Com 1647 vagas e quase 46 mil inscritos, Concurso da Secretaria de Saúde de Natal será realizado neste domingo

Quase 46 mil pessoas farão as provas do concurso público para provimento de cargos da Secretaria Municipal de Saúde do Município de Natal, no próximo domingo (20). São 1.647 vagas, sendo 761 para nível médio e 886 para superior, abrangendo 22 especialidades médicas. As provas serão aplicadas das 8h às 12h para os candidatos de nível superior e das 14h às 18h para os de nível médio. A realização do concurso da Saúde é de responsabilidade da Secretaria Municipal de Administração em convênio com o Núcleo Permanente de Concursos – Comperve, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

A presidente da comissão do concurso, Leila Medeiros, chama a atenção dos candidatos para os horários de abertura e fechamento dos locais de acesso às provas. Pela manhã, o acesso será permitido entre 7h20 e 8h e na parte da tarde, das 13h20 às 14h. Cada candidato tem acesso à informação sobre o seu local de prova pelo site da Comperve: www.comperve.ufrn.br/conteudo/concursos/sms_201801/localdeprova.php usando suas chaves de acesso.

“É importante que os candidatos conheçam o local de realização das provas na véspera, indo ao local. E no dia, sair de casa cedo, levando em consideração o trânsito para chegar ao local, para não correr risco de atrasos”, alerta Leila Medeiros. A Comperve deve disponibilizar um mapa do Campus da UFRN em seu site, para facilitar a localização para os candidatos. Para a realização das provas de nível superior são 30 locais especificados pela Comperve e 25 para a aplicação do certame para os candidatos de nível médio, todos em Natal.

De acordo com o Edital do concurso, para o candidato ter acesso à sala das provas, deverá apresentar o original do mesmo documento de identificação utilizado em sua inscrição. Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar o mesmo documento, por motivo de perda ou roubo, por exemplo, deverá apresentar documento expedido há, no máximo, 90 dias, que ateste o registro da ocorrência em órgão policial, o Boletim de Ocorrência. Uma observação feita no Edital é de que não será aceita carteira de estudante ou cópia de documento de identidade, ainda que autenticada, nem protocolo de documento. Para realizar o concurso, o candidato deverá comparecer ao local munido de caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente.

Durante a realização das provas, não será permitido portar arma, celular (ligado ou não), relógio de qualquer tipo, calculadora, câmera fotográfica ou qualquer outro tipo de aparelho eletrônico, óculos escuros, boné, protetores auriculares, dicionário, apostila, livro ou qualquer outro material didático do mesmo gênero, corretivo, lápis grafite ou lapiseira, marcadores de texto, borracha e outros. A Comperve recomenda que o candidato não leve nenhum desses objetos citados e, caso estejam portando, ao entrar na sala deve guardá-lo na embalagem porta-objetos fornecida pela equipe de aplicação do concurso, sob pena de ser eliminado do certame. Esta embalagem será devidamente lacrada e identificada pelo candidato e deverá ser mantida embaixo da carteira até o término de suas provas, só podendo ser aberta fora do local de realização do exame.

Segundo a Comperve, a divulgação do gabarito preliminar será ainda no domingo. A interposição de recursos poderá ser feita até 48 horas após a liberação do gabarito preliminar, e no dia 08 de junho está prevista a divulgação do gabarito final oficial e resultado das provas objetivas. O resultado final do concurso está previsto para o dia 25 de julho deste ano.

 

Prefeito de Porto Alegre-RS admite risco de perda da Copa caso projeto para estruturas temporárias não seja aprovado na Assembleia

16314569O prefeito José Fortunati admitiu, na manhã desta segunda-feira, que Porto Alegre corre o risco de perder a Copa do Mundo caso o projeto que prevê isenção fiscal para empresas interessadas em bancar as estruturas temporárias do Beira-Rio não seja aprovado na Assembleia Legislativa. A declaração foi dada em entrevista ao programa Gaúcha Atualidade, na Rádio Gaúcha.

— Se não for votado, não teremos Copa em Porto Alegre. Porque não teremos como buscar recursos. Não tem plano B, não tem plano C, não tem plano E, não tem plano Z. A única alternativa é essa — afirmou o prefeito.

No sábado, durante uma operação que testou ações de segurança para a Copa, no anfiteatro Pôr do Sol, Fortunati havia se mostrado confiante para a realização do Mundial na capital gaúcha.

– Este é o ponto que representa o gargalo, hoje, em termos de realização da Copa em Porto Alegre – disse hoje Fortunati.

Protocolado em caráter de urgência pelo governo Estadual, o projeto de lei que prevê isenção de ICMS de até R$ 25 milhões para empresas que bancarem estruturas temporárias para a Copa do Mundo de 2014 não teve a votação antecipada porque o governo não conseguiu acordo de lideranças. A votação deve ocorrer nesta terça-feira. A estimativa é de que será aprovado.

Fortunati também afirmou que o vice-prefeito Sebastião Melo irá ao Rio de Janeiro na quarta-feira para uma reunião com o Comitê Organizador Local (COL) para discutir o assunto.

Zero Hora

Sesap avalia possibilidade de realização de novo concurso público

A Coordenadoria de Recursos Humanos (CRH) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) está concluindo um levantamento do déficit de servidores em todas as categorias profissionais e em todas as unidades da Secretaria. O relatório apresenta uma previsão de pedidos de aposentadoria para o biênio 2014/2015, visando a possibilidade de novas convocações até o mês de julho, prazo em que se encerra a validade do concurso público realizado em 2010.

O documento aponta que, nos anos de 2014 e 2015, um total de 707 servidores irão completar o tempo de serviço e poderão pedir aposentadoria. Destes, 97 são médicos, mais de 300 são Auxiliares em Saúde, profissionais que atuam como copeiros, cozinheiros, auxiliares administrativos e auxiliares de enfermagem, que representam mais de 70% deste montante. “Os médicos e auxiliares de enfermagem representam as maiores baixas de profissionais para os próximos dois anos”, explica Maria José Fernandes, Subcoordenadora de Gestão das Relações de Trabalho da Sesap.

Além das novas convocações a Sesap irá solicitar a realização de um novo concurso público, visando preencher os cargos vagos por pedidos de exoneração. Somente no ano de 2013, 144 servidores da Sesap foram exonerados, o que gera um déficit que não pode ser suprido com novas convocações por impedimento legal.

De acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar nº 101, de 04/05/2000), somente as vacâncias decorrentes de aposentadorias e óbitos podem gerar novas convocações. Ou seja, pedidos de exoneração e afastamentos não permitem a convocação de aprovados, mesmo em concursos públicos que ainda estejam dentro do prazo de validade.

O Secretário de Estado da Saúde Pública, Luiz Roberto Fonseca, ressalta que o Governo do Estado convocou, desde 2012, um total de 1.017 servidores para a Sesap, o que representou um aumento de 6,8% da força de trabalho da Saúde.  “Mesmo com todo o esforço do Governo do Estado em convocar novos servidores, a Secretaria necessita da realização de um novo concurso público envolvendo todas as categorias profissionais, para sanar o déficit da nossa força de trabalho e assim garantir a continuidade dos serviços prestados à população”.

Após cancelamento, Baile das Kengas vai acontecer

A empresa Prática, responsável pela organização estrutural do Baile das Kengas, assinou um documento se responsabilizando por qualquer problema que venha a ocorrer durante a realização do evento. Com isso, o baile das Kengas ocorrerá normalmente na tarde deste domingo (9).

A decisão foi tomada após uma negociação entre o prefeito vigente Edivan Martins, o secretário de Defesa Civil do Município, Carlos Paiva, e representantes do Corpo de Bombeiros. Como a empresa se responsabilizou por possíveis acidentes que possam ocorrer, o evento acontecerá mesmo sem a liberação dos Bombeiros.

Fonte: Tribuna do Norte