Judiciário

Fux questiona Bolsonaro sobre estado de sítio, e presidente nega que vá decretar medida extrema

Foto: Pablo Jacob/Agência O Globo/Arquivo

Diante de rumores de que poderia ser decretado estado de sítio, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, telefonou para o presidente Jair Bolsonaro para conversar sobre o assunto. O mandatário negou que esteja cogitando essa possibilidade.

Na conversa, Bolsonaro disse que espera uma decisão do STF sobre a ação que o governo impetrou no Supremo, contra os governadores que adotaram medidas restritivas para conter a disseminação do novo coronavírus.

Fux decidiu ligar para Bolsonaro depois de algumas pessoas terem o procurado para expressar preocupação com o assunto. O presidente do STF deve participar, na próxima semana, de uma reunião com outros líderes dos outros Poderes para debater um plano de combate à pandemia.

Pela manhã, ao criticar as medidas tomadas pelos Estados, Bolsonaro afirmou que “vai chegar o momento” em que o governo terá de tomar uma “medida dura”.

“Que que é [medida] dura? É para dar liberdade pro povo, é para dar o direito do povo trabalhar. Não é ditadura não, uns hipócritas aí falando de ditadura o tempo todo, uns imbecis. Agora, um terreno fértil para ditadura é exatamente a miséria, a fome, a pobreza, onde o homem com necessidade perde a razão. Estamos esperando o quê? Vai chegar o momento, eu gostaria que não chegasse esse momento, vai acabar chegando.”

Ele faz menção ao estado de sítio ao falar que gostaria que o STF atendesse ao pedido que a União fez para suspender as ações adotadas pelos governadores do Distrito Federal, Bahia e Rio Grande do Sul.

“O que é toque de recolher? Só em países ditatoriais. Estão aqui aplicando a legislação do estado de sítio prevista na Constituição, que não basta eu decretar estado de sítio, o Congresso tem que validar embaixo. E governadores e prefeitos humilhando a população, dizendo que estão defendendo a vida deles. Ora bolas, que defendendo a vida, estão matando essas pessoas”, afirmou o presidente.

O estado de sítio é uma medida extrema em que governo federal ganha precedentes sobre os Poderes Legislativo e Judiciário e sobre as liberdades. A medida, no entanto, precisa ser aprovada pelo Congresso por maioria absoluta.

Valor

Opinião dos leitores

  1. Como todo metido a valentão….arregou!!! É só um covarde!
    Vcs não entendem? ele precisa movimentar o gado, é só isso…
    Um palavrão aqui, uma mentira ali, uma ameaça acolá…e o gado fica todo ouriçado…tudo cortina de fumaça..
    Muuuuuuummmmmmmmm

  2. Presidente covarde imundo, diz as coisas e depois se faz de doido…..
    Esse genocida é igual a cachorro de madame, só late da porta pra dentro.
    Frouxo

  3. O MINTOmaníaco eh um frouxo que vive soltando balões de ensaio pra atentar contra a democracia e pra gerar cortinas de fumaça pra mudar o foco da corrupção da família…

  4. O presidente Bolsonaro é o UNICO realmente preocupado com as vidas, com a liberdade, com os direitos e com o bem estar do povo brasileiro. Mas, é constantemente atacado pelos inimigos do Brasil, que torcem sempre pelo pior e usam o sofrimento do povo para fazer política e para desviar recursos públicos.

  5. A ficha desses desordeiros ainda não caiu.
    Esse povo pensa que Bolsonaro ta pra brincadeira.
    Arroche presidente.
    Tem que manter a ordem sim!!
    O direito constitucional de ir e vir.
    Chega de anarquia.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

MPF cobra hospitais de campanha aos governadores e questiona leitos desativados

Foto: Ilustrativa

O Ministério Público Federal encaminhou ofício aos governadores dos estados solicitando informações sobre quantos hospitais de campanha foram construídos no período da Pandemia e quais estão efetivamente funcionando.

Segundo o ofício assinado pela subprocuradora Lindora Araújo, os governadores devem informar até a sexta-feira, 19, quantos e quais hospitais de campanha foram construídos no Estado? Quais hospitais de campanha foram construídos e não entraram em
funcionamento? E, dentre os que entraram em funcionamento, informar a data de inauguração das atividades de atendimento.

Solicita ainda, listar os hospitais de campanha que estão em funcionamento na presente data e, em relação aos desativados, informar a data da desativação e o motivo do fechamento. Qual a destinação dada aos insumos e equipamentos que compunham a
estrutura de eventuais hospitais de campanha que tenham sido desativados no Estado?

Confira o ofício na íntegra AQUI via Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. Parabéns ao MPF.
    Agora, se acalmem bolsonaristas, depois não queiram desqualificar o MPF se a probidade for comprovada e decepcionar a expectativa de vcs.

  2. O governo não construiu hospital de campanha, fez foi fechar o hosp RUI PEREIRA, referência em diabéticos.

  3. O hospital de campanha do RN ficou só no migué!!
    O resultado é o povo morrendo sem Assistência nenhuma, a míngua.

  4. Não ter construído hospital de campanha, pode ser motivo de improbidade administrativa? Vamos ver! Por outro lado, enquanto o desgoverno do Estado é total inércia nesse assunto, a prefeitura de Natal aumenta o quantitativo de leitos em seu hospital de campanha, transforma o hospital dos pescadores exclusivo pra tratamento contra a covid, em parceria com a iniciativa privada, providencia o Hospital Dia ao redor do palácio dos esportes e abre ainda essa semana, mais um hospital de referência para o enfrentamento dessa doença terrível! Até quem não votou em Álvaro Dias, tem que reconhecer esse grande trabalho que ele tá realizando pela cidade e inclusive, recebendo pacientes de outros municípios.

  5. Será que Fatão vai responder mandando a propaganda oficial do governo divulgada na mídia chapa branca? Ali só tem mentira. Teria essa coragem?

  6. Está corretíssimo! Os estados e municípios precisam construir os seus hospitais de campanha nesse momento, a criação de novos leitos é fundamental em tempo de pandemia, além de restrições para evitar aglomerações, uso da máscara e distanciamento social.

  7. Já que o Ministério Público Estadual não deu um pio, o Federal tá mostrando serviço.

  8. E agora Gatão GD? Será cópia??? Comece a dar seus pulinhos porque senão aquele jato preto com letras douradas da federal, já já estará pousando por aqui recheado com muitas pulseiras! Se preparem…

  9. Ômi, aqui sumiram com 5 milhões de reais que seria pra comprar respiradores, e ainda tem idiota pra dizer que i governo de fatão é regular. Cada uma.

    1. Verdade, ainda tem gente para defender uma mulher como Fátima. Nota para o governo dela,0,0

    2. 5 milhões comprava 90 respiradores. O MP tá tão calado porque será?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

“Quero entender como permitimos isso acontecer”, diz Gilmar Mendes, sobre ação que julga ‘parcialidade’ de Moro na Lava Jato

Foto: Carlos Moura/SCO/STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes disse nessa terça-feira (9), que a ação sobre a parcialidade do ex-juiz da Lava Jato Sergio Moro pode ser julgada na semana depois do carnaval. A declaração foi dada em entrevista ao portal Jota.

“Estou com a expectativa de julgar isso ainda neste semestre e espero que se realize. Tenho a expectativa que deveríamos julgar esse caso em uma sessão presencial. No plenário por videoconferência há interferências e o debate é difícil. Só que agora estamos vendo que a volta para o plenário está sendo alongado. Estou pensando em julgar isso depois do carnaval”, afirmou.

Segundo Gilmar, são muitos graves as acusações. “Isso tudo indica uma fase do Brasil. A esta altura, quero entender como permitimos isso acontecer. Quanto mais a gente aprofunda, há dois dias parei de ler as coisas e me senti perturbado. São informações desorientadora. É uma avalanche. Quero saber o que fizemos de errado para que institucionalmente produzíssemos isso, um setor que cria sua própria constituição e opera seguindo seus sentimentos de justiça”, disse.

Com CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. O Ministro Kassio foi colocado onde está pelo centrão. Ou seremos inocentes de pensar que foi Jair que o colocou lá. Boa parte da quadrilha responde na lava-jato, vai ter que ter alguém no STF prá ajudar. Aguardemos!

  2. Um comentário desse saindo de quem sai, não é para acreditar. GM e todo STF hj tem o intuito de defender só bandido, lealdade ao passa longe.

  3. Grande credibilidade tem esse Gilmar Mendes e a Suprema Corte. Morriam de inveja do Moro . Grandes advogados de partidos políticos e políticos postos lá para continuar a defendê-los . Filhas de ministros da Suprema corte sem experiências nomeadas Pelo PT como desembargadoras , furando a fila literalmente tomando lugar de outros Experientes . E será que tem alguém com 2 neurônios Nesse país que ainda acredita nessa suprema Corte Da vergonha ? Verdadeiro Jogo de cartas marcadas . Esse país está difícil .

  4. Que democracia mequetrefe essa nossa: é feita só de ódio e ignorância. Duvido que os moralistas de plantão sigam as leis em suas vidas pequenas. Duvido que tenham lido meia página da CF. Duvido que atentem que o devido processo legal é um bem coletivo, uma alternativa ao autoritarismo que pode ferrar qualquer um se não for combatido… Triste nação de abestalhados somos nós!

  5. Nem vi essa valentia toda, quando o Min. Gilmar deu uma forcinha ao 01…
    Ficaram todos com os dedinhos quietos.

  6. Pôxa como tem analfabeto comentando aqui no Blog, tbem , 14 anos de PT só aprenderam a mentir e acreditar num jegue ladrão.

  7. Verdade Gilmar Mendes, esse stf nunca condenou uma quadrilha de corruptos no Brasil, isso não era permitido. Entretanto, Moro conseguiu esse feito favorável aos cidadãos brasileiros, mas pelo andar da carruagem, estamos sentindo que pode haver retrocesso nesse avanço, e talvez, mais uma vez, a elite canalha desse país vencerá. A dúvida é se o povo dessa nação permitirá.

  8. STF = Advogados de bandidos, e estão fazendo isso descaradamente, sem a mínima vergonha na cara.

    1. Quais os crimes que ele cometeu?
      Prouni;
      Minha Casa Minha Vida;
      Construção dos IFs;
      Desemprego zero;
      Transformou o país na 6ª economia mundial;
      Etc.
      Escolha

  9. Os Deuses do Olimpo estão indignados com as mensagens roubadas, Será! Ah Se os cigilos do telefones dos ministros do STF vinhece a luz do dia, este pilar da República se desmoronava.

  10. Ainda bem amigo Zumbi, esse Ze saiu avariado, existe tratamento para esse tipo de Noia, ele é aplicado em Cuba, Venezuela, China , e era perversamente aplicado na Alemanha de Hitler. Aqui eles ficam tentando, repetindo o mesmo discurso, com a finalidade de nos deixar iguais, vai morrer disso.

  11. Geografia, assino embaixo. Acrescento o óbvio: Moro e is demais componentes da Lava Jato trabalharam, e muito, pela moralização do Brasil.

  12. Ou meu Deus. Que homem preocupado em fazer as coisas certas!! Que cidadão ímpar! Que exemplo de postura! Ninguém tinha percebido esse caráter ilibado do GM? Acho que agora vai.

  13. Ele deveria tentar entender como ele chegou a ser um ministro do STF porque bandido é para esta na cadeia.

  14. É muito massa, vê um bandido todo impoluto parece até que é serio e honesto. Kkkkkk
    E agora todos os PTralhas aplaudindo ele, muito bonito você vê que o crime compensa.

  15. Em um país sério, esse tal de CALÍGULA não abriria nem a latrina para falar tanta MERDA…

  16. Em um país sério Lula e seu bando já teriam ido para forca.
    E esses ministros do stf destituidos, isso sim.

    1. O Bozo é um dos que quer acabar com a lava jato,mas o gado não querr enxergar……..
      Aliás, o Bozoloide não disse um pio em suas redes spciais imundas…….

    2. Você não salvaria nem o Kassio, escolhido pelo BOZO, que com seu voto contribuiu para o acesso da defesa de Lula à provas roubadas, titia?

  17. Em um país sério, esse juizeco (morinho) e esses "deuses" procuradores de Curitiba, já estariam presos, julgados e condenados.

    1. Sua deformação mental é caso de psiquiatria com remédio controlado, tratamento de choque e uso de camisa de força.

    2. País sério era antes, e pós moro; tempos que não existiam corruptos, e os poucos processados foram inocentados ou os crimes prescritos. Pensei nunca ninguém poderia chegar a essa conclusão, precisava vir de um idiota que todo dia comenta asneiras e miolo de pote nesse blog.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

STF recebe ação que questiona foro de Flávio Bolsonaro

Foto: Adriano Machado/Reuters

A Rede Sustentabilidade apresentou, nesta sexta-feira (26), uma ação ao Supremo Tribunal Federal (STF), em que questiona a interpretação da norma do foro privilegiado prevista na Constituição Estadual do Rio de Janeiro.

Em pedido liminar, solicita que o STF determine que o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) se abstenha de ampliar a interpretação do foro privilegiado para além do já delimitado pelo STF na AP 937 e em inúmeros julgados posteriores. A ação decorre de decisão do TJRJ de ontem (25), que beneficiou o senador Flávio Bolsonaro com uma extensão indevida do foro privilegiado.

Para a Rede, “é inegável que a interpretação conferida pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro destoa da dinâmica constitucional de responsabilização criminal dos agentes públicos”.

Pela jurisprudência do STF, o caso da rachadinha de Flávio Bolsonaro deveria ter ficado na primeira instância. Ou seja: uma reclamação do Ministério Público ao Supremo terá grande chance de ser aceita.

Na prática, em maio de 2018, o Supremo definiu que a prerrogativa de foro só se aplica aos crimes cometidos durante o mandato e em decorrência dele. Se o crime foi enquanto Flávio era deputado estadual, ele não tinha foro no STF.

Como hoje ele é senador, não tem mais a prerrogativa dos deputados estaduais, de serem julgados no Órgão Especial do TJ. E como também não tem prerrogativa no Supremo, o processo deveria ter ficado em primeira instância.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. E combatiam o foro privilegiado!
    Quem os viu, quem os vê!
    Quer conhecer verdadeiramente alguém, dê-lhe PODER!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Senadora Zenaide questiona MEC pela queda das bolsas do PROUNI no RN

Foto: Divulgação

A senadora Zenaide declarou estar muito preocupada com a acentuada queda do número de estudantes beneficiados pelo PROUNI no Rio Grande do Norte. Em 2015, 4.175 estudantes foram beneficiados pelo programa no Rio Grande do Norte. Em 2016 esse número subiu para 4.209. Em 2017, caiu para 3.277 sendo reduzido ainda mais em 2018 para apenas 2.660. Agora em 2019 apenas 1.623 estudantes tinham sido contemplados até o primeiro semestre já que o MEC ainda não divulgou os dados do segundo semestre.

“Será que essa redução é por falta de interesse das universidades no programa? Eu não acredito. Precisamos de uma explicação. Mais do que isso, precisamos reverter essa queda. Não é possível que estejamos regredindo, também, no acesso dos jovens à universidade. Isso é um direito constitucional, gente. Não podemos aceitar que esse direito seja negado a quem não pode pagar pela faculdade”, disse a Senadora.

Zenaide ressaltou, ainda, a relevância social do programa: “O PROUNI é uma das únicas janelas pra você sair da pobreza, quebrando o ciclo vicioso e mudando a realidade de jovens e suas famílias pela via da educação, com uma formação superior. Você sabe quem está sendo atingido em cheio com essa redução? São os estudantes que vêm da rede pública, de famílias que ganham até um salário mínimo e meio ou três salários no caso das bolsas parciais. São esses jovens que estão tendo seus sonhos quebrados, arrancados, por um governo insensível e sem noção do que faz”, protestou a Senadora.

Criado pela Lei nº 11.096 de 2005, o Programa Universidade para Todos (PROUNI) tem como finalidade a concessão de bolsas de estudos integrais e parciais a estudantes de cursos de graduação e de cursos sequenciais de formação específica em instituições privadas de educação superior. As instituições que aderem ao programa recebem isenção de tributos.

Têm direito às bolsas integrais estudantes oriundos de escolas públicas com renda familiar de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais, de 50% e de 25%, são concedidas de acordo com regulamentação do MEC para alunos com renda familiar até 3 salários mínimos.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Em entrevista, Bolsonaro questiona se matéria quer trazer “crise sul-americana para dentro do Brasil”

Foto: Reprodução

Jair Bolsonaro, em entrevista à Bandeirantes, acusou a TV Globo que tentar desestabilizar o Brasil:

“O que a Globo quer com isso? Nós sabemos o que está acontecendo na América do Sul. Vários países com problemas: o Chile, a eleição na Argentina, a Bolívia, o Equador… Será que ela quer trazer essa crise sul-americana para dentro do Brasil? Esse é o propósito da Globo?”

Em seguida, ele acrescentou:

“O senador Humberto Costa disse, alguns dias atrás, que a minha hora ia chegar. Logo depois teve a questão do Chile, e ele reafirma isso, e faz um montão de acusações a meu respeito. Eles querem o caos no Brasil, querem quebra-quebra, querem ações terroristas para tentar me desestabilizar.

Não vou me submeter aos caprichos de uma televisão que esculacha as famílias 24 horas por dia, que mente o tempo todo, tentando jogar para cima de mim a responsabilidade por tudo o que acontece no Brasil.”

O Antagonista

Opinião dos leitores

  1. A Globo , e a imprensa em geral, só merecem credibilidade quando falam bem e elogiam tudo que os meus políticos prediletos fazem e dizem. É igual a pesquisa : só acreditam quando seus queridos estão bem na foto.
    Rsrsrsrsrsrsrsrs…..

  2. Tô com pena desse Santo. BANDIDO COM É BANDIDO MORTE!!!!!!

    NUNCA VI O GOVERNO COMO ESSE, DESASTROSO!!!!!
    SÓ FICA NA FALAÇÃO E NAS REDES SOCIAIS.
    AÍ QUANDO O NEGÓCIO É CONTRA ELES…..

    DESESPERO.

    1. Paulo você mora e Cuba ?Só pode ser !Dizer que este governo desastroso!Nunca um governo tem sido tão perseguido com este!Nada do que é feito de bom vcs divulgam!Não é um governo perfeito e nunca haverá neste país!Mas não é um governo corrupto!Pra que maior desastre do que já tivemos por 16 anos o Governo de Lulinha paz e amor e sua quadrilha de ladrões que surrupiada o país!Volte pro Brasil Paulo!Cuba de deixa alienado a lavagem cerebral deles não é fácil curar!

  3. Quem assister o noticiário da Globo, se prestar atenção é isso mesmo que acontece.
    Vão atrás de sogra.
    Fogo na Amazônia.
    Óleo cru nas prais do nordeste.
    Paciata protestando contigenciamento que começou desde FHC e passou pelo governo do ladrão, ou seja.
    Querem sim desestabilizar o governo, so não vê quem não quer.
    A prova cabal, são os âncoras saindo, o primeiro Evaristo Costa, Alexandre Garcia e enfilerou de Monaliza Perrone pra cá.
    Agora, se fosse pelo menos pra derrubar o governo, e trazer alguma coisa melhor, mas não, querem os ladrões de novo pra mamarem nas tetas até enxer o bucho.
    O outro um candidato da cozinha deles Luciano Huck.
    Tem cabimento??
    Cuidado rede globo lixo, o feitiço pode virar contra o feiticeiro, olhe a vidraça e o glamur, pode desmoronar.
    Ou já estar desmoronando???

  4. Coitadinho do bichinho, é um santo.

    É o leãozinho sendo perseguidos pelas Hienas.

    Tu colhes o que vc plantou !!!!!!!!!

    1. Você está certo Bolsonaro não presta e vou listar vários motivos:
      – A CORRUPÇÃO foi IMPACTADA e SEUS BENEFICIÁRIOS SOFREM;
      – O BOLSA FAMÍLIA vai RECEBER o 13 salário;
      – O governo NÃO faz mais AR$TICULAÇÃO para ter seus projetos aprovados;
      – A globo perdeu os contratos com a CEF, CORREIOS, PETROBRÁS e os MILHÕES que o Governo dava a emissora para ter o apoio dela;
      – Foi eleito com o voto popular;
      – O país vem tendo a MENOR INFLAÇÃO dos últimos 10 anos;
      – A economia começa apresentar sinais de recuperação;
      – O Brasil está firmando acordos comerciais com países europeus, árabes e EUA e não com os desenvolvidos e ricos como Cuba, Argentina, Venezuela, Guiné Equatorial;
      – O governo deixou de beneficiar a JBS, Odebrecht, UTC, Camargo Correia;
      – O BNDES deixou de enviar a findo perdido recursos públicos a países com DITADORES;
      São tantas mazelas que o governo vem praticando que o país entrou em choque, tem 15% em pânico…

    2. – articulação do governo contemplou liberar 3 bilhões em emendas pra deputados e senadores aprovarem a reforma da previdência
      – BR volta pro mapa da fome da ONU (mas não há fome no país, pq o presidente não vê pessoas esquelética na rua)
      – inflação realmente é a menor da década, porém inflação abaixo da meta significa que o consumo está estagnado, e com isso a produção é reduzida, aumentando a massa de desempregados
      – índice de desemprego em 11,8%, mesmo nível de 2016, porém a esquerda já saiu do governo há pouco mais de 3 anos
      – 13o do Bolsa Família é fazer o mesmo populismo de esquerda contra o qual fez discurso na campanha. Que contraditório!

      O choro é livre, mas em breve Queiroz e a familícia não!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Ao determinar suspensão, ministro do TCU questiona ‘caráter educativo’ da propaganda do pacote anticrime

Ao determinar a suspensão imediata da propaganda do pacote anticrime, sem consultar a unidade técnica, o ministro do TCU Vital do Rêgo acolheu argumentos da oposição no sentido de que não é possível o Executivo usar recursos públicos para difundir um projeto de sua autoria submetido ao Congresso Nacional.

Diz o ministro em decisão obtida em primeira mão por O Antagonista:

“Na situação concreta, ao menos em juízo de estrita delibação, entendo que a utilização de recursos públicos para a divulgação de ‘um projeto de lei’ que, em tese, poderá, de forma democrática, sofrer alterações sensíveis após as discussões que serão levadas a efeito pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal não atendem aos requisitos de caráter educativo, informativo e de orientação social.”

E acrescenta:

“Como qualquer projeto de lei, o que se tem são teses abstratas que serão alteradas pelos legitimados a representar a população. Assim, não se poderia falar que tal campanha tem por objeto educar, informar ou orientar já que ainda não há uma regra decidida e aprovada pelo poder legislativo que reúna condições para tanto.”

Vital do Rêgo afirma que a suspensão da campanha “não irá prejudicar as discussões dos projetos de lei que integram o pacote anticrime”.

O Antagonista

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Mãe questiona expulsão de estudante e negativa de imagens de ato infracional por escola em Mossoró

Um caso envolvendo a expulsão de um aluno na escola Mater Christi em Mossoró tem gerado repercussão. Segundo informações obtidas pelo blog, um aluno de 11 anos teria sido identificado queimando papéis na Coordenação da escola e acabou sendo expulso. Porém, a mãe do estudante afirmou que em nenhum momento foram exibidas imagens que a escola afirmou ter do ato e o estudante está impedido de frequentar a escola nos últimos dois meses de ano letivo.

A família ainda tentou de forma incisiva que o aluno pelo menos concluísse o ano letivo, mas o pedido não foi aceito e a família informou que irá buscar os meios legais junto a Justiça e ao Conselho Tutelar.

A mãe do estudante, Sandra Maria, relatou que o aluno foi chamado pela equipe da coordenação sozinho e teria sido induzido a confessar o ato de queima de papéis. O caso foi levado ao Conselho escolar que definiu a expulsão do estudante e comunicou a família.

A mãe então pediu para ver as imagens do suposto ato, mas foram negadas e o pedido de reconsideração para o estudante concluir o ano também foi negado. Segundo ela, o adolescente nunca teve histórico de problema disciplinar.

O blog tentou contato com a direção da escola desde a última segunda-feira, 30, mas até o momento da publicação da matéria não obteve resposta.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Augusto Aras questiona “mero surto” em atentado contra Bolsonaro, e diz que quer buscar a “verdade real”

Foto: (Adriano Machado/Reuters)

Augusto Aras, em entrevista ao Estadão, disse que quer buscar a “verdade real” sobre o atentado a Jair Bolsonaro:

“Ainda é tempo de a Polícia Federal e de o Ministério Público Federal, atuando em conjunto, buscarem a verdade real do atentado (…).

Não me parece crível pelo modus operandi em que agiu Adélio que o atentado à vida do atual presidente tenha sido um mero surto de quem quer que seja.

O uso de arma branca, a suspeita de co-partícipes na multidão, a tentativa de confundir as apurações com a entrada de pessoas com o mesmo nome na Câmara, o surgimento de advogados que não foram contratados por alguém conhecido são elementos que precisam ser investigados.”

O Antagonista e Estadão

 

Opinião dos leitores

  1. Não sei se o mito vai gostar. Não sei se lembram que na hora de recorrer da decisão da Justiça Federal que declarou Adélio inimputável o presidente não quis recorrer.

  2. Agora vai, confio nesse procurador. Certeza q ele vai descobrir quem matou Marielle e de quebra encontrar o Queiroz e o q tanto ele sabe sobre uns amigos que insistem em acobertar. Bora bater em Chico e em francisco com a mesma força. Doa a quem doer. Eu ouvi um amém?

  3. Como um Tal doido , liso , pobre , tem tantos advogados de renome ???va atrás que tem alguém muito grande por trás , na época da ditadura, em meia hora de pisa falava até que deu o boga quando tinha 12 anos

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

VÍDEO: BG questiona a necessidade da implementação dos novos semáforos pelo STTU em Natal

Confira trecho do programa Meio-Dia RN nesta quinta-feira(05) em que o BG questiona a necessidade da implementação dos novos semáforos pelo STTU em Natal.

Opinião dos leitores

  1. Concordo plenamente, agora vamos retirar o IPVA dos carros e colocar para os três primeiros

  2. Parabéns BG!!!
    Essa medida tosca há de ser criticada!
    O pior é ouvir dos responsáveis pela genial alteração que tudo foi feito ao estilo avenida paulista?!
    Como comparar a paulista a uma das duas principais artérias da cidade (prudente e Hermes/salgado/101)?
    Se quer comparar, que o faça, por justiça e igualdade, com as 2 principais avenidas de São Paulo (marginais pinheiros e Tietê). A diferença é que lá não tem um sinal!!!! E ai do doido que o fizer…
    Socorro!!!

  3. BG pegou ar!!
    Mas tem toda razão viu Bruno.
    Esses poderes pra multar é 100% agora pra esse dinheiro retornar em benefícios pra população, não chegam 10%.
    A rigor, o nome dessa senhora, mais parece nome de remédio né não?

  4. Quero saber cadê os engenheiros de trânsito que colocando 7 sinais na Hermes e Salgado Filho iria resolver a situação do transito, então me explique porque colocaram um sinal em frente da Padaria Nacre para poder facilitar a travessia do estacionamento do estabelecimento, se tem dois sinais colados, juro que fiquei sem entender

  5. As ruas e calçadas (em que muitos veículos também se apossam) não são de uso único e exclusivo de automóveis. O pedestre tem que ter como transitar em segurança (inclusive atravessar ruas), e para isso, tem que haver respeito dos motoristas. Se os motoristas daqui fossem educados como são os de países de primeiro mundo, para atravessar uma rua, bastaria a faixa de pedestres. Mas no Brasil, tem que haver semáforos e pardais para que o pedestre possa atravessar em segurança sem perder a vida… No mais, o que movimenta o comércio, é o pedestre (exceto nos comércios drive-thru). Na atual conjuntura, os comércios de rua estão fechando por falta de clientes… Mas espero que as botoeiras dos novos semáforos sejam mantidas em pleno funcionamento para que o semáforo feche quando efetivamente houver pedestre para atravessar a rua…

  6. O creio que foi para justificar o semáforo que instalaram na passagem da igreja universal da salgado filho. Já que cederam para a universal, visando ganhos políticos, teriam que colocar outros semáforos em outros pontos para justificar o desvio de finalidade. É sempre assim a má política, troca obscura de favores em prejuízo de muitos …. quando a população protestar ao ponto de incomodar, retirarão os excedentes deixando o da universal…É a repetição da já manjada estória do bode na sala… quem viver, verá…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Presidente da Fifa questiona clubes brasileiros: se faturam tanto, por que os jovens vão embora tão cedo?

Foto: Getty Images

Em sua primeira entrevista coletiva depois de ter sido reeleito presidente da Fifa, Gianni Infantino lançou um questionamento aos clubes sul-americanos, em especial aos brasileiros:

– As receitas dos grandes clubes brasileiros não estão longe dos europeus. Ainda quero saber por que os bons jogadores deixam o Brasil – disse, ao responder a uma pergunta sobre a desigualdade entre os clubes europeus e seus pares da América do Sul.

Minutos mais tarde, o dirigente detalhou seu raciocínio. Para ele, é natural que os melhores jogadores de países como o Brasil atraiam o interesse dos grandes europeus. O problema, disse, é que os países exportadores perdem jogadores para “o segundo, o terceiro e o quarto nível” de clubes para a Europa.

– Se os jogadores vão embora para o Real Madrid, então ok. Mas nem todos vão para o Real Madrid. Então por que não ficam no Flamengo? No Fluminense? No Santos? O garoto que surge num clube brasileiro ou português, se ele fica um pouco mais, se ele tem a chance de jogar um Mundial de Clubes e aí sim ir direto para o Real Madrid.

Embora a arrecadação de clubes brasileiros venha crescendo ininterruptamente nos últimos anos, os times que mais faturam, como Flamengo e Palmeiras, não estariam nem entre os 20 primeiros de um hipotético “ranking mundial de faturamento”. Os demais estariam distantes do top 30.

O discurso de Infantino serve para defender o novo Mundial de Clubes, que será disputado a cada quatro anos por 24 participantes – oito da Europa, seis da América do Sul e fez outros times dos demais continentes. O torneio enfrenta oposição da ECA, a Associação que representa os clubes ricos da Europa.

– O futebol hoje é global, mas todas as receitas vão para o mesmo lugar. O grupo muito pequeno de clubes, eu diria 10, ou nem 10, concentram todas as chances de serem campeões do mundo. Eu quero que 50 clubes possam ter essa chance, e pode ser 25 da Europa, mas os demais do México, do Brasil, dos EUA, da China e de outros lugares – disse Infantino.

Mudanças no calendário

O presidente da Fifa também deu a entender que pode promover mudanças no calendário do futebol mundial nos próximos anos.

– Eu trabalhei 16 anos na Uefa, então passei muito tempo defendendo uma parte do mundo, contra as outras cinco. Aqui na Fifa não temos que reduzir o poder da Europa, mas sim aumentar o poder dos demais continentes. O calendário hoje é muito eurocêntrico.

Globo Esporte

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *