Saúde

Prefeito de Ceará-Mirim na bronca com o Governo do Estado com baixo envio de vacinas: “Muito pouco para um município com quase 74 mil habitantes”

Foto: Reprodução

O prefeito Júlio César, em Ceará-Mirim, na região metropolitana de Natal, ficou na bronca com o Governo do Estado, ao ser comunicado que o município receberá apenas 700 doses de vacinas contra a Covid-19.

“Muito pouco para um município com quase 74 mil habitantes. 700 doses Ceará-Mirim aplica numa manhã”, desabafou o prefeito.

Opinião dos leitores

  1. A conta é simples. Tem 75.000 mil habitantes, ou seja, 2 % da população do RN. Consequentemente tem de vir para o município 2 % das vacinas que o governo federal manda para o Rio Grande do Norte.

  2. A culpa é do Bozo que não comprou vacinas na hora e no preço certos. E ainda cometeu ou permitiu que cometessem desvios bilionários no Min. da Saúde e tem mostrado um desempenho pífio em todas as áreas onde atua. #Fora Bozo

    1. Comprar a vacina a onde??
      Depois de compradas entregam?
      Ou da pra comprar no mercadinho da sua rua.
      Kkkkkkkkķkkk
      O choro é livre.
      Maju.

    2. Neto, pergunta ao teu avô onde compra vacina. Quando souber avisa ao Bozo e ao ministério da Saúde, talked?Já deu pra notar que você é incapacitado mental ou então finge que é idiota.

    1. Só é “genocídio” se o governante for de direita, conservador ou cristão. Se for de esquerda pode politizar com vacina, desviar recursos, superfaturar contrato de ambulâncias e se omitir a construir hospitais de campanha sem nenhum problema.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

“INDEFERIDO”: PCDs em Natal reclamam de “descaso” e imbróglio entra Detran e Suciva para isenção de IPVA

Em contato com o Blog, os PCDs(pessoas com deficiências como cego de dois olhos, síndrome de down, entre outros),  que não são condutores de veículos, estão passando por um descaso. Contam que fazem a solicitação da isenção de IPVA, e a Suciva(Subcoordenadoria de Controle de IPVA da Secretaria de Tributação do Estado) responde com INDEFERIDO o processo alegando que eles tem que ter um laudo do Detran. Por consequência, relatam que ligam para a junta médica, que diz saber não informar.

“E assim pessoas que tem total direito do IPVA pela grande deficiência que tem estão batendo de um laudo a Suciva manda procurar o Detran, no Detran ninguém sabe informar. E quem é o prejudicado, o PCD que por lei não pode ser”, desabafa um leitor ao Blog.

Segundo os PCDs reclamantes, nos termos do Decreto nº 30.454, de 30/03/2021, cabe ao órgão de transito estadual a emissão do laudo para deficiente físico não condutor, in verbis, e citam trechos de documento que classificam como oficial:

“VI – os veículos de passeio, adquiridos ou adaptados para uso de pessoas com deficiência física, visual, auditiva ou mental severa ou profunda, ou com Transtorno do Espectro Autista, diretamente ou por intermédio de seu representante legal, limitado a 01 (um) veículo por beneficiário

§ 6º Para obtenção do benefício de que trata o inciso VI do caput deste artigo, o veículo automotor deverá ser adquirido e registrado no Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (DETRAN/RN) em nome do deficiente ou autista, sendo necessário que:

I – a pessoa portadora de deficiência ou autista, apta a conduzir veículo:

► Alíneas “a” e “b” do inciso I alteradas pelo Decreto nº 30.454, de 30/03/2021, com a seguinte redação e efeitos a partir de 1º de maio de 2021:

a) comprove a incapacidade total ou parcial para dirigir veículo sem adaptação, mediante laudo da perícia médica fornecido pela Junta Médica Especial do Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (DETRAN/RN)”.

 

Opinião dos leitores

    1. Tem mais um problema, BG! Sou PCD e tenho laudo e mesmo assim não consegui a isenção. Levei meus exames passei pela junta que me deu um laudo com a informação de limitação no ombro mas o estado negou a isenção alegando que o laudo não tem uma informação clara da deficiência. Ou seja, o detran que é um órgão de governo fez um laudo errado segundo o próprio governo e o culpado é o PCD! Além disso, a lei só fala na deficiência, não fala que no laudo tem que ter um CID… absurdo! É por essas coisas que o judiciário incha com tanto processo

  1. Infelizmente esse descaso já tem um tempo, sou deficiente, mandei as documentações por email e não sabemos se foi recebido e depois vem essa msg de indeferido. Usando as mesma documentações para adquirir o carro.

  2. A arbitrariedade dos indeferimentos vai muito além do descrito na matéria. Trabalho numa empresa que faz processos de isencão e acompanho os critérios extra lei diurturnamente.

  3. É preciso analisar com lupa, houve muita concessão para pessoas que não problema algum, alô MPRN.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Moradores denunciam supostas festas clandestinas em localidade de Cotovelo, no litoral sul potiguar, e reclamam de falta de averiguação de autoridades

Moradores da praia de Cotovelo, no litoral sul potiguar, reclamam da falta de providências das autoridades de segurança sobre denúncias sobre supostas festas clandestinas que acontecem semanalmente, em uma localidade por trás do Condomínio Corais de Cotovelo e após um outro empreendimento.

Entre as queixas, som alto, que seria ouvido acima de 10 andares de condomínios como o Corais, além de “bebedeira” durante a noite até o início do dia.

Segundo moradores dos arredores, as reclamações foram comunicadas diversas vezes ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), mas até o momento nenhuma providência para averiguação da ocorrência foi tomada.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Proprietários de sons automotivos em Natal reclamam de perseguição da Semurb e apontam lei defasada em fiscalização de capa acústica

Fotos: Reprodução

Os proprietários de sons automotivos reclamam de perseguição da Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo(Semurb), no trabalho de fiscalização de paredões. Como exemplo recente, uma ocorrência de auto de infração por ausência de capa acústica com posterior apreensão de material.

Conforme o contato de um proprietário do paredão ao Blog, com base no documento acima em destaque, seu material foi apreendido de acordo com uma lei defasada.

Segundo o proprietário do paredão, em sua apresentação de defesa, apontou o uso de uma leia baseada em 2011, que foi modificada em 09 de março de 2018, conforme lei promulgada e publicada no Diário Oficial do Município.

O dono do paredão ainda relatou constrangimento por parte do órgão ao reconhecer o erro na apreensão do som.

Confira aqui a integra Diário Oficial do Município de 09 de março de 2018, em documento publicado na página 12. Abaixo o trecho em destaque:

Fotos: Reprodução/DOM

Opinião dos leitores

  1. Acho que deu errado a reportagem!!! Eu também não concordo com paredões, 10 querendo ouvir o som alto e 100000…. querendo sossego!!!

  2. A lei deveria ser pra queimar os paredões na frente do proprietário e na hora, pra não ter mais volta.

  3. Aqui vizinho de casa tem um lava jato em que esses caras vem para lavar os carros deles, parece brincadeira de criança, música de mal gosto, som no volume tão alto que nem eles conseguem escutar por um minuto, aí começa o aumenta e baixa de volume e tudo isso após às 14hrs que o horário em que a semurb fecha e não tem mais como fazer a reclamação. Agora isso daqui a uns 10 anos vão está na fila do atendimento médico tentando se livrar da surdez. Daí já vai ser tarde e Inês já estará morta e surda nesse caso.

  4. Esses mal educados que ligam som alto merecem chibata mesmo. São uns selvagens que não respeitam as pessoas obrigando a todos a ouvirem suas execráveis músicas, poluindo o ambiente e afastando famílias de locais de lazer, como praias e lagoas.
    A fiscalização é débil, deveria ser muito maior para que esses energúmenos sequer pensassem em ligar seus paredões imbecis.
    É constrangedor levar um visitante de fora para uma lagoa e se deparar com tamanha falta de educação.

  5. Parabéns à SEMURB! O Brasil é o único país do mundo em que qualquer IMBECIL pode perturbar o sossego das pessoas com seu mau gosto musical em volume altíssimo e ficar impune. Nos Estados Unidos e na Europa isso dá cadeia e multa pesada.

  6. O certo seria o seguinte, a Semurb chegaria no local, pegava o dono do som, colocaria um fone de ouvido conectado ao som do carro dele e aumentaria o som ao volume máximo,.
    Não somos obrigados a escutar o som, que esses filhos de uma égua colocam no carro.

  7. Concordo com Omar e dou uma sugestão. Permitir apenas que usem o som a todo volume dentro do veículo e com todos os vidros fechados.

  8. Sai dessa, a SEMURB mal arranha a superfície. Quem mora em bairros populares não sabem o que é descanso no fds.

  9. Concordo! Não ouvir suas músicas ruins na caixa prego! Ainda se fosse música boa, perturbaria do mesmo jeito! Vão lá p uma zona rural que não tenha ninguém! A lei tá errada! Como diz o nobre aí em cima, era p tocarem fogo!

  10. Acho que eu nunca concordei tanto com esses guardas. Esses paredóes são o ó…
    Não existe coisa mais desagradável de vc está num espaço e essa galerinha chegar….

  11. É para aprender mesmo e aplicar uma muita pesada e quebrar os paredões e joga- lo fora . Perturba demais o nossos ouvidos. Parabéns a prefeitura, tem que botar prá torar.

  12. O certo era existir uma lei que determinasse a queima imediata destes paredões do inferno conduzidos por essas bestas sonoras, no mais das vezes em carros que valem menos da metade dos próprios equipamentos do capeta.

    1. BG.
      Natal precisa coibir firmemente todk tipo dd poluição sonora não só dessas de desgraça dd paredoes que um crime kvsim exorbitante que emitem, mais também as motos com canos diretos fazendo um barulho infernal, até caminhoneiros tem perturbado demais também. Todos deveriam serem apreendidos , multados exemplarmente e na reincidência serem presos, pois perturbam demasiadamente as pessoas. As empresas que fazem esses paredoes deveriam serem também multadas, como as empresas que vendem canos de escapes sem silenciosos também.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Denúncia

Pais estão insatisfeitos com falta de datas para retorno de aulas presenciais no Núcleo de Educação da Infância – NEI/CAp/UFRN

(Foto: Trecho reproduzido)

Um leitor entrou em contato com o Blog para reclamar do Núcleo de Educação da Infância – CAp/UFRN, que não apresenta uma previsão de retornos das aulas presenciais. Ele diz que a insatisfação não está resumida ao seu caso. Outros pais também se queixam.

O leitor, que prefere ter a identidade preservada, é pai de um aluno no NEI, e se queixa desde as aulas remotas. “Aulas que iniciaram faz apenas dois meses, uma hora e meia por dia. Quando chega a ser duas horas é uma raridade”, diz.

O reclamante, por fim, questiona o  Núcleo de Educação da Infância – CAp/UFRN, que é composto por professores concursados e servidores da instituição. “Não querem voltar as aulas presenciais. Agora no final do mês os salários caem no bolso”, classificando o comunicado em destaque como “absurdo”.

 

(Foto: Trecho reproduzido)

Opinião dos leitores

  1. Me inclua fora dessa! Sou mãe de aluna da escola NEI-UFRN não concordo com o retorno das aulas nesse momento. Acompanho e participo ativamente das aulas remota e posso declarar que estou satisfeita.

  2. O MEC tem ministro? Porque ainda não vi nenhuma posição deste ministério para a volta as aula. Inclusive, gostaria que vc desse sua opinião BG. Ainda não vi nenhuma posição sua sobre a postura do MEC, que parece que nem existe.

  3. Acompanho as aulas on-line do NEI e vejo uma grande dedicação e esforço dos professores e assistentes para manter as crianças estudando. Tem programação e atividades semanais e bem variadas, não falta atividade e as aulas duram em média 2 horas. Além disso o NEI está sempre em comunicação através de e-mails, reuniões e estão à disposição. Assim também são os professores, que ficam à disposição para tirar dúvidas mesmo após as aulas on-line. Não tenho o que reclamar, mas a elogiar. Trabalho em empresa privada e confio no NEI. Não acho seguro o retorno das aulas presenciais, neste momento. É o que penso.

  4. Faltou também o Blog publicar a nota do NEI no IDEB, superando a média Nacional e, de longe, a média Estadual.
    Isso o Blog não mostra.

  5. Simplesmente vergonhoso o comportamento da UFRN. Nenhum pronunciamento do Reitor. A carruagem é grande,a preguiça impera. Mas no final do mês os docentes, cuja maioria ganha em média R$14 mil, recebem seus salários em dia. Setores de aulas e prédios estão fechados. Os professores que querem estudar em "suas' salas são proibidos de exercerem este direito. Isto é uma VERGONHA. E o Dr . José Daniel não dá a mínima. Decepção.

    1. Prezado senhor, a título de informação, a UFRN é uma das melhores universidades do Nordeste e está entre as 10 maiores universidades do Brasil, segundo institutos de avaliação. Contempla 62 municípios com mais de 300 ações de extensão universitária e ainda 20 pólos presenciais de apoio a educação a distância: 13 localizados no Rio Grande do Norte e 7 em outros Estados: Paraíba, Pernambuco e Alagoas. Tem 43.682 estudantes, 2.216 professores dos quais 1.553 são doutores, 3.013 técnicos-administrativos, ou seja, mais de 50 mil pessoas diretamente ligadas à instituição. São 276 cursos em BIOCIÊNCIAS, CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES, CIÊNCIAS DA SAÚDE, CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS, TECNOLOGIA, MÚSICA, NEUROCIÊNCIAS, TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. É considerada o mais importante motor para o desenvolvimento do Estado não só pela formação profissional, mas pelos projetos de pesquisa e extensão que atendem às necessidades de soluções para todas as regiões. Também criou programas e parcerias de alcance internacional, tais como: Instituto do Cérebro, Instituto Metrópole Digital, Instituto Internacional de Física, Núcleo de Petróleo e Energias Renováveis, Instituto de Medicina Tropical, Instituto Metrópole Digital,
      Instituto de Línguas, Literaturas e Culturas Modernas – ÁGORA, Instituto Internacional de Neurociências de Natal Edmond e Lily Safra. A UFRN coordena 3 institutos: Comunicação Sem Fio (INCT-CSF), Interface Cérebro-Máquina (INCEMAQ), em parceria com a Associação Alberto Santos Dumont para Apoio à Pesquisa (AASDAP), e Ciências do Espaço (INEspaço), em parceria com o Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA). Coordena ainda 3 Hospitais Universitários com atendimento 100% SUS: HUOL, MEJC a capital e HUAB em Santa Cruz.
      Este é um breve panorama da maior Universidade pública e gratuita, do nosso Estado. Nós nos orgulhamos dela porque trabalhamos pelo bem das pessoas e pelo futuro do RN. A UFRN é um patrimônio de toda a população.
      Se puder, conheça melhor a UFRN. Espero que assim possa respeitar mais os servidores que lá trabalham.

  6. No próximo ano, o Reclamante tem a opção de matricular o filho em um local onde os professores não sejam "concursados e servidores da instituição“, e passar a pagar por uma mensalidade de uma escola privada.

  7. Não é apenas lá, o Marista, que já foi um exemplo de disciplina e moral, além exaltar o comunismo, agora também não quer voltar, mas sabe cobrar os pais. Aulas só em outubro, e olhe lá… para metade dos alunos.

    1. Voce tem algum filho matriculado nesta escola ou só está passando recadinho?

  8. Concordo João.
    Td desculpa p n voltar ao trabalho eles arranjam
    qto mais pandemia, mais tempo em casa, shoppings, compras, praias, bares, comícios….
    " Quem não te conhece que te compre"
    fingem q " morrem de trabalhar"

    1. Retorno só após a vacina e não se fala mais nisso e ponto final

  9. Funcionários Públicos, grana religiosamente em dia, e muito corpo mole para trabalhar.
    tão cedo vão retornar ….

    1. Salvo engano foi o próprio governo federal, através do MEC que suspendeu até 31/12 as aulas presenciais nas universidades federais e o NEI faz parte dela. Reclamem do Presidente!

    2. Sou servidor público e, em nenhum momento desde o dia 18.03.2020 (quando saiu resolução para o isolamento) deixei de trabalhar. Consegui manter minha produtividade nesses meses, a despeito das limitações físicas e estruturais.
      Sobre os docentes não retornarem às aulas presenciais, o absurdo maior é de os alunos da UFRN não terem aulas e não se ver os mestres e doutores de lá ministrarem sequer um curso gratuito destinado à sociedade… tampouco realizarem com seus alunos de graduação aulas online (chegaram a perder o semestre e deixarem de ser formar no meio do ano… não acredito que esses docentes tenham perdido oportunidades de criar meios de palestrar ou outras formas de "se promover" (e receber por isso um extra, consequentemente)…
      Enquanto professores do IFRN protestam contra um reitor pro tempore, os alunos até pouco tempo estavam sem aulas… quer dizer que aquela instituição não dispõe de condições para gerar aulas em EaD ou online??? Mas os salários permaneceram em dia…

    3. Os servidores públicos estão trabalhando com seus próprios recursos, equipamentos, energia, internet, impressoras, prestando contas semanalmente à chefia e cumprindo todos os compromissos dos planos de trabalho. Muitos estão trabalhando além do horário normal. A população deveria reconhecer que o trabalho dos servidores é importante para toda a sociedade. Centenas de pesquisas e projetos continuam sendo realizadas, inclusive contribuindo com as ações contra a pandemia. Por ex, a UFRN foi a primeira a produzir álcool em gel a baixo custo, máscaras, face shield. Atualmente, é responsável por 40% dos testes da covid realizados no RN e os hospitais universitários destinavam leitos de UTI para controlar a pandemia. Isso tudo é feito por servidores públicos que trabalham como sempre servindo à população, mesmo que alguns não enxerguem.

  10. Um retorno presencial nesse momento de pandemia na educação infantil é um absurdo !!! Só sabe o que é um funcionamento de um centro de ensino infantil quem trabalha nele . Os pais que tem crianças deveriam se conscientizar e não querer esse retorno agora sem uma vacina . Vamos brincar , cuidar e ensinar as nossas maravilhosas crianças , mas em CASA.

    1. João, se voces está indo à praia , o problema é seu. Agora não venha falar pelas pessoas que nem conhece, taokei!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Febraban recomenda que bancos mantenham cobranças de juros e tributos sobre dias de feriados que foram antecipados por estados e municípios

Foto: reprodução

Os bancos estão mantendo a cobrança de juros e tributos sobre feriados que foram antecipados por estados e municípios durante a pandemia. “As datas de vencimentos de contas concessionárias, cobrança e de tributos nos dias de feriado antecipado não sofrerão alteração”, diz o comunicado da Federação Brasileira de Bancos-Febraban, do dia 22 de maio.

O comunicado recomenda o funcionamento das agências nos dias de feriados antecipados (entre 9h e 14h), considerando que as atividades bancárias se enquadram como essenciais.

Além disso, a Febraban afirma que a rede bancária no país é responsável por efetuar pagamento de aposentados, pensionistas e beneficiários do auxílio emergencial e do bolsa família.

Foto: Reprodução

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

MAIS UM LEITOR: “Quando se proliferar em Natal, o caos será instalado pela falta de estrutura mínima”

Foto: Ilustrativa

Um leitor do Blog, em caso distinto da UPA Cidade da Esperança(AQUI), relata que chegou do exterior com sintomas do Covid-19, e tentou fazer o exame em um hospital privado nessa segunda-feira(16), e disse que o local não tinha material para a realização de exame. Ao procurar o Giselda Trigueiro, foi orientado a procurar a rede privada, por só realizar para quem apresenta sintomas.

“Quando se proliferar em Natal o caos vai ser instalado pela falta de infraestrutura mínima”, desabafou o preocupado leitor, que não quis se identificar.

 

Opinião dos leitores

  1. A FALTA DE LEITOS E UTI…..JÁ ESTA ASSIM FAZ TEMPO VIU??? NÃO É PQ AS PESSOAS ESTÃO COM CORONA VIRUS, O UNICO CASO TÁ EM CASA E OS QUE ESTAO AGUARDANDO OS RESULTADOS TAMBÉM PORTANTO….. ISSO AI É ESSE GOVERNO SAFADO QUE NÃO TÁ NEM AI PRA NINGUÉM, ESTE ESTADO NÃO TEM NADA…. ESSES MERDAS SÓ FALAM EM POLITICA E MERDA. AGORA NÃO E HORA DE BRIGAR, E HORA DE UNIR. PQ ESSE CAOS TÁ O A NÃO SEI QUANTO TEMPO . NÃO TEM HOSPITAL, NÃO TEM REMEDIO , NÃO POSTOS DE SAÚDE, ENFIM NADA.

  2. Gente, a orientação é pra quem chegar de viagem, mesmo sem sintomas, ficar em quarentena, e não sair por aí espalhando o vírus, será que não entenderam isso ainda,?
    Vamos pensar mais no próximo…

  3. Ontem o Secretario Nacional de Saude falou que os testes no Brasil somente para pessoas sintomaticas,as que não tiverem sintomas não adianta no momento insistir.

  4. Infelizmente, o Brasil não levou a sério a pandemia. Agora, com o caos se alastrando, a rede do Sus falida e agora, José?
    Brincaram com fogo e o pior que quem vai se queimar, é o pobre que depende do SUS!

    1. Exato Sônia, estava lembrando das promessas de campanhas, exaustivamente repetidas desde 2002 sobre a melhoria em nosso sistema de saúde. Prometeram muito, repetiram as promessas, mas o que temos na prática são hospitais sucateados, superlotados e uma situação degradante que nunca saiu das retóricas promessas de campanha.
      Vivemos 20 anos de promessas e na prática o que temos é uma sistema de saúde precário, uma educação de péssima qualidade e um estado de insegurança generalizado.
      Mas a culpa, como querem impor, é do Bolsonaro que não mudou esse país em 01 ano.

  5. A recomendação, inclusive para a rede privada, é só realizar exames para casos de internação. Os insumos para realização dos testes são limitados. Para sintomáticos respiratórios, sem complicação, a recomendação máxima é isolamento domiciliar.

  6. Vai ser culpa também desse leitor que deveria ter ficado em quarentena e não sair peregrinando em Natal pelos postos de saúde espalhando o vírus, os médicos estão cansados de explicar para só procurarem atendimento médico se estiverem com falta de ar, se estiverem com sintomas de gripe apenas é pra permanecer em casa de quarentena.

  7. O estado está brincando com isso, não é ponderavel que os aletas emitidos pelas maiores autoridades sanitárias do mundo, profissionais renomados aqui, dados alarmantes no mundo, não sensibilizem as autoridades e gestores locais. Sabemos que o governo é incompetente, vai com as outras, relaxado, mequetrefe, pobre, mais brincar com a saude da populaçao é irresponsabilidade, adotar medidas casuísticas, hipocritas e mentirosa é um risco absurdo, nunca em nosso estado vimos tanta irresponsabilidade.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Alunos de Publicidade e Propaganda da Estácio Fatern em Natal protestam e organizam ação judicial coletiva

Foto: cedida

A Estácio Fatern causou tumulto nesta semana no curso de Publicidade e Propaganda. É o que alegam graduandos da instituição. De acordo com eles, embora não se confirme oficialmente o fechamento do curso,  professores não foram contratados e, inclusive, um deles que havia entrado recentemente, durante as férias, acabou sendo demitido. Os alunos ainda reclamam que a instituição também não disponibiliza disciplinas.

Segundo os reclamantes, os alunos do 8º período são os mais prejudicados a curto prazo porque, para eles, não foi disponibilizado a disciplina de TCC. Ainda segundo os reclamantes, a sugestão da direção é que eles paguem as disciplinas que faltam por meio de “estudo dirigido”.

Os universitários dizem que para os alunos de 4º e 6º período, o problema se torna uma bola de neve. “Não houve nem tentativa de acordo”, dizem.

Por fim, os universitários reclamam que a instituição de ensino deixa os alunos ao ponto de “incomodados que se mudem”, ou de acatarem pagar o semestre com uma única disciplina disponibilizada.

“Não há nenhuma proposta de ressarcimento dos anos pagos, nem tentativa de acordo, nada”, disse um aluno.

Os alunos estão se organizando para realizar protesto e entrar com ação coletiva.

O Blog tenta o contato com a assessoria de imprensa da Fatern.

Opinião dos leitores

  1. Quase 14 mil vagas ofertadas no SISU esse ano para universidades públicas; privadas só conheço 2 que são "sérias", pesquisem que dá certo.

  2. Sou ex-aluno dessa instituição da época que se chamava FATERN Gama Filho, sou da 1ª turma de Publicidade & Propaganda e sofremos muito com o caos da falta de tudo, não tínhamos estrutura de nada, só contávamos com a boa vontade dos professores e a nossa vontade de crescer na vida. Achei que com a chegada da Estácio as coisas poderiam melhorar para o curso, mas vejo que eu fui feliz e não sabia. Boa sorte aos alunos do curso, e que a instituição possa encontrar uma solução para essa situação

  3. Sou aluno da Estácio, vim transferido da UNP. Lá estava acontecendo a mesma coisa, falta de investimento, demissões de professores, falta de oferta de disciplinas, mas nesse caso por motivo de numero insuficiente para contratar um Doutor ou Mestre para dar aula. Minha irmã faz Medicina na UNP, e lá, demitiram TODOS OS DOCENTES do curso, e contrataram alguns para reposição. Enfim, isso é simplesmente a situação do NOSSO ESTADO, do NOSSO MUNICÍPIO , salários atrasados, 13º de 2018 e 2019 do Estado sem sequer previsão de pagamento.

    1. A bronca não tem relação direta com o Estado e município, e sim com o fim das benesses do FIES.

    2. como foi dito, as benesses dos programas que enriqueceram muitas faculdades (FIES, Prouni, e outros) nos últimos anos parecem não ter feito frente à sede de muitas "empresas de venda de curso superior"que estão aí pelo mercado. Agora, como normalmente acontece, a corda vai quebrando no lado mais fraco…
      Junte-se a isso as reformas trabalhista e previdenciária defendidas desde 2015 pelo governo federal e "costurada" pelo congresso nacional em 2017 e em 2019 geraram a desvalorização profissional docente, levando a inúmeras demissões e queda vertiginosa da qualidade do ensino superior, sobrando apenas o "negócio de diplomas" aos quais muitos alunos pelo Brasil têm sido submetidos.

  4. esse tal "estudo dirigido" também foi oferecido à turma do 9º período de Direito da Estácio Alexandrino de Alencar. Ou seja, vão pagar integralmente as mensalidades (como se estivessem assistindo aula presencial (das 14 às 17:30)) para ter um "tira-dúvidas" por apenas 50 minutos…
    Se a faculdade não quer dar aula, dê logo o diploma aos alunos, já que eles mesmos terão de buscar seu próprio aprendizado!
    Mas cobrar e não prestar o serviço de ensino é demais!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

“Tudo culpa de Bolsonaro”, reclama Carlos Bolsonaro, citando episódio em Mossoró noticiado e corrigido pela imprensa nacional; vereador fala em “modus operandi de esquerda” na mídia

  Foto: Reprodução/Instagram

Carlos Bolsonaro, filho presidente Jair Bolsonaro,usou as redes sociais nesta segunda-feira(02) para “alertar” o “modus operandi do grande agente de esquerda que se tornou boa parte da mídia tradicional brasileira”.

Conforme post em destaque, o vereador carioca se refere a manchete do UOL sobre o episódio de um trabalhador que invadiu o palco do show de Nando Reis, em Mossoró, na sexta(30) de agosto. Anteriormente, com chamada induzindo como simpatizante do presidente, supostamente enfurecido com crítica do músico ao governo, tempos depois traduzido para um fã, inclusive, revelado admirador do ex-presidente Lula, preso no Paraná.

As chamadas distintas no portal UOL resultam na “atualização” com esclarecimentos do fato. “Tudo culpa de Bolsonaro. Meu Deus!’, reclamou,

Opinião dos leitores

  1. Engraçado, pois só o que Bolsonaro e os filhos fazem é acusar os outros sem provas, discriminar o ódio por onde passam e ridicularizar os outros quando são contra eles, só eles que podem? Se acham acima de tudo e de todos. Façam o que eu digo mas não façam o que eu faço.

    1. Caro Artur, sem entrar em discussão política, é o que está em todos os jornais e noticiários de TV.

  2. Sr. Rinaldo, no caso de Dilma o avião estava sem piloto. Foi preciso abrir um paraquedas . Quantos anos do partido e o Brasil falido como ficou. No caso de Bolsonaro, vamos dar-lhe um tempo. A economia, a violência já estão mudando….acreditar. Ter esperanças. Caso contrário a vaga se abre para outro…e outro..e outro….

  3. Não era isso que se fazia com o governo de Dilma Senhora Lourdes?
    Só agora vocês perceberam isso?

  4. Concordo senhor Rui.
    A imprensa esquece que se o Brasil melhorar, sair desse buraco no qual foi colocado é bom pra todo mundo.
    A imprensa torce contra o governo só pra ver o fracasso do homem Bolsonaro e esquece das consequências de um eventual fracasso. É a mesma coisa de torcer para o avião cair só porque não gostou do piloto.

  5. Carlos está certíssimo, a imprensa da fazendo de tudo pra ridicularizar o governo Bolsonaro, tudo tem seus limetes!

    1. Quem faz de tudo para ridicularizar o governo Bolsonaro é o próprio Bolsonaro, seus filhos e seus puxa-sacos. A pressão da mídia sempre existiu e sempre existirá, faz parte do jogo democrático.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Conselho Nacional desarquiva reclamação contra Deltan Dallagnol

FOTO: ERNANI OGATA/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

O CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) impôs na manhã desta terça-feira (13) dois reveses ao coordenador da força-tarefa da Lava Jato no Paraná, Deltan Dallagnol.

Na sessão desta terça, o órgão decidiu desarquivar uma reclamação disciplinar contra os procuradores Deltan Dallagnol e Roberson Pozzobon, integrantes da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, em função de supostas mensagens trocadas entre eles e publicadas pelo site The Intercept Brasil e pelo jornal Folha de S.Paulo.

O pedido para o caso ser desarquivado foi apresentado na sessão desta terça-feira pelos conselheiros Leonardo Accioly da Silva e Erick Venâncio Lima do Nascimento. O relator ainda será definido.

A decisão de arquivamento havia sido tomada individualmente pelo corregedor nacional do Ministério Público, Orlando Rochadel Moreira. Na sessão desta terça-feira, foi decidido que um conselheiro será designado para analisar o pedido de revisão do arquivamento.

O novo relator deverá se manifestar se mantém ou não o arquivamento, mas, segundo a assessoria do CNMP, na prática, o caso já está reaberto para reconsideração.

Em outro caso, o conselho também negou um recurso apresentado por Deltan Dallagnol, contra a abertura de um processo administrativo disciplinar.

Esse segundo episódio diz respeito às declarações de Deltan à rádio CBN, em que ele sugeriu que o STF (Supremo Tribunal Federal) passa a imagem de leniência a favor da corrupção. Com a negação do recurso, o processo seguirá tramitando normalmente no órgão.

Em uma terceira decisão envolvendo Deltan, o CNMP também decidiu adiar a análise de um outro caso, movido pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), se refere a críticas disparadas por Deltan ao longo da campanha eleitoral do ano passado.

Recado

Em meio à publicação de mensagens atribuídas a integrantes da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse nesta terça-feira que apoia a atuação de membros do Ministério Público, mas observou que exige “atuação dentro dos marcos da legalidade”.

O comentário da procuradora foi feito na abertura da sessão do CNMP. Integrantes do CNMP ouvidos reservadamente pela reportagem enxergaram na fala de Raquel Dodge um recado claro direcionado a Dallagnol e aos demais integrantes da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba.

“A Procuradoria Geral da República apoia a atuação institucional de todos os seus membros, para o cumprimento da missão. Mas igualmente exige que o desempenho da atuação institucional se dê inteiramente dentro dos marcos da legalidade”, disse Raquel Dodge na abertura da sessão, sem mencionar nomes ou casos específicos.

“E respeita e apoia a atuação constitucional deste Conselho Nacional do Ministério Público, cuja missão constitucional é zelar pela autonomia funcional e administrativa do Ministério Público, o que faz incentivando boas práticas, apoiando projetos criativos para melhor desempenho das funções, e controlando a atuação administrativa e financeira dos dirigentes e membros, para que haja o efetivo respeito aos seus deveres funcionais”, completou.

Estadão

 

Opinião dos leitores

  1. Nesse país de bandido, mexer com corrupto de colarinho branco dá processo!!! O povão gosta é de diálogos "cabulosos"…Bandido bom é bandido preso!!!!

  2. Palhaçada.
    País de bananas.
    Quando surge um pra fazer valer a lei, surgem mil ladrões pra roubar a dignidade da esperança por dias melhores.

    1. Carlos, que dignidade ?.
      Moro e Deltan, agiram de forma espúria, quebrando as normas do direito legal; eles na condição de agentes públicos tem o dever de zelar pela lisura do processo. Então vejamos:
      Moro, pede aos seus pares para não incomodar FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, "ele é um bom aliado", solicita também a não apreensão do celular de EDUARDO CUNHA …… Deltan, agindo como se fora um politico; fazendo armação.. perdoe-me ajustiça não pode agir assim…..

    2. Fazer valer a lei não é a mesma coisa que IMPOR a própria lei ao bel-prazer.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

VÍDEO: Leitor reclama de redução da velocidade durante descida da ‘Ladeira de Marpas’ e sugere intenção de multa, mas região não tem fiscalização de velocidade

Um leitor enviou ao blog reclamação sobre a sinalização de trânsito no trecho da Ribeira conhecido por ‘Ladeira de Marpas’.

No vídeo, o condutor reclama que antes da ladeira, o limite da velocidade é de 50 km/h, que passa para 30 km/h na ladeira.

O leitor reclama ainda que, na sequência, há aviso de fiscalização eletrônica, mas na região, conforme este mapa de multas publicado com exclusividade pelo BlogdoBG, não há equipamentoe eletrônico de detecção de velocidade.

As câmeras do local apenas fazem registro de tráfego.

Opinião dos leitores

  1. Informação totalmente sem procedência, pois as câmeras são apenas de vídeo monitoramento e a redução de 50 p 30 por segurança , pois passa uma rua na transversal

  2. Acho que ele se confundiu ou deduziu que tinha fiscalização, pelo fato de terem instalado os divisores de faixa no inicio ladeira.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

PGR recebe quase 18 mil reclamações e decide apurar conduta de Bolsonaro

size_810_16_9_jair-bolsonaroA Procuradoria-Geral da República (PGR) decidiu investigar a conduta do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) após receber 17,8 mil reclamações de cidadãos que criticaram a conduta do parlamentar durante a votação da abertura do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, no último domingo (17).

Em breve discurso antes de votar a favor da abertura do impeachment, Bolsonaro exaltou o coronel Carlos Brilhante Ustra, um dos maiores torturadores da ditadura militar brasileira, falecido no ano passado.

As reclamações foram recebidas em todo o país por meio de um serviço eletrônico do Ministério Público Federal (MPF) que permite aos cidadãos denunciar qualquer tipo de crime.

O procedimento aberto pela PGR será analisado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, porque Bolsonaro é deputado. Como parlamentar, ele também tem direito ao foro de julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF).

Opinião dos leitores

  1. Montaram uma campanha, tipo BBB, para denunciá-lo? Convenhamos que, quase 18 mil ligações, em 3 dias, só com uma estrutura muito grande.

    1. verdade! começando pela falta de liberdade q vc msm tem de opinar em qualquer assunto!! ditadura ja!! #sqn

    1. Só o q fazem, Bolsonaro é ridiculo e mais ridiculo ainda é qm o idolatra!!

  2. Fazer apologia ao crime de tortura perpetrado pela ditadura militar não pode ser tolerado em canto nenhum, quanto mais dentro da mais alta casa legislativa do país.
    Esse senhor devia perder o mandato. Pois foi por isso que o povo foi as ruas pelas DIRETAS JÁ: O FIM DA DITADURA MILITAR!

    1. Quanta imparcialidade hein, e os que citaram Marighela, Fidel e cia? Procure saber mais sobre história, e aí, quem sabe, sua opinião se torne relevante.

  3. Um fascista desse ter 8% de intenção de votos mostra como está tudo ao contrário.

  4. Amigos, Estou totalmente a favor de Bolsonaro, na minha opinião temos q enaltecer esses caras q lutaram por um Brasil contra os terrorista.
    Terroristas, ladrões, assassinos, eles sequestraram dono de empresas para pedir resgate, roubavam carros, E colocavam bombas para matar pessoas inocentes.
    Como diz Bolsonaro; BANDIDOS, BANDIDOS BANDIDOS….

    1. Essa esquerdopata Brasileira, não olha o próprio RABO, muitos atuaram como TERRORISTAS, ASSALTANTES mais agora são uns santinhos.

  5. Um deputado dedicou seu amado voto a assassinos de esquerda e ninguém falou nada… Estranho… Muito estranho…

  6. Liberdade de expressão sim, mad ele não tem i direito nem c homem público ou c simples cidadão de relembrar nem fazer alusão a pessoas q cometeram crimes bárbaros contra a humanidade.penso assim.

  7. Não entendo o que é liberdade, se o direito de liberdade existe, deve ser total, praticar crime no Brasil hoje é mais aceito, do que mesmo expressar seu gosto ou desejo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Queixas de consumidores no Twitter crescem 379% em 1 ano

Reclamar de uma empresa no serviço de microblog Twitter está cada vez mais na moda entre os consumidores. Estudo da E.life, que presta consultoria para companhias que se relacionam com seus clientes na web, revela que de 2010 para 2011 o número de mensagens na rede social com a hashtag #fail — falha, em inglês — cresceu 379%, de 56.778 para 272.181 tweets.

Na linguagem da internet, #fail é um meme que se refere à decepção do usuário em relação a algum produto ou empresa. Quando os serviços de internet e telefonia da Net ficaram fora do ar, em janeiro deste ano, por exemplo, espalharam-se pelo Twitter inúmeros #netfail. “Mais alguém aí sem Net?? #netfail”, disse uma usuária no Twitter, à época.

Por meio de um software que varre a plataforma do site de microblog, a E.life detectou que as cinco categorias com mais reclamações (ou #fail) no ano passado foram a de alimentos, que inclui restaurantes e marcas de comida e bebida (com 119.524 ocorrências); operadoras de telefonia fixa e móvel (56.740); eletroeletrônicos (18.182); bancos, seguradoras e cartões (16.252); e provedores de internet (14.838).

Algumas delas saltaram até quatro posições no ranking das mais reclamadas de 2010 para 2011. A de bancos, seguradoras e cartões, que ocupava o 8º lugar em 2010, subiu para o 5º no ano passado. Já a de alimentos saltou da 5º posição para a 1º.

O setor de telefonia, 1º lugar de 2010, com 15.139 mensagens com a hashtag #fail, foi para o 2º lugar de 2011, com 56.740 ocorrências. Entre os principais motivos de insatisfação, segundo a pesquisa da E.life, estão as falhas no sinal e a decepção do consumidor com a queda na qualidade do serviço, além de pacotes de outras operadoras com preços melhores.

O comércio eletrônico, uma das áreas mais polêmicas quando o assunto é direito do consumidor, teve mais que o dobro do número de queixas em 2011 ante 2010. Foram 2.400 tweets com a hashtag #fail em 2011 mencionando negativamente companhias que vendem produtos ou serviços na internet. Em 2010 foram 1148.

Apesar do crescimento das queixas, mais de 50% das empresas com perfil no Twitter não dão retorno a seus clientes, segundo estimativa da E.life. “A maioria das empresas fala que está na rede social, tem seu perfil no site, mas não trabalha em tempo real e não percebe que o Twitter tem uma força absurda”, diz a professora titular da ECA-USP, Beth Saad. Para ela, algumas empresas ainda andam “a passos de 0800” e não imaginam como pode ser prejudicadas ao deixar de responder comentários negativos no Twitter.

Site. Uma das redes sociais mais populares do mundo, o Twitter hoje tem cerca de 127 milhões de usuários ativos, segundo estimativas do mercado. Encontrar o perfil de uma empresa no site, portanto, nem sempre é fácil. A E.life diz pretender solucionar esse problema com o resolvaweb.com.br, site lançado hoje que lista perfis oficiais de empresas presentes no microblog.

Para a companhia, o resolvaweb.com.br funciona como “o Google do Twitter”, já que oferece ao usuário um jeito mais fácil de achar empresas na rede social. Elas estão dividas em categorias, como carros, celulares e companhias aéreas. Caso a empresa com que o usuário quer entrar em contato não esteja listada, é possível adicioná-la à lista.

A ferramenta pode ser bastante útil na identificação do perfil oficial de empresas que às vezes têm mais de quatro contas no Twitter, com finalidades diferentes, e de empresas que têm nome parecido com o de outros usuários ou não são muito conhecidas. O site também filtra as timelines e cria um histórico das mensagens trocadas entre o internauta e a companhia, além de mandar um e-mail avisando que o tweet foi respondido. O site não estipula prazo para resposta ou interfere nos diálogos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Reclamar no Twitter é 8,4 mil vezes mais eficaz que no Procon

Está no Link do Estadão: “Xingar muito no Twitter” virou frase feita na rede. E na hora de reclamar seus direitos de consumidor, é a melhor saída. Por que? As empresas não querem ter suas imagens arranhadas. Se você ligar no 0800, só você, o atendente e a empresa saberão. Ídem no Procon.

No Twitter e no Facebook, por outro lado, a reclamação se espalha entre seus amigos e estranhos. E as empresas saem correndo para resolver o problema para não correr risco de perder clientes.

A Folha publicou o tempo médio de resposta pelas redes sociais e nos canais tradicionais. Espantem-se: quem reclama pelo Twitter, tem resposta até 8,4 mil vezes mais rápida do que pelo Procon. Pelo Facebook, até 1,4 mil. Vamos à tabela:

Twitter: resposta entre 5 min. e 2 horas; resolução do problema em até 24h

Facebook: resposta entre 30 min e 6 horas; resolução em até 24h

Chat: resposta em anté 5 dias úteis; resolução em mais de 5 dias úteis

0800: resposta em até 5 dias úteis; resolução em mais de 5 dias úteis

Procon: resposta em até 1 mês; sem prazo para resolução

Opinião dos leitores

  1. Tenho coleção de reclamações, porque faço questão de ter meus direitos preservados, principalmente quando atinge o lado consumidora.
    Porém, um que estou vivenciando, se tornou um desafio na minha vida. Resumo: no dia 24 de janeiro a inoperante vivo/telefônico efetivou portabilidade de duas linhas telefônicas da empresa que trabalho sem autorização. Desde então, por incompetência da inoperante oi o principal telefone não funciona 100%. Até uns quinze dias atrás não recebia nenhuma ligação, hoje continua sem receber ligações originadas de celular. 17 protocolos no 0800 empresarial, três reclamações na ANATEL, publicação no facebook (que foi o canal que cutucou o ego deles). A inoperante oi ainda teve a capacidade/competência de enviar fatura, que contestei, e a inoperante deu como procedente parte da fatura. Dá para acreditar? Só que amanhã teremos mais capítulo, pois, devido a portabilidade feita sem autorização, em uma das linhas a internet foi embora. Solicitei reinstalação e a partir daí, recebi diversas ligações de pesoas sempre dizendo alguma coisa parecida com: favor anotar login e senha para acessar provedor (que a empresa tem além do registro de domínio) e em todas as ligações eu solicitava que ligassem no celular, porque assim eu poderia gravar. Na sexta-feira, ligação, solicitação de que ligasse no celular, e assim foi feito. Cutuquei, perguntei até que a atendente Daiane, do provedor Terra, confirmou que estava ligando porque a inoperante oi havia disponibilizado os dados da empresa. NA CONTRAMÃO DA LEI, DA RESOLUÇÃO DA ANATEL, DO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR, ALÉM DE TODA A TRAPALHADA, AINDA DISPONIBILIZA OS DADOS SEM AUTORIZAÇÃO. Inoperante oi, aguarde ação, inclusive por danos morais.

  2. O Procon é órgão público. Alguém já viu algum órgão público funcionar nem que seja de forma medíocre?

  3. Verdade, já tive sérios problemas para trocar um produto e quando reclamei pelo Twitter rapidamente ele foi resolvido.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social

Mulher é expulsa de restaurante após reclamar no Twitter

Techtudo/Globo.com

Se você acha que a Internet é um local seguro para poder desabafar e reclamar do seu dia a dia, pense de novo! Uma mulher foi expulsa de uma restaurante após tuitar que o garçom que estava lhe atendendo era um “imbecil”.

(mais…)

Opinião dos leitores

  1. se a moda pega aqui…
    Alguns tuiteiros acham que o twitter é um SAC dos restaurantes. Tudo bem que é democrático, mas tem situações que enche o saco. Tem gente que assim que chega no bar/restaurante já diz: "o garçom do @_____ tá demorando a me atender;… eu já pedi o suco, mas não chegou; a conta deu errada; o gelo não está gelado… às vezes insuportável.

  2. O negócio é sério!! As pessoas esquecem que estão criando provas contra si mesmas, divulgam certas informações e comentários [via rede social] sem se dar conta q podem ser processadas…Vou me policiar mais, rsrsrs.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *