Mãe mata o filho afogado por ele ter pênis pequeno

Uma mãe indonésia matou afogado o seu filho de 9 anos sob a alegação de que estava preocupada com o futuro do menino por ele ter um pênis pequeno. Para ela, isso afetaria demais a vida do garoto. A informação foi dada por um porta-voz da polícia nesta quinta-feira (28), segundo a agência de notícias AFP.

A mulher de 38 anos, moradora da capital Jacarta, disse que o menino tinha um pênis pequeno antes de ser circuncidado, mas após a circuncisão, o órgão parecia ter encolhido ainda mais, informou o porta-voz Rikwanto.

“Ela afogou o filho em uma banheira. Depois o vestiu e colocou seu corpo na cama. Então foi à delegacia para confessar o crime”. De acordo com a polícia, a mulher estava consciente do que havia feito, mas a polícia pediu a realização de um teste psicológico para avaliar o estado mental da mulher.

(vi no News.au)

Economia brasileira cresce 0,9% em 2012

O Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, cresceu 0,9% em 2012 em relação ao ano anterior, totalizando R$ 4,4 trilhões. O dado foi divulgado hoje (1º) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Sob a ótica da produção, o crescimento do PIB foi sustentado pelo setor de serviços, que registou expansão de 1,7% no ano. A agropecuária teve queda de 2,3% e a indústria, de 0,8%. Sob a ótica da demanda, houve crescimento no consumo das famílias (3,1%) e no do governo (3,2%), enquanto a formação bruta de capital fixo, que representa os investimentos, caiu 4%.

Essa é o pior desempenho da economia desde 2009, quando havia sido registrada uma queda de 0,3%. Em 2011, houve crescimento de 2,7% e, em 2010, de 7,5%. Avaliando apenas o quarto trimestre de 2012, houve expansão de 0,6% em relação ao trimestre anterior e de 1,4% ante o último trimestre de 2011.

Levar marmita para o trabalho traz economia de R$ 270 mil durante a vida

Uma pesquisa feita na Grã-Bretanha resolveu medir a economia feita por aqueles que levam uma marmita de casa em vez de almoçar fora durante o expediente. Segundo os cálculos do site ThisIsMoney.co.uk, a economia pode chegar a £90 mil (cerca de R$ 270 mil).

O valor foi obtido usando o gasto médio de um trabalhador britânico na hora de almoçar. De acordo com o site de notícias econômicas, o trabalhador da terra da rainha Elizabeth II gasta R$ 21 para comer durante o expediente. Durante toda a vida profissional, o gasto equivale a mais de 3 anos de salário (10% da carreira).

Para os trabalhadores, o almoço é o ponto alto de uma rotina marcada pelo estresse e pela monotonia. Mas também pode ser um momento caro. Por conta da correria, as pessoas tendem a escolher o restaurante sem pesquisar o preço. O gasto é maior por causa dos cafés para viagem e dos sanduíches, diz a publicação.

Vi Na Internet

Homem mantém mulher como refém há 16h

Já faz 16h que um homem identificado como Alexsandro Silva de Lima, de 29 anos, mantém uma mulher refém, em uma casa da rua 31 de março, no Centro de São Gonçalo do Amarante.  Policiais do Batalhão de Choque (BPChoque) e Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam) fazem cerco à residência onde o casal se encontra desde as 18h de ontem.

A informação é de que o homem teria fugido da polícia dias atrás, após diligências em um bar em São Gonçalo. Já na tarde de ontem, após receber informação de que Alexsandro estaria em uma casa no centro de São Gonçalo, a polícia foi tentar prender o acusado, mas foi recebida a tiros.

Desde então, o cerro está fechado e o homem dentro de casa fazendo a mulher de refém. Na verdade, ao que parece, os dois – bandido e refém – são amigos. Os dois, segundo informações da própria polícia, estariam na residência fazendo uso de drogas há várias horas.

Assaltantes são condenados a 56 anos por morte de pastor em culto evangélico

O juiz Fábio Ataíde Alves, da 4ª Vara Criminal de Natal, condenou em 56 anos de prisão (pena total) os acusados de realizar um assalto ocorrido em 2009 em um culto evangélico, no bairro Felipe Camarão. A ação dos criminosos resultou na morte do pastor Edmilson Batista de Melo. Outras 24 pessoas foram mantidas reféns durante o assalto. O réu Nélson Francisco dos Santos deverá cumprir pena de 40 anos, nove meses e 12 dias de reclusão, enquanto que Josenildo Lima dos Santos foi punido com 16 anos, cinco meses e nove dias. Os réus foram condenados por roubo, latrocínio e corrupção de menores, uma vez que estavam acompanhados de um adolescente de 17 anos, que participou ativamente do crime.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte denunciou os acusados relatando que, na madrugada de 1º de novembro de 2009, por volta das 02h30m, eles acertaram realizar um roubo contra 25 pessoas que se encontravam em um culto religioso, em uma área de dunas do bairro de Felipe Camarão, denominada “Morro do Careca”.

Os denunciados estavam munidos de revólveres. Eles abordaram o grupo de religiosos e passaram a exigir, sob ameaça de atirar, a quantia de R$ 200. Ao mesmo tempo que ameaçavam, subtraiam pertences do grupo. Em dado momento, identificaram o pastor, Edmilson Batista de Melo, e começaram a agredi-lo, chamando-o de “ladrão”.

Além disso, relataram os promotores, o réu Nelson Francisco importunou a filha do religioso ao levantar sua saia. Na defesa da filha, o orador protestou e recebeu três tiros, um deles atingindo sua cabeça, todos disparados pelo próprio Nelson. Os disparos causaram a morte da vida.

Resultaram feridos, também em decorrência de disparos de arma de fogo, outros dois evangélicos. Os acusados ainda provocaram lesões corporais em 22 evangélicos. E somente fugiram do local do crime quando um dos religiosos conseguiu escapar e chamar a polícia. O MP ofertou a denúncia em 30 de novembro de 2009.

De acordo com o juiz Fábio Ataíde, restaram comprovadas todas as condutas levantadas pelo Ministério Público, levando à condenação dos réus pelos três crimes tipificados na petição inicial.

 

Alexandre Frota volta à TV na segunda-feira

Alexandre Frota volta à TV na segunda-feira (4), no canal Rede Brasil, que tem Celso Russomanno no conselho.

“Tenho total liberdade. O Russomanno é um homem de TV e sabe que, assim como ele, sou formador de opinião”, diz.

Com contrato de quatro anos na emissora, Frota desenhou o cenário da atração e tem salário de R$ 1.000 mais participação nos lucros.

A informação é da coluna da Mônica Bergamo, publicada na Folha desta sexta-feira (1º). Clique aqui para ler a coluna na íntegra.

 

Divulgação
Alexandre Frota apresenta as dançarinas escolhidas para participarem de seu programa na Rede Brasil

Joaquim Barbosa quer mandar Mensaleiros para o Xadrez antes de julho

O presidente do STF, Joaquim Barbosa, falou a correspondentes estrangeiros. Foi indagado sobre a execução das penas impostas aos 25 condenados no julgamento do mensalão. Disse que é preciso cumprir todas as etapas –publicação do acordão e julgamento dos embargos. Mas fixou-se numa folha do calendário: 1º de julho. E vaticinou: “As ordens de prisão devem ser expedidas antes desta data.”

Durante a entrevista, Barbosa disse não crer que os paradigmas fixados pelo Supremo nesse caso eliminem todas as “incoerências” do sistema judicial na análise de processos penais. Porém, arriscou um segundo vaticínio: “Seguramente, muitos juízes se sentirão mais encorajados agora” na hora de expedir sentenças contra políticos. Convidado a comentar a súbita popularidade que granjeou, o ministro deu uma explicação singela para o fenômeno: “A sociedade está cansada dos políticos profissionais”.

Fonte: Josias de Souza

Começam reuniões prévias para escolher sucessor de Bento XVI

No primeiro dia sem papa, os cardeais iniciam o processo informal das conversas prévias para a escolha de quem vai substituir Bento XVI, de 85 anos. A partir de hoje (1º), o decano (o mais antigo) do Colégio de Cardeais, Angelo Sodano, de 85 anos, começa a organizar a fase preliminar ao conclave. A primeira reunião de cardeais preparatória do conclave, que vai eleger o sucessor do papa, está marcada para segunda-feira (4). Mas ainda não é o começo da cerimônia de substituição.

A reunião foi confirmada pelo arcebispo de Nápoles (Itália), o cardeal Crescenzio Sepe. A partir desta primeira reunião de cardeais é possível anunciar a data de início do conclave, segundo o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi. A estimativa é que o rito comece no final da próxima semana. O prazo é dado para que todos os cardeais, que são eleitores, estejam presentes no Vaticano.

Em 25 de fevereiro, às vésperas de deixar o pontificado, Bento XVI autorizou a antecipação do conclave, por intermédio do documento denominado motu próprio (por iniciativa própria). Tradicionalmente o Vaticano determina que o conclave comece no período de 15 a 20 dias, depois do início da sé vacante – expressão que designa que o lugar do papa está vago. A finalidade é permitir que todos os cardeais estejam presentes na eleição do sucessor e guardem o luto – em geral o papa é escolhido quando há morte daquele que está no pontificado.

Do latim, a palavra conclave significa com chave e é a reunião na qual os cardeais, que votarão na eleição para o novo papa, ficam enclausurados até a definição do sucessor. O grupo de eleitores é mantido isolado, sem contato externo. Há toda uma supervisão e um esquema de segurança para que isso ocorra. Do total de 209 cardeais, 115 estão aptos a votar.

Os cardeais que votam são aqueles que têm menos de 80 anos, dos quais cinco são brasileiros. Podem faltar apenas aqueles que justificarem a ausência ao Vaticano. O voto é manual e individual. Os cardeais escrevem a mão, em um papel retangular, o nome do escolhido, sendo que são orientados a disfarçar a letra. O papel é dobrado duas vezes e depositado em uma urna que fica no altar.

Não há prazo definido para o período de conclusão do conclave. A eleição do novo papa só ocorre se houver dois terços favoráveis do total de eleitores presentes. É possível realizar até 33 eleições. Caso não ocorra consenso, após esse número, é feita a eleição entre os dois mais votados.

Receita começa a receber hoje declarações do imposto de renda

A Receita Federal começa a receber, nesta sexta-feira (1º), a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2013, ano-base 2012. O praszo vai até o dia 30 de abril deste ano, e quem perder está sujeito a uma multa mínima de R$ 165,74.

declaração poderá ser enviada pela internet, por meio da utilização do programa de transmissão da Receita Federal (Receitanet), ou via disquete, nas agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal, durante o seu horário de expediente. A entrega do documento por meio de formulário de papel foi extinta em 2010.

Obrigatoriedade
Segundo a Receita Federal, estão obrigadas a apresentar a declaração as pessoas físicas que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 24.556,65 em 2012 (ano-base para a declaração do IR de 2013). O valor foi corrigido em 4,5% em relação ao ano anterior, conforme já havia sido acordado pela presidente Dilma Rousseff.

Também estão obrigados a apresentar o documento os contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado.

A apresentação do IR é obrigatória, ainda, para quem obteve, em qualquer mês de 2012, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.

 

Supercampeã de vendas de livros, a psiquiátrica Ana Beatriz Barbosa Silva é acusada de plágio

Supercampeã de vendas de livros, uma espécie de diva da autoajuda psiquiátrica, a médica Ana Beatriz Barbosa Silva é autora de obras que caíram no gosto da classe média, como “Corações Descontrolados” e “Mentes Ansiosas”, ambos editados pelo selo Fontanar, do grupo editorial Objetiva.

Avaliações do mercado livreiro dão conta de que essas obras venderam, respectivamente, 50 mil e 200 mil exemplares. Pois dois psiquiatras acusam as obras de Ana Beatriz de serem “plágios estarrecedores”.

O advogado Sydney Limeira Sanches, que representa a parte acusada, rebate: “Não reconhecemos nenhuma violação de direitos autorais”.

O próximo passo dessa guerra será dado na semana que vem, quando a médica psiquiatra Ana Carolina Barcelos Cavalcante Vieira promete entrar na Justiça com ação de indenização por danos morais e materiais contra Ana Beatriz e a Objetiva.

Ana Carolina diz que, lendo o livro “Corações Descontrolados”, constatou, “estupefata”, que um capítulo que havia escrito a pedido da própria Ana Beatriz fora editado “sem qualquer crédito”.

Ela também acusa Ana Beatriz de ter reproduzido, em “várias e várias passagens”, trechos de outros textos de sua autoria, inclusive um que escreveu e publicou no site da clínica Medicina do Comportamento (www.medicinadocomportamento.com.br ). A clínica pertence a Ana Beatriz e nela Ana Carolina trabalhou como pesquisadora.

Avisados da queixa de Ana Carolina em novembro de 2012, Ana Beatriz e a Objetiva tomaram providências rápidas: substituíram os trechos contestados e providenciaram uma segunda tiragem de “Corações Descontrolados”. Saiu no mês passado.

Segundo o advogado José de Araújo Novaes Neto, que representa os dois acusadores de Ana Beatriz, a tentativa de “emendar” o livro não reparou o problema: “Eles não fizeram uma errata, não notificaram os leitores. Para piorar, os textos de substituição são simples camuflagens para mascarar ainda mais o evidente plágio cometido”.

“LIVRO IGUAL”

A acusação de Ana Carolina soma-se à do médico Tito Paes de Barros Neto, pesquisador do Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP, autor do livro “Sem Medo de Ter Medo” (Casa do Psicólogo, 2000). Segundo Barros Neto, no início de 2012, uma amiga procurou-o para dizer que tinha lido um livro “igual” ao dele.

O pesquisador começou sua busca pela obra “igual” até que topou com “Mentes Ansiosas”, de Ana Beatriz (2011). “Tomei um susto. O plágio era muito cara de pau. Ela fez simplesmente um ‘copy-paste’ [copia e cola].”

Em outubro passado, o juiz Fernando Bonfietti Izidoro, depois de analisar o livro de Barros Neto e de confrontá-lo com o de Ana Beatriz (“Mentes Ansiosas”), decidiu liminarmente suspender a comercialização deste último.

Assim o juiz explicou o porquê: “A análise das duas obras revela semelhanças notórias, sendo que ambas apresentam diversos excertos longos com praticamente o mesmo conteúdo, simplesmente com alterações no estilo da escrita”. “Mentes Ansiosas” foi retirado do mercado.

A propositura da ação do médico Barros Neto contra a psiquiatra Ana Beatriz e a editora Objetiva inclui 53 páginas de reproduções de textos, a título de provar o plágio. Ainda não foi julgado o mérito.

CAMINHO DAS ÍNDIAS

A psiquiatra surge com frequência na imprensa (já deu entrevistas inclusive à Folha) e na televisão. Chegou a aparecer, falando de bullying, em um capítulo da novela “Caminho das Índias”, da amiga Gloria Perez, em 2009. Nesse folhetim, ela também atuou como consultora, tendo ajudado a construir uma personagem psicopata (Yvone).

“Autora com mais de 1 milhão de livros vendidos”, conforme afirma em seu site, a psiquiatra foi ao “Programa do Jô” (Globo), ao “Marília Gabriela Entrevista” (GNT), ao “Mais Você”, de Ana Maria Braga, e ao “Altas Horas” (ambos na Globo). No último fim de semana, estava no “Domingão do Faustão” (Globo), participando do quadro “Divã”. “A Ana Beatriz já é nossa sócia aqui”, disse Faustão ao apresentá-la.

Em uma entrevista publicada pela “Veja” em 2009, Ana Beatriz disse sofrer de transtorno do déficit de atenção (TDA), que combateu em um primeiro momento à base de remédios.

“Usei a medicação por cinco anos consecutivos. Hoje, quando escrevo um livro, volto a tomá-la no último mês. É a hora em que junto todas as informações e preciso ter mais senso crítico”, disse ela.

“Que tipo de senso crítico é esse?”, pergunta-se Barros Neto. “Senti-me indignado, com raiva. Queria que ela fosse em cana por não conseguir minimamente seguir as normas, as leis, as regras. Ela burlou tudo”, disse ele.

Folha.com

Carlos Eduardo vai apresentar relatório hoje sobre a gestão Micarla de Souza

Está na Tribuna do Norte

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), entregará  nesta sexta-feira (1º) ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Ministério Público (MPE) o aguardado relatório que identifica irregularidades, expõe a quantas anda o quadro orçamentário e financeiro da administração municipal e relata encaminhamentos. E, mais do que isso, o documento se traduz em um “pedido de socorro” aos órgãos fiscalizadores para que se debrucem sobre as falhas, nominem culpados e proponham soluções para os gargalos. O levantamento foi conduzido pela secretária de Planejamento, das Finanças e da Tecnologia da Informação (Sempla), Virgínia Ferreira, e as situações expostas foram divididas em quatro temáticas.

A primeira delas é uma introdução analítica sobre o quadro político atual e que se sucedeu nos quatro anos em que a ex-prefeita Micarla de Sousa chefiava o município. O relatório cita o cenário de instabilidade, algumas situações de irregularidades, desvio de recursos, dilapidação patrimonial – foram descobertos o desaparecimento de materiais históricos, por exemplo. “A gente fica se perguntando até que ponto isso chegou porque são coisas absurdas”, disse um auxiliar que teve acesso ao documento e pediu anonimato. Enfim, há no início da narrativa um relato procedimental das rotinas da comissão de transição ao longo dos quase 60 dias de trabalho.

O relatório também dá atenção especial às informações prestadas pela equipe de transição da ex-prefeita Micarla de Sousa. Há um detalhamento pormenorizado sobre o que foi apresentado, dados supostamente manipulados (ou não), situações delicadas importantes, porém, não expostas à equipe de transição do atual prefeito, entre outras coisas. Há ainda, em um terceiro momento, as constatações e considerações do grupo nomeado por Carlos Eduardo Alves para se inteirar da estrutura administrativa e financeira revelada ainda no final da gestão Micarla. A descrição, neste momento, é desalentadora.

Diante de um panorama desanimador, o documento supervisionado por Virgínia Ferreira não deixa dúvida quanto à necessidade de atuação dos órgãos fiscalizadores, mais especialmente o TCE e o MPE para que as providências sejam tomadas quanto às irregularidades constatadas. E isso é mais visível no detalhamento das Secretarias, órgãos da administração direta e indireta e departamentos vinculados à Prefeitura. O levantamento comprovou que não há uma Secretaria sequer em condições adequadas de funcionamento, mas a pasta da Saúde, inexoravelmente, é a mais afetada entre todas.

Na Prefeitura, o assunto é tratado com sigilo e ninguém se arrisca opinar ou vazar informações. O prefeito Carlos Eduardo Alves já ordenou aos subordinados que evitem declarações públicas sobre os percalços administrativos da capital para não alardear a população. Ele quer evitar ainda o descrédito da equipe, como aconteceu com a gestão anterior, que se dedicou em apontar irregularidades da administração que a antecedeu, muitas delas não confirmadas.

Números das dívidas vão reforçar informações da mensagem

Sobre as dívidas do município, o documento produzido na Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças praticamente repete o que foi dito durante a mensagem do prefeito Carlos Eduardo, em fevereiro, na Câmara Municipal de Natal (CMN). O chefe do executivo evitou explanar o montante global do débito que se supõe ser astronômico. Mas destacou que há uma inadimplência superior a R$ 70 milhões da coleta de lixo, por exemplo, e restos a pagar que somam mais de R$ 279 milhões. “Além dessa dívida, existe outra estimada em R$ 200 milhões referentes ao não pagamento de encargos trabalhistas. Desse montante, R$ 5,3 milhões se referem apenas ao que foi descontado do salário dos funcionários desde novembro de 2011 e não repassado ao INSS, o que é considerada apropriação indébita de recursos”, frisou, ao ler a mensagem.

Na ocasião, Carlos Eduardo adjetivou a gestão de Micarla de Sousa, classificando-a de desastrosa. “A administração passada foi negligente, desastrosa, irresponsável, ilegal e mentirosa. O desgoverno gritante não poupou uma área sequer.  Nunca Natal havia assistido a tamanha desordem”, comentou. Na educação, o prefeito disse que encontrou escolas sem merenda escolar e pagamentos atrasados. Na Saúde, das 116 equipes do programa Saúde da Família, apenas 36 contavam com médicos. Muitas Unidades Básicas de Saúde estavam sem funcionar ou funcionando precariamente. “Quase 90% dos atendimentos odontológicos estavam paralisados. O número de cirurgias eletivas e de partos está muito aquém das necessidades da população”, detalhou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tales disse:

    As provas sempre foram patentes. Agora há números dos crimes praticados contra o erário. Mas, ningúem foi responsabilizado, as verbas públicas não foram rastreadas/devolvidas e quem se locupletou está gargalhando da sociedade. Quando haverá um levante contra isso?

Língua portuguesa será idioma de 350 milhões de pessoas até o final do século

Até o final do século 21, os oito países falantes de língua portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste) terão uma população de 350 milhões de pessoas – 100 milhões a mais que os atuais cerca de 250 milhões (dos quais mais de 190 milhões são brasileiros).

A conta é de Eugénio Anacoreta Correia, presidente do Conselho de Administração do Observatório da Língua Portuguesa, que funciona em Lisboa. Segundo ele, o número crescente de falantes do idioma é um dos fatores que aumentam o “potencial econômico” da língua.

Em sua opinião, a tendência demográfica – junto com a ascensão econômica de Angola, Brasil e Moçambique, bem como fatores culturais (como a música) e a Copa de Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos Rio 2016 – explicam o “boom do interesse” mundial pelo português, ao falar do aunento da procura por cursos de português em países não lusófonos.

Correia encerrou hoje (28) o 1º Congresso Internacional da Língua Portuguesa, organizado pelo observatório e pela Universidade Lusíada. O adiamento no Brasil da obrigatoriedade da nova ortografia para 2016 (decidido pela presidenta Dilma Rousseff em dezembro passado) em nada afeta a expansão do idioma, na avaliação de Correia.

“Eu não dou tragédia nenhuma a isso”, disse, se expressando de modo peculiar aos portugueses. “Não é drama nenhum. O acordo não pode ser imposto, tem que ser absorvido pela sociedade e isso precisa de tempo”, defendeu em entrevista à Agência Brasil.

Segundo ele, “o que o Brasil fez foi um adiamento do prazo para terminar o processo, mas não interrompeu o processo”, salientou. Para Correia, o governo brasileiro postergou a obrigatoriedade “por razões técnicas”, tais como a necessidade de preparação de livros didáticos e professores.

“O Brasil é um continente. As dificuldades regionais, as assimetrias, a preparação de pessoas, a preparação de manuais em um país que tem a dimensão e a variedade do Brasil são muito grandes. Entendo perfeitamente que por razões técnicas possa ter havido necessidade desse adiamento”.

O adiamento da entrada em vigor do acordo ortográfico no Brasil alimentou os críticos portugueses às regras de unificação da escrita do idioma. É comum em Portugal escritores e colunistas publicarem textos em jornais e revistas com a observação de que não seguem as regras do acordo. “Utilizar isso como argumento antiacordo não é bom para ninguém”, assinalou Eugénio Anacoreta Correia.

“O português hoje não é de Portugal, mas ‘também’ é de Portugal. Nós temos que acrescentar o ‘também’. A grande riqueza que temos na Comunidade de Países da Língua Portuguesa [CPLP] é exatamente a partilha de uma coisa comum. Para que a língua seja de todos, todos temos que ceder”, finalizou.

Fonte: Agência Brasil

FOTO: Procurador tem carro arrombado no estacionamento do Midway

Virou comum arrombamentos de carros no estacionamento do Midway, semana passada foi o empresario Manoel Ribeiro, há 15 dias atrás foi o jovem Daniel Melo e hoje foi o Procurador Heriberto Bezerra. Publicamente que foi divulgado em redes socias só esse mês foram três casos. Será que não chegou a hora do Midway tomar providências reais ou pelo menos comunicar o que está acontecendo? Será uma quadrilha dentro do maior shopping do RN?

Além de arrombarem o carro levaram um bolsa, ipod, documentos e R$ 500,00 em espécie.

Vejam o twitter e a foto do carro de Heriberto:

 

Heriberto

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Manobrista disse:

    O que estamos vendo ai, são manobristas recepcionando uma cliente. Na verdade, que estou querendo com isso é mostrar que os manobristas são na verdade profissionais que não se dão valor. São profissionais desvalorizados por que, comem na mão do patrão. Não sabem reivindicar melhorias para a sua classe. Mesmo por que, são profissionais desunidos que diferenciam-se uns dos outros. Para ser mais claro e preciso o manobrista tem um piso salarial menor que de um faxineiro, não desmerecendo os faxineiros. Mas sim, os manobristas que não tem orgulho próprio. Para encerrar, desejo meus pêsames a todos os manobristas que são um bando sem caráter e não tem vergonha na cara.

    ASS: MANOBRISTA.

  2. rnatal disse:

    Absurdo mesmo. Como é que a justiça não condena de cara estes estabelecimentos. O PREÇO DO ESTACIONAMENTO DO VIA DIRETA E DO NATAL SHOPPING POR SI SÓ JÁ É UM ASSALTO. O Midway é grátis, porém se todos cobrassem um valor tipo R$ 1,00 daria para ter segurança de verdade, sem roubar no valor do estacionamento e sem o cliente correr riscos. A JUSTIÇA NÃO DEVE NUNCA FICAR DO LADO DOS ESTABELECIMENTOS, POIS ASSIM BENEFICIA A IMPUNIDADE.

    • A. Silveira disse:

      A justiça não é voluntariosa. Há que ser provocada. Portanto, provoque-a intentando o remédio jurídico (s) competente (s) & ser-lhe-á dado a oportunidade de receber a prestação jurisdicional cabível, com o desdobramento do princípio do contraditório. Simples, assim…!!!

  3. Jarbas Filho disse:

    Tenho varios casos de amigos e inclusive o carro de meu filho tb foi arrombado no ano passado. Estamos, infelizmente, resolvendo na justica os danos materiais.

  4. Marcos Barbosa disse:

    Deixei de comprar no Nordestão, depois de décadas como cliente cativo, porque lá também é terra sem lei, os bandidos agem no estacionamento como bem querem. O meu carro e de mais 3 amigos, fora os desconhecidos foram arrombados. O pior é que a direção do Supermercado é super-grossa e aconselha entrar na Justiça. Mas pedem para não vazar para a imprensa com medo de perder clientes. Tem um tal de Vandir, esposo de uma filha dos donos, que é cara é o cara, como diz Roberto Carlos. Só faz o que quer e quando quer, os direitos dos outros que se danem. Perdi até o pneu de escape e ninguém viu nada. Em pleno horário de pico. O ideal é ter-se cuidado nestes locais, o prejuízo, a perda de tempo, a revolta sem sucesso não compensa comprar nestes locais. Como agora no mercadinho aqui perto de casa. Sai mais barato e o carro fica na minha garagem. Quero ver quem arromba!!! Adeus Nordestão, Seu Etelvino, com essa cara de bobo, Seu Vandir e os vigilantes tão ciosos de suas missões de preservar a segurança dos clientes que lhes pagam os salários s os polpudos lucros. Apelar à Justiça prá quê?! Prá ter mais raiva?

  5. Calisto disse:

    O estacionamento do Midway Mall é "terra sem lei" desde o dia que se abriu ao público… o fato é que, enquanto podem, "abafam"!!! O caso em questão, em que pese o inconformismo de alguns, e, sem fazer a defesa de qualquer desprezível "Comando Público", é de responsabilidade do próprio Shopping… chama-se RISCO DO EMPREENDIMENTO. Claro que a primeira argumentação é a gratuidade do estacionamento, etc… Daí pergunto: onde estão os "bandidos" realmente?

  6. Teka disse:

    Está na hora da Governadora nos prestar contas porque a cidade está na mão dos bandidos, todos estão apavorados, agora temos assaltos no trabalho, no passeio e dentro de estabelecimentos privados como o Midway. cadê o investimento em segurança? qual é o plano de ação da Governadora? Além dos impostos que pagamos temos que pagar agora por seguranças privadas e policiais não fardados, daqui a pouco iremos contrar facções criminosas para tentar nos "defender" de outros bandidos. triste fim de uma cidade linda como Natal!

  7. Omar disse:

    Mesmo esse vidro pequeno, quando quebrado, o estouro é audível a centenas de metros. VIGILANTES ENVOLVIDOS, com certeza.
    Ademais, o lucro do Shopping é astronômico, mas não existe sistema de monitoramento algum, e a solução é a vídeovigilância.

  8. Fernanda disse:

    O Midway não está nem ai. O carro do meu irmão foi arrombado ano passado no shopping, levaram as malas dele e da mulher pois ele mora em Recife e sabe o que o juiz disse? Que a culpa era dele por andar com mala dentro do carro nos dias de hoje. Resumindo, só conseguimos recuperar o dinheiro do dvd.

    • Gustavo disse:

      SÚMULA Nº 130 – STJ
      A empresa responde, perante o cliente, pela reparação de dano ou furto de veículo ocorridos em seu estacionamento.

  9. Laurentina eugenia de faria rangel disse:

    Será que não é o estado que tem que fazer alguma coisa ?

    • Rnatal disse:

      O Estado não tem nada haver com estabelecimentos privados. A Violência é em parte culpa do Estado sim, mas dentro de shoppings, supermercados e etc quem tem de responder são os responsáveis. Afinal de contas, damos muito de nosso dinheiro a estes estabelecimentos, Os donos são milionário e não tem o menor respeito por aqueles que lhes enriquecem ( os clientes). No Midway é cheio de segurança, a pé, de moto e pra que serve este povo? Não evitar este tipo de coisa dentro de um estacionamento é no minimo falta de eficiência. Porque o Midway não troca de empresa de segurança pra fazer um teste? Sabe porque? Porque os carros arrombados não são dos donos ou de seus familiares.

Projeto de energia solar é apresentado à governadora

Na tarde desta quinta-feira (28), a governadora Rosalba Ciarlini, acompanhada dos secretários titular e adjunto da pasta do Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho e Sílvio Torquato, respectivamente, visitaram o Estádio Maria Lamas Farache, campo oficial do ABC Futebol Clube. Na ocasião, a governadora conheceu o projeto montado pela empresa italiana Real Solar para a instalação de painéis fotovoltaicos no estádio.

A companhia é a mesma que está montando no município de Arez a primeira fábrica brasileira de produção de painéis solares, que deverá entrar em funcionamento até o final de 2013 e gerar, em 10 anos, uma economia de 200 milhões de Euros. No ano passado, a empresa assinou protocolo de intenções com o Governo do Estado e solicitou ser beneficiada pelo Proadi – Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do Rio Grande do Norte.A apresentação desta quinta-feira é resultado da missão governamental realizada em fevereiro pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec) à Itália. Desde o início desta semana, investidores do setor de energia solar estão visitando o RN.

Na sede do ABC, Rosalba Ciarlini foi recebida pelo presidente do clube, Rubens Guilherme, e por Wilson Cardoso, superintendente Executivo do ABC, que mostrou o local de instalação das placas e detalhou o funcionamento do projeto. Cardoso explicou que o investimento será de R$ 1 milhão, dos quais R$ 520 mil de contrapartida do ABC, e o restante uma doação da empresa. A economia para o time está estimada em R$ 9 mil/mês, metade do que é gasto com a conta de energia mensalmente.

A governadora Rosalba Ciarlini falou que a iniciativa no complexo “será uma experiência na produção de energia através das placas em estádio de futebol. Isso já vai gerar uma grande economia para o clube e nos alerta para o potencial que a energia solar nos traz. Quando a empresa concluir a instalação em Arez, teremos geração de emprego, renda e divisas e estímulo na utilização de energia limpa por parte dos potiguares”. Rosalba lembrou ainda do pioneirismo da iniciativa quando prefeita de Mossoró, com utilização de placas em poços e em pequenas comunidades rurais.

O presidente do ABC, Rubens Guilherme, comemorou a parceria e disse que a Real Solar “está trazendo uma oportunidade de se ter no Frasqueirão um projeto de energia solar, que vai reduzir em 50% a conta de energia do clube. Além de ter um ganho econômico, estará usufruindo uma energia moderna, limpa, ecologicamente correta e que usa o presente que foi dado a Natal, o sol”.

Estados produtores recorrerão ao STF caso veto à lei dos royalties seja derrubado pelo Congresso

Os governos do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, estados que recebem royalties pela exploração de petróleo em alto mar, recorrerão ao Supremo Tribunal Federal (STF), caso o Congresso Nacional derrube os vetos presidenciais ao projeto de redistribuição dos recursos aprovados pela Câmara e pelo Senado. A informação foi confirmada hoje (28) pelo senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES).

“Se essa violência for perpetrada contra nossos estados, pelo Congresso, recorreremos ao Supremo Tribunal Federal”, disse Ferraço. Segundo ele, a expectativa é que o STF reconheça e considere “justa” a compensação financeira ao Espírito Santo e Rio de Janeiro pela exploração de petróleo.

O senador Francisco Dornelles (PP-RJ) destacou que defenderá, na sessão do Congresso marcada para o dia 5, a preservação do veto presidencial sobre a distribuição dos royalties aos estados. No que diz respeito a um recurso ao STF, o parlamentar espera que a Advocacia-Geral da União (AGU) entre com o recurso na Suprema Corte com os governos dos estados produtores. “Foi com base no parecer da AGU que a presidenta Dilma [Rousseff] decidiu pelo veto”, frisou Dornelles.

O deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) lamentou que “sejam pinçados” vetos de acordo com os interesses do governo e não da sociedade. A seu ver, a pauta do Congresso tem matérias mais importantes que a dos royalties para serem apreciadas como os vetos a regulamentação da Emenda à Constituição 29 e o da isenção de impostos sobre a cesta básica. A regulamentação da Emenda 29 estabelecia os percentuais de transferência de recursos ao setor pela União, estados e municípios.

Fonte: Agência Brasil

Condenado como chefe do Mensalão, Dirceu faz palestra em Natal

O Partido dos Trabalhadores do RN convida para o debate “O legado do governo Lula: oito anos que mudaram o Brasil”, que será realizado na próxima segunda-feira, 04 de março, a partir das 19 horas, na Assembleia Legislativa do RN (Rua Praça 07 de setembro, s/n, Centro).

Durante o encontro, o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, condenado pelo STF como chefe do Mensalão, realizará uma palestra sobre o tema. O encontro tem o objetivo de discutir os avanços do governo Lula e rebater as críticas da oposição. “Eventos como estes estão sendo realizados por todo o País. São seminários e atos para rebater os ataques que o PT recebe. O objetivo das atividades é discutir, junto à militância do PT, a conjuntura política, e prepará-la para argumentar em favor do partido”, explica Eraldo Paiva, presidente estadual do PT.

O evento é aberto ao público.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sales Freitas disse:

    Não querendo aqui defender o cara do PT e do Lula, mais aqui no RN temos exemplos da ex-governadora Wilma com a quadrilha formada por seu filho e irmãos no qual passaram a mão nos recursos do Estado e que até agora não foi feito nada para incriminá-los. Tome votar na Wilma e nos demais da quadrilha.

    • Rodrigo disse:

      Meu caro Sales Freitas não querendo defende a ex-governadora o os seus, mas ela não teve processo transitado e julgado, bem diferente o supermegapower ex-ministro

  2. marcelo disse:

    Caro Bruno,

    Essa palestra deveria ser dada aos colegas detentos de Alcaçuz pois seria uma oportunidade deles verem que o roubo aos cofres públicos vale a pena e que acrescentaria e muito o curriculo de cada um deles. Uma palestra dessa é uma cacetada na cara de todos os que fazem o Poder Judiciário no Brasil pois é o retrato da impunidade e da desmoralização para com o cidadão de bem.

  3. ale disse:

    é piada isto, não é?! tomem vergonha na cara. Assembleia Legislativa do RN não deveriamse prestar a fazer um papel deste de convidar o maior Mensaleiro julgado para fazer palestra, vai ensinar a gente a roubar, pagar propina e passar óleo de peroba nesta cara de pau?! parem de transferir nosso dinheiro com bandido!

  4. caio fábio disse:

    Se não bastasse o alto índice de criminalidade na cidade, ainda trazem mais um.

    • Paulo Roberto disse:

      Meu caro Ricardo Mota.Não permita este evento PTralha chefiado por um
      condenado pela Suprema Corte numa casa por onde já passaram tantos ho-
      mens decentes incluindo seu pai Clóvis Mota.Mande este bandido falar pa-
      ra seus cúmplices la na casa de c……ou mesmo em Alcaçus. Se o contrario
      fosse,ou seja,o bandido fosse outro qualquer a PTralhada enfurecida tava
      cobrindo na pedra como fizeram com a blogueira cubana recentemente.