconteceu entre os médicos sem intercorrências na comunicação. À tarde, um novo teste na UTI Geral também obteve sucesso.

A máquina que permite a interação entre os profissionais é equipada com teclado, monitor, duas câmeras (sendo uma de última geração), microfone e headset. Toda a comunicação é feita através da internet. Para os casos neurológicos, as conversas poderão acontecer de domingo a domingo, das 10h às 13h. Já os casos clínicos contam com assistência 24h.

Para que a comunicação entre os médicos possa acontecer, primeiro é necessário que o profissional do Walfredo insira em um miniprontuário eletrônico (smart consult) o maior número de informações possíveis sobre o quadro de saúde do doente. Em seguida, uma chamada com vídeo conecta os dois profissionais que discutem o caso até chegar a um denominador comum. Todos os dados inseridos do paciente ficam gravados na máquina, caso seja necessário um novo acesso.

Para facilitar a conversa entre as partes, o sistema permite o envio online de documentos em formato jpeg, doc, pdf e xls. Também há a possibilidade do envio de imagens direto do PAX (raio-x digital) do Walfredo Gurgel para o consultor do Einstein.

Segundo a diretora geral do HMWG, Maria de Fátima Pereira Pinheiro, para os casos de sepse (infecção generalizada), trauma e Acidente Vascular Encefálico (AVE), por exemplo, as medidas que serão adotadas pelo médico assistente (o profissional do Walfredo) serão mais ágeis. “Para situações assim, o Albert Einstein já possui protocolos muito bem definidos e formalizados”, diz Fátima. A máquina também possui rodas e atenderá a todos os pacientes internos em setores assistenciais do hospital.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Elves Alves disse:

    Quem mora no Rio Grande do Norte, graças a Deus, não sente falta dos serviços públicos da Suécia nem da Dinamarca.

Policiais civis traçam estratégias para pressionar Governo do RN por melhorias; pedido de intervenção na Secretaria é protocolado

Em assembleia geral realizada na noite dessa terça-feira (8), os policiais civis do Rio Grande do Norte traçaram várias estratégias para pressionar o Governo a cumprir a pauta de reivindicações oriundas ainda do movimento grevista realizado no ano passado e que não teve nenhum ponto atendido. “De quebra”, o Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sinpol/RN) acionou o Ministério Público nesta quarta-feira(9), para que seja solicitada judicialmente a intervenção na Secretaria de Segurança Pública do Estado (Sesed). O pedido foi protocolado na na Procuradoria Geral de Justiça, e endereçado ao procurador-geral, Rinaldo Reis.

A representação é composta de informações referentes à situação da Polícia Civil que, atualmente, tem apenas 29% do seu quadro de vagas preenchido, ficando dessa maneira, um policial civil para cada 2.327, quando a recomendação da ONU é um para cada 250 habitantes. O SINPOL-RN constatou e relatou na representação que foi levantado in loco a ausência das condições mínimas de trabalho, como armamento, munições, coletes, rádio comunicadores, viaturas, internet e outros.

Não bastando essa situação, a representação fala ainda da situação dos concursados que estão desde 2010 aguardando convocação, tendo o Estado negado essa nomeação, sob alegação do impedimento da Lei de Responsabilidade Fiscal. Isso gera a dificuldade nas delegacias na região de Natal e Metropolitana, com horário de funcionamento reduzido para horário comercial, o que tem trazido sérios transtornos para as plantões.

Além desses pontos, o SINPOL-RN juntou fotos das condições estruturais das delegacias, com destaques para algumas distritais de Natal, como o 7º DP, em local inadequado, 13º apresentando rachaduras e outras unidades, como em São José de Mipibu, cuja delegacia está em péssimas condições estruturais e, em Arez, unidade com alto grau de insalubridade, existindo a infestação de animais peçonhentos por falta de limpeza.

O Sindicato ainda solicitou providências do MP no que se refere à ação civil, de número 2011007168-7, que tramita no TJRN em fase de execução. Essa ação tem um termo de acordo homologado entre o SINPOL-RN e o Governo, no qual o Estado se obriga a retirar todos presos que ainda restavam nas delegacias, apresentando cronograma para construção das cadeias publicas nas várias comarcas do Estado.

Ainda na representação, o Sindicato leva a notícia do possível fechamento de quatro delegacias especializadas para o efetivo ser deslocado para a Divisão de Homicídios que será criada. As unidades que deverão ser fechadas são: Delegacia do Meio Ambiente, Delegacia de Armas e Munições, Delegacia do Patrimônio Público e Delegacia do Idoso.

Ademais, o sindicato enfatiza a precariedade das viaturas policiais, que funcionam com utilização de combustível com cota semanal reduzida e ainda o pátio do setor de transporte com vários carros enconstados para manutenção. Outro item solicitação é o que diz respeito ao salário dos servidores inativos da Polícia Civil, que há meses vem sendo pago apenas no final da tarde dia 10 de cada mês, trazendo enormes prejuízos aos servidores e pensionistas, em virtude de compromissos financeiros, tendo em vista que anteriormente o pagamento era feito sempre no final do mês. Enquanto isso, o SINPOL-RN recebe denúncias e as encaminha para as autoridades competentes, que o Governo estaria aplicando esse dinheiro e recebendo juros referentes a esses 10 dias.

ESTATUTO DO ITEP

Um dos pontos mais fortes na reunião com o Procurador Geral de Justiça foi à situação do Instituto Técnico-Científico e Polícia (ITEP). A Diretoria do SINPOL-RN fez um relato minucioso do quadro de irregularidades no órgão, como os desvios de função, comprometimento da estrutura física, fata de materiais básicos para perícia e reiterou o pedido de investigação em denúncias que chegaram ao Sindicato referentes às compras e contração de serviços por parte da direção.

Além disso, o SINPOL-RN lembrou da assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o Ministério Público e o Governo do Estado, estabelecendo o prazo para o envio do Marco Normativo, o Estatuto, para a Assembleia Legislativa e tal prazo foi descumprido pelo Governo, mas, apesar disso, até o momento, o MP ainda não fez nada para cobrar .

“Fomos apresentar essa representação para saber qual é a medida que o Ministério Público vai tomar no sentido de corrigir esse problema histórico no ITEP, que vive a mercê do executivo. Inclusive, lembramos que esse ano é ano de eleição e, provavelmente, o Instituto mais uma vez poderá ser usado como cabide eleitoral, prática essa que vem sendo comum ao longo dos anos”, comenta Renata Pimenta, vice-presidente do SINPOL-RN.

Durante a reunião, o Procurador Geral de Justiça Rinaldo Reis informou que o MP está acompanhando a situação do ITEP e da Polícia Civil. “Nós sabemos que o ITEP funciona de maneira ilegal há muitos anos e tem ajudado muito pouco nas nossas ações na área de segurança pública. Vamos analisar minuciosamente essa representação e vamos procurar o chefe de Gabinete do Governo para saber onde está o Estatuto do ITEP”, declarou. O Sindicato ouviu ainda do Procurador o compromisso de que ele apresentará uma resposta, nos próximos dias, sobre o posicionamento e providência adotadas pelo MP.

A Assembleia

Agora, diante de uma determinação judicial que impede a realização de greve por parte da categoria, antes mesmo do movimento ser deflagrado, os policiais se reuniram em assembleia e decidiram agir de outras maneiras não menos incisivas.

Assembleia_3A Diretoria do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública apresentou suas sugestões de mobilizações e também ouviu sugestões da própria categoria e todas foram deliberadas para terem início imediatamente. Uma delas é apresentar a situação da segurança pública do RN a entidades internacionais e, inclusive, a FIFA e as delegações das seleções estrangeiras que terão em jogos em Natal durante a Copa do Mundo.

Desde o mês passado, o SINPOL-RN já havia lançado uma campanha para rádio, TV e outdoors mostrando que a Polícia Civil está presa, enquanto os criminosos estão soltos e que o RN vive um momento de guerra.

A partir desta semana, terá início também campanhas direto nas comunidades, com uso de carros de som nas comunidades, com mensagem sobre o atual quadro da Polícia Civil, bem como serão feitas visitas nas unidades e até mesmo em outras instituições, como por exemplo, universidades.

Os policiais ainda pretendem realizar atos em frente a órgãos públicos, como a própria Governadoria, afixar cartazes com a campanha publicitária as unidades e ainda imprimir panfletos para anexar em todos os BOs confeccionados nas delegacias que são entregues aos cidadãos.

O Sindicato vai também confeccionar camisas mostrando a mesma campanha de que a Polícia Civil está presa. Um dos atos públicos será realizado já nesta quinta-feira (10), a partir das 10h, em frente ao prédio da Governadoria.

Em busca de melhorias, Sejuc reúne diretores do Sistema Penitenciário

O secretário de Justiça, Júlio César de Queiroz, esteve reunido com os diretores das unidades prisionais do Rio Grande do Norte, nesta segunda-feira (25). O encontro ocorreu no auditório da Academia de Polícia Militar, na Av. Alexandrino de Alencar.

O coordenador de Administração Penitenciária, Mairton Castelo Branco, conduziu a reunião, com o objetivo de integrar as unidades com a Secretaria de Justiça e apresentar as ações que estão sendo realizadas para a melhoria do Sistema Penitenciário.

Júlio César de Queiroz fez um balanço geral da parte estrutural do Sistema Penitenciário e das ações que estão sendo realizadas, como aquisição de matérias para o trabalho, coletes balísticos, algemas, armas munições. “Estamos trabalhando para comprar mais equipamentos de segurança em 2014 e adquirir mais 10 carros para o Sistema Carcerário. Além de convocar novos agentes penitenciários e construir duas novas unidades prisionais”.

A secretária adjunta de comunicação, Glacia Marillac, ministrou um media trainnig para os diretores com objetivo de orientá-los em situações de relacionamento com a imprensa e a mídia.

A reunião contou com a presença dos diretores dos Centros de Detenção Provisória (CDPs), Cadeias Públicas, Unidade Psiquiátrica e Penitenciárias de todo o Estado.

Tomba faz apelo por melhorias nas estradas e no sistema de saúde pública

Reparos urgentes no trecho da estrada que liga Santa Cruz a Natal foram solicitados pelo deputado Tomba Farias (PSB) ao governo. O parlamentar citou problemas como a má conservação das estradas e o excesso de animais na pista, que colocam em risco a vida dos motoristas.

Tomba citou os dois recentes e graves acidentes ocorridos esta semana na referida estrada. “Esses problemas estão se agravando. Ontem (9) quando passei neste trecho, contei dezessete animais na pista e as providências são urgentes. A imprensa veicula constantemente os graves acidentes ocorridos em nossas rodovias”, alertou.

O deputado também reivindicou ao governo melhorias no sistema de saúde, principalmente com relação à falta de leitos nas UTIs. “Essa situação requer medidas urgentes. Na semana passada ainda existiam vinte e seis pessoas na fila. Estamos sendo constantemente procurados pela comunidade, por pessoas que estão com graves dificuldades”, disse Tomba.

Dibson Nasser pede solução para problemas em escola de Extremoz

Os professores da Escola Estadual Lígia Navarro, em Extremoz, estão preocupados com a escala de horários na instituição. De acordo com os servidores, faltam profissionais nas salas de aulas e pessoal para cumprir os serviços gerais. Buscando evitar possíveis interrupções nas aulas devido à falta de pessoal, os profissionais tiveram contato com o deputado estadual Dibson Nasser, que se comprometeu a intermediar uma solução para o problema junto à secretária de Educação do estado, Betânia Ramalho.

Em reunião na Assembleia Legislativa, os professores relataram a situação na escola, que já iniciou as aulas e recebe os alunos de Extremoz. Porém, alguns horários não puderam ser cumpridos por não haver professores suficientes. Na conversa com Dibson, os servidores pediram que o deputado colaborasse para que uma alternativa fosse encontrada rapidamente. De pronto, o deputado garantiu apoio aos professores.

“Fico satisfeito em ver que os professores seguem demonstrando preocupação a qualidade do ensino para os alunos, o que mostra que eles querem ajudar a desenvolver a sociedade através da Educação. O que eles querem é mais condição, e é um pleito justo. O que estiver ao meu alcance, eu farei”, disse Dibson Nasser.

O deputado estadual se comprometeu com os professores a relatar o problema à secretária de Educação e discutir qual a alternativa que pode ser tomada para solucionar o problema. “Confio que o problema será sanado e não haverá prejuízo para professores e, principalmente, aos alunos”, afirmou o deputado.

Agentes cobram do Governo melhorias no sistema penitenciário

No início deste ano, os agentes penitenciários ouviram a promessa da governadora Rosalba Ciarlini de que até o mês passados mais 24 concursados seriam chamados para o sistema prisional do Estado. No entanto, a promessa não foi cumprida e o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Rio Grande do Norte (SINDASP-RN) cobra posicionamento do Governo do RN sobre melhorias para o setor.

“A governadora garantiu que os 24 novos agentes seriam nomeados. Já estamos em meados de março e isso ainda não aconteceu. Não tem justificativa para a demora, tendo em vista que essa nomeação não representa nenhum tipo de oneração para o Estado, pois são vagas remanescentes”, esclarece a presidente do SINDASP-RN, Vilma Batista.

De acordo com a representante da categoria, os novos agentes foram aprovados no concurso, fizeram treinamento e todos os exames exigidos. “Precisamos com urgência que eles sejam nomeados, pois o Rio Grande do Norte já está estampando as manchetes de veículos de imprensa nacionais, que dão conta da falta de estrutura nas unidades prisionais”, declara.

Vilma se refere às denúncias vindas do Centro de Detenção Provisória de São Paulo do Potengi, onde os agentes estavam usando estilingues, popularmente conhecida por baladeiras, para fazer a segurança do prédio. “Isso retrata a realidade do nosso sistema. Atualmente, os agentes que usam armas e coletes tiveram que comprar tirando dinheiro do próprio bolso”, completa.

A presidente do SINDASP-RN lembra que, no ano de 2011, a categoria de agente penitenciário foi a única que não recebeu nenhum tipo de investimento em infraestrutura ou melhorias humanas. Vilma ressalta que o Sindicato teve uma reunião com a governadora Rosalba Ciarlini no dia 10 de novembro e ela havia prometido finalizar a negociação salarial, mas até agora isso não saiu do discurso.

“O secretário Fábio Hollanda se mostrou disposto a intermediar essas conversas, mas a governadora tem que ser receptiva com a classe de agentes penitenciários. Desde que esse governo assumiu, não tivemos uma mudança ou ação efetiva no Sistema Penitenciário. Agora, queremos que a governadora se pronuncie sobre isso”, afirma Vilma Batista.

Preocupada com a falta de investimentos, a categoria já marcou uma assembleia geral para o dia 19 deste mês, onde serão discutidas diretrizes dos trabalhos e, inclusive, a direção do SINDASP-RN irá realizar uma visita em todas as unidades do Estado para conversar com os agentes. Nesta terça-feira (13), Vilma Batista esteve reunida com o líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Getúlio Rêgo, e ele se comprometeu em mobilizar todos os parlamentares pela causa dos agentes penitenciários.