Mineiro: “Fim da estabilidade para servidores é mais um assalto dos golpistas”

“Depois de assaltarem o setor privado, estão de olho no setor público”. A afirmação do deputado estadual Fernando Mineiro (PT), na sessão plenária desta quinta-feira (5), se refere à aprovação do fim da estabilidade para servidores/as públicos/as. O Projeto de Lei Substitutivo 116/2017 passou pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado, nesta quarta (4), e prevê a demissão, em todos os Poderes e níveis, por “insuficiência de desempenho”.

Para Mineiro, a matéria segue o diapasão do que vem ocorrendo no Brasil pós-golpe. Primeiro veio a reforma trabalhista e agora o fim da estabilidade no setor público. “Está em curso um projeto de destruição total do Estado brasileiro”, denunciou.

“Todos querem a melhoria do serviço público, mas isso só é possível com valorização e reestruturação do servidor”, destacou o parlamentar. “Esse é o filme que já conhecemos, da diminuição do Estado e demonização do servidor, para desviar o debate do que de fato é importante”.

Mineiro questionou, ainda, como votará a bancada federal nesta matéria, que irá para a Câmara depois do Senado. “Penso que a senadora Fátima Bezerra e a deputada Zenaide Maia serão as únicas, por coerência, a se posicionarem contra. Os demais também sabemos, pelo histórico de apoio ao desmonte dos direitos dos trabalhadores”, observou.

“Estão destruindo conquistas não dos governos Lula e Dilma, mas direitos garantidos desde a Constituição de 1988”, apontou Mineiro. “A sociedade e os servidores precisam estar atentos à tramitação desse projeto”.

COMENTE AQUI

#LulaNaCadeia  08/10/2017

E a moleza de muitos servidores não seria um assalto ao contribuinte? - Responder

Xavier  07/10/2017

"ALERTA" ESSA AVALIAÇÃO QUE VOCÊ ALMEJA PARA OS POLÍTICOS JÁ ACONTECE DE 4 EM 4 ANOS...CHAMA-SE ELEIÇÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!SÓ FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DE PÉSSIMA QUALIDADE E ESQUERDOPATAS DEBILÓIDES CRITICAM UMA LEI COMO ESSA !!! - Responder

LULADRÃO  06/10/2017

Esse forasteiro deveria ir embora daqui. Mais um sindicalista profissional que se vale do sindicato para se eleger. Nunca deu uma aula e aproveita da ingenuidade dos professores para manter a mordomia como político carreirista. - Responder


+ Ver todos os comentários

IMPEACHMENT: Mineiro acredita que divergência dos Alves seja reflexo da divergência do PMDB

MINEIROO PMDB está divido atualmente quanto ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff acatado pela Presidência da Câmara dos Deputados. Atulamente, o senador Garibaldi Alves é contra, o deputado federal Walter Alves é a favor e o ministro Henrique Alves em cima do muro.

O deputado estadual Fernando Mineiro, do PT, disse ao blog que acredita que essa divergência posicionamentos quanto ao processo seja reflexo da divisão interna do próprio PMDB, que tem o vice-presidente da República.

“É normal que não se tenha uma unanimidade [no PMDB]. O meu desejo era que não tivesse essas contradições e que todos estivessem ao lado da presidente. Faz parte do próprio sistema partidário brasileiro. É reflexo da própria divergência do partido. Isso só vai mudar, quando a população mudar o voto”, disse.

Mineiro aproveitou para reiterar seu posicionamento quanto à nova fase de investigação da Operação Lava-Jato, que cumpriu mandados de prisão na casa do ministro Henrique Eduardo Alves.

“Ninguém está acima da lei. Desejo que as apurações transcorram o mais rápido o possível e que quem for culpado que seja penalizado e que quem for inocente que seja inocentado. Não faço julgamento”, completou.

COMENTE AQUI

paulo  17/12/2015

BG. É muita cara de pau e óleo de peroba deste deputado e ainda quer ser prefeito de Natal, era só o que faltava. - Responder

Bruno  16/12/2015

Pelo amor de Deus! O que leva uma pessoa a defender este desgoverno? É orgulho? Não quer admitir que votou errado? Amigo, você está se prejudicando! Seu país está afundando! Você é cego? Acorde! Vá ao supermercado! Veja o preço da gasolina! Veja essa aliança podre que sempre existiu entre PT e PMDB. Aliança feita pra roubar o Estado brasileiro. São mais de 30 ministérios para acomodar ladrões. A Petrobras e as estatais são tetas pra alimentar mais ladrões! Livre-se do populismo. A esquerda nunca construiu nada em nenhum lugar deste planeta! - Responder

Luciana Morais Gama  16/12/2015

Temos que acabar com o PT no Brasil e os ALVES no Rio G do Norte. - Responder


+ Ver todos os comentários

[FOTO] Mineiro e George Câmara tentam soltar responsáveis por rasgar Pixuleco e Bandilma

IMG_2656

O deputado estadual Fernando Mineiro e o secretário estadual do Esporte (SEL) George Câmara já estão na delegacia. Eles estão lá para tentar soltar os dois rapazes que confessaram ter rasgado os bonecos da Bandilma e do Pixuleco durante um protesto contra a corrupção no final da tarde de hoje.

Os integrantes do movimento Vem Pra Rua, que defende o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, estavam realizando o protesto com os dois bonecos que representam a presidente Dilma e o ex-presidente Lula, quando dois jovens militantes petistas, integrantes do movimento União da Juventude Socialista (UJS) praticaram o ato de vandalismo. A Polícia Militar foi acionada e, diante do flagrante, conduziu os dois para a delegacia. Mineiro tenta ajudar a soltar os dois o mais rápido possível. O secretário George Câmara também.

Pelas informações do próprio UJS, participaram do ato Wangle Alves e outro ainda não identificado.

COMENTE AQUI

Elves Alves  22/10/2015

Eis aí para que serve a distinta representação popular dos potiguares: para apoiar e perpetuar o vandalismo da politicagem mais corrupta que existe. - Responder

Carlos  22/10/2015

Foram eles no minimo que mandaram.... Essa pessoa aí que foi presa é pau mandado - Responder

Alex  22/10/2015

Típico de esquerda, para os camaradas, camarão. Mas o que acho mais engraçado nesse povo de esquerda é ver as marcas dos seus tênis, smartphones, o que comem, o que bebem, dai tu descobre que 99% dessas coisas é, como eles dizem com repulsa, do imperialismo americano.... Eita povo nojento e hipócrita (vide a nojenta mor - Socialista Morena) - Responder


+ Ver todos os comentários
Ubiratan  17/03/2015

Vou acreditar no politico quando ele e sua familia passar a utilizar dos serviços publicos. Colocar seus filhos na escola publica, utilizar o sus como seu plano de saúde e usar em algumas vezes o transporte público. - Responder

soares  16/03/2015

Qual político matricula seu filho em escola pública, leva seu filho em hospital público, usa transporte público, confia na segurança pública? Democracia é ter direito a serviços públicos de qualidade, igualdade de oportunidades, salário do motorista, por exemplo não ser tão distante do salário da autoridade transportada por ele: Portanto considerar o Brasil uma democracia apenas porque temos a "obrigação" de votar e o direito de espernear é não saber ou não querer que o povo saiba o que é Democracia - Responder

Dorothea Wanderley  16/03/2015

Caso a bem-vinda intervenção militar ocorra terei imenso prazer em comparecer ao seu embarque para o exílio não em MG mas em CUBA. - Responder


+ Ver todos os comentários

Mineiro critica gastos com publicidade enquanto falta verba para sementes

804613013c1da15cc0221e6b73480dd4 O deputado Fernando Mineiro fez um pronunciamento criticando o governo por não ter pago dívidas da distribuição de sementes, quando, em paralelo, anuncia gastos dar ordem de R$ 4 milhões com propaganda e publicidade para campanhas educativas do Detran RN.

A dívida de 2013, em torno de R$ 3 milhões, com a empresa que ganhou a licitação para a venda de sementes ainda não foi paga, e como a mesma empresa será a distribuidora de sementes este ano, condicionou a entrega do produto ao pagamento.

“O governo ainda não começou a distribuição aos agricultores. Já houve nova licitação, para esse ano, mas a empresa só entregará o produto ao governo, se for paga a dívida do ano passado. Olhe que situação, a dos agricultores que já estão preparando as suas terras e dependem do governo para plantar”.

Mineiro questionou os gastos com propaganda e publicidade num momento em que além da falta de pagamento para o fornecimento de sementes, há precariedade em serviços como a educação, a saúde e o funcionamento de setores como um todo.

ALRN

COMENTE AQUI

Polarização entre Mineiro e Fátima se resume o PT no RN

Pelos números oficiais, a apuração da eleição para o diretório estadual do Partido dos Trabalhadores, que ainda não terminou, indica que a chapa liderada pelo atual presidente, vereador Eraldo Paiva, de São Gonçalo do Amarante, está liderando, com 1.701 votos. À frente da chapa encabeçada por Olavo Athayde, que tinha 1.515 votos. Projeções internas apontam para a vitória de Eraldo Paiva, que integra a tendência petista liderada pelo deputado estadual Fernando Mineiro. Olavo é do grupo da deputada federal Fátima Bezerra.

O grupo de Mineiro e Eraldo Paiva foi o vencedor nas principais disputas com o grupo de Fátima Bezerra. Gilberto Diógenes venceu em Mossoró, Gilberto Costa em Caicó, Juliano Siqueira ganhou em Natal e o grupo também conquistou os quatro diretórios zonais de Natal.

POLARIZAÇÃO

As eleições diretas internas do PT mostraram uma polarização entre os grupos de Mineiro e Fátima, com ampla vantagem para o primeiro. As apurações devem ser encerradas nesta segunda-feira.

Há duas semanas, o diretório estadual aprovou por dez votos a três uma resolução que estabelece como prioritária a candidatura de Fátima Bezerra ao Senado e autoriza a comissão política estadual do partido a reiniciar conversações com outras legendas.

Mineiro anunciou a retirada do projeto de pré-candidatura ao Governo do Estado, mas os petistas que questionam a aproximação com o PMDB aumentaram o tom das críticas e questionamentos.

Muitos petistas, como o presidente do diretório municipal do PT em Natal, Juliano Siqueira, e o próprio Mineiro, ameaçam não subir no palanque se o PMDB estiver coligado, mesmo na chapa proporcional, com o DEM do senador José Agripino e da governadora Rosalba Ciarlini.

COMENTE AQUI

Em artigo, deputado Fernando Mineiro “detona” projeto de reestruturação da Avenida Roberto Freire

1240619_647213158646576_1549570425_nCharge: Ivan Cabral

Uma via expressa de 260 milhões entre um engarrafamento e outro

O projeto de reestruturação da Av. Roberto Freire (Natal – RN) é a mais completa tradução da desarticulação e falta de prioridade e planejamento dos nossos governantes. Com o custo de 259 milhões de reais, a obra prevê construção de novas faixas para carros, ônibus, ciclovias, canteiros, viadutos, passarelas e túneis entre o Viaduto de Ponta Negra (sobre a BR 101) e a Av. Praia de Tibau (Conjunto Ponta Negra). De responsabilidade do governo estadual (a avenida é uma RN), o projeto já licitado e contratado foi elaborado de forma unilateral, sem um debate mais aprofundado e qualificado com a população e com especialistas na área, e sem a devida articulação com os órgãos responsáveis pela mobilidade urbana em nossa cidade.

Que a atual avenida requer intervenções e melhorias para otimizar o seu uso e o fluxo de veículos, não resta a menor dúvida. Mas diante do volume de recursos destinados à obra (que terá um custo médio de cerca de 60 milhões de reais por Km) a questão é: esta obra é prioritária para o enfrentamento dos graves problemas de mobilidade urbana na região e em nossa cidade? E a resposta é NÃO.

Longe de apontar soluções para a melhoria dos transportes públicos e de massas, o projeto de reestruturação da Av. Roberto Freire anda na contra mão e atropela o bom senso ao ter como foco o transporte individual. Na verdade, o que se quer construir em plena área urbana é uma via expressa de 4 km entre um engarrafamento e outro.

“Solução” adotada em várias cidades do mundo há 50 anos, quando prevalecia a ideologia do uso e da primazia do transportes individuais para deslocamento e acessibilidade das pessoas aos bens e serviços, as vias expressas isoladas em áreas urbanas estão sendo substituídas por projetos de mobilidade com prioridade para transportes públicos coletivos. Estes incorporam vários modais, de forma a garantir sustentabilidade e melhor qualidade de vida nos centros urbanos.

O projeto de reestruturação da Av. Roberto Freire, da forma como está concebido, mudará significativamente o perfil daquela que é uma das nossas mais belas avenidas, avançando por uma faixa do Parque das Dunas (que é uma unidade de conservação), impactando negativamente a rede de oferta de comércio e serviços ali estabelecidos e, o que é pior, em nada ou em muito pouco contribuindo em soluções para os nossos gravíssimos gargalos na área de mobilidade.

Tivessem nossos gestores visão de futuro e prioridades administrativas, os 260 milhões de reais disponibilizados pelo governo federal para obras de mobilidade urbana em nossa cidade seriam melhor aproveitados em obras que, de fato, enfrentem os graves problemas de mobilidade, não só da Av. Roberto Freire, mas também de outras tantas vias públicas de Natal e, mesmo, de nossa região metropolitana.

Mas o que esperar de um (des)governo que paralisou o estado e não consegue concluir obras como os acessos ao aeroporto de São Gonçalo do Amarante, o prolongamento da Prudente de Morais e o Pró-Transporte?

A sociedade e os órgãos de controle precisam reagir e debater o projeto da Avenida Roberto Freire, cobrando da #desastRosa gestão do DEM a abertura necessária para o acatamento de sugestões e de opiniões. Mesmo já assinado o contrato, como ainda não foram elaborados o projeto executivo e o EIA-RIMA, ainda é tempo de se evitar o desperdício de recursos públicos.

Deputado Fernando Mineiro

COMENTE AQUI

Sofia Fernandes Medeiros  20/09/2013

O único deputado do PT do RN, continua sua falácia sobre problemas que não entende para destilar um ódio e uma verborragia rasteira sem qualquer conteúdo. Já que critica, por que não aponta soluções? Óbvio, que a resposta é clara, não às tem. O deputado Mineiro é FRACO. Fraco de tudo, de conteúdo e essência. Aliás, o PT do RN é mais fraco do que caldo de galinha kinor, já dizia o CAPO Lula. Todavia, parte da imprensa que integrante da bancada remunerada dos PETRALHAS, sempre reverbera opinião desse inútil. Minha gente, vamos nos ocupar com críticas sérias e que tenha, algum conteúdo útil para o Estado. O projeto é da Av. Roberto Freire é ruim, tá... Então apontemos seus problemas e suas soluções. Vão atrás de quem entende para poder criticar com substância, não façam como esse Petralha que só enxerga aquilo que lhe é útil. Perguntem ao Mineiro, por exemplo, sob osmdesvios financeiros do PAC I e do PAC II do Governo da Dilma. E sobre os desvios dos diversos Ministérios que ela loteou, alugou ou vendeu a políticos safados e aliados dela, como agora o escândalo da vez, que é o Ministério do Trabalho. Vamos ver o que ele diz. Ei, Mineiro, o ministério do Trabalho é do PT e não do PT. Ais, todos os ministérios são do PT, pois é a Presidente Dilma quem nomeia e hesite. É dela a responsabilidade. Diga alguma coisa, cara pálida., ou será cara de Pau. Soube que EL, Mineiro, não gosta de ser questionado. Será? Dizem, que só gosta de falar dos outros. Quando é da turma dos colegas PETRALHAS, ele fica brabo com jornalistas. Será? Envia pra ele umas perguntas, BG. - Responder

VALDOMIRO DINIZ  20/09/2013

O projeto da Av. Eng. Roberto Freire vai ser igual ao Pró-Transporte da Av. das Fronteiras da Zona Norte, o dinheiro desapareceu, as indenizações não foram concluídas e o único viaduto está inacabado. Tudo isso começou na gestão de Carlos Eduardo e quatro anos depois ele volta a Prefeitura de Natal e que mais dinheiro para terminar as obras que iniciou e não terminou. Isto é uma VERGONHA PARA NATAL E RN. - Responder

Bôsco Leitão  19/09/2013

É importante que a imprensa faça matérias com a av. Airton Senna, a mesma encontra-se em estado lastimável. Completamente esburacada, muito mato no que resta dos canteiros, iluminação deficiente, espaços públicos sem ocupados indiscriminadamente , faixas e placas sem nenhum controle, enfim entregue a própria sorte. - Responder


+ Ver todos os comentários

Mineiro volta a criticar o Governo e Kelps pede "atitude nova" para 2014

Untitled-2O deputado Fernando Mineiro voltou a criticar o governo pela falta de projetos para o RN. O parlamentar disse que “concluídos 32 meses de gestão, o atual governo ainda não disse a que veio”.

O deputado disse ainda que há um reconhecimento tardio de que as forças políticas que ganharam em 2010 de fato não tem um projeto político para o Estado. “Não temos como ajudar e criaram um mundo particular sem alternativas. No meu ponto de vista o governo já acabou, mas formalmente tem até dezembro de 2014”, afirmou.

Fernando Mineiro também frisou que o momento não é para se falar nas eleições de 2014. “A causa desse caos é a ausência de projetos políticos, porque tratamos o Estado como se fosse uma capitania hereditária”, disse.

Em aparte, o deputado Kelps Lima (sem partido) disse que é necessário ter uma atitude nova: “A discussão não é de quem vai ser candidato o próximo ano e nem acho que a discussão seja de nome novo. Vamos promover debates estruturantes, pois é preciso uma atitude nova daqui para a frente, pensar por exemplo na possibilidade de educação para as nossas crianças”, disse.

COMENTE AQUI

Mineiro cobra revisão de contrato de R$ 11 milhões do Governo do RN com Arena das Dunas

MineiroO deputado estadual Fernando Mineiro (PT) apresentou requerimento, na sessão desta quarta-feira (9) da Assembleia Legislativa, para que seja analisada a possibilidade de suspensão do contrato de R$ 11 milhões do Governo do Estado com a concessionária que administra o Estádio Arena das Dunas, que sediou a Copa do Mundo de 2014 em Natal.

No requerimento, Mineiro pede que “sejam observadas as questões relacionadas ao reequilíbrio econômico e financeiro do contrato”. “Quando a Arena foi construída, o país e o estado passavam por outra situação financeira. Além disso, há a questão de que na época da construção foi dito que o empreendimento seria superavitário. O governo precisa estudar a possibilidade de suspensão desse contrato. Além de saber se todos os itens do documento estão sendo cumpridos”, ponderou.

O Governo do RN repassa mensalmente R$ 11,7 milhões à concessionária Arena das Dunas. A decisão de cobrar a revisão do contrato se deu após o anúncio do Governo de Pernambuco da suspensão do contrato com a Arena Pernambuco.

“Aqui no RN, há um estudo sendo feito pelo Tribunal de Contas do Estado neste sentido”, observou Mineiro. Ele disse que irá apresentar, ainda, novo requerimento solicitando informações sobre o andamento do processo.

Para Mineiro, o governo deve fazer sua própria análise em paralelo ao TCE. “É preciso questionar se os itens do contrato estão sendo cumpridos, se é possível modificar o valor de R$ 11 milhões repassado mensalmente e repactuar novas bases”, completou.

COMENTE AQUI

Flavio Andrade  09/03/2016

Tão zeloso e inteligente nosso Deputado. Se agisse assim com tanto afinco em outras esferas o Brasil estaria melhor,com certeza! - Responder

Bismarck P. Sátiro  09/03/2016

Deveria questionar o valor da obra, que na época acho que dobrou o valor, isso sim tem que ser revisto. - Responder

Sergio Nogueira  09/03/2016

Sobre os fantasmas da ALRN ele não faz muito mais que gastar saliva. Petista vive de cortina de fumaça. Petistas do RN: aproveitem seus dias porque em outubro e em 18 vocês só serão vistos na fila do SINE. - Responder


+ Ver todos os comentários

PT emite nota de apoio a Mineiro, qualifica cena como “agressão” e afirma não aceitar intolerância

O diretório estadual do PT emitiu uma nota na noite desta segunda-feira (16) se solidarizando com o deputado estadual Fernando Mineiro que foi alvo de achincalhamento de manifestantes anti-PT em um shopping de Brasília. Na nota, o partido apoia o parlamentar, classifica episódio como agressão e garante que o partido não aceitará a intolerância.

Confira a nota na íntegra:

Nota de apoio ao deputado Fernando Mineiro pelas agressões verbais sofridas em  Brasília

O Partido dos Trabalhadores do RN presta solidariedade ao deputado estadual Fernando Mineiro que foi hostilizado ontem (15 de novembro), em um shopping em Brasília (DF).

Mineiro foi participar, como Presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do RN, de uma sessão solene no Senado, de iniciativa da senadora Fátima Bezerra, em homenagem aos 100 anos de Djalma Maranhão.

Durante seu jantar, um grupo de facistas potiguares que também estavam no local, proferiram agressões verbais e xingamentos contra o deputado que não revidou.  Os agressores só pararam, mediante a chegada dos seguranças do shopping.

O deputado Fernando Mineiro representa um dos principais quadros do PT no estado, sendo um dos parlamentares mais atuantes na Assembleia Legislativa e tendo uma vida pública de inquestionável ética.

Nós do PT do RN, não aceitaremos à intolerância.  Para nós, a política se discute com ideias, com participação popular e democracia.

Executiva  Estadual do PT/RN”

COMENTE AQUI

beto costa  16/11/2015

vamos parar com essa "estória de intolerancia"... passar a vida chamando todos e tudo de corruptos e isso e aquilo, sóm poderia um dia voltar com esse tipo de explosão de confrontos.. Esse pt do rn é uma porcaria, sem expressão, sem produção politica nenhuma, com bando de abutres sindicalizados e usufrutuários de nossos impostos.. Intolerância é a praticada por aqueles que desprezam a produçao de vida e de sucesso de dezenas de anos lá no passado, com erros e acertos. Inuteis e incapazes! ponto! - Responder

Luciana Morais Gama  16/11/2015

Kkkk, foi isso que o PT fez a vida inteira, intolerância. Agora são vitimas???? - Responder

Carvalho  16/11/2015

A questão é que a população não atura mais a incompetência, as obras inacabadas, a corrupção, a hipocrisia e o caos administrativo, que são as principais marcas do maldito governo do PT. No entanto toda forma de manifestação tem que ser ordeira, mansa e pacífica. Mas tem gente que pensa da seguinte forma: todo castigo pra PTista é pouco. - Responder


+ Ver todos os comentários

Fernando Mineiro: “A saída de Fátima do Governo não implica em rompimento”

mineiro
Foto: João Gilberto / ALRN

O deputado estadual Fernando Mineiro, líder da bancada governista na Assembleia Legislativa, esteve em contato com o blog na noite desta segunda-feira (19), após o anúncio da senadora Fátima Bezerra de entregar os cargos que possui no Governo do Estado. Para o petista, a decisão da companheira de partido não significa rompimento do partido com o governador Robinson Faria ou com a gestão.

Mineiro também disse que respeita a decisão de Fátima e enfatizou que, mesmo com a entrega dos cargos, o PT continua na base. “Respeito a decisão. Foi uma decisão de um grupo político, que entendeu ser a melhor. A própria senadora Fátima afirmou que não se trata de rompimento com o Governo. A saída de Fátima não implica em rompimento do partido com o Governo”, frisou.

O deputado também falou sobre a manutenção da função de líder na Assembleia Legislativa, já que circulou a informação no WhatsApp de que o próximo passo seria e entrega do posto. Mineiro destacou que continua líder e que a decisão cabe ao governador Robinson. “A liderança é uma decisão do governador. Exerço a contive dele”, reforçou.

O blog já havia noticiado o caso no início da tarde de hoje e tido a informação de que a senadora entregaria os cargos, mas que não estava rompendo com o governo no post: Senadora Fátima Bezerra entrega cargos no Governo na noite desta segunda. A entrega foi confirmada por volta das 18h.

COMENTE AQUI

Jefferson  19/10/2015

Pro PT nada é o que é, mas o que eles acham que pode ser kkkk - Responder

Rodrigo  19/10/2015

BG, pelo amor de Deus, entrega os cargos não é rompimento? Esses petistas é o tempo todo tentando enganar o povo com mentiras. Se isso não for rompimento é o que? É bom o governador sair fora dessa gente, só assim vai fazer um grande governo. - Responder

Mineiro é eleito parlamentar do ano pelo comitê de imprensa da Assembleia

Os jornalistas que cobrem a Assembleia Legislativa (AL) elegeram, na manhã de hoje, o deputado estadual Fernando Mineiro, do Partido dos Trabalhadores, como parlamentar do ano.

O comitê de imprensa da Casa é composto por 42 membros. Votaram neste ano 32 dos jornalistas cadastrados. Mineiro foi escolhido por 16 votantes. Em segundo lugar ficou o deputado estadual Agnelo Alves (PDT), com 7 votos.

Também foram votados a deputada estadual Márcia Maia (PSB), o deputado estadual Walter Alves (PMDB) e a deputada Larissa Rosado (PSB). Cada um teve um voto. Foi computado somente um voto nulo.

A entrega da comenda parlamentar do ano ocorrerá em almoço de confraternização do comitê de imprensa, que será realizado no dia 10 de dezembro, no restaurante Fogo & Chama.

COMENTE AQUI

Rosalba interrompe Mineiro em conferência e os dois se estranham

 

Untitled-1O deputado estadual Fernando Mineiro(PT) e Governadora Rosalba “bateram boca” na manhã desta terça-feira(3). A causa do “desentendimento” se deu após a interrupção da fala do representante do Partido dos Trabalhadores no Rio Grande do Norte sobre à Lei de Resíduos Sólidos. O parlamentar, por sua vez, resumiu a atitude da Rosa. “Ela passa por um momento difícil”.

COMENTE AQUI

Mineiro faz críticas a gastos do Governo com base em relatório do TCE: "O governo maquiou os dados da Educação"

O deputado Fernando Mineiro-PT criticou esta tarde a prestação de contas do governo, referente ao ano passado, com base em relatório do Tribunal de Contas do Estado –TCE, que aprovou o documento com ressalvas.

Mineiro disse que o Executivo gastou mais em diárias e em publicidade do que no setor de Saúde, onde o investimento foi inferior ao exercício de 2010. Para o deputado “não falta recursos no Estado. O que falta é uma definição de prioridades”.

“De acordo com o relatório do TCE, o Estado só investiu 3,70 por cento do orçamento executado. Além do baixo rendimento no setor de Saúde, o governo maquiou os dados da Educação. É preciso que seja dada uma resposta concreta à sociedade sobre a real situação do Estado”, afirmou.

Mineiro disse ainda que foi criada uma cultura de se descumprir os planos de cargos e salários, sob a alegação de falta de recursos, quando o que se constata é a falta de definição de prioridades para os gastos do governo.

COMENTE AQUI