Sindicatos convocam servidores para mobilização nesta quinta pelo calendário de pagamento

A direção do SINTE/RN convoca a categoria para participar de um ato em defesa do calendário de pagamento nesta quinta-feira (31), às 9 horas, em frente Governadoria.

O ato será em conjunto com o Sindsaúde e o Sinai para protestar contra o desrespeito com os servidores e contra a farsa de crise instalada pelo próprio Governo.

Rosalba anuncia calendário de pagamento dos servidores do mês de outubro

A governadora Rosalba Ciarlini, anunciou conforme antecipado na semana passada, o calendário de pagamento dos salários dos servidores públicos no mês de outubro.

Nos dias 30 e 31 deste mês recebem os funcionários da saúde, educação e segurança Detran e Idema, assim como os servidores nas demais secretarias e órgãos da administração estadual, e que recebem até R$3.000.

Já os funcionários que recebem acima R$ 3 mil aguardam até dia 8 de novembro para os depósitos dos salários.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Paulo disse:

    E ainda querem gastar mais R$ 25 milhões em propaganda. Sei não viu…

  2. naumribeiro disse:

    já que está faltando dinheiro para pagar os servidores e para manter serviços básicos, quero saber de onde vem o dinheiro da publicidade…..

Governo emite nota e diz que expectativa é pagar 95% do funcionalismo até o dia 31; restante, na semana seguinte

O Governo do Estado esclarece que, de acordo com informações da Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan) baseado nos repasses do Governo Federal, a expectativa é de que 95% dos servidores do funcionalismo estadual terão seus salários depositados até o dia 31 do vigente mês. Para os 5% de servidores restantes, a perspectiva é de que os vencimentos sejam pagos na semana seguinte. Ao todo, o Estado possui cerca de 102 mil servidores.

Na próxima segunda-feira (28), em entrevista coletiva em horário a ser definido, o secretário de Estado do Planejamento, Obery Rodrigues, irá se pronunciar oficialmente sobre o assunto.

FOTO: Servidores da Saúde de Natal acampam na Praça 07 de setembro

z208Foto: Márlio Forte

Em greve desde o dia 15, os servidores da saúde reivindicam melhores condições de trabalho, melhorias na saúde municipal, realização de concurso público, garantia de direitos como auxílio doença e insalubridade, entre outros pontos de uma pauta de reivindicação de 14 itens.

Eles pedem um reajuste salarial de 27,08%, equivalente a dois anos de inflação e aumento real. Em reunião com os sindicatos no início do mês, a prefeitura só ofereceu 8%, com pagamento a partir de janeiro de 2014. O índice não chega a repor nem mesmo a inflação do período, que é de 14,97%, segundo cálculo do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). O próprio governo calcula a inflação deste período em 12,24%.

Servidores municipais em greve fazem passeata até a prefeitura nesta terça

Os servidores da saúde de Natal, em greve desde o dia 15, realizarão nesta terça-feira (22) uma passeata unificada pelo centro da cidade. Além do Sindsaúde, o Sinsenat e o Sindas também convocam a passeata. Eles aguardam cerca de mil pessoas no protesto, que buscará uma audiência com o prefeito Carlos Eduardo.

A concentração dos servidores da saúde será às 8h, na sede do Sindsaúde-RN, onde os servidores receberão coletes de greve e participarão de uma oficina de cartazes para o protesto. Em seguida, os manifestantes se unem às demais categorias, em caminhada pela Av. Rio Branco.

Os servidores da saúde estão lutando por condições de trabalho, melhorias na saúde municipal, realização de concurso público, garantia de direitos como auxílio doença e insalubridade, entre outros pontos de uma pauta de reivindicação de 14 itens.

Eles pedem um reajuste salarial de 27,08%, equivalente a dois anos de inflação e aumento real. Em reunião com os sindicatos no início do mês, a prefeitura só ofereceu 8%, com pagamento a partir de janeiro de 2014. O índice não chega a repor nem mesmo a inflação do período, que é de 14,97%, segundo cálculo do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). O próprio governo calcula a inflação deste período em 12,24%.

Para Célia Dantas, diretora do Sindsaúde-RN, o governo Carlos Eduardo não tem a saúde de Natal como prioridade: “O governo Carlos Eduardo não apresentou uma proposta que contemplasse os trabalhadores, deixando evidente que a saúde não é uma prioridade em seu governo. Apesar da repressão, a greve cresce a cada dia”, completa.

Logo após a passeata, às 13h30, os servidores da saúde se dirigem à Câmara de Vereadores de Natal, onde haverá um ato público dos estudantes pelo Passe Livre.

Já na quinta-feira (24), os servidores farão um protesto diferente na Praça Sete de Setembro, em frente à prefeitura. Uma tenda será montada, onde os servidores farão uma exposição das condições de trabalho na rede municipal e oferecerão atendimento e orientação à população, com medidas de prevenção de doenças, como dengue ou câncer de mama. A atividade “Saúde na Praça” começa às 9h.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisco Dias disse:

    O aumento que eles querem é só essa besteirinha de 27%? Acho que vão conseguir muito mais, não precisavam economizar no pedido não. Esses sindicalistas que nunca dão duro a não ser para continuar na moleza, estão cada vez mais fora da realidade.

Câmara vai cortar, a partir deste mês, salários de 1.370 servidores que recebem mais do que o teto

A partir deste mês, os 1.370 servidores da Câmara dos Deputados entre ativos e inativos que recebem mais do que o teto do funcionalismo público, que é R$ 28.059,29, vão ter os seus vencimentos reduzidos ao teto do funcionalismo. Decisão nesse sentido foi tomada pela direção da Câmara após o Tribunal de Contas da União (TCU) determinar o corte nos vencimentos dos servidores que recebem mais do que o teto salarial.

De acordo com a Diretoria-Geral (DG) da Câmara, o corte já consta da folha de pagamento deste mês, cujos salários serão depositados no próximo dia 24. Com o corte nos vencimentos dos que ganham acima do teto, a Casa fará uma economia mensal de R$ 6,5 milhões e uma economia anual  de R$ 78,5 milhões, em valores atuais.

Levantamento feito pela Câmara, segundo a DG, na folha de pagamento do mês de agosto, receberam  mais do que o teto salarial 676 servidores da ativa e 694 aposentados.  Dos 676 servidores da ativa, 270 recebem a função gratificada acima do teto salarial, enquanto que mais 406 servidores terão desconto parcial da função.

Os cortes nos vencimentos dos servidores variam de R$ 50 a R$ 8 mil por mês, segundo dados da DG.  No final do ano passado, a Câmara corrigiu as irregularidades apontadas pelo TCU, mas entendeu à época que as gratificações [cargos comissionados] pagas aos servidores estariam fora do teto.

Também os servidores do Senado que recebem acima do teto salarial terão seus vencimentos reduzidos já a partir deste mês de outubro. A decisão foi tomada em reunião da Mesa Diretora da Casa.

Agência Brasil

Servidores do Estado ainda esperam pelo depósito dos salários

Prometido pelo Governo para esta quinta-feira(10), o pagamento dos servidores que recebem mais de R$ 3 mil, ainda não foi depositado na conta. Isso, pelo menos até 12h.

Para piorar, com a greve dos bancários, muitos servidores procuraram as agências bancárias, mas, depois de muita “luta” para confirmação, não encontraram os salários creditados.

Agora, resta esperar, pois no fim do mês passado, em decorrência da lentidão do sistema bancário por causa da greve, os salários dos servidores que ganham abaixo de R$ 3 mil começaram a cair a partir das 14 e15 horas. O Governo, inclusive, emitiu comunicado informando que o dinheiro entrará a partir de 14h.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fina Ironia disse:

    Devem esperar sentados, pois em pé, cansarão.

  2. Valter Costa disse:

    Pior que toda essa safadeza do governo ~e saber que o ministério público e o judiciário assistem a tudo completamente INERTES. Só balançam a cabeça depois de ter as devidas MESADAS repassadas a eles. O RN está tomado pelo DESCASO, VERGONHA e a IMORALIDADE.

Servidores da Saúde de Natal realizam paralisação de advertência nesta terça

20131001_101405Os servidores da saúde do município de Natal realizam nesta terça-feira (1), uma parada de advertência. Segundo o Sindicato dos Servidores da Saúde do RN (Sindsaúde), a categoria reivindica um reajuste de 27,08%, além de melhores condições de trabalho nas unidades de saúde.

Diante da paralisação, o atendimento nas unidades de saúde fica reduzido. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) municipal também aderiu à paralisação e apenas 30% do efetivo está disponível.

Os servidores fizeram uma passeata, às 10h até a Prefeitura, fechando todas as pistas da Avenida Rio Branco, e ainda uma parada em frente ao Banco do Brasil, em apoio à greve dos bancários, e, na prefeitura, receberam o apoio do presidente do Sinpol, Djair Oliveira.Uma assembleia será realizada ainda nesta terça para discussão do movimento e possibilidade de greve.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sarah Marques disse:

    Até que enfim apareceu um sindicato para fazer algum em defesa da saúde e contra a inércia que tem marcada essa administração do prefeito Carlos Eduardo, já que o Ministério Público não toma nenhuma iniciativa contra as omissões da prefeitura com relação a saúde pública..

Pagamento dos servidores do Estado vai caindo "pingado"

Embora o Governo tenha emitido nota confirmando ter creditado o pagamento dos servidores, que ganham menos de R$ 3 mil, conforme anunciado, para esta segunda-feira (30), servidores da educação confirmaram a ausência do dos depósitos até 14h45, reclamação estendida até entre policiais militares.

Segundo nota do Governo, receberam ou receberão hoje, 30, os servidores da educação, saúde, segurança (Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e ITEP), efetivos da UERN e Defensoria Pública, e órgãos de arrecadação própria como Detran, IPERN e Idema. No dia 10 de outubro, terão seus salários creditados os demais servidores que recebem acima de R$ 3 mil.

Informações dão conta de um atraso da transação por parte do Banco do Brasil. Em decorrência da greve, através das redes sociais, tem sido visto servidores confirmando pagamentos, outros não. O que parece é que o dinheiro vai caindo “pingado” e não se descarta que outra parte entre na conta dos trabalhadores nesta terça-feira (30).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. sandoval disse:

    JA ESTAMOS COLHENDO OS FRUTOS DA COPA 2014 KKKKKKKKKKKKKKKKK

  2. Extra Classe disse:

    Estão fazendo o que querem do RN e não tem nada, nem ninguém que tome qualquer providência. Afinal o TJ e o MP receberam seus repasses, o resto que se vire e vá atrás do prejuízo. Quem se achar prejudicado que vá reclamar na justiça e veja o processo se arratar por anos sem fim. A triste realidade em que se encontra o RN, nem novela mexicana poderia fazer de forma mais cruel. Os Deputados discurssão no plenárioe não sai disso. Vamos chegar ao fim do Governo e o RN estará na pior situação que sua história econômica viu. Sabe o que vai acontecer? Vai sobrar aos servidores do executivo, que SEMPRE pagam a conta!

Servidores da Sesap são condenados por diárias fictícias administrativa

O juiz Airton Pinheiro, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Natal, condenou três servidoras públicas estaduais e um servidor público federal nas penas previstas na Ação Civil de Improbidade Administrativa movida pelo Ministério Público do Estadual. Eles são acusados de implementarem um sistema fictício de concessão de diárias na Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) no afã de enriquecer-se ilicitamente.

Na ação, aos réus é imputada a prática de atos de improbidade administrativa tipificados no artigo 9º, inciso XI (imputados Célia Maria Bulhões, Clélia Rejane Costa da Silva e Mailde Alves de Oliveira) 10º, inciso XII (imputado a João Albérico Fernandes) da Lei de Improbidade e requerendo suas condenações nas penas previstas no artigo 12 do mesmo diploma.

De acordo com o Ministério Público, Clélia Rejane da Costa Silva, valendo-se da sua condição de servidora pública estadual, e através da senha de sistema que negligentemente lhe teria sido repassada pelo então subsecretário adjunto da Sesap, João Albérico Fernandes, implementou um sistema fictício de concessão de diárias com o objetivo de enriquecer-se ilicitamente.

O MP explicou como funcionava o sistema: Clélia Rejane Costa da Silva, utilizando a senha de João Albérico Fernandes, pelo expediente da inserção de dados falsos no sistema de rede respectivo, elaborava Propostas de Concessão de Diárias (PCDs) em nome de Célia Maria Bulhões e Mailde Alves de Oliveira, sem que as mesmas fizessem jus à percepção de tais valores.

Quando o pagamento ingressava nas contas bancárias das beneficiárias, estas repassavam o valor depositado a Clélia, aperfeiçoando-se assim o engodo, à medida em que a mesma locupletava-se às custas dos valores de diárias pagos indevidamente pelos cofres estaduais.

Diante dos elementos instrutórios anexados aos autos, o juiz reconheceu que ficou suficientemente demonstrado que os réus praticaram ato de improbidade nos termos narrados na petição inicial e, em consequência, devem-se-lhes aplicar as sanções suficientes e adequadas dentre as previstas no art. 12, inciso I e II da Lei de Improbidade.

Ele esclareceu que, no caso, está-se a condenar os acusados ao ressarcimento ao Erário no valor de R$ 5.535,00, mais as atualizações legais, em decorrência da prática de ato de improbidade administrativa. “Desta forma, é imperioso esclarecer que a obrigação de ressarcir o Erário deve se dar em caráter solidário, dado que todos os demandantes concorreram para o que ato de improbidade fosse perpetrado”, destacou.

Condenações

O réu João Albérico Fernandes da Rocha foi condenado, nos termos do art. 12, II, da LIA, culposamente, às sanções de ressarcimento ao Erário, em caráter solidário com os demais réus, no valor de R$ 5.535,00, acrescido de correção monetária e juros legais desde a data dos pagamentos respectivos, além de pagamento de multa civil no valor de R$ 5.535,00 (uma vez o valor do dano), esta atualizada na forma do art. 1º-F da Lei 9494/97, a partir da publicação da sentença, por se tratar de multa arbitrada nesta data.

Já Clélia Rejane Costa da Silva foi condenada, nos termos do artigo 12, I, da LIA, às sanções de ressarcimento ao Erário, em caráter solidário com os demais réus, no valor de R$ 5.535,00, acrescido de correção monetária e juros legais desde a data dos pagamentos respectivos, bem como, na perda do cargo público junto à Administração Estadual e suspensão dos direitos políticos por oito anos.

As rés Célia Maria Bulhões e Mailde Alves de Oliveira foram condenadas, nos termos do art. 12, II, da LIA, dolosamente, às sanções de ressarcimento ao Erário, em caráter solidário com os demais litisconsortes, no valor de R$ 5.535,00 acrescido de correção monetária e juros legais desde a data dos pagamentos respectivos, além de pagamento de multa civil no valor de R$ 5.535,00 (uma vez o valor do dano), para cada uma, esta atualizada na forma do art. 1º-F da Lei 9494/97, a partir da publicação da sentença, por se tratar de multa arbitrada nesta data; bem como, na suspensão dos direitos políticos por cinco anos.

TJRN

Bolso: Governo do RN deve fracionar pagamento de salários

Será? Na tarde desta quinta-feira (26), por volta de 15h30, durante entrevista coletiva, vem tomando conta de Natal a possibilidade do anúncio da governadora Rosalba do fracionamento do pagamento dos salários. Ela ainda detalhará a grave crise financeira no Estado.

Segundo relatos, Governo do Estado deverá, em primeiro lugar, pagar os servidores do Detran, Educação, Idema, Saúde e Segurança, que possuem receitas próprias. Na sequência quem ganha até no máximo R$ 3 mil líquidos. O pior vem depois: acima do valor, somente a partir de 10 de outubro.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Esse governo é mesmo um desastre, como é que essa mulher não tem senso de responsabilidade e deixa o estado num caos desses?. Agora pergunto onde anda o Dep.Getúlio Rego, o Sen
    Zé Agripino que não falam nada nem tomam nenhuma atitude, como é que fica o povo com suas contas atrasadas?

  2. Sergio Nogueira disse:

    O Governo da Prefeita estadual acabou faz tempo.
    A falta de preparo de seus auxiliares, geralmente com experiência pública reduzida a uma cidade de interior cuja complexidade é muito menor, já apontava para onde estávamos indo.
    Como exemplo da total vocação para solução de problemas maiores, basta dizer da inexplicável não conclusão da Prudente de Morais até Emaús, dos acessos ao aeroporto, do terminal pesqueiro, da Divisão de homicídios, do hospital de trauma (aliás trauma é o que vai sobrar no RN), etc.
    Rezar para o estado suportar até dezembro de 14.

FARRA: com mais de 3200 comissionados, Senado tem mais indicados do que servidores

91abc1547cfa81a1dc9a08c88457a7a8A farra dos apadrinhados políticos corre solta pelos corredores do Senado Federal. Os 3.228 comissionados são maioria, ante os 3.037 funcionários de carreira. Segundo o Portal da Transparência, neste ano, a Casa admitiu 588 pessoas para ocuparem esse tipo de posto de confiança, o que corresponde exatamente ao dobro do número de nomeados desde o último concurso público, feito em março de 2012: 294 servidores — em 2013, apenas dois tomaram posse.

As admissões políticas acontecem a despeito do anúncio de redução de gastos, feito pelo presidente Renan Calheiros, por meio do congelamento de nomeações e, inclusive, do corte das contratações de confiança. “É, no mínimo, questionável que o Senado esteja aplicando a política de austeridade para seleções públicas e, ao mesmo tempo, nomeando quem lhe interessa para ocupar cargos comissionados”, diz o subprocurador-geral da República Francisco dos Santos Sobrinho, membro da 1ª Câmara de Coordenação e Revisão do Ministério Público Federal, que trata de denúncias de concursos.

Além disso, esses funcionários terceirizados não custam barato. Apesar de a média salarial de um comissionado ser menor que a de um servidor efetivo — R$ 6,5 mil ante R$ 24,9 mil, respectivamente —, um apadrinhado pode chegar a receber R$ 17,1 mil, segundo a tabela divulgada pela Casa legislativa no Portal da Transparência. Assim, a despesa mensal com esse tipo de trabalhador ultrapassa os R$ 20 milhões.

Correio Braziliense

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. jesuino evangelista de souza disse:

    pode ser legal mais é imoral e ai diz que vamos mudar através do voto nosso voto não muda nada com esse tipo de gente que faz toso tipo de corrupção passiva ativa pra continuar no poder

  2. Jorge Rezende de Jesus disse:

    O Senado parece mais um bando de imorais do que uma casa legislativa.No fundo eles (servidores e senadores) debocham do cidadão que param os seus salários.Isto é fruto da certeza da impunidade. Isso me dá vontade de vomitar.

Juíza determina quebra de sigilo fiscal e bancário de servidores da Sesap

A juíza Flávia Sousa Dantas Pinto, da 2ª Vara da Fazenda Pública de Natal, determinou a quebra dos sigilos fiscal e bancário de dois servidores da Secretaria Estadual de Saúde Pública do RN (Sesap) em virtude deles responderem a uma Ação de Improbidade Administrativa, sendo acusados de, dolosamente, inseriram no Sistema Integrado para Administração Financeira (Siafi), dados falsos relativos a despesas inexistentes, contemplando diárias fictícias.

A magistrada também deferiu o pedido do Ministério Público de indisponibilidade e sequestro de bens dos dois servidores, assim como que seja oficiado aos Cartórios de Registro Imobiliários das Comarcas de Natal, Parnamirim, Nísia Floresta e Ceará-Mirim; ao Detran; e às instituição financeiras com agências em Natal, determinando a indisponibilidade de todo e qualquer bem ou valor titularizado em nome dos dois acusados.

Na ação, o Ministério Público alegou que os acusados, na condição de servidores da Sesap, dolosamente inseriram no Sistema Integrado para Administração Financeira, dados falsos relativos a despesas inexistentes, contemplando diárias fictícias alusivas ao objeto do Convênio nº. 051/01, do Projeto Alvorada daquela secretaria, bem como referentes aos serviços de controle de endemias.

Os demais acusados na mesma ação, por sua vez, alguns servidores públicos e outros totalmente alheios à administração pública, agiram fornecendo seus dados pessoais e bancários para servirem ao abastecimento do Siafi, possibilitando que se creditassem, em seus nomes, os valores fictícios das diárias pagas pela Sesap.

Através da inserção de dados fictícios no Siafi, foram geradas ordens e depósitos bancários que importaram na subtração de recursos públicos no montante de R$ 236.665,00, vantagem indevida auferida pelos acusados, gerando o enriquecimento ilícito a que se refere o artigo 9º da Lei de Improbidade Administrativa.

Decisão

No caso em análise, a magistrada reconheceu os indícios suficientes de prática do ato de improbidade, a isto somando-se que o risco de alienação das propriedades móveis e imóveis pelos acusados – o que inviabilizaria o ressarcimento ao erário e o pagamento de eventual multa a ser arbitrada por aquele juízo –, deferiu o pedido de indisponibilidade de bens suficientes à garantia de eventual juízo de procedência da ação, o que fez em relação apenas aos dois servidores, apontados pelo Ministério Público como mentores e executores diretos dos desvios.

Ela levou em consideração que, pelos elementos anexados nos autos, ficou demonstrado que os acusados não só detinham a execução dos atos que importaram nos desvios, mas eram os principais destinatários dos valores obtidos através das ordens bancárias.

Com relação à quebra do sigilo bancário e fiscal, entendeu a juíza que tal medida é de suma importância para o esclarecimento dos fatos em análise, ao permitir a individualização das condutas e das responsabilidades, pelo fato da maioria das defesas prévias apresentadas terem se pautado na alegação de mero “empréstimo” das contas bancárias com o consequente repasse de tais valores para as pessoas dos dois servidores da Sesap, réus do processo.

TJRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. bob maia disse:

    TUDO QUE NÓS,ELEITORES E CONTRIBUINTES, DESEJAMOS É QUE REALMENTE SEJA TUDO APURADO! POIS SE ASSIM NÃO O FIZEREM ESTAREMOS CAINDO NA MESMICE DO CASO "UBARANA" ONDE ATÉ AGORA SÓ PEIXES MIÚDOS FORAM APANHADOS! E OS DESEMBARGADORES?? OU DESEMBARGADORES ESTÃO AUTORIZADOS A METEREM AS MÃOS NOS ERÁRIOS PÚBLICO? EU, PENSAVA QUE PARA A JUSTIÇA O PAU QUE BATE EM"CHICO, ALCANÇA TAMBÉM FRANCISCO!

Servidores do Itep e Polícia Civil montam "acampamento" no Centro Administrativo e pedem resposta

Os servidores em greve da Polícia Civil e Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) do Rio Grande do Norte estão acampados em frente ao prédio da Secretaria Estadual da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), no Centro Administrativo, desde o início da manhã desta sexta-feira (13).

Segundo Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol/RN), os grevistas disseram que só saem do local após uma resposta do Governo sobre a pauta apresentada desde o início da semana.

Servidores da Saúde do Rio Grande do Norte suspendem greve

Uma trégua sob supervisão. Será o que os servidores da saúde farão a partir da noite desta terça-feira (3), quando suspenderão a greve que completou mais de 30 dias no início deste mês. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Servidores da Saúde (Sindsaúde).

O Sindsaúde destaca que apesar do fim da paralisação, o estado de greve continua, e caso o Governo não cumpra as propostas da categoria, os servidores voltarão com a suspensão das atividades.

Entre as principais reivindicações expostas ao Governo para acordo estão o compromisso de corrigir a tabela do Plano de Cargos, Salários e Remuneração (PCCR), e implantar a tabela correta, com o internível (diferença de 3% entre os níveis). O calendário para a implantação proposto pela secretaria prevê o pagamento em março/2014 (nível elementar); abril/2014 (nível médio) e maio/2014 (nível superior). A tabela seria resultado do trabalho da comissão do PCCR, que prepararia um Projeto de Lei a ser enviado à Assembleia Legislativa.

Sobre as convocações dos concursados, a novidade foi o anúncio de 11 médicos para o Cerest, e em outubro, a convocação de profissionais para a Região do Seridó, mas sem quantidade definida. Na reunião de sexta, o secretário Luiz Roberto Fonseca chegou a estimar entre 40 e 50 o total de convocados para o Seridó

Governo anuncia suspensão de cortes dos pontos de servidores em greve

O Governo do Estado recuou sobre a questão do corte do ponto dos servidores em greve. A informação foi confirmada no final da manhã desta sexta-feira (30) pela Secretaria de Comunicação do Estado. Contudo, o mês a medida se refere ao mês atual, ficando setembro a ser avaliada ou aplicada à pena.

O Governo do Estado afirma que tomou a decisão no período em que as negociações avançam com algumas categorias em greve no Estado, como foi o caso dos professores, que encerram a greve nessa quinta-feira (29).