Apontado como chefe de facção em Mãe Luíza morre em confronto com a PM, destaca reportagem

O portal BO destaca nesta quinta-feira(26) que um homem de 25 anos morreu em confronto com a Polícia Militar, na manhã desta quinta-feira (26), na rua Saquarema, no bairro Mãe Luíza, zona Leste de Natal. Gideão de Andrade Rocha era apontado como um dos chefes de uma facção local e por organizar arrastões e saques em Pertrópolis o criminoso ainda portava uma pistola municiada, balança de precisão, além de entorpecentes e sacos para acondicionar drogas.

Segundo o portal BO, a ação foi realizada por uma equipe do BPChoque que patrulhava a área sendo recebida a tiros por um grupo de bandidos armados. De acordo com a Polícia Militar houve confronto e um dos envolvidos que estava no grupo acabou atingido, socorrido, mas não resistiu. Leia todos os detalhes aqui em matéria na íntegra.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tarcísio Eimar disse:

    Menos UM. Se todo dia a polícia fizesse uma patrulha dessa o resultado seria ótimo

  2. Seu Major disse:

    Morreu de corona "tiros"

  3. PACHECO disse:

    CPF CANCELADO

  4. Rafael disse:

    Morreu de um tiro de calibre covid-19…kkk

  5. Anti-Político de Estimação disse:

    Parabéns aos Policiais que participaram da ação ; menos um para nos atormentar.

  6. Humilde Iconoclasta disse:

    Não morreu de coronavírus?

EUA pedem informação sobre chefe da Secom, que está com coronavírus e esteve com Trump

Fabio Wajngarten ao lado de Donald de Trump | Reprodução / Facebook

A embaixada dos EUA em Brasília entrou em contato com governo por causa da informação de que Fabio Wajngarten, chefe da Secom, está com coronavírus.

Motivo: Wajngarten esteve com Donald Trump no sábado num jantar oferecido pelo presidente americano a Jair Bolsonaro, na Flórida.

Wajngarten, que está neste momento em sua casa, em São Paulo, de quarentena, foi diagnosticado como portador do coronavírus depois de exames no hospital Albert Eisntein, em São Paulo.

Na foto acima, Fabio Wajngarten, à direita, está ao lado de Donald Trump, Mike Pence, vice-presidente dos EUA, e o apresentador de TV Álvaro Garnero.

Lauro Jardim – O Globo

Funcionária chamada de “pica-pau” por chefe não será indenizada

Foto: Ilustrativa

Trabalhadora chamada de “pica-pau” por gerente de empresa não será indenizada por dano moral. Decisão é da 12ª turma do TRT da 2ª região ao reformar sentença por entender que a conduta do gerente está fora da órbita do dano moral.

A funcionária alegou que foi vítima de assédio pelos superiores da empresa. Segundo a obreira, na ocasião em que pintou os cabelos de vermelho, o gerente a chamou de “pica-pau” na frente de todos os colegas de trabalho. Além disso, teria falado, ironicamente, que “fizeram uma bela obra de arte” em seus cabelos.

Veja decisão aqui em texto na íntegra no Justiça Potiguar.

Folha diz que chefe da Secom recebe dinheiro de emissoras e agências contratadas pelo governo federal

Foto: Reprodução/Youtube

Chefe da Secom (Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República), Fabio Wajngarten recebe, por meio de uma empresa da qual é sócio, dinheiro de emissoras de TV e de agências de publicidade contratadas pela própria secretaria, ministérios e estatais do governo Jair Bolsonaro.

A Secom é a responsável pela distribuição da verba de propaganda do Planalto e também por ditar as regras para as contas dos demais órgãos federais. No ano passado, gastou R$ 197 milhões em campanhas.

Wajngarten assumiu o comando da pasta em abril de 2019. Desde então, se mantém como principal sócio da FW Comunicação e Marketing, que oferece ao mercado um serviço conhecido como Controle da Concorrência. Tem 95% das cotas da empresa e sua mãe, Clara Wajngarten, outros 5%, segundo dados da Receita e da Junta Comercial de São Paulo.

A FW fornece estudos de mídia para TVs e agências, incluindo mapas de anunciantes do mercado. Também faz o chamado checking, ou seja, averiguar se peças publicitárias contratadas foram veiculadas.

A Folha confirmou que a FW tem contratos com ao menos cinco empresas que recebem do governo, entre elas a Band e a Record, cujas participações na verba publicitária da Secom vêm crescendo.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Paulo disse:

    Nao tem nada , a firma dele faz outros tipos de trabalhos do que propaganda estatal, ela faz checagem de Midia , o problema é que a folha quer mais propaganda e isso não vai ter mais

  2. Minion alienado disse:

    Só tem gente boa na extrema-direita 😂 Só os minions alienados defendem.

  3. Naldinho disse:

    Culpa de LULA

  4. Antonio Turci disse:

    Caso seja verdade, Bolsonaro certamente afastará o suspeito e caso comprovado o ato lesivo, sem dúvida demitirá o cidadão.

  5. Dan disse:

    Demite esse vagabundo … Não temos bandidos de estimação …

  6. Bento disse:

    Qualquer notícia da "foia" bote um pé na frente e outro atrás senão …
    Você cai do cavalo.
    Pense numa desgraça do capeta

  7. Erinaldo disse:

    A SECOM é vinculada diretamente à presidência da república, vale ressaltar!

  8. djailson disse:

    e ai bolsonaro traíra vai demitir?

  9. socorro medeiros disse:

    HUM, FOSSE no governo do PT taa todo mundo gritando inclusive a midia bolsonarista do Rn…escandalizando..gritando

Petróleo sobe mais de 4% após ataque dos EUA matar chefe de força de elite do Irã

Os contratos futuros do petróleo subiam cerca de 3 dólares nesta sexta-feira, depois que um ataque aéreo dos Estados Unidos em Bagdá matou o chefe da força de elite Quds, do Irã, provocando preocupações sobre a escalada das tensões regionais e a interrupção do fornecimento de petróleo.

O petróleo Brent subia 2,95 dólares, ou 4,45%, a 69,2 dólares por barril, às 8:19 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 2,62 dólares, ou 4,28%, a 63,8 dólares por barril.

Um ataque aéreo no aeroporto de Bagdá matou o major-general Qassem Soleimani, arquiteto da crescente influência militar do Irã no Oriente Médio e um herói entre muitos iranianos e xiitas da região.

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, disse que uma dura vingança aguarda os “criminosos” que mataram Soleimani.

“Esperamos que confrontos de nível moderado a baixo durem pelo menos um mês e provavelmente fiquem limitados ao Iraque”, disse Henry Rome, analista do Irã na Eurasia.

A embaixada dos Estados Unidos em Bagdá pediu nesta sexta-feira a todos os cidadãos norte-americanos que deixem o Iraque imediatamente devido à escalada nas tensões.

O Iraque, o segundo maior produtor da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), exporta cerca de 3,4 milhões de barris de petróleo bruto por dia.

Extra – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisco disse:

    País é auto suficiente, injustificável para o consumidor brasileiro pagar aos acionistas da Petrobrás lucros de um conflito instantâneo. Vão roubar a mãe, bando de fdp.

  2. Verdade disse:

    Interessante que sobe na velocidade da luz e não baixa na velocidade do andar de uma tartaruga.

  3. Clodoaldo disse:

    4%??? Não deve subir menos que 10% nos postos! Falo de Natal!

VÍDEO: Professor alvo de polêmica com aluna que levou filha para aula será indenizado em R$ 40 mil pela UFRN e chefe de Departamento

Foto: Reprodução

O caso do professor do Departamento de Ciências Sociais da UFRN, Alípio de Sousa Filho, que gerou repercussão nas redes sociais e na imprensa por supostamente expulsar uma aluna que assistia a aula com a filha de 5 anos e foi alvo de vários protestos, afastado das disciplinas e teve a sua imagem acadêmica comprometida, parou na Justiça que deu ganho de causa ao professor por danos morais e será indenizado em R$ 40 mil, dos quais R$ 36 mil a serem pagos pela Universidade e R$ 4 mil ao chefe do Departamento de Ciências Sociais da UFRN, César Sanson.

Na peça que o Justiça Potiguar teve acesso em primeira mão nesta terça-feira, 3,  com base em todas as provas e depoimentos a Justiça entendeu que não houve expulsão da aluna e a UFRN não teria agido para preservar o professor do assédio moral. “ Com essas considerações, julgo parcialmente procedente o pedido formulado na inicial, nos termos da fundamentação exposta, condenando os réus UFRN e César Sanson ao pagamento de indenização por danos morais ao autor, no valor de R$ 40.000,00 (quarenta mil Reais), na proporção de 90% (noventa por cento) pela UFRN e 10% (dez por cento) pelo réu César Sanson”, diz a decisão.

Matéria completa no Justiça Potiguar aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tete disse:

    Foi pouco, a honra do Professor foi atingida, imagine se todas as mães levassem seus filhos para a Ufrn. Parabéns a Justiça.

  2. Arnaldo Franco disse:

    Acho que onde diz dinheiro da UFRN, entenda-se dinheiro do contribuinte. O professor deveria ser indenizado integralmente pelos Diretores da Universidade, a começar pelo reitor.

  3. Julio disse:

    só deveria comentar algo quem estava lá na hora… críticas margeadas de julgamentos dúbios não deve incentivar razões alheias.
    Mas será que o professor também não foi grosseiro ao não entender que a mãe não tinha com quem deixar a filha e não poderia perder a aula?
    Um verdadeiro professor deve saber pesar suas decisões de acordo com o contexto.

  4. José aldomar disse:

    Lugar de criança eh na escola mas na hora certa e horário adequado

  5. Delano disse:

    Foi pouco a indenização, o coordenador deveria ser penalizado com a perda do cargo. Canalhice petralha fizeram com esse verdadeiro mestre.

Polícias Civil e Federal prendem em pousada no litoral potiguar indicado como chefe no RN de facção de atuação nacional

Foto: Ilustrativa

A Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR), deflagrou, em conjunto à Polícia Federal (PF), a Operação “Buzu”, que resultou na prisão, na manhã desta quarta-feira (25), de Eudson Berg Oliveira dos Santos, indicado como chefe, no Rio Grande do Norte, de uma facção de atuação nacional. A prisão, decorrente de mandados de prisão expedidos pela Justiça, aconteceu em uma pousada de luxo no litoral Potiguar.

A Delegacia de Furtos e Roubos investigava uma série de roubos a transporte coletivo, ocorrido nas proximidades da comunidade do Mosquito, quando Eudson Berg foi apontado como o responsável por promover tais ações criminosas. Além disso, foi verificado que ele atuava como chefe de facção e que já estava sendo investigado pela Polícia Federal.

Além dos roubos aos transportes coletivos, ele também é investigado pela prática do crime de roubo que vitimou um Sargento do Exército, ocorrido no mês de agosto deste ano.

Eudson Berg foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Chefe do MP do Maranhão nomeou esposa de sobrinho, com nome de solteira

Foto: Divulgação/Atual 7

Contrariando a Súmula Vinculante 13, do Supremo Tribunal Federal (STF), proibir a prática de nepotismo nos três Poderes, o chefe da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) do Maranhão, Luiz Gonzaga Martins Coelho, nomeou a esposa do próprio sobrinho, Ícaro Milhomem Rocha Coelho, como chefe de Seção de Execução Orçamentária do órgão.

O caso pode ir além de um caso de nepotismo e caracterizar falsidade ideológica e improbidade administrativa. Segundo informações publicadas pela coluna Estado Maior, na edição deste fim de semana de O Estado, e pelo site Atual 7, embora já casada com o sobrinho de Luiz Gonzaga desde antes de sua nomeação no alto cargo, Amaujarijanny Gonçalves Coelho teve ato de nomeação assinado pelo chefe do Ministério Público do Maranhão com o nome da época de solteira, Amaujarijanny Gonçalves de França Sousa.

O cargo garante à parente de Gonzaga o salário bruto de R$ 4.536,58. Um rendimento líquido de R$ 3.765,24, com os descontos de R$ 771,34 em contribuição previdenciária e imposto de renda. Amaujarijanny já recebeu quatro meses de vencimentos, mais metade do 13º salário.

O nome da esposa do sobrinho de Gonzaga aparece atualizado com o sobrenome Coelho somente na folha de pagamento, onde o nome completo dos servidores é o documentalmente apresentado ao setor de Recursos Humanos (RH) da PGJ. A reportagem do Atual 7, a situação alterada sem divulgação de errata no Diário Oficial Eletrônico, sugerindo que a ocultação do sobrenome de casada de Amaujarijanny pode ter sido proposital. Artifício bastante combatido pelo próprio MP, quando a prática de nepotismo ocorre, por exemplo, em prefeituras municipais.

Outro lado

O Atual 7 disse não ter obtido respostas de Gonzaga Coelho e da assessoria do MP do Maranhão, após questionamentos via WhatsApp e e-mail, durante o sábado (22). E a reportagem relatou que o aplicativo de mensagens para celular mostrou que o procurador-geral de Justiça tomou conhecimento da solicitação. Ícaro Coelho também foi procurado, por meio de mensagem privada em seu perfil no Facebook, único meio de contato encontrado, e também não retornou. Amaujarijanny Coelho não foi localizada para se posicionar sobre o assunto.

Ícaro Coelho é filho do procurador de Justiça aposentado Hermes Martins Coelho, irmão mais velho de Luiz Gonzaga, que comanda há dois anos o órgão máximo do MP Estadual, que tem dentre suas funções principais proteger os cofres públicos e zelar pela boa aplicação da lei, pela ordem jurídica e pelo estado democrático de direito.

Diário do Poder

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marc o58 disse:

    alguém ainda tem dúvida que o pior poder do Brasil é o judiciário vamos abrir os olhos.

  2. paulo martins disse:

    O Brasil precisa sofrer um tsunami (ou um castigo ainda mais severo) em seu epicentro de poder institucional. Essas autoridades, que acham que tudo podem, só respeitam a um ser superior quando avisadas que o avião vai cair ou diante de um diagnóstico de câncer irreversível.

  3. Manoel disse:

    Não que eu concorde com esse tipo de nomeação, mas, no caso em questão, a súmula vinculante do STF não foi desrespeitada pois veda a nomeação de parentes até o terceiro grau, e a esposa de um sobrinho estaria além do grau de parede previsto na súmula.

  4. Tonho disse:

    Essa lei contra o nepotismo é uma verdadeira piada, pior é que ela agravou ainda mais a situação, isso porque, antes os poderes poucos se interrelacionavam, hj pra driblar a lei anti nepotismo, eles interagem pra fazer o nepotismo cruzado, com isso a corrupçao o fisiologismo se impregnoam e calcificam nos patamares mais altos dos poderes. Como nepotismo cruzado é ilegal, e é praticado por todos impunimente, pra um passo a mais de um favorecimento ilegal ou não repúblicano, quase não terá impedimento, porque será uma troca de favores, mesmo que ilegal. O que se vê no Brasil é que as coisas ruins não se combatem, elas se aprimoram ao arrepio da lei.

  5. carlos alberto disse:

    Não entendo a surpresa é "b"rasil esperar o quê? Esse país está fadado a desgraça nas costa do povo que elegem políticos de toda qualidade e para acabar de vez existem membros do MP e judiciário conhecedores da lei e só a usam em benef´cio próprio. Alguns amigos me perguntam, você tem alguma esperança nessa nação, e repondo com certeza daqui a 500 anos.!

Heráclito Noé é intimado a apresentar defesa contra infidelidade partidária

O vereador Heráclito Noé foi intimado pela Justiça para apresentar a sua defesa contra o processo de infidelidade partidária movido pelos diretórios municipal e estadual do PPS, ex-partido.

Noé foi eleito pelo PPS como um dos grandes aliados do presidente estadual do partido, o ex-deputado estadual Wober Júnior. Devido aos constantes vai-e-vem que só a política explica, ele terminou deixando de ser opositor a Micarla e anunciou sua negociação do o novo PSD, liderado por Robinson Faria. Quando todos pensavam que estava tudo definido, ele termiou enveredando pelos caminhos de João Maia e assinou a ficha do PR.

Desde então, o PSS ingressou com uma ação de infidelidade partidária junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) pedindo o cargo eletivo de volta. Detalhes: o quinto suplente da coligação já está de olho na vaga.

Não é muito lembrar que o parlamentar, que também é delegado da Polícia Civil de carreira, vai ocupar o cargo de secretário do Gabinete da Prefeitura (Segap), no lugar de Kalazans Bezerra, que retornará ao ofício no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) há menos de 12 meses do fim do seu mandato dentro do Legislativo. Se o PPS conseguir a cadeira da Câmara Municipal de Natal, praticamente não vai ter tempo sequer de se articular na casa.